Maia diz que nova denúncia contra Temer seria ‘muito ruim’

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta sexta-feira (1º) que uma segunda denúncia da PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Michel Temer seria “muito ruim” e teria que tramitar “rapidamente” na Casa.

“Se acontecer [a denúncia], acho que é muito ruim. De fato, a agenda da Câmara dos Deputados ficará limitada. O importante é que, se a denúncia vier, que aconteça rapidamente, dentro dos prazos regimentais, porque temos a Reforma da Previdência para votar ainda neste segundo semestre”, afirmou Maia.

Até quarta (9), o democrata assume a Presidência da República em razão da viagem de Michel Temer (PMDB) à China.

“A gente precisa que esses assuntos possam ser superados, sem ser evitados”, disse, em evento de inauguração de estrada em Jaguaré (ES). Maia é presidente interino da República até o dia 6, enquanto Michel Temer não volta de viagem à China. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisMaia diz que nova denúncia contra Temer seria ‘muito ruim’

Deicor desmantela quadrilha organizada que realizava roubos à bancos no RN

Uma Operação da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) foi deflagrada, nesta sexta-feira (01), no residencial Parque dos Flamboyants, bairro Bela Vista, localizado na cidade de Macaíba. A Operação é o resultado das investigações da Deicor e teve como objetivo desmantelar uma quadrilha organizada de roubos à bancos liderada por Davi Torres de Souza, vulgo “Bradock”, que também comandava o tráfico de drogas na Baixa da Coruja. A quadrilha é uma das três células que atuam no estado realizando crimes.

Durante as ações policiais no local houve confronto com os integrantes da quadrilha e quatro deles vieram a óbito. Eram eles: Francisco Moraes Neto, Edivan Dutra da Silva, “Bradock” e uma mulher que ainda não foi identificada. Uma adolescente de 15 foi apreendida no local e entregue aos pais na Divisão Especializada.

Entre o material apreendido pelos policiais na Operação estavam 01 fuzil, 01 pistola calibre 9mm, 01 revólver calibre 38, 01 pistola calibre .40, 05 carregadores de pistola calibre .40, 03 carregadores de pistola calibre 9mm, 88 munições de calibre 9mm.,58 munições de calibre .40, 27 munições de calibre .44, 02 cartuchos de calibre 12, 61 munições de calibre 7.62mm, 07 estojos de munição calibre 9mm, 05 estojos de munição calibre .40, 01 Balaclava, 01 máscara antioxidante, uma quantia em dinheiro de R$101,01 (cento e um reais), 01 veículo tipo camioneta SW4, Hilux, de cor branca, 01 veículo tipo Fiat/Uno, de cor branca e 01 colete balístico. O veículo SW4 apreendido foi tomado de assalto no dia 17 de agosto no bairro Parque das Nações, próximo à COPHAB.

Leia maisDeicor desmantela quadrilha organizada que realizava roubos à bancos no RN

Polícia Civil desarticula quadrilha de tráfico de drogas em São Bento do Norte, Caiçara do Norte e Galinhos

A Polícia Civil da cidade de São Bento do Norte em conjunto com a Polícia Militar deflagrou, nesta quinta-feira (31), a Operação Chave de Ouro que teve como objetivo principal a desarticulação do tráfico de drogas na região da 10º Delegacia Regional de Polícia (DRP) que abrange as cidades de São Bento do Norte, Caiçara do Norte e a cidade de Galinhos. Os policiais prenderam, em cumprimento a mandados de prisão, 12 pessoas com envolvimento no tráfico de drogas e com fortes indícios de participação como integrantes na facção criminosa Sindicato do RN.

Foram presos durante a Operação Marcleide Costa de Araújo, 29 anos, Alzenir Nascimento da Silva, 29 anos, Márcio da Silva Carvalho, vulgo “Marcinho”, 33 anos, Rafael Conrado da Silva, vulgo “Finha”, 25 anos, Luiz da Costa Lucas Júnior, vulgo “Divaldo” ou “Biju”, 23 anos, Vinícius Pereira Vital, 21 anos, Aprígio Pedro de Farias, 30 anos, Luiz Ivanaldo da Cruz da Souza, vulgo “Lulinha” , 19 anos, Ronaldo Boa Marciel, vulgo “Galego”, 42 anos, Fernando Rodrigues Tavares, 22 anos, João Maria Soares Sobrinho, vulgo “Bahia”, e John Lenon da Silva Souza. Os policiais também apreenderam a quantidade de aproximadamente 300 pedras de crack e porções de maconha.

O delegado de São Bento do Norte, Jaime Groff, informa que a Polícia Civil está realizando trabalhando de combate ao tráfico de drogas na região e da desarticulação de facções criminosas desde o ano de 2016, o que tem resultado na redução significativa do índice de homicídios. Todos os presos foram encaminhados ao Sistema Prisional onde ficarão à disposição da Justiça.

Polícia Civil de Assú prende dupla e apreendem adolescente

Policiais civis da Delegacia Municipal de Assú realizaram uma série de ações, na tarde desta quinta-feira (31), as quais resultaram na prisão de duas pessoas e na apreensão de um adolescente. Através de investigações, foi preso Antônio Carlos Martins Atanasio, vulgo “Novinho do Medubum”, 19 anos, suspeito de cometer diversos roubos na cidade de Assú. Ele e Rafael Batista dos Santos, conhecido como “Rafael do Morada Nova”, 19 anos, preso no último dia 18, são investigados por roubos, e reconhecidos por várias testemunhas como autores dos crimes, ocorridos no dia 03 de julho deste ano, quando teriam, em posse de uma arma de fogo, roubado um vendedor de gás. A dupla foi indiciada e presa, sendo encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Na tarde do mesmo dia, uma equipe de polícia civil da cidade prendeu Francisco Erivanaldo Rodrigues, 36 anos, condenado a 12 anos de prisão pelo homicídio cometido a facadas contra Francinaldo Lopes de Melo, ocorrido no dia 21 de julho de 2008, na cidade de Assú. A prisão foi realizada em cumprimento de mandado de prisão preventiva, tendo o homem sido preso através de denúncias anônimas, e confessando o crime a polícia.

Uma terceira ação realizada pela Polícia Civil de Assú, com o apoio da Força Tática da Polícia Militar, apreendeu em flagrante, um adolescente de 17 anos, o qual é suspeito de ter roubado um celular de uma jovem no bairro Novo Horizonte, localizado na cidade de Assú. No crime, ele teria cometido o roubo utilizando uma arma de fogo. A Polícia Civil de Assú solicita apoio da população para a realização de denúncias anônimas, que podem ser repassadas através dos telefones celulares: (84) 99992-2122 ou (84) 98155-2956.

Mossoró: atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual é tema de seminário

Mossoró: atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual é tema de seminário

Evento foi realizado nesta sexta-feira (1º), na sede das Promotorias de Justiça

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) realizou nesta sexta-feira (1º), em Mossoró, o seminário “Violência Sexual no Contexto da Rede de Proteção: o fluxo de atendimento em debate”. O evento foi promovido pela 4ª Promotoria de Justiça da cidade, em conjunto com o Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância, Juventude e Família (Caopij), com o Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e com a Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern).

O objetivo do seminário foi apresentar uma reflexão a respeito dos aspectos teóricos e práticos que envolvem o atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual pela rede de proteção e pelos órgãos do sistema de Justiça.

O evento aproveita momento no qual o Município de Mossoró discute a implantação de um Centro de Referência para dar assistência a essas vítimas (incluindo mulheres), além de debater também o papel essencial da rede de proteção, a responsabilização, a definição do fluxo de atendimento e os desafios da implementação.

Leia maisMossoró: atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual é tema de seminário

Janot diz não à prisão domiciliar para Eduardo Cunha

O procurador-geral da República Rodrigo Janot se manifestou contra o benefício da prisão domiciliar para o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), condenado na Operação Lava Jato a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em parecer ao Supremo Tribunal Federal sobre pedido da defesa de Cunha para cumprir a pena no aconchego do lar, Janot destacou a ‘periculosidade’ do ex-deputado.

Eduardo Cunha está preso desde outubro de 2016, por ordem do juiz federal Sérgio Moro, que o condenou. O ex-deputado está no Complexo Médico Penal de Pinhais, nos arredores de Curitiba, base da Lava Jato.

Segundo o procurador, mesmo encarcerado, o ex-presidente da Câmara ainda intimida empresários e políticos. As informações são de Julia Affonso e Luiz Vassallo, O Estado de São Paulo.

Leia maisJanot diz não à prisão domiciliar para Eduardo Cunha

Governo de Minas Gerais ataca Dilma em recurso sobre Cemig apresentado no STF

Fernando Pimentel (PT-MG)

O governo do petista Fernando Pimentel em Minas Gerais fez um duro ataque à política da ex-presidente Dilma Rousseff para o setor de energia na tentativa de barrar no Supremo Tribunal Federal (STF) o leilão das usinas da Cemig pelo governo Michel Temer. Em recurso apresentado ao Supremo, a Advocacia-Geral do Estado (AGE) de Minas acusa o governo Dilma de ter sido eleitoreiro ao mudar as regras do sistema elétrico brasileiro por meio da Medida Provisória (MP) 579. “Puro engodo”, critica o governo mineiro.

Com essa MP, Dilma buscou reduzir o custo de energia no Brasil, mas acabou provocando uma desorganização do setor com custos para os consumidores e o Tesouro Nacional. Além de amigo de Dilma, Pimentel foi um dos ministros mais próximos da ex-presidente durante o seu governo. O leilão das usinas está no centro de uma disputa porque a equipe econômica de Temer conta com R$ 11 bilhões para reforçar o caixa este ano com a venda das concessões, mas políticos do Estado pressionam o presidente Temer a aceitar um acordo com a Cemig e garantir empréstimo do BNDES para pagar as concessões.

Na petição, o governo mineiro, que é o acionista controlador da Cemig, pede ao ministro Dias Tofolli, relator do processo no STF, para ser assistente simples da companhia de energia no mandado de segurança para o direito da empresa ter prorrogada a concessão das usinas Jaguara, São Simão e Miranda. Como assistente, o governo mineiro poderá atuar como auxiliar da companhia na ação, exercendo os mesmos poderes e sujeitando-se aos mesmos ônus processuais. As informações são de Adriana Fernandes e Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo.

Leia maisGoverno de Minas Gerais ataca Dilma em recurso sobre Cemig apresentado no STF

CBF anuncia venda de jogos da seleção por R$ 462,5 milhões em 5 anos

Resultado de imagem para predio cbf

A CBF lançou oficialmente nesta sexta-feira, em coletiva de imprensa realizada no Rio, o modelo de concorrência que estabeleceu para a venda dos direitos de transmissão dos jogos da seleção brasileira realizados em solo nacional no período entre novembro deste ano e a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

A entidade dividiu a comercialização dos direitos em dois pacotes, sendo um no qual cobra US$ 3,5 milhões por jogo (cerca de R$ 9,1 milhões) para transmissões em TV fechada e aberta. Já no outro pacote, voltado para as mídias digitais, o valor fixado foi o de US$ 500 mil (aproximadamente 1,56 milhão) por partida.

Leia maisCBF anuncia venda de jogos da seleção por R$ 462,5 milhões em 5 anos

Mantega propõe acordo à Procuradoria para evitar prisão

Imagem de arquivo: Mantega presta depoimento à PF - Foto: Alex Silva/Estadão

O ex-ministro Guido Mantega (Fazenda/Governos Lula e Dilma) propôs um acordo ao Ministério Público Federal no Distrito Federal para colaborar com as investigações da Operação Bullish, segundo apurou o Estado. Não se trata de um acordo de delação premiada, mas sim de um termo de compromisso.

A defesa do ex-ministro propôs que ele esclareça alguns fatos investigados e colabore com as investigações. Em troca, Mantega não será alvo de um pedido de prisão preventiva. As informações foram reveladas pelo Buzzfeed Brasil.

Deflagrada em maio, a Bullish investiga aportes bilionários do Banco Nacional de Desenvolvimento (BDNES) nas empresas do Grupo J&F, de Joesley Batista. O executivo falou sobre a intermediação de Mantega durante delação premiada firmada com a Procuradoria-Geral da República. As informações são de Beatriz Bulla, O Estado de São Paulo.

Leia maisMantega propõe acordo à Procuradoria para evitar prisão

Anatel estuda cassar autorizações do Grupo Oi

OI-

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que discutirá a abertura de processos de caducidade das concessões e de cassação das autorizações do Grupo Oi. A medida foi proposta pelo coordenador do Núcleo de Ações, conselheiro Igor de Freitas, e será analisada pelo conselho diretor da Anatel.

A concessionária de serviços de telecomunicações entrou em recuperação judicial em junho do ano passado e, na época, informou que tinha R$ 65,4 bilhões com credores. Caso a abertura dos processos seja aprovada pelo conselho, eles serão instaurados e a empresa poderá demonstrar a viabilidade de seu plano de recuperação e apresentar sua defesa em relação às demais questões tratadas.

“O cenário de um desfecho desfavorável para o processo de recuperação judicial passa a ser considerado com maior probabilidade e, portanto, isso requer providências imediatas, considerando-se as consequências negativas que disso pode advir para a sociedade e para a economia brasileiras”, informou a Anatel, em nota divulgada nessa quinta-feira (31). As informações são da Agência Brasil.

Leia maisAnatel estuda cassar autorizações do Grupo Oi

Ministério Público Federal pede absolvição de Lula

Lula

O Ministério Público Federal (MPF) pediu nesta sexta-feira (1º) à Justiça Federal a absolvição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do banqueiro André Esteves no processo que apura a suposta tentativa do ex-presidente de obstruir o andamento da operação Lava Jato. No mesmo pedido, o procurador responsável pelo caso também pede a suspensão dos benefícios concedidos com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral.

Nas alegações enviadas ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, responsável pelo caso,  o procurador da República Ivan Cláudio Marx concluiu que não há provas de que Lula e Esteves participaram dos supostos crimes imputados pelo ex-senador nos depoimentos de delação.

Vaccarezza pede a Moro que reconsidere fiança de R$ 1,5 milhão

O ex-deputado Cândido Vaccarezza pediu ao juiz Sergio Moro que reconsidere o valor da fiança estabelecido para que permaneça em liberdade e o desbloqueio dos valores apreendidos em suas contas. Preso temporariamente na 44ª Fase da Lava-Jato, o ex-deputado foi liberado mediante pagamento de R$ 1,522 milhão a título de fiança.

A fiança deveria ser paga nesta sexta-feira, mas os advogados pedem a prorrogação de prazo para pagamento. Em petição apresentada à Justiça, a defesa pede que a fiança seja reduzida para R$ 400 mil ou R$ 886,4 mil e, ainda, a substituição do dinheiro por um imóvel de três quartos, cujo valor de mercado alcança a quantia inicialmente estabelecida pelo juiz. Solicita ainda ainda a liberação total ou parcial – de R$ 50 mil – dos valores bloqueados pela Justiça.

Vaccarezza teve R$ 9,8 bloqueados em conta corrente e a Polícia Federal apreendeu R$ 120 mil em dinheiro em sua residência. As informações são de CLEIDE CARVALHO, O Globo.

Leia maisVaccarezza pede a Moro que reconsidere fiança de R$ 1,5 milhão

Ministério Público Federal pede a perda de benefícios da delação de Delcídio

Resultado de imagem para delcidio na pf

A Procuradoria da República no Distrito Federal pediu na Justiça Federal que o senador cassado Delcídio Amaral (ex-PT-MS) perca os benefícios assegurados a ele no acordo de delação premiada, em razão de mentiras em depoimentos que acabaram por levar à abertura de uma ação penal.

Caso a Justiça concorde, e condene Delcídio no processo, o ex-parlamentar terá cumprir integralmente as penas imputadas pela prática dos crimes de obstrução à Justiça e patrocínio infiel. Ele ainda poderá responder por um terceiro crime: falsa imputação de crime.

O pedido da Procuradoria da República no DF, manifestado nas alegações finais do processo, inclui a remessa do caso à Procuradoria Geral da República (PGR) após uma eventual sentença, para que seja analisado uma perda total dos benefícios garantidos na delação premiada. O acordo de Delcidio foi assinado com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. As alegações foram remetidas à Justiça nesta sexta-feira.

A intenção do Ministério Público Federal (MPF) de pedir a perda de benefícios dados a Delcídio foi antecipada pelo GLOBO em reportagem publicada no último domingo.

Papa revela que fez terapia com psicanalista judia

Papa revela que fez terapia quando tinha 42 anos

O papa Francisco revelou que, quando tinha 42 anos, fez terapia na Argentina durante seis meses com uma psicanalista judia para “esclarecer algumas coisas”. As sessões disse, o ajudaram muito.

Jorge Mario Bergoglio faz estas confissões em um livro que narra uma série de conversas que manteve com o sociólogo francês Dominique Wolton e que será publicado na França, segundo antecipou nesta sexta o jornal italiano “La Stampa”.

“Consultei uma psicanalista judia. Durante seis meses fui uma vez por semana a sua casa para esclarecer algumas coisas. (…) Depois, um dia, quando estava a ponto de morrer, me chamou. Não para receber os sacramentos, pois era judia, mas para ter um diálogo espiritual. Era uma pessoa boa. Durante seis meses me ajudou muito”, explicou.

Leia maisPapa revela que fez terapia com psicanalista judia

Nelter participa de reunião pública sobre conclusão da barragem Oiticica e faz pleitos para Jardim de Piranhas

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) participou nesta sexta-feira (1º) da reunião pública no canteiro de obras do complexo Barragem Oiticica, localizado em Barra de Santana, no município de Jucurutu; promovida pelo Movimento dos Atingidos pela Construção do Complexo Barragem de Oiticica – em parceria com outros movimentos sociais – para se discutir a conclusão das obras física e social deste empreendimento hídrico que beneficiará em torno de 500 mil pessoas residentes nas regiões Central, Seridó e Vale do Açu.

Durante o encontro que reuniu diversos representantes da bancada federal do RN, do Governo do Estado, Dioceses potiguares, Sindicatos, prefeitos, vereadores, deputados estaduais e população, o parlamentar juntamente com o prefeito de Jardim de Piranhas, Elidio Queiroz, solicitou ao governador Robinson Faria e ao secretário de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Ivan Lopes Júnior, a instalação de 20 poços para atender a população rural jardinense.

Ainda durante a visita, o deputado Nelter Queiroz também tratou com o prefeito Elidio Queiroz e com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jardim de Piranhas, Luiz Elói de Souza, mais conhecido como Jupinha, sobre os problemas enfrentados pelos agricultores locais que estão sendo castigados pela estiagem que perdura há seis anos consecutivos no nordeste brasileiro.

“A conclusão da barragem Oiticica será a redenção hídrica para a população seridoense, beneficiando, também, o Vale do Açu e região Central. Precisamos cada vez mais unir esforços para que este importantíssimo empreendimento hídrico seja concluído. Nossa expectativa é que o Governo Federal, através do Ministério da Integração Nacional, possa dar um posicionamento positivo sobre a destinação de suplementação orçamentária de R$ 136 milhões para a conclusão das obras física e social do complexo da barragem”, exaltou Nelter.

%d blogueiros gostam disto: