Contrato da Prefeitura do Assu com funerária tem mau cheiro de defunto

O contrato assinado no valor de R$ 417.300,00 entre a Prefeitura do Assú e a empresa Aliança Assistência Familiar, de Andressa Araújo, que foi criada no ano passado, logo após a vitória do prefeito Gustavo Soares, começa a cheirar mau igual a defunto, já que existem mais de oito réus como secretários na especialidade da prática de todo crime contra a administração municipal na equipe do Doutor.

O prefeito do Assú Gustavo Soares escolheu a dedo para compor seu primeiro escalão, gente com Know-how e até condenada pela prática de corrupção e desviar dinheiro público. Hoje, a Prefeitura do Assú, é uma espécie de refúgio, um covil de uma quadrilha com gente especializada pronta para assaltar os cofres do município, assim, que tiver chance para montar todo tipo de roubalheira em Assú.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: