Com seu estilo Odorico Paraguassu, prefeito do Assú volta a repetir promessas de campanha

Com seu estilo Odorico Paraguassu, prefeito do Assú volta a repetir promessas de campanha

Não tem mais que agüente a balela e a ladainha do prefeito do Assú Gustavo Soares, o famoso “Gustavo Paraguassu”, que não diz coisa com coisa e não sabe ler corretamente um texto, como foi sua postura durante a leitura do discurso da mensagem anual  na Câmara de Vereadores.

Com seu estilo Odorico Paraguassu, Gustavo voltou a criticar o seu antecessor e a repetir as promessas da campanha eleitoral, como se a tribuna do legislativo, fosse um palanque, mas não revelou quando efetivamente vai começar a governar o município e deixar de lero lero.

Literalmente, o Assú está desgovernado e o prefeito sem rumo, lamuriento e despreparado, mas o prefeito quer um tempo de seis meses. A terra dos poetas virou cobaia nas mãos do doutor.

Em pouco menos de 20 minutos, Gustavo Paraguassu, não conseguiu expressar suas idéias para os presentes e todos saíram sem entender o que ele queria dizer no seu discurso enfadonho e ridículo. Quem acreditou na conversa desse rapaz que não tem o sangue a tradição de bom orador, saiu decepcionado e envergonhado.  

Deixe uma resposta