FEMURN convoca prefeitos para eleição da nova diretoria na próxima sexta-feira 13

FEMURN convoca prefeitos para eleição da nova diretoria no dia 13

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – publicou na edição de seu diário oficial da última sexta-feira, 06, o edital de convocação para eleição da nova diretoria e conselho fiscal.

De acordo com o edital, assinado pelo atual presidente da Federação, Ivan Lopes Júnior, a convocação para o pleito está marcada para a próxima sexta-feira, 13 de janeiro, às 08h, e é necessária a presença de metade mais um dos prefeitos filiados à Federação para sua realização.

Na publicação, o edital também destaca que o registro das candidaturas deverá ser realizado na sede da FEMURN, e qualquer associado adimplente poderá se lançar candidato à diretoria, inclusive ex-prefeitos, como previsto no estatuto da Federação.

A assembleia para eleição e posse da nova diretoria e conselho fiscal será presidida pelo atual Presidente, Ivan Júnior, que encerra seu mandato a frente da instituição.

Preço médio do litro da gasolina sobe a R$ 3,762 na primeira semana do ano

Preço médio do litro da gasolina sobe a R$ 3,762 na primeira semana do ano

O preço médio do litro da gasolina subiu a R$ 3,762 na primeira semana de janeiro, seguindo a tendência de alta iniciada após a Petrobras reajustar o valor do combustível na refinaria, no início de dezembro.

A média é superior à registrada em todas as semanas de 2016, de acordo com pesquisa da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), responsável pela divulgação do relatório.

Desde que a Petrobras anunciou uma elevação de 8,1% do preço da gasolina nas refinarias, em 5 de dezembro, o valor médio pago pelo consumidor nos postos subiu 1,92%.

Em relação à última semana de dezembro, o aumento foi de 0,18%, segundo a Folha de São Paulo.

Ler mais

Clima de medo em Assú: prefeito Gustavo Soares usa a PM para perseguir e ameaçar prender pais de famílias

Prefeito de Assú Gustavo Soares usa a PM para perseguir e ameaçar prender pais de famílias

No governo de Gente perseguindo Gente em Assú do prefeito Gustavo Soares, o terror e a perseguição estão de volta como na época do seu pai e ex-prefeito Ronaldo Soares

Mais de 14 pequenos empreendedores de Assú que buscam uma saída honrada para poder enfrentar o desemprego e tem autorização de lei aprovada em setembro de 2015 pela Câmara de Vereadores, para construir postos comerciais, começam a ser perseguidos pelo novo governo do prefeito Gustavo Soares, do PR, que usa até a força policial para impedí-los de construir seus estabelecimentos comerciais.

O procurador Jonaelson Galvão obedecendo ordens do prefeito Gustavo Soares chamou a Polícia Militar para intimidar e ameaçsr de prisão os trabalhadores e pais de famílias

Hoje a cidade de Assú viveu seu clima de terror e medo, o procurador do Município Jonaelson Medeiros Galvão, por determinação do prefeito Gustavo Soares, chamou viaturas com soldados da Polícia Militar para ameaçar e mandar prender os pais de famílias que tentam ganhar o pão de cada dia trabalhando de maneira honesta e se recusaram a aceitar a interdição das obras dos postos comerciais impostas pelo atual prefeito.

Além de convocar a PM, comenta-se que o procurador Jonaelson Galvão,também denunciou os camelôs que trabalham na praça do Rosário a Polícia Civil. Até o final do mês de fevereiro, policiais civis devem fazer operação contra o trabalhadores que procuram sustentar seus filhos e filhas trabalhando nas praças da cidade.

Morre aos 92 Mário Soares, ex-presidente de Portugal

Morre aos 92 Mário Soares, ex-presidente de Portugal

DIOGO BERCITO – Folha de São Paulo

Mário Soares, ex-presidente de Portugal, morreu neste sábado (7) em Lisboa aos 92 anos. Ele estava em estado crítico desde 13 de dezembro.

Soares foi uma das figuras mais importantes da história recente portuguesa e participou de momentos-chave do país, como a fundação do Partido Socialista de Portugal e o combate ao regime de António de Oliveira Salazar, que durou de 1933 a 1974.

Figura controversa entre portugueses, ele nasceu em 1924 e formou-se em direito. Soares filiou-se ao Partido Comunista aos 18 anos, durante sua passagem pela universidade, mas deixou as fileiras poucos anos depois.

Ler mais

Gustavo Soares não vai fazer concurso público para a Educação este ano, mas deve contratar 80 professores temporários

Gustavo Soares não vai fazer concurso público para a Educação este ano, mas deve contratar 80 professores temporários

Apesar da promessa de que a educação terá prioridade no governo da ‘Gente Cuidando da Gente’, o prefeito de Assu Gustavo Soares, não vai fazer este ano concurso público para rede municipal de ensino, mas a Prefeitura do Assú, planeja autorizar em breve a contratação de um número de aproximidade 80 professores temporários para trabalhar nas escolas do município.

O prefeito tem demostrando não estar preocupado com a qualidade e a eficiência do ensino nas escolas municipais e segundo revela fonte do magistério, a Secretaria Municipal da Educação e Cultura de Assú,já iniciou o processo distorcido de seleção que não segue critérios técnicos, mas puramente político para beneficiar aliados dele e do seu irmão, deputado estadual George Soares.

Para participar da seleção que é feita por ‘debaixo dos panos’, os candidatos não precisam comprovar tempo de serviço no magistério, mas precisam ter a indicação de vereadores para serem chamados futuramente. Os candidatos a professores, já estão entregando currículos na Secretária Municipal de Educação e Cultura, sob comando da apadrinhada da vice-prefeita Sandra Alves (PMDB), Shirley Albano Araújo.

Prefeito Valderedo Bertoldo concede férias coletivas a 222 funcionários da Educação em Ipanguaçu

Prefeito Valderedo Bertoldo concede férias coletivas a 222 funcionários da Educação em Ipanguaçu

A atual secretária de Educação Jeane Dantas Bezerra parece não ter concordado com a decisão do prefeito

Depois de nomear um total de 13 afilhados políticos para cargos comissionados na Prefeitura de Ipanguaçu, o prefeito do PSDB Valderedo Bertoldo, 51 anos, que ganha um salário de R$ 17.500 por mês concedeu férias coletivas para 222 servidores municipais. 

Pela primeira vez na história do município, todos funcionários estatutários Municipais que estão lotados na Secretaria Municipal de Educação, vão ficar em casa por 30 dias de férias coletivas, durante o período de 04 de janeiro a 03 fevereiro de 2017.

Na portaria publicada hoje com a relação nominal de 222 servidores no Jornal Oficial do Município de Ipanguaçu, o prefeito Valderedo Bertoldo, não explica os motivos da decisão que pode gera problemas na elaboração do calendário escolar do município. para este ano.

A portaria não tem a assinatura da Secretária Municipal de Educação, SEMEI, Jeane Dantas Bezerra que não deve ter concordado com essa avalanche de férias. O ato é assinado pelo prefeito Valderedo Bertoldo e o Secretário Municipal de Planejamento e Administração, Francisco Tales Praxedes .

Walter Alves segue estratégia política do pai e juntos participam da procissão de encerramento da festa de Santos Reis

Walter Alves segue estratégia política do pai e juntos participam da procissão de encerramento da festa de Santos Reis

O deputado federal Walter Alves vem seguindo o mesmo estilo pessoal e estratégia política do seu pai e senador do PMDB, Garibaldi Alves, de prestigiar festas religiosas pelo interior do Rio Grande do Norte.

Ontem, os dois participaram no fim da tarde, da procissão que marcou o encerramento da festa de Santos Reis, em Natal.

Os parlamentares se juntaram aos mais de 12 mil fiéis – segundo a organização – que percorreram as ruas de alguns bairros para reverenciar e homenagear os três reis magos: Belchior, Baltasar e Gaspar, co-padroeiros da cidade.

Prefeito Gustavo Soares adota jogo do toma la dá cá e nomeia dono da Radio Nova 89 FM de Assú

Prefeito Gustavo Soares adota jogo do toma la dá cá e nomeia dono da Radio Nova 89 FM de Assú

No jogo do toma lá dá cá, o deputado estadual Géorge Soares, tem a seu serviço blogues e emissoras de rádios de Assú contratadas as custas dos cofres da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte para atacar seus adversários políticos e exaltar as suas qualidades como parlamentar e defensor da cidade.

O prefeito de Assú Gustavo Soares aprendeu rápido a política da troca de favores na qual quem favorece alguém é por este favorecido. O dono da Radio Nova 89 FM de Assú, Arnóbio Abreu Júnior, foi nomeado pelo prefeito de Assú Gustavo Soares para chefiar a Secretaria de Eventos da Prefeitura do Assú.

Depois de perder a cadeira na Câmara de Vereadores do Assú, o ex-vereador do PMDB e dono da emissora, Arnóbio Abreu, foi nomeado pelo prefeito Gustavo Soares para a Secretaria de Eventos. O cabo eleitoral do prefeito e dono da Radio Nova 89 Fm de Assú vai comandar os principais eventos como Carnaval, festa do Padroeiro de São João Batista e outros menos importantes.

PT passa por cima do discurso de ‘golpe’ e deve apoiar nomes de Temer para Senado e Câmara

PT passa por cima do discurso de ‘golpe’ e deve apoiar nomes de Temer para Senado e Câmara

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), que deve receber apoio de petistas na eleição de fevereiro

DANIEL CARVALHO e DÉBORA ÁLVARES – Folha de São Paulo

Após perder milhares de cargos comissionados em todo o país com o impeachment de Dilma Rousseff e com a saída de cerca de 350 prefeitos, o PT pretende passar por cima do discurso de golpe e apoiar candidatos da base de Michel Temer à presidência da Câmara e do Senado.

A ideia é ter aliados em cargos ligados às vagas que devem ser ocupadas pelo partido nas Mesas Diretoras das duas Casas. O número pode chegar a 88.

No ano passado, o partido perdeu os cargos atrelados às lideranças do governo no Senado e no Congresso e agora deve apoiar Eunício Oliveira (PMDB-CE) para garantir uma posição na Mesa Diretora.

Ler mais

Na corrida pelo poder na Câmara, Rodrigo Maia quer vencer no 1º turno

Na corrida pelo poder na Câmara, Rodrigo Maia quer vencer no 1º turno

A Constituição e o regimento da Câmara vedam a reeleição do presidente na mesma legislatura, mas Maia trabalha com a tese de que a regra não se aplica a quem se elegeu para mandato-tampão – caso dele

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), conquistou o apoio de alas significativas do chamado “centrão” e agora trabalha para tentar selar sua reeleição ao comando da Casa já no primeiro turno da disputa, que ocorre no dia 2 de fevereiro. Nesta semana, segundo a Agência Estado, ele recebeu sinais de que terá a maioria dos votos em siglas como o PSD, o PR, o PRB e o PSB.

Maia, que ainda não oficializou a candidatura numa tentativa de minimizar os ataques rivais, já conta com a preferência de partidos como o PSDB e o PMDB. Nesse cenário, o aceno de siglas do centrão fragiliza o pleito de dois de seus principais adversários, os deputados Rogério Rosso (PSD-DF) e Jovair Arantes (PTB-GO).

Para liquidar a fatura no primeiro turno, Maia agora trabalha para reeditar a parceria com setores da oposição e de acordo com desenhos feitos por seus aliados, o PMDB ficaria com a primeira vice-presidência. O PP, com a segunda vice. A primeira secretaria seria dada ao PR, enquanto a segunda ficaria com o PT. Se o PT não embarcar na candidatura – o que decidirá no próximo dia 17 –, a vaga pode ser oferecida ao PSB. PSDB e PSD receberiam a terceira e a quarta secretarias.

Deputados do PMDB ameaçam derrubar vetos de Temer para ajudar Estados

Deputados do PMDB ameaçam derrubar vetos de Temer para ajudar Estados

Sem seguir as orientações do Palácio do Planalto, deputados querem derrubar as restrições feitas à renegociação da dívida dos Estados, ISS e tópicos da LDO

A base aliada ao presidente Michel Temer planeja reverter algumas de suas decisões recentes tão logo o Congresso retome suas atividades em fevereiro, segundo a Agência Estado.

Os deputados querem derrubar as restrições feitas à renegociação da dívida dos Estados, Imposto sobre Serviços (ISS) e tópicos da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Prometem ainda modificações na medida provisória de regularização fundiária, que desagradou à bancada ruralista e também à oposição.

O movimento é encabeçado por parlamentares do PMDB, mesmo partido de Temer, e reforçado por deputados das bancadas dos Estados mais endividados, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Os parlamentares já iniciaram a articulação para a derrubada do veto parcial ao projeto de renegociação das dívidas. Temer barrou o regime especial de socorro aos Estados em calamidade fiscal após os deputados retirarem do texto as contrapartidas, mesmo contra orientação da equipe econômica do governo.

Valderedo Bertoldo vai ganhar R$ 210 mil só com salário em 2017 como prefeito de Ipanguaçu

Valderedo Bertoldo vai ganhar R$ 210 mil só com salário em 2017 como prefeito de Ipanguaçu

O prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, 51 anos, vai começar o ano de 2017, ganhando um salário mensal bruto de R$ 17.500,00. O tucano vai receber um total de R$ 3.500 a mais do que o ex-prefeito do PT, Leonardo Oliveira, que ganhava R$ 14 mil por mês.

Até o final do ano, o prefeito tucano de Ipanguaçu terá embolsado um montante de R$ 210 mil dos cofres públicos como pagamento pelos serviços prestados ao município furante os 12 meses.

Com o aumento de R$ 3.500 a mais do que recebia o ex-prefeito peista, a Prefeitura de ipanguaçu terá uma despesas maior para bancar o salário do prefeito Valderedo Berto no valor de R$ 42 mil/ano, o equivalente a quase quatro salários minímos a mais por mês e que daria para empregar mais quatro funcionários este ano.

Cai secretário de Temer que pediu mais chacinas

Cai secretário de Temer que pediu mais chacinas

Cabo Júlio e seu filho, Bruno, que é Presidente Nacional da Juventude do PMDB

POR AMANDA ALMEIDA E ILIMAR FRANCO – O GLOBO

Após a repercussão de sua declaração ao GLOBO sobre o massacre em um presídio de Manaus, em que afirmou que deveria haver ‘uma chacina por semana’, o secretário nacional de Juventude, Bruno Júlio (PMDB), pediu demissão nesta sexta-feira.

Segundo o Planalto, a saída de Júlio do cargo ocorre por pedido do secretário e “já foi aceita” pelo presidente Michel Temer. A decisão será publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

Ao comentar o massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), na capital do Amazonas, Júlio afirmou que ‘tinha era que matar mais’.

Brasil pressionava Venezuela devido a dívida bilionária com a Odebrecht

Brasil pressionava Venezuela devido a dívida bilionária com a Odebrecht

Propaganda de Chávez em inauguração, em 2006, de ponte construída pela Odebrecht na Venezuela

FELIPE BÄCHTOLD e WÁLTER NUNES – Folha de São Paulo

Em meio a dívidas bilionárias da Venezuela com a Odebrecht, o governo do Brasil pressionou autoridades do país vizinho a honrar os compromissos e quitar suas obrigações com a empresa.

As informações constam em relatórios do Itamaraty produzidos durante o governo Dilma Rousseff, obtidos pela Folha.

Os documentos afirmam que os atrasos, que vinham desde o governo de Hugo Chávez, chegaram a US$ 2 bilhões em 2014, já sob a Presidência de Nicolás Maduro.

Outras empreiteiras, como Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa, e a Petrobras também viviam rotinas de atraso, de acordo com os despachos do Itamaraty, mas a Odebrecht era a mais afetada.

De acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, o grupo baiano pagou US$ 98 milhões em propina na Venezuela desde 2006 -o maior valor em um país depois dos pagos no Brasil.

Ler mais