Obras da reforma da rodoviária do Assú começam por determinação de Robinson Faria

Robinson Faria manda começar as obras da rodoviária do Assú

As obras de reforma da rodoviária do Assú começou por determinação do governador Robinson Faria, do PSD, atendendo um pleito antigo dos assuenses e do prefeito Ivan Júnior que já tinha solicitado ao chefe do executivo do Estado.

A sociedade do Assu está alegre e agradecida ao governador Robinson Faria, de mandar começar as obras do principal cartão postal da cidade. O dinheiro da obra no valor de R$ 440 mil é uma emenda do deputado estadual George Soares que saiu dos cofres do Governo do Estado.

O prefeito Ivan Júnior também está ajudando e vai providenciar um alojamento provisório para atender os donos de boxes que comercializam no prédio da rodoviária.

Governo recebe sindicatos para debater situação financeira do Estado e o calendário de pagamento

728x90 aplicativo detranGoverno recebe sindicatos e institui comissão para acompanhar Finanças

05.09 Reunião Sindicato dos Servidores - Foto Rayane Mainara (3)Os sindicatos dos servidores estaduais foram recebidos por secretários de governo, no final da manhã desta segunda-feira (5), para discutir a situação financeira do Estado e o calendário de pagamento.

O encontro culminou na criação de uma comissão – formada por representantes dos sindicatos – que se reunirá periodicamente com a Secretaria do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha e com o secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, para acompanhar os trâmites do fechamento da folha.

“Queremos tê-los conosco, sabendo como trabalhamos para honrar nossos débitos. Saibam ainda, que essa não é uma situação pontual, pois todo o Brasil está sofrendo as consequências da crise. Hoje, doze estados brasileiros estão em atraso e em situações piores que a nossa. Assim como o Rio Grande do Norte, outros estados tiveram a arrecadação afetada”, explicou, a secretária do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha.

Ler mais

Polícia Federal investiga Wesley Batista, da J&F, dona de empresas como JBS e Alpargatas

Wesley Batista, da J&F, dona de empresas como JBS e Alpargatas, é um dos investigados na fraude em fundos 

Juiz proíbe investigados de exercer atividades no mercado financeiro e manter contato entre si

POR GABRIELA VALENTE / DANIELLE NOGUEIRA – O GLOBO

60818236_1-23A Operação Greenfield investiga fraude em “pelo menos” oito fundos de investimentos. De acordo com o despacho do juiz, ao qual O GLOBO teve acesso, 40 pessoas são investigadas por gestão temerária e fraudulenta nos fundos de pensão. São gestores, corretores e grandes empresários que aplicavam em Fundos de Investimentos em Participações (FIPs) Cevix, Multiner, Sondas, OAS Empreendimentos, Enseada, RG Estaleiros, Florestal e Global Equity.

Além dos casos que envolvem os fundos de participação, os investigadores também identificaram outros dois casos de irregularidades. Um deles é a Invepar, onde houve investimentos dos fundos de pensão. Há ainda a alienação subfaturada de salas no edifício da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Brasília, pela Funcef com “total desprezo para com o patrimônio do Fundo de Pensão”.

Em vez de prisão preventiva, o juiz deu medidas cautelares alternativas. Suspendeu o exercício de qualquer atividade no mercado financeiro, em direção de empresa ou em função pública, direção ou gerência e até em conselhos em entidades de previdência complementar. Proibiu todos os 40 investigados de manter qualquer tipo de comunicação seja por telefone, e-mail e até mesmo por meio de redes sociais com os demais investigados. Não podem ainda entrar nos prédios da Funcef, Petros e Postalis e nem saírem da cidade em que moram sem autorização judicial.

Ler mais

Polícia Federal prende dois atuais diretores do fundo de pensão da Caixa Econômica Federal

728x90 aplicativo detranPolícia Federal prende dois atuais diretores do fundo de pensão da Caixa

Os executivos são suspeitos de envolvimento em fraudes

POR JAILTON DE CARVALHO – O GLOBO

201609051548396850Numa das frentes da Operação Greenfield, a Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira Carlos Augusto Borges e Maurício Marcellini Pereira, diretores de Participação Societária e de Investimentos do Funcef (Fundo de Pensão dos Funcionários) da Caixa Econômica Federal (CEF), segundo disse ao GLOBO uma fonte que acompanha o caso de perto. Eles estão entre os setes investigados da operação que tiveram prisão temporária decretada pela 10ª Vara Federal de Brasília. Eles são suspeitos de envolvimento em fraudes que resultaram em prejuízos milionários para o Funcef.

Também foram na mesma operação os ex-presidentes do Funcef Carlos Alberto Caser e Guilherme Lacerda. Os outros três presos também são ex-diretores do Funcef. O Fundo é o alvo central desta primeira etapa da Greenfield, embora a investigação tenha alcançado operações do Postalis, Previ e Petros. Procurado pelo GLOBO, a assessoria do Funcef disse que só poderia responder a perguntas sobre as prisões dos dois atuais diretores depois de conversar com os advogados dos investigados.

Em nota divulgada mais cedo, o Funcef confirma que a “Polícia Federal em sua sede, em Brasília, para o cumprimento de mandados judiciais.” O fundo sustenta, no entanto, que “reitera que possui rigorosos padrões éticos em todos os investimentos e na relação com seus participantes e assistidos e reafirma que está, como sempre esteve, à disposição das autoridades competentes para prestar os esclarecimentos que vierem a ser solicitados.

Ministro da Educação libera R$3,5 milhões para melhorias na Maternidade Januário Cicco

Ministro da Educação libera recursos em Natal para a Maternidade Januário Cicco

Ministro Mendonça em NatalO ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou da tarde desta segunda-feira, em Natal, a liberação de R$3,5 milhões para melhorias na Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC).

Acompanhado do presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, e da presidente da Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Angela Maria Paiva Cruz, o ministro participou da abertura do “FNDE Soluções Locais”, evento realizado pela Secretaria de Educação do RN (SEC), na Escola de Governo do Rio Grande do Norte, no Centro Administrativo.

Dos recursos liberados pelo MEC, R$1,192 milhão será investido na aquisição de mobiliário, reforma e ampliação da Unidade de Parto Humanizado da MEJC. Os outros R$2,334 serão para custeio da instituição. A Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTINEO) e o Centro de Reprodução Assistida da MEJC são os únicos no norte e nordeste com 100% do atendimento financiado pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ler mais

Ministro do STF Teori Zavascki nega pedido de liberdade ao ex-prefeito Flávio Veira Veras

728x90 aplicativo detranSTF mantém prisão de ex-prefeito de Macau denunciado por usar documento falso

flavioverasO ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento (julgou inviável) ao recurso ordinário em Habeas Corpus (RHC) 136168 apresentado pela defesa de Flávio Veira Veras, ex-prefeito de Macau (RN), denunciado por uso de documento falso (artigo 304 do Código Penal).

Segundo a denúncia, o documento em questão é a Portaria nº 046/2014 GP, na qual teria sido inserida data retroativa de 12 de novembro de 2014 com a finalidade de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, a fim de simular um preexistente rompimento político entre o atual prefeito e Flávio Veras, seu antecessor.

O documento teria sido utilizado para embasar a defesa de Veras e obter habeas corpus perante o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), afastando sua responsabilidade pelos crimes desvendados na operação Máscara Negra, pelos quais havia sido preso.

Flávio Veras está preso preventivamente desde dezembro de 2015. Sua prisão foi decretada para a garantia da ordem pública, em razão da reiteração delitiva do ex-prefeito, que responde a inúmeras ações penais envolvendo crimes contra a Administração Pública. Outro fundamento utilizado foi o efetivo risco ao processo, pelo fato de ter utilizado documento público ideologicamente falso para obter benefício.

Ler mais

Leonardo Rêgo é denunciado por falsidade ideológica e sonegação em Pau dos Ferros

Ministério Público Federal denuncia ex-prefeito de Pau dos Ferros por falsidade ideológica e sonegação

p 10

Leonardo Rêgo cometeu irregularidades aliado ao advogado Bernardo Vidal, também denunciado por crimes semelhantes no Município de Taboleiro Grande, juntamente com ex-prefeita

O Ministério Público Federal (MPF) em Pau dos Ferros denunciou o ex-prefeito da cidade, Leonardo Nunes Rêgo, e o advogado Bernardo Vidal Domingues dos Santos por falsidade ideológica, uso de documento falso, sonegação de contribuição previdenciária e crimes contra a ordem tributária, cometidos entre fevereiro de 2009 e abril de 2012. O prejuízo aos cofres públicos é superior a R$ 17 milhões. Os dois já são alvo de uma ação por improbidade, aditada pelo MPF, e o advogado responde a outra ação penal por irregularidades semelhantes, cometidas no Município de Taboleiro Grande junto com a ex-prefeita Maria Míriam Pinheiro.

Em Pau dos Ferros, o ex-prefeito contratou sem licitação a empresa Bernardo Vidal Consultoria Ltda. (localizada em Pernambuco) e, juntos, o gestor e o advogado foram responsáveis pela omissão de dados e fornecimento de informações falsas à União, tanto para reduzir os tributos a serem pagos pelo Município, quanto para aumentar os valores a serem ressarcidos, a título de recuperação tributária, tudo ilegalmente. De acordo com o MPF, para encobrir os crimes os denunciados forjaram planilhas para apresentação à Receita Federal e, assim, praticaram falsidade ideológica e uso de documento falso.

“(…) o denunciado Leonardo Rêgo autorizou a realização de tal serviço ciente de que o Município não tinha direito a recuperações nos moldes do que foi executado pelo advogado”, aponta a denúncia, assinada pelo procurador da República Marcos de Jesus. O então gestor, mesmo sabendo que o procedimento era ilegal, e tendo conhecimento de que Bernardo Vidal já era investigado por atos ilícitos em diversos municípios brasileiros, levou à frente o esquema que lesou a União.

Ler mais

Justiça Eleitoral nega registro de candidatura de Jaqueline Medeiros a prefeita pelo PSD no Alto do Rodrigues

728x90 aplicativo detranJuíza eleitoral nega pedido de registro de candidatura a Jaqueline Medeiros no Alto do Rodrigues

img_6706

A Juíza Eleitoral da 47ª Zona em Pendência, Maria Cristina Menezes de Paiva Viana, indeferiu ontem o pedido de registro de candidatura de Jaqueline Vieira Xavier da Costa Medeiros e Jonas Augusto de Souza ao cargo de prefeito e vice-prefeito, pela coligação Juntos Para Vencer I, no Município de Alto do Rodrigues/RN.

2016-09-05 (1)

Com a decisão, a candidata a prefeita pelo PSD, Jaqueline Medeiros, que já arrecadou um total R$ 13.097,00 sofreu um duro golpe e ficou na situação de inapta e indeferida para a disputa pela Prefeitura do Alto do Rodrigues. Agora, ela terá de recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral/TRE-RN para reverter a sentença da juíza Maria Cristina Menezes de Paiva Viana.

Robinson entrega equipamentos para comercialização da Agricultura Familiar em 10 municípios

Governo entrega equipamentos para comercialização da Agricultura Familiar

Agricultura Familiar_Demis Roussos (13)Mais 10 municípios das regiões Agreste e Litoral Sul receberam do Governo do Estado nesta segunda-feira (05) equipamentos para as Feiras da Agricultura Familiar. São barracas padronizadas, balanças, caixas para transporte de mercadorias e bombonas plásticas.

No ato de entrega, no município de Canguaretama, o governador Robinson Faria disse que “as feiras permitem que o produtor rural comercialize sua produção diretamente, evitando o atravessador, o que aumenta a sua renda e estimula a produção, gerando trabalho e renda e, ainda, movimentando a economia dos municípios e do Estado”.

Nesta ação, o Governo do Estado atua em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), prefeituras municipais, sindicatos rurais, Banco do Nordeste, Território Rural Agreste e Litoral Sul (Terrasul) e UFRN.

Foram beneficiados nesta segunda-feira (05), produtores dos municípios de Baía Formosa, Canguaretama, Lagoa Salgada, Montanhas, Nísia Floresta, Tibau do Sul, Passagem, Lagoa de Pedras, Jundiá e Várzea.

Ler mais

Ex-presidente da OAS é preso em investigação sobre fundos de pensão

728x90 aplicativo detranOperação da PF mira 4 maiores fundos de pensão do Brasil e bloqueia R$ 8 bilhões

16249109

Wesley Batista, presidente global da JBS, deixa a sede da Policia Federal em São Paulo

BELA MEGALE – Folha de São Paulo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda (5) a Operação Greenfield, que investiga supostos desvios nos quatro maiores fundos de pensão do Brasil.

Os alvos são Funcef (fundo de pensão de funcionários da Caixa Federal), Petros (trabalhadores da Petrobras), Previ (Banco do Brasil) e Postalis (Correios), além da sede da Eldorado Brasil –empresa do grupo J&F– em São Paulo.

Os Funcef e Petros estão entre os controladores da Eldorado Celulose.

Os irmão Joesley e Wesley Batista, donos da J&F, holding que é proprietária de uma das maiores empresas de processamento de proteína animal da mundo, a JBS, foram alvos de busca e apreensão e condução coercitiva.

Wesley depôs nesta manhã. Como está fora do país, Joesley não foi levado à PF.

O empresário Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, também foi levado para depor nesta operação. Ele também foi preso novamente pela Operação Lava Jato por tentativa de obstruir os trabalhos da CPI da Petrobras, mas sem relação com a Greenfield.

Ler mais

“vamos trabalhar, e trabalhar duro, para que possamos fazer o que a comunidade precisa”, diz Patrício Júnior

Caminhada com Patrício Júnior em Nova Esperança termina em arrastão

Nova 2

Apesar de nada ter sido combinado previamente, a caminhada do candidato a prefeito de Assú Patrício Júnior (PSD), neste domingo (04), terminou em mais um arrastão. O dia inteiro foi de caminhada pelas ruas da comunidade. Pela manhã e pela tarde, Patrício, ao lado dos candidatos a vereadores, do prefeito Ivan Júnior e do candidato a vice Breno Lopes visitaram casa a casa, apresentando projetos e ouvindo as demandas da população.

Após o comício, que foi realizado na praça em frente à Igreja de Nossa Senhora da Conceição, o locutor anunciou que a noite seria finalizada com um arrastão pelas ruas da comunidade. O povo gostou da ideia e o resultado foi um mar de gente invadindo Nova Esperança.

14202752_1838224813063862_1578168505749695897_n

“Desde as 9h da manhã que estamos aqui caminhando e temos a honra de dizer que passamos em todas as ruas da comunidade. Não viemos aqui simplesmente para fazer um comício e ir embora, viemos sim visitar para ouvir as demandas e as necessidades da comunidade”, disse o candidato a prefeito Patrício Júnior, que garantiu que todos os pleitos serão analisados e que “vamos trabalhar, e trabalhar duro, para que possamos fazer o que a comunidade precisa”.

14199534_1838224803063863_372490213268750406_n

O prefeito Ivan Júnior falou sobre as realizações de seu governo e pediu o apoio da comunidade aos vereadores da coligação Assú Avançando. Ele fez uma retrospectiva de quando assumiu a gestão e do que fez para mudar a vida dos cidadãos assuenses, reafirmando o apoio ao candidato Patrício Júnior, que irá continuar trabalhando pelo município.

“Depois que assumi, em 2008, reformamos todas as escolas, do Trapiá ao Poré, do Cruzeiro ao Sítio Casa Forte, porque antes não havia sido feito nenhuma reforma nas escolas. Também ampliamos as equipes de Saúde da Família de 4 para 18 e construímos cinco unidades básicas de saúde referência”, destacou o prefeito Ivan Júnior, lembrando que “essa oposição que quer voltar passou 40 anos no poder e não resolveu esses problemas, pelo contrário, deixou uma herança ruim de escolas interditadas e de comunidades sem abastecimento”.

‘Comício da Reconstrução’ da candidata a prefeita Neide Suely em Pedro Avelino

Milhares de eleitores participam ‘Comício da Reconstrução’ da candidata a prefeita Neide Suely em Pedro Avelino

P.A 1

A Coligação “O Trabalho Reconstrói”, encabeçada por Neide Suely, candidata a prefeita e Nilton Mendes, candidato a vice-prefeito, e todos os candidatos a vereadores e lideranças, realizaram na manhã do último sábado, 03/09, um grande comício em uma das principais avenidas de Pedro Avelino, local conhecido como a “Cobertura”.

P.A 2

O ato político contou com a presença do maior líder político da historia da cidade, o Deputado José Adécio, que ao chegar em sua terra, foi ovacionado por milhares de populares e amigos.

P.A 3

De forma espontânea as pessoas ouviram as propostas da candidata à prefeita com a melhor aceitação segundo apontamentos, Neide Suely e os candidatos a vereadores que formam a família que vai “Reconstruir Pedro Avelino”, por fim, a população saiu em passeata pelas ruas da cidade, já em clima de vitória.

Assecom: Rafael Maia

Prefeitura do Assú decreta luto pelo falecimento de Wellington de Sebastião Borges

NOTA DE PESAR

WellingtonO Prefeito do Assú, Ivan Lopes Júnior, vem a público manifestar, em nome de todos os secretários municipais, funcionários e colaboradores da Prefeitura o profundo pesar pelo falecimento de Francisco Wellington de França Pinheiro (Welington de Sebastião Borges), ocorrido neste domingo (04), de parada cardíaca, ao mesmo tempo em que presta condolências aos familiares e amigos consternados pela irreparável perda.

Wellington, tinha 60 anos de idade e durante um longo período prestou relevantes serviços na Prefeitura Municipal, atualmente estava lotado na Secretaria Adjunta de Serviços Públicos, ele deixa esposa: Margareth França e 2 filhos: Thales e Beliza.

O corpo esta sendo velado no Centro de Velórios Sempre e, o sepultamento será realizado às 17 horas.

Em face do trágico acontecimento, a prefeitura do Assú decretará luto oficial por 3 dias.

Prefeitura do Assú
05 de setembro de 2016

Janaína critica os partidos que questionam judicialmente o fatiamento do impeachment

728x90 aplicativo detranRecursos do impeachment podem trazer Dilma de volta, diz Janaína

61158102_Brazilian-jurist-Janaina-Paschoal-co-author-of-the-complaint-that-originated-the-impeac

Autora da denúncia critica partidos que acionaram o STF para rever decisão sobre inabilitação

POR EDUARDO BRESCIANI E MARIA LIMA – O GLOBO

A advogada Janaína Paschoal, uma das autoras da denúncia que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, criticou os partidos que entraram no Supremo Tribunal Federal (STF) questionando o fatiamento da decisão que acabou por permitir que a petista possa ocupar outros cargos públicos. Ela argumentou que, caso uma decisão da Corte por novo julgamento seja tomada após terem sido passados 180 dias do afastamento de Dilma, haveria a possibilidade de ela voltar ao cargo.

— Se o impeachment for anulado, ainda que se marque novo julgamento, Dilma voltará imediatamente para o poder, pois terão passado os 180 dias. Será que eu preciso desenhar? — escreveu Janaína em uma rede social.

A possibilidade de uma volta de Dilma à Presidência se daria a partir de 9 novembro, 180 dias depois, caso uma decisão da Corte determine ao Senado um novo julgamento.

Ler mais

Polícia Federal apura crimes de gestão temerária e fraudulenta nos maiores fundos de pensão do país

PF deflagra operação que foca em Funcef, Petros, Previ e Postalis

pddivA justiça determinou o sequestro de bens e o bloqueio de ativos de 103 pessoas físicas e jurídicas que são alvos da operação no valor aproximado de R$ 8 bilhões

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira a Operação Greenfield que apura crimes de gestão temerária e fraudulenta em desfavor de quatro dos maiores fundos de pensão do país: Funcef, Petros, Previ e Postalis. A ação conta com o auxílio técnico do Ministério Público Federal, da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os investigadores focaram em dez casos que provocaram déficits bilionários nos fundos de pensão. Desses, oito estão relacionados a investimentos realizados de forma temerária ou fraudulenta, por meio dos FIPs (Fundos de Investimentos em Participações).

Ler mais