Caicó tem Carnaval tranquilo após parceria entre Sesed e Prefeitura

Caicó tem Carnaval tranquilo após parceria entre Sesed e Prefeitura

Considerado um dos maiores do Rio Grande do Norte, o Carnaval 2017 de Caicó terminou de forma tranquila. Em parceria com a Prefeitura de Caicó, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) ativou permanentemente o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), o que proporcionou um planejamento das ações de segurança pública no município de maneira mais articulada com todos os atores.

“Tivemos 77 ocorrências atendidas durante todos os dias de festa, nenhuma de natureza grave”, disse o comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM), major Costa. Este ano, a Sesed ainda instalou o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) na cidade do Seridó Potiguar. Além disso, durante o Carnaval o Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (CICCM) ficou no 6º BPM. O equipamento contou com videomonitoramento e comunicação digital que ajudaram os policiais no atendimento e até mesmo na prevenção de ocorrências.

“Tivemos muitos casos de brigas que conseguimos evitar por acompanhar tudo em tempo real através do CICCM. Também tivemos um caso de um adolescente que se deslocou de uma determinada região e, através das câmeras, o acompanhamos até uma festa que estava acontecendo. Percebemos que ele estava ali para comercializar drogas e fizemos a apreensão”, afirmou o major Costa.

Defesa de Temer quer anular depoimento de Marcelo Odebrecht

Defesa de Temer quer anular depoimento de Marcelo Odebrecht

Marina Dias – Folha de São Paulo

A defesa do presidente Michel Temer estuda questionar a legalidade dos depoimentos de delatores da Odebrecht, incluindo o do ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo a Folha apurou, a depender do teor desses depoimentos, a ideia é argumentar que os ex-executivos da empresa foram chamados a falar ao TSE somente após o vazamento ilegal do conteúdo da delação de Cláudio Melo filho, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht.

A expectativa é que os delatores confirmem ao TSE a versão de Melo Filho que, em colaboração com a força-tarefa da Lava Jato, disse que, em 2014, durante um jantar no Palácio do Jaburu com a presença de Temer e do hoje ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, ficou acertado o pagamento de R$ 10 milhões para a campanha do PMDB daquele ano. Caso esses executivos apresentem dados novos que possam complicar a situação de Temer, a defesa do presidente pode pedir nulidade dos depoimentos.

Ler mais

Depois de mais de 30 anos, Portela vence o título do Carnaval carioca

Depois de mais de 30 anos, Portela vence o título do Carnaval carioca

Em ano marcado por graves acidentes no Sambódromo do Rio, que deixaram ao menos 32 pessoas feridas, a Portela sagrou-se campeã pela 22ª vez na sua história. Fundada em 1923, a escola não vencia desde 1984.

Sob a batuta do carnavalesco Paulo Barros, a Portela falou sobre rios em seu desfile. O enredo fez referência a um dos grandes nomes da escola, Paulinho da Viola, com o título “Foi um rio que passou em minha vida e meu coração se deixou levar”, versos de uma de suas mais conhecidas canções.

Civilizações que iniciaram seus processos de organização social ao leito de rios norteou parte do desfile. A escola também fez referência à tragédia na barragem da Samarco, em Mariana (MG), com o carro alegórico “Um Rio que Era Doce”.

Ler mais

Deputado pede ressarcimento até pela compra de dois pães de queijo

Deputado pede ressarcimento até pela compra de dois pães de queijo

Apresentando notas fiscais de despesas extras em valores de R$ 1 a R$ 184,5 mil, parlamentares foram ressarcidos em R$ 235 milhões em 2016, o equivalente ao pagamento do salário dos 81 senadores por sete anos

POR LUCIO BATISTA – Congresso Em Foco

A crise financeira que o país atravessa parece ter chegado até mesmo nos parlamentares federais, apesar do salário de R$ 33,7 mil que cada um deles recebe todo mês. Enquanto alguns ressarcimentos de despesas pela verba indenizatória da Câmara e do Senado chegaram a R$ 184,5 mil em uma única nota fiscal, o deputado Afonso Motta (PDT-RS) não abriu mão nem mesmo de ser ressarcido pela compra de dois pãezinhos de queijo. Mas o cupom fiscal de R$ 1,00 não é a única curiosidade na utilização do cotão.

A deputada Luciana Santos (PCdoB-PE) pediu ressarcimento de 604 abastecimentos feitos por seu gabinete ao longo de 2016, uma média de 1,65 abastecimento por dia, já considerando feriados e finais de semana. Diego Garcia, deputado federal do PHS pelo Paraná, que foi ressarcido em R$ 497 mil no ano passado, apresentou à Casa nada menos que 2.284 notas, uma média superior a seis notas por cada um dos 365 dias do ano.

Rodrigo Janot pede que Aécio Neves seja ouvido sobre Furnas no Supremo

Rodrigo Janot pede que Aécio Neves seja ouvido sobre Furnas no Supremo

O procurador-geral da República Rodrigo Janot pediu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, que sejam tomados os depoimentos do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, do ex-ministro José Dirceu, do ex-senador e delator Delcídio Amaral (ex-PT/MS) e do ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira sobre a existência de um suposto esquema de corrupção em Furnas. Janot ainda pedem que sejam juntados na investigação os relatórios da CGU e do TCU sobre o chamado “mensalão de Furnas”.

Com isso, caso seja autorizado pelo ministro Gilmar Mendes, será a primeira vez que Aécio irá depor aos investigadores sobre Furnas. As primeiras denúncias sobre corrupção na estatal de energia surgiram em 2005 na CPI Mista dos Correios, por meio do ex-deputado e delator do Mensalão Roberto Jefferson. Em dezembro do ano passado, o tucano depôs à PF em outro inquérito, no qual é investigado por supostamente atuar para “maquiar” dados da CPI Mista que poderiam implicar tucanos.

A estratégia de Janot foi protocolada no STF na última quinta-feira, 23, no inquérito que apura as suspeitas de que Aécio teria se beneficiado de um esquema de corrupção na estatal. No pedido, Janot também requer que a apuração seja prorrogada por mais 60 dias. O procurador-geral quer apurar a versão apresentada pelo delator e lobista Fernando Horneaux de Moura, que disse ter sido informado por Dirceu, em 2003, do pedido de Aécio a Lula para que o então diretor de Engenharia de Furnas Dimas Toledo fosse mantido no cargo. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Para CGU, Correios não tomaram medidas para evitar dilapidação de seu patrimônio

Para CGU, Correios não tomaram medidas para evitar dilapidação de seu patrimônio

Repasses para a União durante o governo Dilma teriam ficado muito acima do que seria recomendado

Uma auditoria da Controladoria Geral da União (CGU) responsabilizou o Conselho de Administração e a Diretoria Executiva dos Correios por não tomarem medidas que evitassem a dilapidação do patrimônio da estatal. Isso porque a parte dos lucros e outros dividendos da empresa repassados para a União entre 2011 e 2013, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, ficaram muito acima do que o recomendado, comprometendo a saúde financeira dos Correios. Em 2015, a situação chegou a tal ponto que a empresa teve um prejuízo de R$ 2,1 bilhões.

Segundo a CGU, os Correios pagaram à União aproximadamente R$ 1,9 bilhões entre 2000 e 2010. Nos três anos seguintes, os valores subiram para R$ 2,9 bilhões. O resultado desses repasses e outros problemas na gestão da estatal foi a redução do caixa dos Correiros. Em 2011, havia R$ 6 bilhões. Em 2013, caiu para R$ 4,5 bilhões. Em 2015, já estava em R$ 1,9 bilhão.

“Somente em 2011, foi repassado o valor de R$ 1,7 bilhões. Assim, verifica-se que já havia a possibilidade de se entrever que essa situação poderia causar um impacto financeiro à empresa. Ainda assim, foram pagos mais R$ 1,2 bilhões, somando-se os valores repassados em 2012 e 2013”, diz trecho da auditoria. As informações são do jornal O Globo.

Ler mais

Superior Tribunal de Justiça manda soltar filho de Pelé

Superior Tribunal de Justiça manda soltar filho de Pelé

O ministro Antonio Saldanha Palheiro, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), deferiu liminar para suspender a prisão imposta a Edinho, filho de Pelé, determinada há cinco dias pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

Ele considerou que a defesa do filho do craque ainda não esgotou todas as possibilidades diante dos tribunais e que por isso Edinho não deve ficar encarcerado.

“Constato que não houve esgotamento da jurisdição na instância ordinária, uma vez que […] o acórdão […] ainda não foi publicado havendo possibilidade de interopsição de recursos e de revisão do julgado pela Corte local”, afirmou o magistrado na liminar.

Segundo ele, Edinho “deverá aguardar em liberdade o julgamento final deste habeas corpus ou o exaurimento da instância ordinária, salvo se por outro motivo estiver preso”. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

Ler mais

Michel Temer desiste de morar no Palácio do Alvorada

Michel Temer desiste de morar no Palácio do Alvorada

Presidente retorna ao Palácio do Jaburu após sete dias

POR EDUARDO BARRETTO E SIMONE IGLESIAS = O Globo

Com apenas sete dias morando no Palácio do Alvorada, o presidente Michel Temer desistiu da residência oficial e retornou ao Palácio do Jaburu, onde já estava desde 2011, quando assumiu a vice-presidência da República. Nesta terça-feira, quando retornou de Carnaval com a família na base militar de Aratu, na Bahia, a comitiva presidencial já se dirigiu ao Jaburu.

Antes de Temer, os ex-presidentes João Figueiredo e Fernando Collor abriram mão do Alvorada. Figueiredo morou na Granja do Torto — assim como Lula e Dilma Rousseff, temporariamente — e Collor, na Casa da Dinda, uma residência privada.

Temer ficou no Alvorada do dia 17 de fevereiro ao 24 de fevereiro. Dilma Rousseff deixou o palácio em 6 de setembro, quando foi destituída da Presidência. De setembro a fevereiro, Temer seguiu morando no Jaburu, residência da vice-presidência, e utilizou o Alvorada apenas para reuniões e eventos. De agora em diante, esse expediente será retomado.

Ler mais

Deputado George Soares é vaiado no carnaval em Assú

Deputado George Soares é vaiado no carnaval em Assú

O deputado estadual George Soares, do PR, levou uma sonora vaia dos foliões em Assú, depois que o parlamentar mandou parar a banda contratada para animar o Carnaval de rua pela Prefeitura do Assú, para fazer discurso político.

A brincadeira de mau gosto do deputado de interromper o trio elétrico para fazer choradeira sobre supostas dificuldades da Prefeitura do Assú e atacar o antecessor em plena festa, deixou muita gente chateada que vaiaram a postura do parlamentar de parar o trio para fazer politicagem barata.

Concursos para juiz mantêm cotas para negros

Concursos para juiz mantêm cotas para negros

POR FREDERICO VASCONCELOS – Folha de São Paulo

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) informa que a reserva de 20% das vagas para candidatos negros nos concursos públicos para juízes já é realidade em quase todo o Poder Judiciário.

Apesar de 51% da população (97 milhões de pessoas) se definirem pardos ou negros, no Judiciário eles são apenas 15%, de acordo com o Censo do Judiciário realizado em 2013.

As cotas foram estabelecidas por resolução do CNJ em 2015, com o objetivo de reduzir a desigualdade de oportunidades para a população afrodescendente na Justiça brasileira. (*)

Ler mais

Robinson apresenta potenciais do RN para empresários e fundo de investimentos chinês

Robinson apresenta potenciais do RN para empresários e fundo de investimentos chinês

O governador Robinson Faria continua em missão comercial na China. Nesta quarta-feira, 01, Robinson e a comitiva potiguar visitaram a Canny Elevator, a maior fabricante chinesa de elevadores e escadas rolantes, localizada na cidade de Suzhou. A empresa pretende implantar um centro de assistência e treinamento para começar a operar no Brasil.

“A empresa deseja implantar uma unidade industrial no Brasil e viemos apresentar os potenciais do nosso Estado para receber essa fábrica. Nos reunimos com a diretoria comercial e estamos buscando mais esse investimento para o Rio Grande do Norte”, afirmou Robinson Faria.

Após a visita, o Chefe do Executivo potiguar se reuniu com representantes do Fundo de Investimentos do governo chinês para apresentar os potenciais do RN na fruticultura, na área portuária e outras atividades comerciais. “Após a apresentação, os investidores manifestaram o interesse em ir ao Rio Grande do Norte e conhecer de perto nosso Estado”, contou o governador.

Nos compromissos de hoje na China, Robinson Faria está acompanhado do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, do diretor presidente da Potigás, Carlos Alberto Santos, do Secretário Adjunto do Gabinete Civil, Flávio Oliveira e diretores da Federação das Indústrias do RN (Fiern).

Vereador Tê engorda salário da família com a ajuda do deputado e do prefeito do Assú

Vereador Tê engorda salário da família com a ajuda do deputado e do prefeito do Assú

Vereador Te numa confraternização com o clã dos Soares durante a campanha eleitoral

O vereador Francisco de Assis Souto, vulgo Tê, é um fominha por dinheiro. Além de acumular dois cargos de professor na Prefeitura do Assú, recebendo dos salários que totalizam mais de R$ 7 mil, e mais um salário de vereador no valor de R$ 10 mil, perfazendo um montante de R$ 17 mil por mês.

Apesar disso, o deputado estadual George Soares, compadecido com a ‘ruim’ situação financeira do vereador Tê, arranjou mais uma boquinha, um emprego para a filha do parlamentar assuense, no valor de aproximadamente R$ 4 mil,

Tê apoiou e votou no candidato e hoje prefeito Gustavo Soares, e como recompensa eleitoral recebeu um emprego de mão beijada de George.Somando tudo, a familia de Tê fatura hoje R$ 21 mil mensais.

O prefeito Gustavo Soares e o seu irmão, deputado George Soares, andam fazendo o povo de besta e de otários. Consegue quase tudo para poucos e nada para muitos.

George Soares emprega filha do vereador Tê com salário de quase R$ 4 mil na Assembléia

George Soares emprega filha do vereador Tê com salário de quase R$ 4 mil na Assembléia

Enquanto milhares de jovens assuense desempregados não tem oportunidade de ganhar metade de salário mínimo mensalmente, a filha do combativo vereador do Solidariedade Francisco de Assis Souto, vulgo Tê, ganha dos cofres do Poder Legislativo, a bagatela de R$ 3.911,71 por mês entre salários e vantagens como auxilio beneficio.

VEJA DOCUMENTO AQUI

O terceiro secretário da Mesa Diretora da Assembléia e deputado estadual George Soares, que paga salário de fome a maioria dos seus puxa-sacos e lacaios, é um grande empregador de afilhados políticos com salários altos lotados no seu gabinete.

PMDB e PSDB buscam caminho solo para 2018

PMDB e PSDB buscam caminho solo para 2018

Vinte e cinco anos depois da união para sustentar o mandato do ex-presidente Itamar Franco, PSDB e PMDB reeditam, agora, uma disputa por espaço de olho em um projeto próprio para chegar ao Planalto, desta vez em 2018. No sucessão de Itamar, o então comandante do PMDB, Orestes Quércia, se candidatou a presidente, mas quem levou o Planalto foi o então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, embalado pela estabilização monetária decorrente do sucesso do Plano Real.

Pelo menos por enquanto, caciques tucanos e do PMDB usam a mesma receita para buscar uma candidatura viável em 2018. Apesar da queda de braço permanente por espaço no governo, avaliam que têm que atuar como irmãos no apoio a Temer, enfrentar desgastes com as medidas amargas para reequilibrar as contas públicas e fazer Temer chegar ao próximo ano com algum sucesso na recuperação econômica e geração de empregos.

Ler mais

Pré-candidato do PT, Lula terá plano para a economia

Pré-candidato do PT, Lula terá plano para a economia

Alvo da operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prepara uma plataforma econômica para apoiar sua pré-candidatura ao Planalto. Mesmo correndo o risco de ficar inelegível se for condenado em segunda instância, pois é réu em cinco ações, Lula avalia que o PT precisa se contrapor com mais vigor ao governo Michel Temer, lançando uma espécie de “programa nacional de emergência” para o país sair da crise.

O termo foi usado pelo próprio PT em fevereiro do ano passado, quando o partido apresentou à então presidente Dilma Rousseff uma lista com 22 sugestões de mudanças na economia.

Com um discurso em defesa de novas eleições diretas e disposto a antecipar o lançamento de seu nome ao Planalto, Lula tem aparecido em vídeos dizendo que Temer “só sabe cortar”. O foco de sua plataforma para 2018 vai na linha de que o país não conseguirá reduzir o número de 12,9 milhões de desempregados se não ampliar o crédito para a produção e o consumo. As informações são da Agência Estado.

Ler mais