Secretário de Recurso Hídricos diz que as obras da Barragem de Oiticica seguem em ritmo Normal

Secretário de Recurso Hídricos diz que as obras da Barragem de Oiticica seguem em ritmo Normal

O Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Júnior, acompanhado de equipe técnica, fez uma visita, ontem, (15), ao complexo de obras que envolvem a construção da Barragem de Oiticica, em Jucurutu.De acordo com Ivan, as obras da Barragem de Oiticica seguem em ritmo Normal.

“Nossa orientação às empresas envolvidas é que o trabalho se mantenha num ritmo que permita a manutenção do atual cronograma, onde é prevista a conclusão da obra para dezembro de 2017” disse Ivan. O secretário também frisou que para cumprir o cronograma é necessário que o Governo Federal, através do Ministério da Integração, mantenha em dia os repasses financeiros.

Além de verificar a estrutura da parede principal do reservatório, a equipe também conferiu as obras de preparação do terreno (terraplenagem) para construção dos prédios da nova Barra de Santana e as escavações dos jazigos do novo cemitério, equipamento indicado pelos moradores como prioritário a ser entregue.

Também já foi iniciada a construção das unidades habitacionais para moradores inquilinos. O Governo do Estado, por meio da Companhia de Habitação e Desenvolvimento Urbano do RN (Cehab), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), aderiu ao Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social (PSH), do Ministério das cidades, para viabilizar moradia própria a quem mora de aluguel em Barra de Santana.

Barra de Santana

A nova comunidade será construída no local conhecido como Alto do Paiol. Serão 254 lotes residenciais, uma quadra com 10 lotes para o desenvolvimento de atividades não poluentes, equipamentos públicos, centro de comércio e serviços, templo da Igreja Católica, praças urbanizadas e toda a infraestrutura urbana necessária à pavimentação das vias correspondentes.

Oiticica

A Barragem de Oiticica, que custará R$ 415 milhões, beneficiará diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado. Indiretamente a obra, com capacidade para 560 milhões de metros cúbicos, atenderá toda a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 500 mil pessoas. Além do aumento da oferta de água para a região Seridó, a barragem de Oiticica também vai contribuir para reduzir o risco de inundações no Vale do Açu, e irá integrar o complexo de obras do Programa de Integração do São Francisco. 

Deixe uma resposta