Jovem que acusa ter sido estuprada em Assú reclama da demora do julgamento da Justiça

Jovem que acusa ter sido estuprada em Assú reclama da demora do julgamento da Justiça

A jovem e professora de inglês, Kariene Karla Avelino Soares, 25 anos, usou a rede social do whatApp para reclamar da demora da Justiça do Assú. Ela conta que foi violentada pelo renomado dentista Jovane Dantas, mas que até agora o denunciado não foi julgado e o caso se arrasta há três anos.

Segundo Kariene, ele fez a queixa a Polícia, passou por todos os procedimentos que uma vítima faz e o dentista Jovane Dantas, foi indiciado por estupro qualificado. O Ministério Público aceitou a denúncia e um juiz até agora não julgou o caso.

Deixe um comentário