12 vereadores que tem salários pagos pelo povo aprovam empréstimo que custará R$ 50 milhões em ano eleitoral da Gestão endividada do prefeito Gustavo Soares; Confira

12 de um total de 15 vereadores da Câmara do Assú, aprovaram que a Prefeitura do Assu sob a gestão do endividado prefeito Gustavo Soares, contraia um empréstimo de R$ 25 milhões, foram eles: Tê, Elisangela, João Paulo, Junior Trapiá, Valterlanio, Delkizia, Valdson, Sonia, Beatriz, Karielle, Wallace e Paulinho.

O vereador Paulo Brito estava ausente, e as vereadoras Avinha e Lucianny Guerra votaram contra.

O projeto foi entregue às pressas na Câmara Municipal, sem que houvesse tempo para esclarecimentos sobre onde serão aplicados, em quais áreas, e demais informações pertinentes que precisam ser checadas porque se trata de um empréstimo muito alto, e somado ao empréstimo que já tem, a Prefeitura está endividada em mais de R$ 100 milhões, já que os juros dos dois empréstimos são de 100%.

Qualquer investimento que seja oriunda de uma dívida de empréstimo precisa ser debatida minuciosamente com a população e seus representantes, mas pelo visto a maioria da Câmara de Vereadores que tem seus salários pagos pelo povo não quer debater não, pelo contrário, colaborou em aumentar a dívida.

Em ano eleitoral é até absurdo um empréstimo desse valor, principalmente porque não se tem clareza nos dados, e os vereadores que votaram a favor dessa dívida sabem disso melhor do que ninguém, mas optaram por apoiar e aprovar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.