Governo lança programa Microcrédito do Empreendedor e Operação Vertente na região Oeste do RN

Robinson lança programa Microcrédito do Empreendedor e Operação Vertente na região Oeste do RN

micro-vertente-em-alexandria-16

A cidade de Alexandria, situada na região do Alto Oeste potiguar, sediou nesta quinta-feira (8) o lançamento de dois programas que representam a autonomia financeira de comerciantes locais e a garantia do abastecimento de água, respectivamente.

Em solenidade realizada no ginásio Pedro Ferreira de Sousa, “Ferreirão”, o governador entregou 400 cheques do Microcrédito do Empreendedor, com valor total de R$ 1,5 milhão, e lançou oficialmente a Operação Vertente, que entregará água por meio de caminhões-pipa a 13 cidades das regiões Oeste e Seridó do Rio Grande do Norte.

mic-vertente-em-alexandria-10

A Operação Vertente atende inicialmente as cidades que sofrem com colapso de água em virtude dos efeitos da estiagem que afetam o RN desde 2012. Diretamente, serão atendidas 110 mil pessoas com caminhões-pipa previamente cadastrados.

Dos 167 municípios do Rio Grande do Norte, 153 registram problemas com abastecimento de água em função da baixa do lençol freático, o que forçou o Governo a editar um novo decreto de Situação de Emergência, válido até o dia 21 de setembro, mas com renovação garantida até março de 2017.

No estado, a Operação Vertente é realizada pelo Gabinete Civil e coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, com valor de R$ 4 milhões, recursos do Ministério da Integração.

Ler mais

Página de Patrício Júnior no Facebook alcança mais de 45 mil pessoas

728x90Em menos de 24h, página de Patrício Júnior no Facebook alcança mais de 45 mil pessoas

14264859_1839280102958333_1551434476438278603_n

A intensa movimentação do grupo do candidato a prefeito de Assú pelo PSD, Patrício Júnior, neste feriado da Independência do Brasil, teve um alcance exorbitante na página do candidato, no Facebook (@patricio55assu). Em menos de 24 horas, 45,6 mil internautas foram alcançados pelas postagens.

14192042_1839280382958305_3447808513729760642_n

Um dos destaques foi a grande Pedalada 55 que aconteceu na manhã de ontem (07). Os três vídeos sobre o evento tiveram no primeiro dia 14,4 mil visualizações. Apenas um dos vídeos da Pedalada teve um desempenho, nesse curto espaço de tempo, de sete mil visualizações no Facebook.

Contando com todas as postagens, o desempenho da página ontem foi de 1.432 curtidas, 72 comentários, 14,4 mil visualizações e incríveis 809 compartilhamentos. E que aumentam a cada dia.

14192087_1839281246291552_2276212470819331047_n

“São números gigantes que refletem uma campanha que já começou gigante e vai terminar maior ainda com a nossa vitória no dia 2 de outubro. Nosso desempenho nas redes sociais é fruto do trabalho que temos para mostrar e da parceria com a nossa juventude, que tem se empenhado em nos ajudar a mostrar essa realidade.

Isso tem sido um diferencial em nossas caminhadas. Com todos empenhados, cada um fazendo a sua parte, iremos conquistar cada vez mais o nosso espaço e mostrar para as pessoas por que Assú deve continuar nas mãos de quem trabalha”, disse o candidato Patrício Júnior.

Ministro nega recurso apresentado por Lula que questiona a atuação do juiz Moro

Teori diz que Lula quer ‘embaraçar’ investigações

lulap

Ministro negou recurso apresentado pela defesa do ex-presidente, que questionava a atuação do juiz federal Sérgio Moro, responsável por conduzir as investigações da Lava Jato na primeira instância

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, afirmou nesta quinta-feira (8) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer ’embaraçar’ as investigações da operação Lava Jato. A declaração de Teori foi feita em reposta a uma Reclamação do petista à Corte máxima. O ministro negou recurso apresentado pela defesa do ex-presidente, que questionava a atuação do juiz federal Sérgio Moro, responsável por conduzir as investigações da Lava Jato na primeira instância.

Veja a decisão de Zavascki, clicando aqui.

“Nesse contexto, é importante destacar que esta Corte possui amplo conhecimento dos processos (inquéritos e ações penais) que buscam investigar supostos crimes praticados no âmbito da Petrobrás, com seus contornos e suas limitações, de modo que os argumentos agora trazidos nesta reclamação constitui mais uma das diversas tentativas da defesa de embaraçar as apurações”, escreveu o ministro.

Ler mais

Mendes: Procuradoria vigiar polícias é forma de ‘intervenção federal’

728x90Gilmar Mendes criticou a decisão da Procuradoria da República de monitorar as ações policiais 

imageO ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, criticou a decisão da Procuradoria da República de monitorar as ações policiais durante as manifestações “Fora, Temer”.

“Não sei se estão inventando uma nova forma de intervenção federal que não está na Constituição”, disse o ministro nesta quarta-feira (7).

Na terça-feira (6), a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), braço do Ministério Público Federal, encaminhou ofício aos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e do Rio, Francisco Dornelles (PP), comunicando a abertura de procedimento administrativo para averiguar denúncias de violações de direitos humanos por parte de órgãos de segurança pública durante protestos realizados nos últimos dias nos dois Estados.

O documento destaca que integrantes do Ministério Público Federal coletarão informações, imagens e áudios das próximas manifestações e da conduta das forças policiais durante os protestos.

Ler mais

Ivan Júnior conta com Patrício Júnior para continuar com o trabalho de desenvolvimento do Assú

Ruas do Irmã Lindalva ficam lotadas na passagem da Caravana 55 com Patrício Júnior

ir-6-1

As ruas do conjunto Irmã Lindalva ficaram pequenas na noite de ontem (07) com a passagem da Caravana 55. O candidato a prefeito Patrício Júnior (PSD) arrastou uma multidão e recebeu o carinho das pessoas por onde passou. Em quase todas as casas havia uma comemoração com comes e bebes para celebrar a candidatura de Patrício.

As ruas ficavam preenchidas de esquina a esquina. O comício teve que ser feito ao lado da quadra de esportes do bairro, já que, em razão da grande quantidade de pessoas, não havia espaço para ser feito nas ruas do bairro.

ir-8

“Não venho aqui querer fazer da política profissão, quero dar a minha contribuição e cabe a vocês, moradores, me darem essa oportunidade. Não tenham dúvida de que se eu tiver essa oportunidade trabalharei e muito em prol da comunidade e da cidade do Assú”, afirmou Patrício.

Segundo ele, seu Plano de Governo abrange ações em áreas como saúde, educação, infraestrutura, moradia, entre outros, mas que precisa da confiança e do voto do povo para tirar essas ideias do papel . “Se Deus quiser e se o povo do Assú me permitir, vamos sim, a partir do dia 1º de janeiro de 2017, fazer uma excelente administração”.

ir-9

O prefeito Ivan Júnior prestou contas de algumas ações que realizou ao longo dos 7 anos e 9 meses de administração até o momento. Só no conjunto Irmã Lindalva, a administração municipal construiu 406 residências, pavimentou várias ruas, construiu uma quadra de esportes, entre outros benefícios.

Ivan reiterou ainda o apoio ao candidato Patrício Júnior para continuar com o trabalho de desenvolvimento na cidade. “Vamos trabalhar para fazer mais e com Patrício e Breno o desenvolvimento vai sim continuar, respeitando todos vocês, porque sabemos que o respeito é fundamental”.

Patrício Júnior vai instalar ponto de apoio para atendimento médico na região do Trapiá

Patrício Júnior vai instalar ponto de apoio para atendimento médico na região do Trapiá

unnamed-5

O candidato a prefeito de Assú pelo PSD, Patrício Júnior, participou de uma visita à região do Trapiá na tarde desta quarta-feira (08), após a “Pedalada 55”, evento que ocorreu na manhã do mesmo dia. A visita foi acompanhada pelo candidato a vereador Júnior do Trapiá, que fez uma grande mobilização na comunidade de Nova Quixabeirinha.

Durante o comício, Patrício Júnior assumiu o compromisso com a comunidade para instalar um ponto de apoio para atendimento médico dos moradores da região. “Com esse ponto de apoio o médico vai poder vir para a comunidade e vai ter onde atender vocês com uma maior qualidade e como vocês merecem ser atendidos”, disse o candidato.

unnamed-6

Ele também ressaltou o compromisso de sanar os problemas de desabastecimento da região. “Quem me conhece sabe que jamais eu estaria aqui prometendo algo que eu não pudesse cumprir. Se eu estou falando que vou resolver, podem ter certeza, vou resolver”, ratificou.

Ministros avaliam que modificar julgamento de Dilma aumentaria instabilidade no país

728x90STF tende a não modificar julgamento da ex-presidente

getimage

Hora de decidir. Rosa Weber e Teori Zavascki (de óculos, ao centro) deverão julgar os recursos relativos ao impeachment sem levá-los a plenário do Supremo

Embora boa parte dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) considere juridicamente problemática a decisão do Senado de fatiar a condenação de Dilma Rousseff no processo de impeachment, é pequena a chance de se modificar a situação no julgamento dos recursos enviados à Corte. Isso porque uma decisão que cause uma reviravolta no caso — suspendendo todo o julgamento ou declarando Dilma inabilitada para o exercício de cargos públicos — traria um desgaste grande ao STF e aumentaria ainda mais a instabilidade política no país.

A expectativa é que os ministros Rosa Weber e Teori Zavascki não levem os recursos ao plenário. Eles deverão decidir sozinhos, negando os pedidos de liminar. Porém, isso não acontecerá por ora. A tendência é que os dois esperem que diminua o clima de tensão em torno do tema.

A decisão sobre o futuro de Dilma deve ficar para depois da votação do processo de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pela Câmara — o que, por sua vez, deverá provocar nova enxurrada de recursos ao STF.

Ler mais

Deputa José Adécio apoia a reeleição da prefeita Lígia de Janduís

Prefeita Lígia de Janduís tem o apoio do deputado José Adécio para a sua reeleição

principal

A prefeita de Janduís, Lígia Félix, que disputa a sua reeleição, ao lado do candidato a vice-prefeito, Adib Almeida,realizou um comício no município, onde reuniu uma multidão vestida de amarelo. Lígia apresentou propostas e destacou suas ações a frente da prefeitura.

O Deputado José Adécio prestigiou o palanque da prefeita, e em seu discurso, declarouapoiar totalmente a reeleição da prefeita, assim como também pediu votos para os candidatos a vereadores da coligação “Janduis seguindo em Frente” reconhecendo o trabalho da gestora, realizado no município.

Assecom: Rafael Maia

Janot envia ao STF parecer pró-aborto em caso de zika

728x90Janot defende aborto para grávidas com zika

16185240

Continuidade forçada da gestação causa risco à saúde psíquica da mulher, diz procurador; Advocacia-Geral da União é contra

O Estado de S. Paulo

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, defendeu o aborto para mulheres infectadas por zika. A continuidade forçada da gestação nos casos em que há certeza da infecção pelo vírus, segundo ele, representa risco “à saúde psíquica da mulher”. A argumentação foi apresentada em parecer encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre ação movida pela Associação Nacional de Defensores Públicos (Anadep), que pede direito à interrupção da gravidez para infectadas pela doença.

Na opinião de Janot, a recomendação não significa “desvalor à vida humana ou à das pessoas com deficiência”. Isso porque, diz ele, a decisão será sempre da gestante.  No parecer, a Procuradoria também ponderou que a Anadep não é o autor adequado para ações judiciais que tratem desse assunto.

A Advocacia-Geral da União, na mesma ação, se posicionou contra a interrupção de gravidez para mães com zika. Em meio à epidemia de zika iniciada no ano passado, o Alto Comissariado de Direitos Humanos das Nações Unidas já pediu às nações afetadas que liberem às mulheres o aborto e métodos contraceptivos.

Multidão sai às ruas de Assú para a “Pedalada 55” com Patrício Júnior

728x90Multidão sai às ruas de Assú para a “Pedalada 55” com Patrício Júnior (PSD)

14192042_1839280382958305_3447808513729760642_n

O grupo de apoio ao candidato a prefeito de Assú Patrício Júnior (PSD) amanheceu pedalando pelas ruas da cidade neste feriado da Independência. O povo compareceu em peso na Pedalada 55, evento organizado para demonstrar o apoio da população ao projeto do PSD para o desenvolvimento de Assú.

14222124_1839280749624935_463007631219615222_n

Mesmo debaixo de sol forte, uma multidão finalizou todo o percurso de cerca de 10 quilômetros. Apesar de ter sido uma “pedalada”, quem não tinha bicicleta também não ficou de fora. Além das bikes, teve gente de carro e de moto. Ninguém queria ficar de fora do grande evento.

14192087_1839281246291552_2276212470819331047_n

Em várias ruas por onde a caravana passava as pessoas ficavam esperando nas esquinas para ver Patrício Júnior e manifestar a ele o seu apoio. O prefeito Ivan Júnior também marcou presença.

No final do percurso, a multidão se reuniu no ginásio da praça Jota Keully para fazer uma selfie com Patrício e Ivan Júnior. “Cada dia que passa a gente se apaixona mais por esse povo. Onde Patrício e Ivan estão o povo vem atrás. Quero agradecer a todos vocês mais uma vez”, disse Patrício.

Patrício Júnior (PSD) faz caminhada no Espaço Vivo e no Vista Bela

Patrício Júnior (PSD) faz caminhada no Espaço Vivo e no Vista Bela

14291689_1839146986304978_4909545150499833324_n

A Caravana do 55 passou nesta terça-feira (06) pelas ruas do Espaço Vivo e do Vista Bela. O povo saiu em caminhada com o candidato a prefeito de Assú pelo PSD, Patrício Júnior, com o candidato a vice-prefeito Breno Lopes e com o prefeito Ivan Júnior, além dos vereadores da coligação Assú Avançando.

Como de costume, vários apoiadores receberam o candidato Patrício Júnior com festa. Bolos, enfeites, refrigerante, cachorro quente, tudo isso foi preparado pelos moradores para ressaltar o compromisso com o projeto do PSD para o desenvolvimento de Assú.

14225462_1839146802971663_4653856689689014657_n

No momento em que Patrício foi discursar no palanque, o povo começou a gritar repetidas vezes o nome dele. O candidato se disse conhecedor das demandas dos bairros e reiterou o compromisso de trabalhar para atendê-las. Ele também agradeceu a todos pelo empenho nos dois arrastões, no sábado e no domingo últimos.

14225539_1839144709638539_2476546294698315230_n

Patrício lembrou também do evento do Sebrae do qual ele participou na manhã de ontem (06) e garantiu que irá fomentar ações em prol dos microempreendedores. “Nossa administração vai dar um apoio às micro e pequenas empresas. Há 20 anos eu fui um microempresário e sei das dificuldades. Então pode ter certeza que a nossa administração vai olhar com bons olhos para esse segmento”.

APOIO

O prefeito Ivan Júnior pediu o voto ao candidato Patrício Júnior e aos vereadores, para que o grupo forme uma bancada forte que possa ajudar na administração do candidato. Ivan prestou contas também de sua gestão, apresentando ações realizadas como pavimentação, construção de praças, casas, entre outras.

O chefe do executivo municipal relatou ainda o que ouviu de um morador durante a visita. Antes de ele assumir a Prefeitura, segundo o morador, havia apenas sete praças na cidade, contando zona urbana e zona rural. “Em um dia só eu entreguei cinco praças na cidade do Assú. Dobramos e estamos trabalhado para aumentar cada vez mais as praças da cidade do Assú”, disse Ivan Júnior.

ENTREVISTA EXCLUSIVA DE FHC A JOSIAS DE SOUZA

Para FHC, o PT e até o PSDB viraram ‘velharia’

Fernando Henrique Cardoso recebeu o UOL no final da tarde da última segunda-feira (5). Concedeu a sua primeira entrevista a um veículo de comunicação brasileiro desde a deposição de Dilma Rousseff. O ex-presidente tucano fez uma avaliação corrosiva da conjuntura do país. A íntegra da conversa está disponível no rodapé do post.

Ao longo do texto, você assiste a alguns dos principais trechos. No vídeo abaixo, FHC diz que o PT e até o seu PSDB perderam o “frescor” que tinham na década de 1990. Reconheceu que as duas legendas tornaram-se parte da “velharia” política que dificulta a modernização do país.

O repórter leu para FHC um comentário que ele gravou em março de 1996. Nessa época, exercia seu primeiro mandato presidencial. Estava às voltas com um paradoxo: prometia o novo de mãos dadas com o arcaico. Incomodado com a dificuldade para aprovar reformas no Congresso, disse a frase que reproduziria no seu livro Diários da Presidência: “Este é o Brasil de hoje, onde a modernização se faz com a podridão, com a velharia, com o tradicionalismo, o qual na verdade ainda pesa muitíssimo.”

Decorridos 20 anos, não lhe parece que PSDB e PT integram a velharia?, quis saber o repórter. E FHC, sem titubeios: “Parece, infelizmente me parece. Curioso que você leu essa frase. Como eu estou relendo o terceiro volume [de Diários da Presidência, ainda por ser lançado], eu repito isso mais adiante, porque era sensível. Você quer melhorar, modernizar, avançar, ser progressista. Mas você precisa dos partidos que existem. E o que existe, a maior parte, é isso. Infelizmente, nós não fomos capazes de superar esses entraves enormes, que eu chamo de atraso. Não é direita e esquerda. É outra coisa, é cultural. São pessoas que querem tirar proveito do Estado.”

Por Josias de Souza – UOL

Mendonça garantiu o apoio do MEC as ações e projetos dos municípios potiguares

Presidente da FEMURN Ivan Júnior discute pleitos com Ministro da Educação

Presidente da FEMURN discute pleitos

Em evento realizado na Escola de Governo, nesta segunda-feira (5), o Presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – Ivan Lopes Júnior, levou os principais pleitos dos gestores potiguares ao Ministro da Educação (MEC), Mendonça Filho (DEM-PE).

Reajustes nos valores dos convênios de merenda e do transporte escolar e o acesso ao MEC pelos gestores foram propostas discutidas entre Ivan e Mendonça. A reunião foi articulada pelo líder da bancada do partido Democratas na Câmara, deputado federal Felipe Maia (DEM-RN). O evento também contou com uma comitiva de políticos e autoridades da educação do Estado.

FEMURN discute pleitos com

Durante sua fala, Ivan Júnior destacou que “os valores dos convênios de merenda e transporte escolar são as maiores reivindicações dos gestores, que enfrentam dificuldades em administrar os poucos recursos disponibilizados pelo Governo Federal. Têm sido necessário que as prefeituras entrem com recursos próprios para manter, com qualidade, as ações nos municípios, e infelizmente os gestores não dispõem de verbas”, afirmou.

repasse do Fundo Nacional de Desenvolvimento à Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), por exemplo, é de apenas R$ 0,50 por aluno conveniado, e o complemento é pago pelas prefeituras.

O ministro Mendona Filho admitiu a defasagem de valores de convênios entre o Governo Federal e as prefeituras, e disse que o presidente Michel Temer firmou compromisso de, a partir de 2017, reajustar o valor que a União repassa aos municípios para as áreas de educação e transporte.

Ler mais

Michel Temer participa do desfile de 7 de setembro

Presidente ouve ‘Fora, Temer’ e aplausos no 7 de Setembro

1625160

Por motivo de segurança, presidente abre mão do tradicional Rolls Royce usado em datas comemorativas

O presidente Michel Temer foi recebido aos gritos de “Fora, Temer” por parte da arquibancada que acompanha o desfile de 7 de Setembro.

Temer dispensou o carro aberto e chegou num veículo presidencial fechado, acompanhado da mulher, Marcela. O presidente não usou a tradicional faixa presidencial.

Ao subir à tribuna, o público de parte de uma arquibancada perto da tribuna das autoridades passou a gritar “Fora, Temer”.

O protesto foi ouvido da tribuna e de outras arquibancadas ao redor do desfile. Pouco depois, um outro grupo reagiu aos gritos de “a nossa bandeira jamais será vermelha”.

Seguranças da Presidência nas arquibancadas mais próximas às tribunas disseram que estaria proibida qualquer manifestação de cunho político. Um homem com um adesivo escrito “Fora Temer” colado na camiseta foi obrigado a retirar o adesivo, segundo as autoridades.

A informação contradisse o que a assessoria de imprensa do Planalto informou mais cedo de que as manifestações políticas estavam liberadas, com exceção para o uso de faixas e cartazes grandes para “não atrapalhar a visão”.

É a primeira aparição pública de Temer como presidente no Brasil.

Após ser afastada, Dilma terá direito a oito servidores e dois carros

Dilma terá direito a oito servidores e dois carros

1473189262660

A equipe que acompanhou a petista no Palácio do Alvorada, composta por 22 pessoas, será exonerada por Temer na quinta-feira, 8; presidente cassada vai morar em Porto Alegre

Vera Rosa – O Estado de S.Paulo

A partir de agora, a presidente cassada Dilma Rousseff terá direito a oito servidores de livre escolha, com salários que vão de R$ 2,2 mil a R$ 11,2 mil, e também a dois carros. Os direitos dos ex-presidentes são regidos pela lei 7474, de 1986, e pelo decreto 6381, de 2008. Dos oito funcionários, quatro são para prestar serviços de segurança e apoio pessoal, dois para assessoria e outros dois são motoristas.

A equipe que acompanhou a petista no Palácio do Alvorada, composta por 22 pessoas, será exonerada por Temer na quinta-feira, 8.

Mesmo morando em Porto Alegre, Dilma disse a amigos que passará temporadas no Rio de Janeiro, onde sua mãe tem um apartamento. O local é considerado mais estratégico para a atuação política. A candidata do PC do B à prefeitura do Rio, Jandira Feghali, convidou a presidente cassada para gravar uma participação no seu programa eleitoral de TV.

Temer recua e decide enviar reforma antes das eleições

728x90Geddel diz que Temer enviará reforma da Previdência ao Congresso antes das eleições

GedellO ministro da Secretaria de Governo afirmou, ainda, que o argumento de parte da base aliada, de que a medida pode atrapalhar os candidatos governistas nas eleições municipais, não é válido

Tânia Monteiro – O Estado de S.Paulo

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, anunciou que o presidente Michel Temer decidiu, em reunião no Planalto, que vai mandar para o Congresso a reforma da Previdência antes da eleição. “O presidente Temer achou que, simbolicamente, por tudo que o Brasil passa atravessa neste momento, já que o texto e o mérito o governo não tem dúvida da necessidade de implementar, que nós mandemos antes de o processo de eleição findar”, declarou Geddel, em entrevista, sem dizer a data exata do envio.

O ministro salientou ainda que o governo vai “fazer todo o esforço possível de aprovarmos o mais rápido possível a proposta, respeitando os prazos do Congresso”. E acrescentou: “Nós vamos jogar todo o peso do governo junto à nossa base para que a tramitação seja breve”.

Segundo Geddel, “não há divergência” entre o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, e o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, em relação ao teor do projeto da previdência. “Eu já conversei com os dois hoje. É mais uma questão de estratégia e não de mérito. É uma questão de estratégia parlamentar”, justificou ele, acrescentando que o governo vai ainda amarrar a melhor data para o envio, mas “já está definido pelo presidente que será agora em setembro”.

Ler mais

AGU pede veto a reajuste para defensores públicos que pode chegar a 67%

Aumento aprovado para defensores públicos tem parecer contrário da AGU à sanção do projeto

AGUA Advocacia-Geral da União recomendou ontem ao governo o veto ao projeto aprovado no Congresso que concede aumento salarial aos defensores públicos.

Aprovado há duas semanas no Senado, com o apoio de parte da base do governo (incluindo o PMDB) o texto está sob análise do presidente Michel Temer, aguardando sanção presidencial. Segundo seus auxiliares, Temer não decidiu o que fará sobre o tema.

O parecer contrário à sanção do projeto foi assinado ontem pelo advogado-geral da União, Fábio Medina Osório, e revelado pelo GLOBO. Na recomendação, o AGU defende que há “vícios de inconstitucionalidade” pelo fato de a iniciativa do projeto ter partido da própria defensoria, enquanto deveria ter sido de autoria do Executivo. A recomendação da AGU diz ainda que a proposta deveria ter vindo por meio de lei complementar.

Defensores em início da carreira recebem R$ 17,3 mil e, pelo projeto, seus salários serão elevados de forma escalonada em 67% até atingir R$ 28,9 mil em janeiro de 2018. No teto da carreira, o subsídio mensal do defensor-geral da União chegaria a R$ 33,8 mil em 18 meses.

Em nota, a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef ) classificou de “infundada” a recomendação da AGU: “A manifestação da Advocacia-Geral da União é notoriamente rasa, contraditória e não encontra lastro constitucional ou legal’’

O GLOBO (Júnia Gama)