Alberto age como testa ferro do prefeito do Assú na perseguição aos procuradores

Consultor legislativo que ganha quase R$ 12 mil, dizia que o deputado George Soares, era o pior do que existia na política do Assú

Depois de classificar o deputado estadual George Soares, principal herdeiro político do clã Montenegro/Soares, como o pior do que existe de retrocesso na vida política do Assú, o professor da Uern e advogado Alberto Luis de Lima Trigueiro, agora investido na função comissionada de consultor legislativo com salário de R$ 6 mil mensal VEJA AQUI), age como ‘testa de ferro jurídico’ do irmão do deputado e prefeito Gustavo Soares, para perseguir colegas advogados que atuam como procuradores concursados do município.

Sem se importar mais com as regras da moral e da ética da Faculdade de Direito, advogado Alberto Luis que ganha também um salário mensal de R$ 5.894,72 como professor da Universidade Regional do Rio Grande do Norte – UERN, mudou o discurso e a prática na defesa da oligarquia Montenegro/Soares como integrante de cargo comissionado da Prefeitura do Assú. No total, Alberto embolsa hoje dois salários que totalizam quase R$ 12 mil mensais.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: