Renan vence queda de braço no Senado e passa comissão para Collor

Renan vence queda de braço no Senado e passa comissão para Collor

De acordo com o regimento, partidos com menos de quatro senadores não poderiam presidir nenhum colegiado; entretanto, após negociações, Collor foi escolhido mesmo sendo o único senador da bancada do PTC

O líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), conseguiu emplacar seu aliado regional, o senador Fernando Collor (PTC-AL) para a presidência da Comissão de Relações Exteriores (CRE) no Senado. O nome foi aprovado por aclamação na reunião de instalação do colegiado na manhã desta terça-feira (14).

De acordo com o regimento, as presidências das comissões são divididas entre os partidos de acordo com o tamanho das bancadas Pela composição atual, partidos com menos de quatro senadores não poderiam presidir nenhum colegiado. Entretanto, após negociações internas, Renan conseguiu eleger Collor para a CRE, uma das principais comissões da Casa. Collor é o único senador da bancada do PTC.

A manobra criou desentendimento com os demais partidos, que se sentiram prejudicados. A maior resistência veio do PSDB, que também tinha interesse na comissão. Os desentendimentos culminaram em uma troca de farpas públicas entre Renan e o líder do PSDB, Paulo Bauer (SC), no plenário na última semana. As informações são da Agência Estado.

Ler mais

Idade mínima igual na aposentadoria atende aos pleitos feministas, diz Maia

Idade mínima igual na aposentadoria atende aos pleitos feministas, diz Maia

Mulheres cobram mais participação e equilíbrio tem de ser em tudo, diz presidente da Câmara

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira, 14, que a idade mínima de aposentadoria igual para homens e mulheres é um pleito dos movimentos que defendem os mesmos direitos para os dois gêneros. “Esse é um pleito também das mulheres há muitos anos, que é exatamente não ser tratada de forma diferente dos homens”, disse.

Para Maia, como as mulheres têm cobrado maior participação no mercado de trabalho, na política, “o equilíbrio tem que ser para tudo”. Segundo ele, pesquisas mostram que 65% dos brasileiros aprovam essa medida. “Há um pleito das mulheres de não serem tratadas como apêndice dos homens, então acho que na hora que o governo caminha para a reforma da Previdência, é obvio que o correto é que se caminhe para esse equilíbrio, onde mulheres e homens tenham a mesma idade mínima”, afirmou.

Esse é um dos pontos polêmicos da reforma, que divide até mesmo movimentos feministas. Há quem defenda que a equiparação é injusta, porque a realidade hoje da maioria das mulheres é de dupla jornada, ou seja, além de trabalhar fora, ela também é responsável pelos afazeres domésticos. Há, porém, quem afirme que, como a expectativa de vida das mulheres é maior que a dos homens, essa seria uma medida plausível.

Ler mais

Rafael Motta traz Missão da ONU para o Rio Grande do Norte

Rafael Motta traz Missão da ONU para o Rio Grande do Norte

Por solicitação do deputado federal Rafael Motta (PSB), o Rio Grande do Norte recebe nesta semana a visita da Missão Oficial da Organização das Nações Unidas (ONU), composta por integrantes do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), que é a agência de desenvolvimento internacional da ONU.

A Missão chega ao Estado nesta quarta-feira (15) e permanece até o dia 17, cumprindo uma agenda que inclui uma audiência com o governo do Estado, Robinson Faria e com a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ângela Paiva, além de visitas a projetos sociais do RN.

Ler mais

Aneel vai devolver imediatamente R$ 1,8 bilhão cobrados de forma indevida a mais na conta

Aneel vai devolver imediatamente valores cobrados a mais na conta de luz

Tarifas incluíram, de forma indevida, R$ 1,8 bilhão a mais no ano passado para o pagamento da usina nuclear de Angra 3

Anne Warth, O Estado de S.Paulo

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai devolver imediatamente os valores cobrados a mais dos consumidores para o pagamento da usina de Angra 3 – ao todo, foi recolhido de maneira indevida R$ 1,8 bilhão a mais de todos os clientes pelo País. O anúncio foi feito pelo diretor-geral da agência, Romeu Rufino. De acordo com ele, o processo será julgado no dia 28 de março e deve reduzir as tarifas de clientes de todo o País.

“Foi um equívoco”, afirmou Rufino, ressaltando que os valores já foram devolvidos para os consumidores cujas distribuidoras já passaram por reajuste tarifário, caso da Energisa Borborema e da Light.

O processo da Aneel previa que a cobrança seria devolvida na data de aniversário do reajuste de cada empresa. Para os clientes da Eletropaulo, por exemplo, seria apenas em julho. Mas a diretoria da Aneel decidiu mudar o procedimento e corrigi-lo o mais rapidamente possível.

Ler mais

Roseana Sarney é absolvida de acusação de desvio na Saúde por Justiça

Acusada de desvios Saúde, Roseana é absolvida pela Justiça

Ela é apontada como possível pré-candidata ao governo do Maranhão em 2018

A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) foi absolvida da acusação de um desvio milionário na ordem de 1,95 milhão de reais de recursos da saúde. No ano passado, o promotor Lindonjonson de Sousa apresentou a denúncia à Justiça apontando que a peemedebista e mais 15 pessoas. Entre elas está o ex-secretário de Saúde Ricardo Murad (cunhado de Roseana). Os recursos teriam sido utilizados na campanha de 2010.

A decisão de inocentar a ex-governadora do Maranhão foi do juiz Clésio Coelho Cunha da 7.ª Vara Criminal de São Luís. No ano passado, o responsável por acatar a denúncia foi o juiz Fernando Mendes Cruz, da mesma Vara. Na época, o magistrado decidiu abrir investigação quanto aos crimes de fraude na licitação, superfaturamento de contratos e desvio de recursos para campanhas eleitorais.

Ler mais

Lula diz ao juiz que não sabe quanto ganha, mas pode chegar a R$ 50 mil

Lula diz ao juiz que não sabe quanto ganha, mas pode chegar a R$ 50 mil

Ex-presidente afirma que Delcídio se chateou com ele por ter sido chamado de imbecil e que a denúncia de tentar atrapalhar a Lava Jato é falsa

Por Felipe Frazão – Veja

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tergiversou ao responder à primeira pergunta do juiz Ricardo Leite, na 10ª Vara Federal, nesta terça-feira. Questionado sobre sua renda mensal, Lula não soube dizer quanto ganha exatamente como rendimentos mensais.

Afirmou que recebia cerca de 6 000 reais mensais de aposentadoria, mais rendimentos estimados por ele em cerca de 30 000 reais da sua empresa de palestras, a LILS, (cuja receita é alvo de investigação por suspeita de recebimento de propina) e doações de seus filhos, também alvos de investigações.

“Depois o advogado manda para o senhor o total de rendimentos. Eu mando por escrito. Pode chegar a 50 000, estou chutando, eu não sei. Tem doações dos meus filhos”, disse Lula.

Lula afirmou que é falsa a denúncia contra ele, acusado pelo ex-senador petista de Delcídio do Amaral de interferir na Operação Lava Jato para calar o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Ele disse que não conhecia o ex-diretor da Petrobras e que participava apenas de reuniões coletivas com ele.

Ler mais

Lula diz que teme ser preso e que é ‘vítima quase de um massacre’

Lula diz que teme ser preso e que é ‘vítima quase de um massacre’

Esta é a primeira vez que o ex-presidente é questionado em juízo como réu em ação penal relacionada à Operação Lava Jato

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (14/3), em depoimento à Justiça Federal, que teme ser preso. “O senhor sabe o que é levantar todo dia achando que a imprensa está na porta da minha casa porque eu vou ser preso?”, questionou o petista ao juiz federal Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal.

O interrogatório de Lula começou por volta das 10h10. Esta é a primeira vez que o ex-presidente é questionado em juízo como réu em ação penal relacionada à Operação Lava Jato. O petista é acusado de ser o mandante da tentativa de compra do silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Segundo Lula, todos os dias são publicadas notícias de que ele será citado em novas delações premiadas, o que gera apreensão. “Nos últimos anos tenho sido vítima quase de um massacre”, lamentou.

Mais de R$ 6 milhões deixam o prefeito de Ipanguaçu Valderedo Bertoldo ‘nadando em dinheiro’

Mais de R$ 6 milhões deixam o prefeito de Ipanguaçu Valderedo Bertoldo ‘nadando em dinheiro’

O prefeito de Ipanguaçu Valderedo Bertoldo anda metido na nota preta. Desde de janeiro, ele já embolsou uma fortuna ate agora, R$ 6.252.182,51. O atual prefeito nunca pegou numa quantia dessa na vida, mas anda se passando por esperto demais e querendo fazer o pobo de besta, falando de crise financeira na Prefeitura de Ipanguaçu.

Em janeiro, o Banco do Brasil depositou na contas do município, um total de R$ 2.534.745,11. Já em fevereiro, Valderedo embolsou  R$ 2.726.293,09 e até hoje, ele já recebeu durante este mês de março R$ 991.144,31, totalizando a bagatela de mais de R$ 6 milhões, mas o gestor teima em dizer que não dinheiro nos cofres do município.

Defesa de Dilma pede depoimentos de Padilha e Yunes ao TSE

Defesa de Dilma pede depoimentos de Padilha e Yunes ao TSE

Os advogados da ex-presidente Dilma Rousseff pediram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o advogado José Yunes, ex-assessor especial do presidente Michel Temer, sejam convocados a depor no processo de cassação da chapa Dilma-Temer. O pedido, apresentado ao ministro Herman Benjamin, relator do processo , inclui ainda o compartilhamento das delações da Odebrecht.

No pedido, os advogados argumentam que Padilha coordenou a campanha do vice Michel Temer na chapa e ocupou inclusive sala no Comitê Central, em Brasília. Eles querem saber se Padilha recebeu recursos via caixa 2 e se destinou as verbas à chapa presidencial. A mesma pergunta deve ser dirigida, segundo os advogados, a Yunes, amigo de Temer.

A defesa de Dilma argumenta que o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) teve acesso à delação premiada de Ricardo Pessoa na Lava-Jato, que o acusou de ter recebido doação para a campanha via caixa 2, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O STF considerou que o acesso à delação de pessoa fazia parte do direito à ampla defesa.

Ler mais

Planalto e Congresso avaliam novo modelo de financiamento de campanha eleitoral

Planalto e Congresso avaliam novo modelo de financiamento de campanha eleitoral

O movimento é definido nos bastidores do Congresso como ‘legislação de salvação’ para evitar o que parlamentares chamam de “criminalização generalizada da atividade política”

Pressionados pelo avanço da Lava Jato e às vésperas do envio da lista do procurador geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), integrantes da cúpula do Executivo e do Congresso aceleraram as discussões para aprovar mudanças no sistema de financiamento de campanha eleitoral.

O movimento é definido nos bastidores do Congresso como “legislação de salvação” para evitar o que parlamentares chamam de “criminalização generalizada da atividade política”.

Uma das propostas em discussão é a que prevê financiamento público com lista de candidatos indicados pelos partidos. Ela seria aprovada com mais rapidez e, com isso, passaria a valer já para 2018 – alterações nas regras eleitorais têm de ser feitas até 2 de outubro.

Ler mais

Lula, Dilma e Ciro vão “reinaugurar” obra entregue por Temer

Lula, Dilma e Ciro vão “reinaugurar” obra entregue por Temer

Os dois ex-presidentes e o pré-candidato do PDT ao Palácio do Planalto vão à Paraíba contestar a “paternidade” de Temer em relação ao trecho leste da transposição do Rio São Francisco, inaugurado por ele na sexta-feira

POR JOELMA PEREIRA – Congresso Em Foco

O trecho leste da transposição do Rio São Francisco será inaugurado pela segunda vez em dez dias. Os ex-presidentes Lula e Dilma vão ao município de Monteiro (PB), no próximo domingo (19), para repetir o ato oficial protagonizado pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (10). O objetivo dos petistas é rebater o discurso do atual governo sobre a “paternidade” da obra. O palanque terá ainda o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), que, assim como Lula, é pré-candidato à Presidência em 2018.

O palanque é organizado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), que na semana passada, mesmo na presença de Temer, agradeceu aos dois ex-presidentes e a Ciro Gomes pela realização das obras. “Não poderia deixar de me reportar ao governo que Vossa Excelência (Michel Temer) fez parte, o governo da presidenta Dilma Rousseff. A presidenta foi responsável pelo pagamento de 70% dessa obra. […] É preciso relembrar as coisas a quem deixar de lembrar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, presidente que iniciou essa obra”, disse em seu discurso.

A inauguração foi marcada por protestos contra Temer. Também presente ao evento, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) saiu em defesa do peemedebista. O senador disse que Lula deu início às obras, mas que sua conclusão dependeu da “determinação” do atual presidente. O tucano afirmou, ainda, que aqueles que contestavam a ida de Temer à Paraíba “são os mesmos que, cumprindo o papel de inocentes úteis, se colocam contra a obra, contra a conquista do povo do Nordeste”.

Ler mais

Movimentos do PT organizam atos contra reforma da Previdência

Movimentos do PT organizam atos contra reforma da Previdência

A Frente Brasil Popular e a Frente Povo sem Medo, ligadas ao PT, encabeçam a convocação dos atos em 23 capitais

Movimentos populares e entidades sindicais estão convocando em todo o País uma série de manifestações contra a reforma da Previdência para esta quarta-feira (15). A Frente Brasil Popular e a Frente Povo sem Medo, ligadas ao PT, encabeçam a convocação dos atos em 23 capitais . O PT, inclusive, está usando as redes sociais para divulgar as manifestações, chamadas no Dia Nacional de Paralisação e Mobilização.

Nos materiais de divulgação das manifestações na internet, os organizadores reforçam ainda os pedidos de saída do presidente Michel Temer (PMDB) do cargo e a convocação de eleições diretas. “É preciso organizar a resistência e conscientizar a população nos seus locais de trabalho, nas escolas e universidades, no campo e na cidade, sobre o brutal ataque aos direitos que vem sendo patrocinado por um governo e uma esmagadora maioria do Congresso Nacional, que não tem compromisso com o povo”, diz o texto do evento no Facebook publicado pelas frentes Brasil Popular e Povo sem Medo.

A reforma da Previdência é a principal pauta dos atos, que também envolvem a Central Única dos Trabalhadores (CUT), a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), a Intersindical e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) como organizadoras. Os protestos coincidem com o dia de assembleias e greves convocadas por sindicatos da Educação no País. As informações são da Agência Estado.

Ler mais

Dois integrantes do governo do Rio são presos em nova fase da Lava Jato

Dois integrantes do governo do Rio são presos em nova fase da Lava Jato

Diretor da Rio Trilhos e subsecretário de Turismo são investigados em esquema de propina no Metrô

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 14, a Operação Tolypeutes, novo desdobramento da Lava Jato no Rio, contra um esquema de propina e por lavagem de dinheiro em contratos de obras civis no Estado, em especial na construção da Linha 4 do Metrô. Os alvos da operação são Heitor Lopes de Sousa Junior e Luiz Carlos Velloso, que foram presos. A ação mira em pagamento de propina sobre contratos da linha 4 do Metrô.

A nova fase da Lava Jato foi aberta pela PF em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita Federal.
Quarenta policiais federais cumprem 2 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de condução coercitiva, expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal/RJ, na capital fluminense e no município de Sapucaia/RJ.

A nova etapa foi aberta por ordem do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio e com base no acordo de leniência da Carioca Engenharia. A investigação apura R$ 5,4 milhões em propinas e 31 transferências para empresas de Heitor Lopes. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Prefeito do Assú Gustavo Soares é um tapado

Prefeito do Assú Gustavo Soares é um ‘tapado’

O prefeito do Assú Gustavo Soares, vulgo “Gustavo Paraguassu”, tem demonstrado reiteradamente que é um ‘tapado’ e que precisa do seu irmão e deputado George Soares para ajudá-lo a governar a cidade.

Desde o começo que Gustavo Soares não tem iniciativa administrativa nenhuma. Só faz as coisas com George Soares a tiracolo.

Os dois foram bater na porta do secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha, apesar de não reconhecerem publicamente o que o governado Robinson Faria vem fazendo por Assú.

Jean Wyllys relata ameaças de morte e diz que sua família foi rastreada

Jean Wyllys relata ameaças de morte e diz que sua família foi rastreada

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) voltou a relatar ameaças de morte. Segundo ele, que já denunciou outras abordagens, feitas por telefone e por e-mail, e só anda com agentes de segurança na Câmara, desta vez elas avançaram sobre a família dele, segundo a colunista da Folha de São Paulo Monica Bergamo.

“Deram um passo à frente”, diz. Wyllys relata que as ameaças foram feitas “aos meus irmãos e à minha mãe em mensagens que trazem os endereços de todos eles, os telefones e a rotina”. O parlamentar já fez uma dezena de denúncias à Polícia Federal pelo mesmo motivo.

Temer tem certeza de que não será cassado pelo TSE

Temer tem certeza de que não será cassado pelo TSE

Segundo a colunista Monica Bergamo, da Folha de São Paulo, o presidente Michel Temer tem segurança de que não será cassado por decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“Ainda que a corte decida nessa direção, o que considera improvável, o presidente está confiante de que, no STF (Supremo Tribunal Federal), seu afastamento do cargo seria revertido”, analisa a jornalista.

Prefeito de Carnaubais Thiago Meira já embolsou quase R$ 6 milhões este ano

Prefeito de Carnaubais Thiago Meira já embolsou quase R$ 6 milhões até hoje

De acordo com o sistema de informações do Bando do Brasil, o prefeito de Carnaubais Thiago Meira, do PSDB, embolsou este ano, um total de R$ 5.657.20,556 referente aos repasses de todos os fundos constitucionais.

Em janeiro, o prefeito tucano recebeu R$ 1.916.590,65 e no mês de fevereiro, ele embolsou um montante de  R$ 2.997.367,28. Agora em março, já foram depositados nas contas da Prefeitura de Carnaubais, um total de  R$ 743.247,63.