Prefeito do Assú réu em processo por erro médico aguarda julgamento da Justiça

Prefeito do Assú réu em processo por erro médico aguarda julgamento da Justiça

O prefeito do Assú e médico Gustavo Soares, vulgo “Gustavo Paraguassu”, acusado de deixar aleijado o paciente José dos Anjos Paixão, aguarda o desfecho do julgamento da Justiça. Ele nega que tenha praticado erro médico durante a cirurgia ou agido com omissão.

O processo começou em 2010, quando o paciente acusou Doutor Gustavo Montenegro Soares, atual prefeito do Assú, da prática  de erro médico. Há poucos dias, técnicos do Tribunal de Justiça do RN, realizaram uma perícia médica no paciente, mas os resultados ainda não foram divulgados.

Também os acusados nesse processo e figuram como réus são, Hapvida Assistência Médica Ltda, HOSPITAL ANTÔNIO PRUDENTE DE NATAL LTDA, GUSTAVO M. SOARES E GENTIL FERNANDES ARAÚJO FILHO. Todos respondem por erro médico e José dos Anjos Paixão pede a condenação dos acusados em indenização por danos morais por suposta falha ou omissão na prestação de serviços médicos.

Deixe uma resposta