TSE nega pedido de habeas corpus para Garotinho

O ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou nesta sexta-feira o pedido de habeas corpus do ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. O ex-governador foi preso pela Polícia Federal na última quarta-feira, enquanto apresentava um programa de rádio, e cumpre prisão domiciliar. Garotinho respondia em liberdade um processo em que é acusado pela compra de votos.

No pedido, a defesa do ex-governador alegava que a decretação da prisão domiciliar contradizia com o que havia sido decidido anteriormente pelo TSE, quando revogou a prisão em novembro do ano passado e determinou o cumprimento de medidas alternativas. Entre as medidas alternativas estava, inclusive, a proibição de frequentar o município de Campos, local onde Garotinho cumpre agora prisão domiciliar. As informações são de O Globo.

Prefeito do Assú deve mandar demitir secretário que pede ‘propina’

Resultado de imagem para prefeito gustavo soares

Prefeito Gustavo Soares deve ser orientado por seu pai a mandar demitir secretário que vive pedindo ajuda as empresas contratadas 

Depois de montar uma equipe de secretários com mais de oito réus, acusados de corrupção e todo tipo de crime contra a administração pública, o prefeito do Assú Gustavo Soares, deverá exonerar nos próximos dias, um dos integrantes do seu primeiro escalão que vem disfarçadamente pedindo ‘propina’ mensal a empresários contratados para prestar serviços a Prefeitura do Assú, sob o manto de ‘pedido de ajuda’ para resolver problemas de reforma na sua residência.

Comenta-se nos bastidores que dois secretários do governo municipal que não concordam com a prática criminosa irão hoje ao Pataxó implorar a Ronaldo Soares, pai do prefeito para que mande Gustavo Soares demitir o secretário municipal que vem fazendo esse mal feito abertamente e gerando constrangimento. Apesar de indiretamente já ter sido avisado, o prefeito ficou na dúvida sobre essa conversa, mas o secretário acusado dessa crime e que responde na Justiça por delito semelhante, deverá ser exonerado.

Delação de oito executivos da OAS chega ao STF e atinge Lula, Dilma e aliados de Temer

Depois das delações da Odebrecht e da JBS, que provocaram estragos no mundo político e indignação no país ao revelar esquemas de corrupção arquitetados ao longo dos últimos governos, será revelada a versão de mais uma empresa sobre conchavos feitos com o poder público. Chegou ontem ao Supremo Tribunal Federal (STF) a colaboração premiada de oito executivos da OAS, uma das empreiteiras acusadas de desviar dinheiro de contratos da Petrobras para pagar propina a políticos. O material é extenso e tem conteúdo comprometedor para aliados do presidente Michel Temer, além de atirar nos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

O relator da Lava-Jato no Supremo, ministro Edson Fachin, ainda vai decidir se homologa ou não a colaboração.

Quando todos achavam que a denúncia apresentada contra Temer na última quinta-feira era a última flechada do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a delação da OAS aterrissou no dia seguinte no tribunal para turbinar ainda mais a Operação Lava-Jato. O material foi enviado à mais alta Corte do país porque os delatores falaram de crimes supostamente cometidos por pessoas com direito ao foro privilegiado, como parlamentares e ministros de Estado. Há a expectativa de que integrantes do Judiciário também tenham sido citados. As informações são de O Globo.

Leia maisDelação de oito executivos da OAS chega ao STF e atinge Lula, Dilma e aliados de Temer

José Adécio participa do Programa Vila Cidadã em Carnaubais


O deputado José Adécio prestigiou nesta sexta-feira(15) a realização do Programa Vila Cidadã, em Carnaubais. Atendendo a convite do governador Robinson Faria, ele estava acompanhado da prefeita de Pedro Avelino, sua esposa Neide Suely, e pelo ex-prefeito do município, Júnior Benevides, um dos seus aliados políticos.

José Adécio foi um dos mais cortejados, sempre cumprimentado pelos jovens e por pessoas de mais idade. Voltou a ser questionado se será candidato a cargo majoritário, em 2018, repetindo que é pré-candidato à reeleição sem, no entanto, descartar a possibilidade. “Digo e repito: vou seguir a orientação do meu partido, o DEM, e do grupo político que me apoia”.

O Vila Cidadã oferece serviços de assistência social, atendimento médico e distribui alimentos a populares. O governador Robinson Faria visitou todos os estandes e destacou a presença do deputado José Adécio, tratando-o como “amigo particular”.

Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio

Leandro Daiello vai continuar no comando da PF

Resultado de imagem para Leandro Daiello vai continuar no comando da PF

Em meio a pressão de grupos políticos, em especial do PMDB, para a substituição da cúpula da Polícia Federal, o diretor-geral da corporação, Leandro Daiello, aceitou, nesta sexta-feira (15) o pedido feito pelo ministro da Justiça, Torquato Jardim, e permanecerá por mais um período no comando da instituição.

“Fiz o convite e ele aceitou”, disse Torquato ao Estado. Questionado sobre o período de permanência de Daiello, o ministro da Justiça afirmou que ele ficará no cargo “o tempo que for necessário” para consolidar o trabalho realizado.  A manutenção de Daiello à frente da PF ocorre no momento em que o presidente Michel Temer e políticos do PMDB são alvos da Lava Jato.

“Pedi para ele ficar porque temos vários projetos em andamento. Precisamos  dar continuidade à preparação da nova Política Nacional de Segurança Pública e à modernização da Polícia Federal com mais atuação em tecnologia e internacional. Não me pareceu adequado que o diretor-geral da Polícia Federal se afastasse agora”, afirmou o ministro da Justiça, sem falar sobre a Lava Jato.

Daiello sairá de férias por duas semanas e, depois, retomará suas funções à frente da PF, cargo que ocupa desde janeiro de 2011. As informações são da Agência Estado.

Leia maisLeandro Daiello vai continuar no comando da PF

%d blogueiros gostam disto: