Beto Rosado divulga vídeo contra Reforma da Previdência proposta por Temer

Beto Rosado divulga vídeo contra Reforma da Previdência proposta por Temer

O deputado federal Beto Rosado (PP) usou as redes sociais para anunciar posição contra a Reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer (PMDB). No vídeo, o parlamentar diz que é contra o trabalhador brasileiro ter que contribuir 49 anos para ter direito à aposentadoria integral. Ele também critica a idade mínima de 65 anos, proposta pelo governo, para que o trabalhador tenha direito de se aposentar.

Na explanação, o parlamentar se mostra ainda contrário à ideia de igualar homens e mulheres, desconsiderando a jornada dupla feminina, que divide o trabalho com as atividades domésticas. Além disso, Beto diz que não pode aceitar o fim das aposentadorias especiais, adquiridas por professores, policiais, bombeiros e outras categorias. “Sou contra essa reforma da previdência”, afirma o deputado.

 

Projeto prevê distribuição de tablets para trabalho de agentes comunitários de saúde

Projeto prevê distribuição de tablets para trabalho de agentes comunitários de saúde

Pela proposta, equipamentos eletrônicos portáteis serão utilizados para registro e transmissão on-line de dados recolhidos pelos agentes comunitários de saúde e pelos agentes de combate às endemias

Está em análise na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 7079/17, que determina o fornecimento de equipamentos como tablets e smartphones para o trabalho de agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. O autor da proposta, deputado Angelim (PT-AC), afirma que a medida vai facilitar o registro de dados e o acompanhamento das ações de saúde.

“Na hora em que eles estiverem visitando uma casa ou uma rua, de forma on-line, eles poderão fazer o cadastramento da situação das famílias do ponto de vista da saúde e a situação das ruas do ponto de vista do saneamento básico. Essas informações irão direto para o sistema integrado dos municípios, para facilitar e reduzir trabalho, para não ter o retrabalho de fazer o cadastramento”, diz Angelim.

Ler mais

Putin diz que EUA agiram sob “pretexto exagerado”

Putin diz que EUA agiram sob “pretexto exagerado”

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acredita que o bombardeio a uma base militar síria feito pelos Estados Unidos na madrugada de sexta-feira (no horário sírio) é uma “agressão a um Estado soberano em violação da lei internacional”.

“O passo tomado por Washington causa dano significativo às relações entre Rússia e EUA, que já estavam num estado deplorável”, afirmou o porta-voz de Putin, Dmitry Peskov. Ele disse, ainda, que Putin classificou os ataques como uma tentativa de desviar a atenção de mortes de civis no Iraque e que os EUA agiram sob um “pretexto exagerado”.

“Principalmente, Putin acredita que essa ação não nos deixa mais próximos do objetivo final da luta contra o terrorismo internacional. Pelo contrário, causa um sério revés na criação de uma coalizão internacional e medidas efetivas contra esse mal global”, disse Peskov.

Ler mais

Inter TV Cabugi evitar divulgar que Moro vai julgar Henrique Alves

Inter TV Cabugi evitar divulgar que Moro vai julgar Henrique Alves

A Inter TV divulgou ontem a decisão do ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizando o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a incluir citações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado sobre os senadores Garibaldi Alves (PMDB-RN), Agripino Maia (DEM-RN) e  Walter Alves (PMDB-RN) e Felipe Maia (DEM-RN).

No entanto, a conhecida TV Cabugi, não divulgou que citações de Sérgio Machado, também tem o nome do seu sócio ex-ministro Henrique Alves e que o ministro do STF determinou a remessa ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

No Jornal Nacional, logo depois, Bonner divulgou o nome de Henrique. Caberá, a partir de agora, ao Ministério Público Federal do Paraná a decisão sobre a continuidade da apuração sobre esses ex-parlamentares.

Ministro do STF nega novo pedido de liberdade de Eduardo Cunha

Ministro do STF nega novo pedido de liberdade de Eduardo Cunha

Defesa alegou que deputado cassado está submetido a “constrangimento ilegal”

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou habeas corpus nesta quinta-feira ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O ex-parlamentar está preso desde outubro do ano passado no Paraná, por ordem do juiz Sérgio Moro, e continuará preso por tempo indeterminado. Fachin negou o benefício sem ao menos examinar o mérito, por questões processuais. A íntegra da decisão não foi divulgada.

No pedido feito ao STF, os advogados alegaram que Cunha está submetido a “constrangimento ilegal”, porque o decreto de prisão não apresenta fundamentos de que, se for solto, voltará a cometer os crimes dos quais é acusado. A defesa também alegou que Moro agiu com parcialidade contra o ex-parlamentar.

 

Sem quórum, votação da da recuperação fiscal dos Estados é adiada

Sem quórum, votação da da recuperação fiscal dos Estados é adiada

Rodrigo Maia acredita que é mais fácil articular apoio à proposta com mais tempo

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), decidiu adiar para a próxima semana a votação do projeto que trata da recuperação fiscal dos Estados em calamidade financeira. A proposta não foi votada nessa quinta-feira (6) por falta de quórum. Por volta das 11h, havia 250 deputados presentes no plenário. São necessários 257 parlamentares para que a sessão seja iniciada.

A ideia é colocar o tema na pauta de segunda ou terça-feira, dias 10 e 11 de abril. Como a próxima semana será mais curta, em razão do feriado da Semana Santa, a Câmara realizará sessão deliberativa na segunda.

Maia tentou votar nessa quarta-feira (5) o texto-base do projeto que cria o Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Após mais de cinco horas de discussão da proposta em plenário e de forte obstrução da oposição, o presidente da Câmara anunciou o adiamento da votação por achar que não teria votos suficientes para aprovar a proposta na noite de quarta-feira. As informações são da Agência Estado.

Mantega rebate acusações de executivos da Odebrecht no TSE

Mantega rebate acusações de executivos da Odebrecht no TSE

Segundo defesa de Dilma, ex-ministro negou ter pedido dinheiro por meio de caixa 2

POR THIAGO HERDY – O Globo

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega negou, em depoimento ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira, ter solicitado a executivos da Odebrecht contribuições por caixa 2 para a chapa Dilma-Temer nas eleições de 2014. O petista compareceu à sede do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) na noite de hoje a pedido da defesa da ex-presidente Dilma Rousseff, no processo que julga a chapa por suspeita de abuso econômico-financeiro. Ele falou à Justiça por cerca de uma hora.

— Mantega deixou claro que todas as afirmações de Marcelo Odebrecht são mentirosas e peça de ficção. Depois de ouvirmos dez executivos da Odebrecht no processo, essa foi a primeira vez que pudemos ouvir uma testemunha de defesa e falar sobre os fatos (que envolvem a acusação) — disse o advogado de Dilma, Flávio Caetano.

Ler mais

EUA lançam dezenas de mísseis contra Síria

EUA lançam dezenas de mísseis contra Síria

Mísseis são a primeira ação direta dos EUA contra Bashar Al-Assad

Os Estados Unidos dispararam dezenas de mísseis nesta quinta-feira contra alvos na Síria, em resposta ao ataque com armas químicas atribuído ao regime do presidente Bashar al Assad, informaram funcionários americanos.

Uma fonte do Pentágono informou que 70 mísseis de cruzeiro Tomahawk foram disparados contra a base aérea de Shayrat, de onde segundo Washington partiu o ataque químico, que deixou 86 mortos, incluindo várias crianças.

“O que Assad fez é terrível”, disse o presidente dos EUA, Donald Trump. “O que aconteceu na Síria é uma vergonha para a humanidade e está no poder, então penso que qualquer coisa pode acontecer”.

Ler mais

Em acordo com a Polícia Federal, Duda Mendonça mira em caixa dois de Skaf

Em acordo com a Polícia Federal, Duda Mendonça mira em caixa dois de Skaf

Publicitário afirmou que empresário o orientou a buscar Odebreacht

A delação do marqueteiro Duda Mendonça se transformou em um novo elemento contra o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, suspeito de recorrer à Odebrecht para pagar, com dinheiro de caixa dois, uma dívida de R$ 10 milhões da campanha ao governo de São Paulo em 2014.

Em depoimento à Polícia Federal, Duda confirmou acusações anteriores de executivos da empreiteira sobre o uso do caixa dois e responsabilizou diretamente Skaf pelas transações, segundo disse ao GLOBO uma fonte ligada ao caso.

Duda teria dito que foi Skaf quem, no final da campanha, o orientou a procurar a Odebrecht para receber parte dos pagamentos com recursos não declarados. 

Ler mais

EUA atacam Síria em retaliação a ataque com arma química no país

EUA atacam Síria em retaliação a ataque com arma química no país

O presidente dos EUA, Donald Trump, durante coletiva de imprensa sobre o ataque do país contra a Síria

ISABEL FLECK – Folha de São Paulo – DE WASHINGTON

O governo americano lançou 59 mísseis sobre a Síria na noite desta quinta-feira (6) em retaliação ao ataque químico que matou pelo menos 80 pessoas, muitas delas crianças, na última terça (4) em uma cidade dominada por rebeldes opositores ao regime do ditador Bashar al-Assad.

O bombardeio foi ordenado pelo presidente Donald Trump da Flórida, onde ele se reunia com o presidente chinês Xi Jinping.

O exército sírio confirmou que 6 pessoas morreram no ataque, mas não especificou se as vítimas são civis ou militares. O comunicado oficial ainda disse que os mísseis “deixaram feridos e importantes danos materiais”.

“Assad sufocou homens, mulheres e crianças inocentes. Foi uma morte lenta e brutal para muitos”, declarou Trump. “Até mesmo lindos bebês foram cruelmente assassinados neste ataque bárbaro. Nenhum filho de Deus deveria jamais sofrer horror tão terrível.”

Ler mais