Não dá para não ter idade mínima de 65 anos, diz relator da reforma da Previdência

Não dá para não ter idade mínima de 65 anos, diz relator da reforma da Previdência

Após encontro com Meirelles, Arthur Maia diz que governo tem base para aprovar as mudanças na aposentadoria

Apesar da ofensiva do governo para garantir votos para a Reforma da Previdência, o relator do projeto, Arthur Maia (PPS-BA), disse que há base para aprovar as mudanças. “O governo está afinado, não tenho dúvida nenhuma que temos base parlamentar para aprovar PEC da Previdência”, afirmou. Maia defendeu a idade mínima de 65 anos para a aposentadoria. “Não dá pra pensar em não ter idade mínima de 65 anos de jeito nenhum”, disse, ao deixar o Ministério da Fazenda, em Brasília, após reunião com o ministro Henrique Meirelles.

Enquanto o governo defende a aprovação da proposta da forma como foi enviada ao Congresso, Maia voltou a defender modificações, entre elas mudanças nas regras de transição e a flexibilização do ponto que proíbe acumular pensão e aposentadoria. “Continuo dizendo que regra de transição é muito abrupta e continuo entendendo que merece alternativas, que a discussão seja aprofundada”, disse. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta