Carne Fraca: ‘Preocupação é perder mercado e confiança do consumidor’, diz ministro

Carne Fraca: ‘Preocupação é perder mercado e confiança do consumidor’, diz ministro

Além de EUA e União Europeia, a China também pediu informações sobre o escândalo revelado pela Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, na sexta-feira. Segundo dados oficiais, 70% das aves consumidas no país asiático vêm do Brasil. Em entrevista ao GLOBO, o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse que o embaixador do Brasil em Pequm, Marcos Caramuru, já prestou esclarecimentos ao governo chinês.

Blairo, que se reúne neste domingo com o presidente Michel Temer disse ainda que o objetivo do governo é atuar com maior rapidez e transparência possível para reduzir os danos que as irregularidades podem provocar em relação à compra de carne, sobretudo no exterior. O ministro, no entanto, já admite que algum prejuízo será inevitável.

O objetivo dessa reunião com o presidente é criar um gabinete de crise?

Montamos um gabinete de crise no ministério da Agricultura e estamos permanentemente ligados a este assunto. Conversei com o presidente hoje, ele me perguntou algumas coisas e decidimos fazer uma reunião amanhã para nivelar a conversa com ele sobre as ações que o ministério está fazendo e outra já com as associações que representam os frigoríficos, os produtores para também alinhar algumas ações com eles em defesa do mercado brasileiro e internacional também.

Deixe uma resposta