PT, PSDB e PMDB terão fatia menor de recursos para campanha em 2018

PT, PSDB e PMDB terão fatia menor de recursos para campanha em 2018

Partidos que controlaram a maior parte do dinheiro gasto nas últimas eleições gerais, PT, PSDB e PMDB verão a sua fatia no bolo cair quase à metade na próxima disputa à Presidência da República, ao Congresso e a governos e assembleias estaduais em 2018.

Com a proibição de que empresas financiem os candidatos, o dinheiro das campanhas do ano que vem será majoritariamente público.

Além da expectativa de valores reduzidos em relação à 2014, o dinheiro oficial será mais pulverizado entre as legendas caso seja aprovada a reforma política em discussão no Congresso. As informações são da Folha de São Paulo.

Novas penitenciárias federais não saem do papel

Novas penitenciárias federais não saem do papel

Após o recuo de quatro dos seis estados que se mostraram interessados em receber uma das cinco novas penitenciárias federais anunciadas pelo presidente Michel Temer no início deste ano, em meio à crise do sistema carcerário, o governo enfrenta dificuldades para tirar o projeto do papel e já costura um plano B.

Na ausência de apoio local para ceder áreas, um mapeamento feito pela Secretaria de Patrimônio da União (SPU) levantou terrenos próprios que poderão ser usados para construir os presídios de segurança máxima. Duas fazendas apreendidas pela Justiça com perdimento por conta de tráfico de drogas, em São Paulo e Minas Gerais, também são candidatas a sediar as unidades.

Ler mais

Novo ataque aéreo provoca a morte de 15 civis no Norte da Síria

Novo ataque aéreo provoca a morte de 15 civis no Norte da Síria

Alvo foi cidade controlada pelo Estado Islâmico; bombardeio pode ter sido realizado pela coalizão americana

Pelo menos 15 civis, incluindo quatro irmãos, morreram neste sábado em um bombardeio lançado aparentemente pela coalizão internacional perto de Raqa, o principal reduto do grupo Estado Islâmico (EI) na Síria, afirmou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Outras 17 pessoas ficaram feridas neste ataque ocorrido em Heneyda, uma cidade nas mãos do grupo EI. Segundo o OSDH, o número de vítimas pode aumentar, já que alguns feridos ainda não receberam atendimento médico.

O bombardeio pode ter sido realizado pela coalizão anti-extremista liderada pelos Estados Unidos na Síria e no Iraque, acrescentou o OSDH, que em cada ocasião tenta determinar os autores dos ataques aéreos em função do tipo de avião, da técnica de voo ou da munição utilizada. As informações são de O Globo.