FHC defende publicação aos áudios e diz que País tem pressa nas investigações

FHC 2

Sem citar diretamente Aécio e Temer, ex-presidente defendeu que fatos sejam apurados com ‘maior exatidão’

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu, em nota divulgada no Facebook, que seja dada publicidade às gravações e ao fundamento das acusações contra o senador Aécio Neves e disse que o País tem pressa com as investigações. “A solução para a grave crise atual deve dar-se no absoluto respeito à Constituição”, escreveu o ex-presidente.

Sem citar diretamente os nomes do presidente Michel Temer (PMDB) e do senador Aécio Neves (PSDB-MG), FHC defendeu que os fatos sejam apurados com maior exatidão. “É preciso saber com maior exatidão os fatos que afetaram tão profundamente nosso sistema político e causaram tanta indignação e decepção. É preciso dar publicidade às gravações e ao fundamento das acusações. Os atingidos por elas têm o dever de se explicar e oferecer à opinião pública suas versões.”

O tucano afirmou, ainda, que é preciso ter “evidências” e que os implciados devem ter o dever moral de facilitar a solução, mesmo que com gestos de renúncia. “Se as alegações de defesa não forem convincentes, e não basta argumentar, são necessárias evidências, os implicados terão o dever moral de facilitar a solução, ainda que com gestos de renúncia. O país tem pressa. Não para salvar alguém ou estancar investigações. Pressa para ver na pratica medidas econômico-sociais que deem segurança, emprego e tranquilidade aos brasileiros. E pressa, sobretudo, para restabelecer a moralidade nas instituições e na conduta dos homens públicos.”

Protestos de “Fora Temer” são realizados em todo Brasil

Manifestação na Avenida Paulista pede Fora, Temer

Os escândalo envolvendo o presidente Michel Temer (PT) motivaram eventos em todo o Brasil pedindo “Fora Temer” e as Diretas Já. Temer foi gravado em um diálogo embaraçoso com Joesley Batista e seu irmão Wesley, donos da JBS, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, no qual indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um problema de uma holding que controla a companhia, a J&F. Loures atuaria numa operação para comprar o silêncio do deputado afastado Eduardo Cunha. As informações foram publicadas na noite desta quarta-feira (17) pelo jornal “O Globo”.

Pelo Facebook foi criada uma página reunindo todos os eventos pelo Brasil que apoiam a queda do presidente. Dentre as cidades estão Chapecó, em Santa Catarina; Fortaleza, no Ceará; Palmas, no Tocantins; em várias cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Minas Gerais. CLIQUE AQUI para saber outras cidades onde ocorrem protestos.

Movimentos de oposição como Movimento Brasil Livre (MLB) e o vem pra rua também estão organizando protestos. O MLB convocou um panelaço às 16h durante o pronunciamento do presidente Michel Temer, Já o Vem pra Rua está convocando pessoas em várias cidades para um protesto de Fora Temer no próximo domingo (21).

Com 13 deputados, PTN anuncia rompimento com governo Temer

Resultado de imagem para deputado Alexandre Baldy

Com uma bancada de 13 deputados, o PTN foi o primeiro partido da base aliada a anunciar oficialmente nesta quinta-feira (18) o rompimento com o governo Michel Temer. Em carta assinada pela presidente nacional do partido, deputada Renata Abreu (SP), e pelo líder da legenda na Câmara, deputado Alexandre Baldy (GO), a sigla afirma que assumirá posição de “independência” em relação ao governo.

“O Podemos (novo nome do PTN) e sua bancada na Câmara dos Deputados anunciam a sua saída do bloco parlamentar composto pelo PP e PT do B, outros partidos da base aliada, assumindo posição de independência do governo federal”, afirmaram Renata e Baldy na carta. À reportagem, a presidente do PTN afirmou que o partido deverá entregar todos os cargos que possui atualmente no governo Temer.

Leia mais

Irmã e primo de Aécio são presos preventivamente pela Polícia Federal

Andrea Neves é presa pela Polícia Federal

Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), foi presa na manhã desta quinta-feira (18), em sua casa no Retiro das Pedras, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, acusada de pedir dinheiro para Joesley Batista em nome do irmão – que recebeu R$ 2 milhões do empresário em entrega filmada e registrada. O dinheiro foi dada a Fred, primo de Aécio.

O primo do presidente do PSDB também foi preso preventivamente pela Polícia Federal. Frederico Pacheco de Medeiros, conhecido como Fred, teria sido filmado recebendo R$ 2 milhões a mando de Joesley Batista.

Além dele, Menderson Souza Lima, assessor do senador Zezé Perrela (PMDB-MG), também foi preso. Todos foram citados na delação de Joesley Batista. Em todos os casos os mandados são de prisão preventiva e foram autorizados pelo STF.

Leia mais

PSDB se junta à oposição e protocola pedido de impeachment na Câmara

Temer

Deputados do PSDB protocolaram nesta quinta-feira um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer com base no conteúdo das delações premiadas da JBS. Pelo menos sete deputados do partido, que ainda não anunciou oficialmente a sua saída da base aliada, assinaram o pedido. A ação foi articulada pelo deputado João Gualberto (PSDB-BA).

Esse é o quarto pedido de impeachment protocolado desde essa quarta-feira (17), quando veio à tona as revelações de que Temer teria dado aval para que o empresário Joesley Batista comprasse o silêncio de presos na Lava Jato, como Eduardo Cunha.

A ação protocolada pelos tucanos foi articulada pelo deputado João Gualberto (PSDB-BA). Os outros três pedidos foram feitos por parlamentares da Rede e pelo deputado JHC (PSB-AL), que ocupa o cargo de terceiro secretário da Câmara. As informações são da Agência Estado.

Leia mais

Fachin autoriza abertura de inquérito para investigar Temer

Temer

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou pedido da Procuradoria Geral da República (PGR) e autorizou abertura de inquérito para investigar o presidente Michel Temer. Com a decisão, o presidente passa formalmente à condição de investigado na Lava Jato.

O pedido de abertura de inquérito foi feito após Joesley Batista, um dos donos do grupo JBS, delatar à PGR que gravou, em março deste ano, Temer dando aval para comprar o silêncio do deputado cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A informação foi divulgada pelo jornal “O Globo”.

De acordo com a Constituição Federal, um presidente da República só pode ser investigado caso atos ilegais sejam cometidos durante o exercício do mandato e com a autorização do STF. Dessa maneira, Temer pode ser investigado porque os fatos delatados por Joesley teriam sido cometidos em março deste ano.

Projeto da Semarh sobre dessalinização é citado em portal internacional

Resultado de imagem para secretario ivan junior

O Projeto Piloto de um sistema de dessalinização de água do mar, que está sendo esboçado pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), foi citado num portal bilíngue de notícias que analisa desenvolvimento e oportunidades importantes na América Latina, o BN Americas.

O Serviço de notícias publicou, na última terça-feira (16), uma matéria que destaca a intenção do Governo do Estado em firmar parcerias com empresas que tenham experiências no ramo de dessalinização para distribuição de água a um custo viável. A ideia do Projeto é instalar um equipamento piloto para acompanhar o seu funcionamento, inicialmente em alguns municípios do vale do Açu.

O Secretário de Estado de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, explica que assim que o projeto for finalizado será lançado um edital de leilão para contratação do serviço. “A empresa licitada não vai distribuir a água diretamente, nossa ideia é que a Caern compre a água do produtor e proceda com o abastecimento” frisa Ivan.

Leia mais

Tasso Jereissati deve assumir a presidência do PSDB no lugar de Aécio

Jereissati

O senador tucano Tasso Jereissati (CE) vai assumir a presidência nacional do PSDB no lugar de Aécio Neves (MG), segundo a colunista do Estado de São Paulo, Andreza Matais. O mineiro relutou em deixar o comando da legenda, mas foi voto vencido pela maioria dos tucanos. Chegou-se a cogitar a indicação de Carlos Sampaio (SP).

A Juventude do PSDB divulgou comunicado oficial pedindo o afastamento de Aécio Neves da direção da legenda. “Nesse momento, é preciso reforçar o nosso compromisso do nosso partido em defender de forma intransigente a nossa democracia. Para tal, entendermos ser urgente e necessário que o partido possa ser conduzido por alguém que compartilhe dos mesmos valores que justificaram a fundação da nossa sigla”, diz a nota do grupo, segundo a Agência Estado.

A  situação de Aécio se agravou após o empresário Joesly Batista, dono da JBS, entregar à Procuradoria Geral da República (PGR) uma gravação na qual Aécio pede R$ 2 milhõesao empresário, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Operação Lava Jato. A Polícia Federal teria filmado um primo de Aécio pegando esse dinheiro.

Ação da PF no gabinete de Aécio Neves já dura mais de duas horas

aecio

Agentes da Polícia Federal seguiam por volta das 8h20 desta quinta-feira (18) fazendo busca e apreensão de documentos no gabinete do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Senado. A operação no local já dura mais de duas horas, segundo policiais legislativos.

Parte da imprensa foi impedida de acompanhar a operação. A Polícia Legislativa restringiu o acesso ao prédio anexo do Senado onde os gabinetes dos senadores estão localizados. Os carros da PF aguardam os agentes na chapelaria do Congresso Nacional, entrada principal do prédio. As informações são da Agência Estado.

Leia mais

Aécio ofereceu a Joesley a nomeação de uma diretoria da Vale

Resultado de imagem para aecio

Na conversa com Joesley Batista no Hotel Unique, em São Paulo, no dia 24 de março, Aécio Neves lhe ofereceu a possibilidade de nomear um diretor da Vale, segundo matéria no blog do jornalista de O Globo, Laura Jardim. Foi nessa mesma conversa que Aécio pediu R$ 2 milhões para, supostamente, pagar honorários advocatícios.

A matéria revela que este trecho da gravação feita pelo dono da JBS rebate frontalmente o que Aécio disse na noite de quarta-feira (17):  que sua relação com o Joesley era meramente de amizade, sem envolver nenhum tipo de contrapartida. Essa informação revela que embora a Vale seja uma empresa de capital misto, o tipo de acesso que Aécio vende ali só era possível devido à sua influência no governo Temer e o devido poder do governo sobre a formação da diretoria da Vale.

Na conversa gravada por Joesley, os dois começam a falar na Vale quando o empresário diz a Aécio que gostaria que o novo presidente da empresa fosse Aldemir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil, da Petrobras e envolvido na Lava-Jato.

Leia mais

Bancada articula nome de Carlos Sampaio para assumir comando do PSDB

Carlos Sampaio

Carlos Sampaio é o mais cotado para assumir o comando do PSDB após o senador Aécio Neves, atual presidente do partido, ser alvo de uma operação da Polícia Federal nesta quinta-feira (18). As informações são do blog do jornalista Gerson Camarotti, do portal G1.

Entre os líderes da legenda há consenso de que o senador deve deixar o comando do partido ainda na manhã desta quinta. A bancada do PSDB na Câmara articula para que Sampaio assuma, em caráter emergencial, a presidência interina do partido.

Conselho de Ética instaura três processos por quebra de decoro

Reunião Ordinária. Dep. Elmar Nascimento (DEM - BA)

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados instaurou nesta quarta-feira (17) três processos por quebra de decoro: dois contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e um em desfavor do deputado Delegado Éder Mauro (PSD-PA).

O presidente do conselho, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), afirmou que escolherá os relatores de cada processo até a próxima terça-feira (23). Hoje houve o sorteio de três membros do conselho para cada processo, entre aqueles que não são do mesmo partido dos representantes ou dos representados, nem dos mesmos estados.

As duas representações contra Eduardo Bolsonaro foram apresentadas pelo PT. Em uma delas, o partido alega que Bolsonaro teria cuspido nas costas do deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) na sessão em que foi julgada a admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff, em 17 de abril de 2016.

Leia mais

Câmara instala comissão especial para analisar PEC que acaba com a reeleição

Reunião Ordinária. Dep. Lucio Vieira Lima (PMDB - BA)

Foi instalada nesta quarta-feira (17), na Câmara dos Deputados, comissão especial para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) e outros, que acaba com a reeleição para cargos do Poder Executivo e fixa em cinco anos o mandato de deputados, vereadores, prefeitos, vice-prefeitos, governadores e presidente da República. A proposta também determina a coincidência de todas as eleições e prevê mandato de 10 anos para os senadores.

Cândido adiantou que pretende apresentar substitutivo à PEC 77/03, mantendo o fim da reeleição para presidente, governador e prefeito e os mandatos de cinco anos, mas estabelecendo a não coincidência das eleições (anos separados para Executivo e Legislativo). Segundo ele, o substitutivo também vai propor o fim dos cargos de vice-prefeito, vice-governador e vice-presidente da República e mandato de dez anos para representantes das Cortes com indicação política.

“Além disso, a substituição dos suplentes dos senadores por um único suplente, que seria o deputado mais votado da coligação”, acrescentou o relator.

Vivaldo Costa solicita implantação de subestação elétrica no Hospital Regional do Seridó

O deputado Vivaldo Costa (PROS) encaminhou requerimento ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), solicitando a implantação de subestação elétrica para recepcionar os equipamentos de alta tecnologia do Hospital Regional do Seridó, em Caicó.

“O pleito vai permitir que a população daquela região possa utilizar, de forma efetiva, os equipamentos de extrema relevância no âmbito hospitalar, como tomógrafo de alta tecnologia, raio-x digital, autoclave, entre outros”, justifica Vivaldo.

A subestação é uma instalação elétrica responsável por transmitir e distribuir a energia elétrica e conta com equipamentos capazes de realizar transformações em tensões e correntes para valores adequados de uso, manobras e proteção de linhas.