Em meio a crise política, Temer embarca para Rússia e Noruega

Resultado de imagem para Em meio a crise política, Temer embarca para Rússia e Noruega

O presidente Michel Temer embarca na próxima segunda-feira para duas viagens internacionais –à Rússia e à Noruega– em busca de investimentos no Brasil, enquanto segue o suspense político causado pelas delações de executivos da J&F e pelo esperado oferecimento de denúncia por parte da Procuradoria-Geral da República.

Logo no dia de chegada a Moscou, na terça-feira, Temer reúne-se com investidores russos, segundo o porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, que têm interesse nos setores de petróleo e gás, ferrovias e portos.

Também estão previstos, ao longo da visita oficial à Rússia, encontros com autoridades do Executivo e do Legislativo russos, como o presidente Vladimir Putin e o primeiro-ministro, Dmitry Medvedev.

A Rússia faz parte do bloco Brics, formado ainda por China, Índia e África do Sul. As informações são da Agência Reuters.

Leia mais

Número de mortos por incêndio em prédio de Londres sobe para 30 e ainda pode aumentar, diz polícia

O número de mortes no incêndio em um prédio residencial de Londres subiu para ao menos 30 e a polícia está avaliando se houve infrações criminais, afirmou um comandante da corporação nesta sexta-feira.

“Nós sabemos que ao menos 30 pessoas morreram como resultado desse incêndio”, disse o comandante Stuart Cundy, acrescentando que o número ainda deve aumentar.

Ele afirmou que 24 pessoas ainda estão hospitalizadas e que 12 estão em estado grave.

“A investigação vai apurar quais infrações criminais podem ter sido cometidas”, disse Cundy.

Fachin avalia se Temer e MP serão ouvidos antes de denúncia da PGR

Fachin avalia se Temer e MP serão ouvidos antes de denúncia da PGR: Procuradoria enviará denúncia contra o presidente à Câmara dos Deputados

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), analisa a necessidade de ouvir ou não as partes da denúncia que será apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer, antes do envio do texto à Câmara dos Deputados.

As informações são do blog da jornalista Andreia Sadi, do G1.

O relator da Lava Jato pode decidir ouvir as partes em manifestação final antes do envio da denúncia aos deputados. Fachin conversou com outros ministros do STF sobre o assunto, de acordo com a repórter.

Leia mais

Aécio Neves pede que sua eventual prisão seja julgada no plenário do STF

Brasília - O senador Aécio Neves durante entrevista coletiva após reunião com os presidentes e lideranças da Câmara e do Senado para discutir a votação da proposta de reforma política que tramita no Senado (Mar

A defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu hoje (16) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o pedido de prisão contra ele seja julgado por todos os 11 integrantes da Corte, em plenário, e não pela Primeira Turma, composta por cinco ministros, conforme previsto.

Está marcada para terça-feira (20), na Primeira Turma, o julgamento de dois recursos: um do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que quer a prisão preventiva de Aécio, e outro do próprio senador pedindo que seja assegurada sua liberdade.

Para julgar a questão, os ministros deverão analisar a aplicação ao caso do artigo 53 da Constituição, segundo o qual os parlamentares “não poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável”.

Leia mais

Anvisa determina suspensão de uso e distribuição de vacina contra rotavírus

Resultado de imagem para Anvisa determina suspensão de uso e distribuição de vacina contra rotavírus

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da distribuição e do uso de 16 lotes da vacina Rotarix, imunizante oral utilizado para a proteção contra diarreia e vômito causados pela infecção por rotavírus humano. A decisão foi publicada hoje (16) no Diário Oficial da União (DOU). De acordo com a agência foi identificada desvio de qualidade na vacina em decorrência da “perda de integridade das bisnagas, durante o processo de fabricação, que resultou no vazamento das bisnagas contendo a vacina”.

As vacinas, fabricadas pela empresa GlaxoSmithkline, na Bélgica, são distribuídas no país pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos. Além da suspensão, a Anvisa também determinou o recolhimento dos lotes com data de validade vigente que ainda estiverem disponíveis no mercado.

Leia mais

Ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró morre em acidente em Aracaju

Eliza Clívia estava voltando de uma entrevista para TV - Foto: Reprodução | Facebook

A ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró, Eliza Clívia, de 37 anos, e o namorado dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram nesta sexta-feira, 16, à tarde, num acidente envolvendo um ônibus e o carro de passeio em que viajavam.

A colisão aconteceu entre as ruas Arauá e Maruim, no centro de Aracaju. O casal estava se deslocando para a TV Atalaia, afiliada da Record em Sergipe, para dar uma entrevista no Programa Tolerância Zero. No último post em sua conta no Instagram, a cantora contou que já tinha chegado em Aracaju.

De acordo com testemunhas, o carro onde estavam as vítimas teria invadido a rua preferencial, colidindo com um ônibus de transporte coletivo. O produtor da cantora, Jailson Souza, disse que cinco pessoas estavam no carro no momento do acidente. Três delas foram removidas para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) com ferimentos leves. As informações são de O Estado de São Paulo.

Leia mais

STF vai julgar quarta-feira se pode mudar penas de delatores da JBS

Resultado de imagem para stf

O Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar na quarta-feira se o plenário da corte pode rever pontos específicos das colaborações premiadas dos donos da JBS – entre eles, as penas negociadas com os delatores em troca das revelações. Também será analisado se o ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato, vai continuar conduzindo o inquérito aberto para investigar o presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PA), suspeitos de terem cometido corrupção, organização criminosa e obstrução de justiça. Os questionamentos foram feitos pelo governador de Mato Grosso do Sul, o tucano Reinando Azambuja, que foi alvo das delações. Fachin decidiu levar as questões para o exame em plenário.

Uma decisão do STF no sentido de possibilitar a revisão dos termos das delações seria uma forma de reduzir o poder da Procuradoria-Geral da República, porque os investigadores têm se valido das colaborações premiadas como forma de ampliar as investigações da Lava-Jato. Se decidirem que é possível modificar a cláusula das delações mesmo depois de terem sido homologadas, os ministros do STF vão estabelecer em que momento que isso pode ser feito – se a qualquer momento das investigações, ou se apenas no fim da ação penal, quando são fixadas as penas dos eventuais condenados. As informações são de O Globo.

Leia mais

Maia quer ‘descontentes’ do PSB no DEM

ctv-od5-maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negocia com a ala governista do PSB, contrários ao desembarque do governo Temer, a migração para o seu partido. Segundo interlocutores de Maia, a expectativa é de aumentar a bancada da sigla na Casa para 40 integrantes. Hoje, o DEM tem 29 deputados.

As conversas de Maia envolvem o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho (PE), e os dois líderes do PSB no Congresso: o senador Fernando Bezerra (PE), pai do ministro de Minas e Energia, e Tereza Cristina (MS).

Maia também tenta atrair para o DEM os deputados Heráclito Fortes (PI) e Danilo Forte (CE). “O futuro a Deus pertence”, desconversou Forte, ao ser questionado sobre a mudança de partido.

O presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), confirmou o teor das conversas com os parlamentares “descontentes”, mas evitou tratar dos nomes. “Não há nenhuma decisão tomada”, disse. Parlamentares do DEM e interlocutores de Maia em outras siglas também confirmam as negociações. As informações são de O Estado de São Paulo.

Trump cancelará acordo com Cuba

Donald Turmp cancela acordo com Cuba

O presidente americano, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira o fim do acordo de reaproximação com Cuba adotada por seu antecessor, Barack Obama. “Eu estou cancelando o acordo completamente unilateral da última administração”, afirmou Trump em pronunciamento em Miami.

O republicano se mostrou disposto a negociar “um acordo melhor” com a ilha, mas apenas se houver avanços “concretos” para a realização de “eleições livres” e a liberdade de “prisioneiros políticos”.

“Quando os cubanos derem passos concretos, estaremos prontos, preparados e capazes de voltar à mesa para negociar esse acordo, que será muito melhor”, disse Trump.

As alterações incluem restrições ao turismo e negócios com a ilha, principalmente para barrar os gastos com estabelecimentos controlados pelos militares ou pelo serviço de inteligência do país – o Exército é dono de grande parte da infraestrutura de turismo de Cuba.

Primeira Turma do STF deve rejeitar pedido de prisão de Aécio Neves

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) se prepara para julgar o pedido de prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) na próxima semana com a tendência de rejeitar novo pedido de prisão, mas manter afastamento do tucano do Senado. A maioria dos ministros está inclinada a manter a decisão tomada em maio pelo relator da Lava-Jato, ministro Edson Fachin, que rejeitou o primeiro pedido de prisão feito pela Procuradoria Geral da República (PGR).

Na ocasião, Fachin determinou o cumprimento de medidas cautelares: o afastamento do mandato, o impedimento de conversar com outros investigados e a proibição do senador de deixar o país. Essas medidas também devem ser mantidas pelo colegiado.

No julgamento do recurso da irmã do senador, Andrea Neves, ocorrido na última terça-feira, a Primeira Turma deixou claro que é mais dura que a Segunda Turma, que conduz a Lava-Jato. Mesmo sem ter sido condenada em nenhum processo, Andrea foi mantida na prisão, sedimentando a tendência do colegiado de ser mais dura com questões penais. A Segunda Turma, no mês passado, libertou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que já foi condenado no mensalão e na Lava-Jato. As informações são de O Globo.

Ministério Público ajuíza Ação de Improbidade contra 4 deputados estaduais

Resultado de imagem para deputados gustavo carvalho e hermano morais Natal

O Procurador-Geral de Justiça ajuizou Ação de Improbidade Administrativa (nº 0825059-64.2017.8.20.5001, 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal) em desfavor dos Deputados Ezequiel Ferreira de Souza, Hermano Moraes, Carlos Augusto Maia e Gustavo Carvalho, que compõem a Mesa Diretora da Casa, e contra a ex-Procuradora-Geral do Poder Legislativo, Rita das Mêrces Reinaldo. VEJA AQUI

A ação foi motivada pela constatação, no Inquérito Civil 008/16, de que teriam sido ofendidos o art. 69, XXX, do Regimento Interno da Casa, e o art. 154 do Regime Jurídico dos Servidores Estaduais, que obrigam a Mesa Diretora a instaurar procedimento disciplinar, sempre que tiver ciência de irregularidade no serviço público. Também foi descoberta afronta ao art. 182 do Regime Jurídico, que proíbe a concessão de aposentadoria voluntária, caso exista procedimento disciplinar contra servidor em andamento.

Os elementos de prova obtidos na investigação revelaram que a Mesa Diretora, mesmo ciente dos fatos imputados à servidora, omitiu-se em realizar a abertura das investigações administrativas, para, ato contínuo, deferir a aposentadoria voluntária requerida pela ex-Procuradora-Geral da Casa. Isso tudo ocorreu logo após a soltura da servidora, que estava presa cautelarmente, em razão de determinação judicial no bojo da Operação “Dama de Espadas”. Além disso, a aposentadoria da ex-Procuradora-Geral da Assembleia, datada de 25/09/2015, somente foi publicada sete meses após, em 16/04/2016, tendo sido subtraído o ato do conhecimento público e dos órgãos de controle durante todo esse lapso temporal.

População brasileira já pagou R$ 1 trilhão em impostos este ano

O impostômetro nesta sexta-feira (16)

A marca de R$ 1 trilhão no painel do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) foi registrada às 8h desta sexta-feira (16). O valor equivale ao total de impostos, taxas e contribuições pagos pela população brasileira desde o dia 1º de janeiro de 2017.

Em 2016, o montante de R$ 1 trilhão foi alcançado em 5 de julho. O presidente da entidade, Alencar Burti, explica que a arrecadação aumenta quando há crescimento econômico e elevação de impostos. “Já que nossa economia não está crescendo, essa diferença de 19 dias reflete aumentos e correções feitos em impostos e isenções, além da obtenção de receitas extraordinárias como o Refis [parcelamento de débitos tributários]. Reflete também a inflação, que, apesar de ter caído, segue em patamar alto”, analisa. Para Burti, “no segundo semestre, espera-se elevação da arrecadação em função da melhora da atividade econômica”.

 

 

Helmut Kohl, pai da reunificação alemã, morre aos 87 anos

O ex-chanceler alemão Helmut Kohl, o arquiteto da reunificação da Alemanha, morreu, relatou o jornal Bild nesta sexta-feira (16). Kohl tinha 87 anos.

O chanceler com o mandato mais longo na Alemanha do pós-guerra, de 1982 a 1998, Kohl foi a força motriz por trás da introdução da moeda única europeia, convencendo alemães céticos a abrir mão do marco alemão.

Kohl estava frágil e de cadeira de rodas desde que sofreu uma grave queda em 2008.

Governo lançará incentivos para que mais de 4 mi de famílias do Bolsa Família

Resultado de imagem para osmar terra ministro

O governo vai lançar até o início de julho um pacote batizado de Progredir para incentivar que os beneficiários do Bolsa Família entrem no mercado formal de trabalho, estimando alcançar com isso cerca de um terço das 13,4 milhões de famílias que recebem a assistência mensal, disse à Reuters nesta sexta-feira o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.

O ministro também confirmou que o Bolsa Família será reajustado em 4,6 por cento, 1 ponto acima da inflação de 3,6 por cento medida pelo IPCA nos 12 meses até maio, o que deverá ser divulgado até o fim deste mês. O reajuste de 4,6 por cento foi noticiado pela Reuters no início desta semana.

Com o Progredir, cujo orçamento será de 100 milhões de reais neste ano, o governo quer reunir uma série de iniciativas para que os brasileiros não tenham receio de perder o benefício do Bolsa Família ao buscarem registro formal de emprego. As informações são da Agência Reuters.

Leia mais

Doria diz que apoio a Temer é escolha entre ruim e péssimo

Resultado de imagem para Doria diz que apoio a Temer é escolha entre ruim e péssimo

Apontado por recentes pesquisas como o nome mais forte do PSDB para a disputa presidencial em 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria, minimiza interesse pela disputa, e diz que isso é assunto para “janeiro do ano que vem”.

Ao mesmo tempo em que não nega que possa concorrer, responde com desenvoltura quaisquer perguntas sobre o cenário eleitoral e ataca alguns de seus possíveis concorrentes na corrida eleitoral.

Em entrevista exclusiva à BBC Brasil, Doria afirma que o próximo presidente do país deveria ser um “gestor”, adjetivo que constantemente usa para definir a si próprio. Ele ainda classifica os eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder nas pesquisas na corrida presidencial de 2018, como mal informados ou defensores “das mazelas e do mal feito” e minimiza o crescimento do atual segundo colocado, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). As informações são da Folha de São Paulo.

Leia mais