Mandato do deputado Walter Alves do PMDB já custa mais de R$ 741 mil aos cofres públicos

Mandato do deputado Walter Alves do PMDB já custa mais de R$ 741 mil aos cofres públicos

walter-alves-no-plen

Em quase dois anos de mandato, Walter Alves, gastou uma fortuna de R$ 741.892,62 com verba indenizatória

O mandato do deputado federal Walter Alves, do PMDB, gastou uma fortuna de R$ 741.892,62 com verba indenizatória no período de quase dois anos. Na sua estréia na Câmara dos Deputados, no ano passado, Walter torrou R$ 422.366,92 e este ano, o filho do senador Garibaldi Filho, já gastou até o mês de setembro, a bagatela de R$ 319.525,70.

De acordo com levantamento do Blog do VT, a maior gastança do deputado peemedebista ficou com Consultorias, Pesquisas e Trabalhos Técnicos. Segundo o Portal da Transparência, ele torrou um total de R$ R$ 198.600,00 que foram parar na conta bancária de cinco prestadores de serviços.

O total de quase R$ 200 mil ficou assim distribuído, segundo o Portal da Transparência: Marcos Delli Ribeiro – Sociedade Individual De Adv (R$ 156.000,00), Art Etc Comunicacao & Marketing Ltda – ME (R$ 28.100,00), Focos Marketing em Gestao Empresarial Ltda – ME (R$ 8.500,00) e Leonardo Teixeira dos Santos (R$ 6.000,00).

Com Divulgação da Atividade Parlamentar, Walter Alves gastou um montante de R$ 173.000,00. A Art Etc Comunicacao & Marketing ficou a maior fatia da verba indenizatória com um total de R$ 143.000,00. A Focos Marketing em Gestao Empresarial embolsou um total de R$ 18.000,00 e Leonardo Teixeira dos Santos, a quantia de R$ 12.000,00.

Em terceiro lugar em gastos, a emissão bilhete aéreo para o deputado Walter Alves, custou aos cofres públicos, a quantia de R$ 148.911,91. Já com Locação ou Fretamento de Veículos Automotores, Walter gastou um total de R$ 74.547,13, com Combustíveis e Lubrificantes, o pemedebista desembolsou R$ 67.446,61 e R$ 55.172,54 com Manutenção de Escritório de Apoio à Atividade Parlamentar.

Temer se reúne com FHC para discutir medidas para recuperar a economia

728x90Temer se reúne com FHC para discutir medidas para recuperar a economia

fhcf

FHC elogiou a aprovação em primeiro turno da iniciativa na Câmara dos Deputados e disse também acreditar que o PSDB se empenhará também no Senado Federal

GUSTAVO URIBE E DANIEL CARVALHO – Folha de São Paulo

O presidente Michel Temer almoçou nesta quarta-feira (12) com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para discutir medidas para diminuição da dívida pública e recuperação da economia. O ministro do STF Gilmar Mendes também participou do encontro.

O peemedebista fez o convite ao tucano por telefone na terça-feira (11), quando falaram sobre a necessidade de uma mobilização também no Senado Federal para a aprovação da proposta de teto de gastos públicos.

No almoço, no Palácio do Jaburu, FHC elogiou a aprovação em primeiro turno da iniciativa na Câmara dos Deputados e disse que o mercado financeiro reagiu bem à proposta.

Ler mais

Polícia Civil investiga incêndio na Mata do Pilão, enquanto Semarh e Idema, avaliam danos ambientais

Polícia Civil investiga incêndio na Mata do Pilão, enquanto Semarh e Idema, avaliam danos ambientais

mata-do-pilrayanemainara_04

Com o objetivo de avaliar a situação pós-incêndio, identificar a extensão dos danos causados e iniciar o planejamento das ações de recuperação da área atingida, da Mata do Pilão, inserida na reserva ambiental da Área de Proteção Ambiental Estadual (APA) Piquiri-Una, na manhã desta quarta-feira (12), o secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, foi até a referida área, no município de Espírito Santo – acompanhado de sua equipe e da Defesa Civil – para fazer uma análise total do ocorrido.

“Não saberemos a extensão dos danos que o incêndio causou à região ainda hoje, porque é necessário um estudo preciso e técnico da área. Mas já se sabe que é menor do que estavam nos questionando. Uma vez que o incêndio ocorreu em uma área de mata do município de Espírito Santo, que não conta nem com 400 hectares, não há a mínima possibilidade de afetar esses mil hectares especulados”, disse Mairton França

Com relação ao abastecimento das nascentes, apesar da Defesa Civil ter detectado pontos que podem ter sido impactados com o ocorrido – o que só será comprovado após a avaliação do Idema – preliminarmente já está comprovado que não há riscos de suspensão de abastecimento de água nessa região. “Nenhuma das quatro nascentes próximas à região do incêndio foi prejudicada devido ao trabalho das Brigadas sobre as mesmas”, afirmou o secretário.

Ler mais

Inácio Macêdo visita o deputado José Adécio e juntos farão oposição em Tenente Laurentino Cruz

Inácio Macêdo visita o deputado José Adécio e juntos farão oposição em Tenente Laurentino Cruz

tenente-laurentino

Numa campanha disputadíssima, o, homem simples, filho de agricultor, Vereador Inácio Macêdo sai fortalecido e já se organiza para fazer uma oposição construtiva.

Nesta manhã de segunda-feira dia 10/10/2016, visita seu amigo e líder político Deputado José Adécio para mostrar os números da campanha que fez, junto com a candidata a vice-prefeita Ana Maria, com a força e a fé do povo simples e humilde da cidade de Tenente Laurentino e pedir o seu apoio para juntos fazerem uma oposição consciente e trabalhem pelo progresso de sua cidade natal.

Abaixo os números da campanha:

Sueleide  (PSDB) 49.79%  – 2,128 VOTOS

Inácio Macedo (PSB)  49.56% – 2,118 VOTOS

DIFERENÇA DE APENAS 10 VOTOS

“Inácio, para mim, você e Ana Maria foram vitoriosos, tanto você, quanto Ana terão meu total apoio político e pessoal, se preparem para daqui há 4 anos administrar a minha e a sua querida Tenente Laurentino Cruz”. Afirmou o Deputado

Assecom: Rafael Maia

Pastor da Assembléia de Deus acusa prefeito Ivan Júnior de ter abandonado evangélicos do Assú

Pastor da Assembléia de Deus acusa prefeito Ivan Júnior de ter abandonado evangélicos do Assú

14725494

Gustavo Soares devem entregar secretaria no futuro governo para pastor indicar o nome do escolhido da Assembléia de Deus, no jogo do rateio do poder

O pastor da Igreja Assembleia de Deus em Assú, Alfredo Luiz de Melo, que esteve reunido na calada da noite com o prefeito eleito do PR Gustavo Soares, na companhia do seu irmão e deputado estadual George Soares – admitiu ao Blog Oficial do 22, “que não teve respaldo por parte da atual gestão do prefeito Ivan Júnior, ou seja, o segmento evangélico esteve abandonado até então”.

Depois de fazer a acusação ao prefeito Ivan Júnior, o pastor e líder da Assembléia de Deus, disse que “consideramos um fato extremamente lamentável. Todos sabemos da importância da religião para a estrutura de qualquer sociedade civilizada”, durante a exposição da situação do setor ao longo do ano de 2016, para Gustavo e George Soares.

Segundo o Blog Oficial do 22, o pastor Alfredo está “esperançoso com a nova administração pública municipal que está com propósitos muito relevantes para proporcionar uma melhor assistência aos munícipes assuenses” e se mostra animado, “já pensando em um cronograma de atividades que agora não ficará apenas no papel”.

Por fim, o pastor da Igreja Assembléia de Deus, afirmou que “estamos todos muito esperançosos de que o Assu a partir de 2017, realmente seja um município onde o povo tenha livre acesso ás iniciativas e projetos da gestão”.

Prefeito eleito de Macau Túlio Lemos trabalha antes de tomar posse e Gustavo Soares, de Assú se diverte na praia de Pipa

Prefeito eleito de Macau Túlio Lemos trabalha antes de tomar posse e Gustavo Soares, de Assú se diverte na praia de Pipa

tulio-1

“Já estamos trabalhando, estendendo a nossa mão ao irmão macauense nesse momento de dificuldade”, diz Túlio

Enquanto o prefeito eleito de Macau Túlio Lemos (PSD), já começa a trabalhar antes de tomar posse, o prefeito eleito do Assú, Gustavo Soares (PR), ainda esta se divertindo e comemorando a vitória na praia de Pipa, uma das mais badaladas do litoral Sul de Natal.

Ontem, Túlio esteve com o presidente da Caern, engenheiro Marcelo Toscano para pedir providências, no sentindo de apresentar uma solução para o problema que atinge indistintamente os mais de 31 mil habitantes de uma das principais cidades da região Salineira potiguar.

Segundo Túlio, ficou evidente no encontro com a direção da Caern que o caso de Macau não é isolado, tampouco diferente da situação de Assú, outros municípios abastecidos pela bacia do Rio Piranhas-Açu, devido ao baixo nível no Rio Açu Piranhas. Macau inclusive está incluída na lista das cidades que passa por rodízio de água.
Carro Pipa

Como medida preventiva, o prefeito eleito Túlio Lemos, já pediu a direção da Caern que analisasse a possibilidade de reforçar o abastecimento de água na cidade com carros pipas, caso a situação não se normalize nos próximos dias. “Se for necessário, teremos carros pipas nas comunidades e bairros”, disse.

BNDES bloqueia verba de empreiteiras para obra no exterior

BNDES suspende financiamentos a empresas da Lava Jato

1432745884816

Em maio, banco congelou 25 projetos que somam US$ 7 bilhões em empréstimos, dos quais US$ 4,7 bilhões não foram liberados

Mariana Durão, O Estado de S.Paulo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) suspendeu em maio o desembolso para 25 operações de financiamento à exportação de serviços. Ao todo, os projetos somam US$ 7 bilhões em financiamentos, dos quais US$ 4,7 bilhões ainda não liberados.

A suspensão em bloco envolve obras em nove países, realizadas por empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato e foi motivada por uma ação civil pública aberta pela Advocacia Geral da União (AGU) contra as empresas por improbidade administrativa em junho de 2015. O banco vai reavaliar os empréstimos e os desembolsos restantes poderão ser cancelados ou retomados de acordo com o resultado.

A lista de projetos inclui financiamentos contratados a exportações de serviços de engenharia da Odebrecht, OAS, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez em nove países: Angola, Cuba, Venezuela, Moçambique, Argentina, Guatemala, Honduras, República Dominicana e Gana. A carteira de exportação de serviços do banco tem ao todo 47 projetos, com financiamentos de US$ 13,5 bilhões, entre os quais estão os 25 acima. O projeto do Porto de Mariel, em Cuba, não faz parte da lista porque os desembolsos já foram encerrados.

Ler mais