Prefeito do Assú pode terminar mais desmoralizado do que o pai

Prefeito do Assú pode terminar mais desmoralizado do que o pai 

Com sua equipe de réus no governo, o prefeito Gustavo Soares, vai acabar pior do que o pai, se terminar o mandato até 2020. A Justiça Eleitoral pode interromper a carreira dele e dessa renomada quadrilha da patota do seu pai encastelada hoje no poder.

Ronaldo Soares deve mais de R$ 7 milhões aos cofres da Prefeitura do Assú e o prefeito tem o dever constitucional de cobrar dele essa dívida fruto de corrupção de muita gente que ele chamou para ser consultor e secretários.

Muita água ainda vai rolar por debaixo da ponte e o prefeito pode se afogar antes do tempo no lamaçal da turma de auxiliares, desmoralizado e desmascarado. O prefeito Gustavo Soares, não é sujeito bem intencionado, quando seu critério de escolha para integrar o governo, é ser processado e réu em maracutaia com dinheiro do povo. 

Rodrigo Maia emperra CPIs para investigar UNE e Carf

Rodrigo Maia emperra CPIs para investigar UNE e Carf

Requerimentos para apurar irregularidades em entidade estudantil e conselho federal estão parados; demora evita constrangimento a PCdoB e PSDB

Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), segura desde o ano passado os pedidos de instalação das Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) da União Nacional dos Estudantes (UNE) e do Conselho Administrativo de Recursos Federais (Carf). A demora evita constrangimentos a aliados que apoiaram Maia nas últimas eleições para o comando da Casa, como o PCdoB e o PSDB, que poderiam ser alvo de investigações.

Em mais de sete meses de gestão, Maia autorizou a criação de duas CPIs – uma para investigar a Fundação Nacional do Índio (Funai) e o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e outra da “indústria das multas”. Seu antecessor, o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), autorizou a criação de dez comissões em quase um ano e meio na presidência. Já Waldir Maranhão (PP-MA), que assumiu o cargo interinamente após o afastamento e a renúncia de Cunha, autorizou a criação de três CPIs.

O requerimento para a instalação da CPI da UNE foi feito em outubro de 2016, com o apoio de mais de cem parlamentares, mas está parado até hoje dependendo do aval de Maia. A CPI investigaria o suposto envolvimento de integrantes do PCdoB em desvios de recursos por parte da instituição.

Ler mais

Roberto Azevêdo é eleito para 2º mandato como diretor-geral da OMC

Roberto Azevêdo é eleito para 2º mandato como diretor-geral da OMC

Para o Ministério das Relações Exteriores brasileiro (MRE), esse fato expressa o amplo reconhecimento dos membros da OMC à contribuição do diretor-geral para os resultados alcançados pela organização durante seu primeiro mandato (2013-2017)

O embaixador brasileiro Roberto Azevêdo foi reconduzido hoje (28) pelo Conselho Geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) para um segundo mandato de quatro anos como diretor-geral da instituição. O novo mandato tem início em 1º de setembro deste ano.

Roberto Azevêdo era candidato único. Para o Ministério das Relações Exteriores brasileiro (MRE), esse fato expressa o amplo reconhecimento dos membros da OMC à contribuição do diretor-geral para os resultados alcançados pela organização durante seu primeiro mandato (2013-2017).

Na Conferência Ministerial de Bali, em 2013, concluiu-se a negociação do Acordo de Facilitação de Comércio (AFC), o primeiro acordo multilateral celebrado pela OMC desde sua criação em 1º de janeiro de 1995. O acordo global para agilizar o comércio exterior entrou em vigor no último dia 22.

Ler mais

Em parecer entregue ao STF, Janot defende auxílio-moradia para Ministério Público

Em parecer entregue ao STF, Janot defende auxílio-moradia para Ministério Público

Benefício de R$ 4.377,73, na prática aumenta salário no MP

POR ANDRÉ DE SOUZA – O GLOBO

Em parecer entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu o pagamento de auxílio-moradia a integrantes do Ministério Público. Na prática, o benefício, no valor de R$ 4.377,73, aumenta os salários de muitos procuradores e promotores. Em alguns casos, é o suficiente para ultrapassar o teto do funcionalismo público, atualmente fixado em R$ 33.763.

O documento foi juntado a uma ação apresentada pela Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Ansemp). O relator é o ministro Luiz Fux. A entidade — que representa os técnicos e analistas do Ministério Público, mas não os procuradores e promotores — questiona uma resolução de 7 de outubro de 2014 do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Na avaliação da Ansemp, o auxílio é pago a muitos procuradores e promotores. Segundo a entidade, isso mostra que se trata, na prática, de um complemento salarial disfarçado de verba indenizatória.

Ler mais

TCU estuda declarar inidoneidade das maiores empreiteiras investigadas na Lava Jato

TCU estuda declarar inidoneidade das maiores empreiteiras investigadas na Lava Jato

As negociações entre governo e empresas se arrastam há mais de dois anos e nenhuma das construtoras foi punida nem pagou pelos prejuízos causados por meio dos acordos de leniência. Enquanto isso, as empresas podem fechar contratos com o governo

O Tribunal de Contas da União (TCU) estuda declarar a inidoneidade das principais construtoras investigadas na Operação Lava Jato. Com isso, elas ficariam proibidas de fechar contratos com a administração federal. A reação do tribunal ocorre porque as negociações entre governo e empresas se arrastam há mais de dois anos e nenhuma das grandes construtoras foi punida nem pagou pelos prejuízos causados por meio dos acordos de leniência – delações premiadas de pessoas jurídicas. A informação foi publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira (28).

Um dos processos em que pode ser declarada a inidoneidade apurou a participação de 16 empreiteiras em combinação de preços, quebra de sigilo de propostas, divisão de mercado, acerto prévio de resultados e direcionamento de licitações em obras da Refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco. Nesse grupo, estão empresas como Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez e Queiroz Galvão.

Ler mais

Em recesso, deputados federais do RN gastam mais de R$ 88 mil com divulgação do mandato

Em recesso, deputados federais do RN gastam mais de R$ 88 mil com divulgação do mandato

Com a divulgação da atividade parlamentar, a bancada potiguar na Câmara dos Deputados composta de oito parlamentares do RN, gastou um total R$ 88.100,00 durante janeiro, mês de recesso em que não houve sequer uma sessão.

Blogueiro fanático e idolatra da oligarquia Soares coloca o prefeito do Assu acima de Deus

Blogueiro fanático e idolatra da oligarquia Soares coloca o prefeito do Assu acima de Deus

O blogueiro conhecido como boca de trapo da oligarquia Soares. é assessor de imprensa da Câmara de Vereadores

Em períodos de seca, o nordestino religioso ou não, costuma agradecer aos santos, a natureza e a Deus, quando chove aliviando a estiagem que castiga os milhares de lares de municípios, mas em Assú, um idólatra blogueiro do time do ‘Ministério da Verdade’ da oligarquia Soares, vem a publico agradecer ao prefeito do Assú, parabenizando pelas chuvas caídas na cidade.

Geralmente, o povo agradece a Virgem Maria, a São João Batista, a São José e outros santos, mas em Assú, o agradecimento é feito ao prefeito Gustavo Soares pelas chuvas caídas durante o Carnaval por um blogueiro da Igreja Evangélica Assembléia de Deus. Os evangélicos agradecem diretamente a Deus e não precisam de intercessores.

O deputado George Soares também tem o mesmo pensamento do blogueiro que tolamente copiou uma idéia divulgada pelo parlamentar, colocando o prefeito do Assú Gustavo Soares para ocupa lugar de Deus como responsável pela estiagem. O fanatismo torna um homem imbecil e ridículo, praticando heresia e idolatria. É ignomínia nunca cometida na cidade por um grupo político que se acha acima de Deus.

Deputados gastam R$ 10 milhões com verba da Câmara que custeia propaganda e viagens

Deputados gastam R$ 10 milhões com verba da Câmara que custeia propaganda e viagens

POR PAINEL – Folha de São Paulo

Folia parlamentar Em janeiro, mês de recesso em que não houve sequer uma sessão na Câmara, deputados gastaram R$ 10 milhões em recursos da cota parlamentar — verba disponibilizada pelo Legislativo para dar suporte ao trabalho dos congressistas. Mesmo sem atividade nas comissões e no plenário, os 513 deputados desembolsaram R$ 2,7 milhões só para fazer propaganda. Outro R$ 1,3 milhão foi usado para custear passagens de avião e mais R$ 1,1 milhão foi gasto com a compra de combustível.

Traz a conta O valor total ainda pode crescer. Os deputados têm até 90 dias para apresentar as notas fiscais para que seus gastos sejam reembolsados pela Câmara.

Prefeito do Assú pratica agiotagem oficial com dinheiro do povo e fatura quase R$ 100 mil por mês

Prefeito do Assú pratica agiotagem oficial com dinheiro do povo e fatura quase R$ 100 mil por mês

Prefeito Gustavo Soares recebe 0,5% da taxa de juros do dinheiro aplicado no Banco do Brasil e não 5% como foi divulgado

O modelo de governança do prefeito do Assú Gustavo Soares, é pura agiotagem como forma de mudança de administrar, deixando de pagar funcionários e fornecedores, para aplicar 14 milhões a juros de 0,5% ao mês. Enquanto a Prefeitura do Assú recebe juros, o funcionalismo que não recebeu seus salários, paga juros por ter seus compromissos adiados, em virtude de salários atrasados.

O Comércio de Assú é outra vítima do governo da oligarquia Soares. Prejudicado pela agiotagem oficial da prefeitura, que deixa de pagar, funcionários e fornecedores, o dinheiro deixar de circular e muitas lojas já fecharam com essa prática abusiva de governar que segundo o prefeito vai durar seis meses.

Para encobrir a política perversa da agiotagem oficial com dinheiro do contribuinte, o prefeito diz que recebeu a prefeitura em dificuldades, negando que Ivan deixou 5 milhões em contas da prefeitura.

Fazendo o volume do caixa aumentar no banco com para renda de aproximadamente R$ 100 mil, a prefeitura está deixando de cumprir com suas obrigações, para aplicar dinheiro a juros, e para alimentar a mentira, diz que a prefeitura está em dificuldade.

PS. Republicado por erro de digitação. Na verdade, a taxa de juros é de 0,5% e não 5% ao mês.

Blogueiro atribui chuva no Carnaval do Assú como obra do prefeito Gustavo Soares

Blogueiro atribui chuva no Carnaval do Assú como obra do prefeito Gustavo Soares

Em Assú tem uma série de blogs pagos com o dinheiro público e orientados pelo Ministério da Verdade da oligarquia Soares a enaltecer a administração municipal, podendo até exagerar um pouco.

Porém tem uns que não conhecem o limite entre o exagero e ridículo, foi o caso de um blogueiro assessor do atual gestor que até a chuva está  classificando como obra da administração do prefeito.

Sob chuva, Michelzinho e Marcela Temer passeiam de lancha na Bahia

Sob chuva, Michelzinho e Marcela Temer passeiam de lancha na Bahia

Apesar do dia chuvoso na região da Base Naval de Aratu, em Salvador, a primeira-dama, Marcela Temer, passeou de lancha pela região na manhã desta segunda-feira (27).

PEDRO LADEIRA ´Folha de São Paulo

Ela estava acompanhada da mãe, Norma Tedeschi, do filho, Michelzinho, além de militares da Marinha e de seguranças da Presidência da República.

Michel Temer e a família descansam na base neste Carnaval. O presidente deve retornar à Brasília nesta terça-feira (28).

O passeio da primeira-dama e de seus familiares começou por volta das 10h30, quando eles chegaram em 3 carros. Michel Temer não foi visto no grupo.

Os familiares do presidente embarcaram na lancha “Bem me Quer” debaixo de uma chuva forte. O grupo passeou por cerca de uma hora e retornou também debaixo de chuva.

Padilha se recupera de cirurgia em Porto Alegre

Padilha se recupera de cirurgia em Porto Alegre

Segundo médicos, situação é estável e ministro deve permanecer no hospital até quarta-feira

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, está estável após se submeter a uma cirurgia na próstata, na tarde desta segunda-feira, em Porto Alegre. De acordo com o boletim médico, o procedimento envolveu anestesia geral e não teve intercorrências.

“As condições gerais são estáveis”, diz o texto assinado pelo urologista Claudio Telöken e o médico intensivista Nilton Brandão. Padilha, de 71 anos, permanecerá em recuperação pós-operatória, monitorado, pelo menos até esta quarta-feira.

O objetivo da cirurgia era tratar uma obstrução ao nível prostático. A operação durou 2h05 e foi considerada bem-sucedida pelo corpo médico. Padilha deu entrada na manhã desta segunda-feira, no Hospital Moinhos de Vento, bairro nobre da capital gaúcha, para realizar a intervenção cirúrgica. O ministro estava acompanhado de familiares.

Rafael Motta participa de assinatura de protocolo de intenção entre CHiNT e Governo do Estado

Rafael Motta participa de assinatura de protocolo de intenção entre CHiNT e Governo do Estado 

Em missão oficial na China, o deputado federal Rafael Motta (PSB) participou hoje (27) da assinatura do protocolo de intenção entre a empresa chinesa CHiNT e o Governo do Estado, para instalação de uma fábrica de produção de placas fotovoltaicas no Rio Grande do Norte. O parlamentar acompanha a comitiva potiguar em visita ao país asiático, que tem a presença do governador Robinson Faria, secretários do Governo e empresários potiguares. 

“A reunião foi muito positiva. A CHiNT é uma das maiores empresas do mundo em produção de placas para captação de energia solar e demonstra interesse em investir no Estado. Aqui, nós assinamos um protocolo para reafirmar esse compromisso e viabilizar o investimento chines nessa área, atraindo emprego e renda para o RN”, afirmou o deputado Rafael Motta, que intermediou, antes, no Brasil, um encontro entre empresários da CHiNT e o Governo do Estado.

A reunião, em Xangai, contou com a presença do secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo; o presidente da Potigás, Beto Santos,  empresários locais. Além de ter intermediado o encontro no Brasil entre chineses e potiguares, Rafael Motta é também integrante da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados e da Frente Parlamentar de Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento.