CNBB diz que é “vergonhosa” e eivada de “ignorância” a declaração do ministro

Para entidades, ministro da Justiça declarou guerra a índios

Ranier Bragon e Camila Mattoso – Folha de São Paulo

A declaração do novo ministro da Justiça, Osmar Serraglio, de que terra não “enche barriga” de ninguém, feita à Folha, provocou uma forte troca de ataques entre indigenistas e ruralistas nesta sexta-feira (10).

O Cimi (Conselho Indigenista Missionário), vinculado à CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), divulgou nota classificando como “vergonhosa” e eivada de “ignorância” a declaração de Serraglio.

“É vergonhoso que um ministro, ao assumir, venha a público desdenhar do direito fundamental dos povos indígenas às suas terras. Ao usar a expressão “terra não enche barriga” como argumento para justificar a não demarcação das terras indígenas no país, o ministro demonstra, no mínimo, um grau elevado de ignorância, que o descredencia para a função que assumiu”, diz o texto.

A entidade afirma ainda que as palavras do ministro “causam forte preocupação já que servem de combustível que abastecerão motosserras e tratores daqueles que historicamente invadiram e continuam se apossando ilegal e criminosamente das terras indígenas no Brasil”.

Ler mais

‘Uma coisa hororosa’, diz Renan sobre criminalização de doações

‘Uma coisa hororosa’, diz Renan sobre criminalização de doações

Para senador alagoano, decisão da segunda turma do Supremo ‘aponta a necessidade de reinstitucionalização do Brasil

Julia Lindner, Agência Estado

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), afirmou ao Broadcast Político que o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que doações legais podem configurar recebimento de propina é “uma coisa horrorosa”. Para ele, a criminalização do caixa 1, “seja por que motivo for, aponta a necessidade da reinstitucionalização do Brasil”.

Esta semana, a Segunda Turma STF aceitou denúncia contra Valdir Raupp (RO) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele é acusado de ter recebido propina de R$ 500 mil por meio de doação oficial para sua campanha ao Senado em 2010. “Em havendo denúncia comprovada de propina é preciso que se apure e se puna, é claro, mas criminalizar o caixa 1 é uma clara demonstração de que a separação dos Poderes está com dificuldade”, afirmou o peemedebista.

Renan negou que a classe política esteja preocupada com a quebra de sigilo da delação da Odebrecht. “O importante é aguardar. Não tenho muita informação sobre isso”, desconversou. Na próxima semana, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve pedir a abertura de inquérito contra dezenas de congressistas, entre eles caciques do PMDB.

PSDB prepara emendas à proposta de reforma da Previdência

PSDB prepara emendas à proposta de reforma da Previdência

Bancada do partido foi a primeira a apresentar emenda ao texto e está finalizando proposta alternativa

POR GERALDA DOCA / JÚNIA GAMA – O Globo

Principal partido da base aliada, o PSDB decidiu que não vai encampar na íntegra a proposta de reforma da Previdência do governo. A bancada foi a primeira a apresentar uma emenda ao texto, contrária às mudanças dos benefícios sociais, e está finalizando uma proposta de reforma alternativa ou pelo menos várias outras emendas que alteram pontos fundamentais, como a regra de transição e o novo cálculo do benefício. A ideia é que elas sejam subscritas também pelos demais partidos aliados.

Os únicos pontos de consenso na bancada são fixação de idade mínima, não necessariamente de 65 anos para aposentadoria, e as alterações nas pensões por morte.

Ler mais

Governador encerra agenda pelo Oeste com distribuição de 30 toneladas de sementes

Governador encerra agenda pelo Oeste com distribuição de 30 toneladas de sementes

Depois de passar por Messias Targino e Almino Afonso, o governador Robinson Faria finalizou a agenda pelo Oeste potiguar em Apodi, com a assinatura de subprojetos de inclusão produtiva de cajucultura e apicultura, de acesso à água, distribuição de 30 toneladas de sementes, entrega de instrumentos musicais para associações de Umarizal e Felipe Guerra para formação de bandas filarmônicas para juventude, e entrega de equipamentos de informática (computadores, impressoras e projeto multimídia) para conselhos comunitários. O evento foi realizado na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, nesta sexta-feira (10),

Com a ação, foram investidos cerca de R$ 7 milhões em Apodi, Severiano Melo, Itaú, Caraúbas, Umarizal, Felipe Guerra e Rodolfo Fernandes, dos quais R$ 5,2 milhões estão destinados aos 10 projetos-piloto de produção de mel (Apodi e Caraúbas) e de caju (Apodi, Caraúbas e Severiano Melo).

Foram entregues aos agricultores 4,2 toneladas de sementes de milho, 4,2 toneladas de feijão e 2,5 toneladas de sorgo. Além de 20 toneladas de sementes de arroz para a região do Vale do Apodi, beneficiando também os municípios de Felipe Guerra e Caraúbas. A distribuição faz parte do programa Bancos de Sementes realizado anualmente pela Sape em parceria com a Emater.

Este ano o Governo do Estado está investindo R$ 6,3 milhões na aquisição de 645,6 toneladas de sementes de feijão, arroz, milho e sorgo, que serão entregues a mais de 48 mil agricultores em 158 municípios do Rio Grande do Norte.

Ler mais