Em São Tomé: José Adécio participa de aniversário e volta a ser chamado de futuro governador

O deputado José Adécio esteve neste domingo(01) no município de São Tomé, prestigiando o aniversário do construtor José Neilson da Silva, a convite do ex-candidato a prefeito Lucinário Félix de Carvalho, o “Naro”. Foi um dia de reencontrar velhos amigos e correligionários, como o ex-prefeito Arnaldo Ribeiro e o líder político Chico Zumba. Mais uma vez, repetiu-se a cena que tem virado rotina nos últimos meses: Adécio foi aclamado como possível candidato a governador do Rio Grande do Norte.

Centenas de amigos de Neilson e Naro se reuniram para a confraternização, animada com música ao vivo e cardápio regional que oferecia feijoada, buchada, caldos e outras especiarias gastronômicas.

José Adécio foi saudado com fogos de artifício e circulou entre as mesas cumprimentando os outros convidados. Foram muitos pedidos de fotografias e até autógrafos.

Leia maisEm São Tomé: José Adécio participa de aniversário e volta a ser chamado de futuro governador

Maior ataque a tiros dos EUA deixa ao menos 50 mortos e mais de 200 feridos

Resultado de imagem para Massacre Maior ataque a tiros dos EUA deixa ao menos 50 mortos e mais de 200 feridos

Um ataque a tiros ocorrido durante o festival de música country “Route 91 Harvest” em Las Vegas, no oeste dos Estados Unidos, deixou ao menos 50 mortos e mais de 200 feridos no início da madrugada desta segunda-feira, 2 (noite de domingo no horário local). O suspeito de autoria dos disparos foi perseguido e morto em troca de tiros com a polícia. Ele foi identificado como Stephen Paddock, de 64 anos, um morador local que teria agido sozinho, sem conexão com grupos extremistas.

O número de mortes contabilizadas foi elevado de 20 para 50 às 7h40 (3h40 no horário local), informou em coletiva de imprensa o chefe de polícia do Condado de Clark, do qual Las Vegas é a sede, Joseph Lombardo. O atentado já é considerado o mais grave da história recente dos Estados Unidos. Em junho de 2016, 49 pessoas foram mortas na casa noturna LGBT Pulse, em Orlando, na Flórida.

O atirador estava posicionado no 32º andar do hotel Mandalay Bay, localizado em frente à área aberta onde aconteciam os shows, e abriu fogo do alto contra o público. Ele estava hospedado com uma mulher no hotel e resort, que é um dos mais famosos da região de cassinos Las Vegas Strip. Marilou Danley, de 62 anos, foi localizada pela polícia para prestar esclarecimentos.

O presidente dos EUA, Donald Trump, foi informado sobre a tragédia no início da manhã e publicou uma nota de solidariedade em sua conta no Twitter. “Minhas mais calorosas condolências e solidariedade às vítimas e famílias do terrível ataque em Las Vegas. Deus os abençoe!” As informações são de O Estado de São Paulo, com agências internacionais.

Deputados tentam anular alteração que beneficia corruptos no Refis

Resultado de imagem para Deputados tentam anular alteração que beneficia corruptos no Refis

Deputados afirmaram que vão tentar anular ainda na Câmara a alteração feita no texto do Refis que pode abrir brecha para permitir o parcelamento de dívidas empresariais que tenham origem em corrupção.

O texto-base da medida provisória que criou o programa de refinanciamento de dívidas com o fisco foi aprovado no dia 26. Nesta terça (3), devem ser votados os “destaques”, que são propostas de alterações no texto.

No primeiro passo da tramitação, que foi a análise da MP por uma comissão mista de deputados e senadores, alterou-se o artigo 1º da medida, incluindo a possibilidade de parcelamento e descontos também de débitos apurados pela PGU (Procuradoria-Geral da União).

Na visão de alguns técnicos e políticos, isso poderia dar margem a renegociações, por exemplo, de acordos fechados pelo TCU (Tribunal de Contas da União) com investigados por corrupção. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisDeputados tentam anular alteração que beneficia corruptos no Refis

Previdência é pior no Nordeste do País

Resultado de imagem para Previdência é pior no Nordeste do País

Preocupado com a piora das contas da Previdência de Estados e municípios, o governo federal resolveu fazer uma radiografia da situação e montou um ranking para acompanhar de perto o problema. O Indicador de Situação Previdenciária (ISP), que lista 2.107 regimes próprios, revela que o desequilíbrio é maior no Norte e Nordeste.

Na primeira avaliação, o indicador médio nacional ficou em 0,583, numa escala de 0 a 1. A nota leva em conta o grau de cumprimento das normas de organização e funcionamento, o equilíbrio da Previdência dos servidores e a transparência das contas. Quanto mais próximo de 1, mais eficiente e com as contas em dia está o plano.

O secretário de Previdência, Marcelo Caetano, ressalta que é necessário garantir o equilíbrio no longo prazo, para que o servidor não fique sem receber.

Os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) são assegurados exclusivamente a servidores públicos e mantidos por União, Estados e municípios. Eles são diferentes do regime geral (INSS), vinculado a trabalhadores da iniciativa privada ou a servidores de municípios que não têm regimes próprios. As informações são de Adriana Fernandes e Idiana Tomazelli, O Estado de S. Paulo. 

Leia maisPrevidência é pior no Nordeste do País

Sindicatos driblam fim de impostos e criam novas taxas para trabalhadores

Resultado de imagem para Centrais já usam assembleia para cobrar ‘novo imposto’ de todos os trabalhadores

Sindicatos das principais centrais sindicais do País estão aprovando em assembleias a manutenção da cobrança do imposto sindical ou a criação de novas contribuições antes mesmo de o governo Michel Temer editar medida provisória para regulamentar a matéria. Os sindicatos querem arrecadar o dinheiro de todos os trabalhadores e não apenas de seus sócios, tanto no caso da manutenção do imposto quanto na das novas contribuições – chamadas de assistencial ou negocial.

Essa é a estratégia montada para driblar o fim da obrigatoriedade do pagamento do imposto, previsto na reforma trabalhista que entra em vigor em 11 de novembro. Ela deve enfrentar resistência na Justiça. Para o Ministério Público do Trabalho, é ilegal (leia na pág. B3). Os sindicatos dos metalúrgicos de São Paulo (Força Sindical), dos metalúrgicos de São Leopoldo (RS), filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT), e o dos têxteis de Guarulhos, da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), foram os primeiros a adotá-la.

O secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, o Juruna, afirmou que a contribuição decidida pela categoria em 15 de setembro representa 1% do valor da folha de pagamento do que o trabalhador ganha em um ano, ou seja o valor de 3,5 dias trabalhados – maior, portanto, do que o antigo imposto sindical, que equivalia a um dia de salário do funcionário. As informações são de Marcelo Godoy, O Estado de S.Paulo.

Leia maisSindicatos driblam fim de impostos e criam novas taxas para trabalhadores

Mais de 760 pessoas ficam feridas durante referendo na Catalunha

 

Resultado de imagem para Mais de 760 pessoas ficam feridas durante referendo na Catalunha

Mais de 760 pessoas ficaram feridas em confrontos na Catalunha, onde foi realizado um referendo sobre a independência da região, segundo dados do Ministério da Saúde da Catalunha. O governo espanhol é contrário ao referendo que foi monitorado por forte aparato policial.

Duas pessoas estão em estado grave, de acordo com as autoridades locais. Um dos feridos com gravidade é um homem atingido no olho por um tiro de bala de borracha em frente a um dos centros de votação em Barcelona. Além desse caso, um idoso sofreu uma parada cardíaca enquanto a polícia expulsava pessoas de um colégio eleitoral na cidade de Lérida e foi internado também em Barcelona. A Polícia Nacional e a Guarda Civil da Espanha detiveram seis pessoas, uma delas menor de idade, acusadas de resistência, desobediência e atentado a autoridades. As informações são da agência EFE.

Pelo Twitter, o Ministério do Interior da Espanha divulga apenas o número de agentes das forças de segurança feridos durante os conflitos de hoje na Catalunha. Segundo o órgão, 19 policiais e 14 guardas-civis tiveram atendimento médico. Nos últimos dias, o governo central enviou para a região mais de 10 mil agentes.

Leia maisMais de 760 pessoas ficam feridas durante referendo na Catalunha

Irmãos Batista oferecem caução estimada em R$ 316 milhões para deixar prisão

Resultado de imagem para Irmãos Batista oferecem caução estimada em R$ 316 mi para deixar prisão

A defesa dos empresários Joesley e Wesley Batista, da J&F, tem novo plano para tentar revogar a prisão dos irmãos. De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, advogados dos executivos ofereceram ao juiz do processo uma caução dos valores citados pelo Ministério Público Federal (MPF) como lucro indevido, obtido com o uso de informação privilegiada.

Segundo a investigação, a companhia ganhou cerca de 100 milhões de dólares (algo como 316 milhões de reais) após a divulgação da delação premiada do J&F

Os irmãos negam ter cometido crimes e afirmam que a apresentação dos valores é uma garantia de que cumprirão qualquer decisão judicial de reparação e de que continuarão ajudando nas apurações. O magistrado enviou o pedido ao MPF.

Ministro do Turismo trocará PMDB por PSD para viabilizar candidatura ao senado

Resultado de imagem para Ministro do Turismo trocará PMDB por PSD para viabilizar candidatura ao senado

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, vai deixar o PMDB e se filiar ao PSD. A mudança faz parte da estratégia do ministro, que hoje é deputado federal licenciado, para viabilizar a candidatura dele ao Senado em 2018. Ele quer disputar o pleito na chapa do governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), e do senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que tentarão reeleição para seus respectivos cargos.

Beltrão e seu grupo político são aliados do clã Calheiros em Alagoas há muitos anos. No entanto, se o ministro continuasse no PMDB, a chapa majoritária encabeçada por Renan Filho teria de ser “pura”, ou seja, formada apenas por pessoas de um mesmo partido. Isso dificultaria a negociação dos peemedebistas com outros legendas aliadas no Estado, em busca de apoio político para o pleito.

A ida de Beltrão para o PSD teve aval do ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), que comanda a legenda. A negociação começou há cerca de um ano. Já como parte da estratégia para migração, o irmão de Beltrão, Maykon Beltrão, se filiou ao PSD e assumiu a presidência estadual da legenda no início deste ano. Até então, Maykon era filiado ao PMDB, como o irmão. Procurado, o ministro Marx Beltrão não quis se pronunciar.

Leia maisMinistro do Turismo trocará PMDB por PSD para viabilizar candidatura ao senado

TCU bloqueia até R$ 7,5 bi na Lava Jato

Resultado de imagem para TCU bloqueia até R$ 7,5 bi na Lava Jato

O Tribunal de Contas da União (TCU) já determinou o bloqueio de R$ 7,57 bilhões em ativos de empreiteiras, executivos e gestores públicos investigados na Operação Lava Jato por desvios na Petrobrás. As medidas, de caráter preventivo, visam assegurar o ressarcimento de prejuízos à estatal ao fim dos processos em curso na corte. Os valores, atualizados, foram levantados por técnicos do tribunal, a pedido do Estado.

A indisponibilidade de bens atinge 13 empreiteiras, das quais oito integrantes do “clube” que se teria organizado em cartel para fraudar licitações e superfaturar contratos da estatal, pagando propinas a servidores e políticos. Também são alvo das medidas ao menos seis executivos e acionistas dessas construtoras e dez ex-dirigentes da companhia petrolífera.

Neste último caso, a maioria é investigada por perdas de R$ 2,2 bilhões na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA). O ex-presidente da Petrobrás José Sérgio Gabrielli e o ex-diretor Internacional Nestor Cerveró já foram condenados no fim de agosto a pagar parte desse prejuízo (R$ 250 milhões). As informações são de Fábio Fabrini, BRASÍLIA / O Estado de S. Paulo.

Leia maisTCU bloqueia até R$ 7,5 bi na Lava Jato

Aprovação de Temer cai a 5%, mas cresce apoio a permanência

Resultado de imagem para Aprovação de Temer cai a 5%, mas cresce apoio a permanência

A gestão Michel Temer (PMDB) atingiu a maior reprovação já registrada pelo Datafolha desde o início da redemocratização no país. Por outro lado, cresceu a adesão à permanência do presidente no poder até o fim de seu mandato.

Consideram o governo Temer ruim ou péssimo 73% dos brasileiros. Com isso, o peemedebista superou a pior taxa de Dilma Rousseff (PT), 71% em agosto de 2015, e tornou-se o presidente mais rejeitado pela população desde o fim da ditadura.

Apenas 5% avaliam o governo como ótimo ou bom. Trata-se da aprovação mais baixa desde setembro de 1989, quando José Sarney (PMDB), em meio à crise da hiperinflação, teve o mesmo índice.

O Datafolha ouviu 2.772 entrevistados em 194 cidades durante os dias 27 e 28 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais e para menos.

Em julho do ano passado, dois meses após Temer assumir a Presidência, sua rejeição era de 31%. Desde então, não parou mais de crescer.

Passou para 61% em abril deste ano, 69% em junho e agora 73%. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisAprovação de Temer cai a 5%, mas cresce apoio a permanência

DEM e PMDB, apoiam PSDB para manter votação sobre Aécio nesta terça

Resultado de imagem para PSDB consegue apoio do DEM e do PMDB para manter votação sobre Aécio nesta terça

Por favor, entenda O PSDB montou uma força-tarefa para pressionar o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a manter a votação sobre a suspensão de Aécio Neves (PSDB-MG) nesta terça (3). Há uma articulação para que a Casa espere o STF julgar a ação que submete ao Congresso as sanções a parlamentares. Tucanos passaram o fim de semana fazendo apelos aos senadores e tiveram a sinalização de que o DEM e parte do PMDB também defenderão a apreciação imediata.

Sangrando A principal preocupação no tucanato é a de que, no julgamento no Supremo, dia 11, um ministro peça vista e Aécio fique “pendurado” indefinidamente.

Triunvirato No PMDB, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (RR), e os senadores Renan Calheiros (AL) e Eduardo Braga (AM) estão na linha de frente dos que defendem que a votação sobre Aécio seja nesta terça (3). As informações são da coluna Painel, Folha de São Paulo.

Brasileiro quer Lula preso e aval a denúncia contra Temer

Michel Temer em foto na home page do 'Financial Times', que noticiou a nova denúncia

O brasileiro dfende a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o prosseguimento da denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o atual ocupante do cargo, Michel Temer (PMDB), segundo o Datafolha. Dos entrevistados pelo instituto, 54% avaliam que os fatos revelados pela Lava Jato são suficientes para justificar a prisão do petista.

Por outro lado, 40% afirmam que não há motivos para a detenção do ex-presidente, que governou entre 2003 e 2010 –5% não opinaram.

No caso do peemedebista, a diferença de opiniões é mais ampla: 89% são favoráveis a que a Câmara autorize a abertura de processo contra ele por organização criminosa e obstrução de justiça.

Apenas 7% dos entrevistados são contrários à aprovação da denúncia, que implicaria no afastamento de Temer por até seis meses, caso a decisão da Câmara fosse aceita pelo Supremo.

O Datafolha ouviu 2.772 pessoas em 194 cidades, nos dias 27 e 28 de setembro, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. As informações são de MARCO RODRIGO ALMEIDA, Folha de São Paulo.

Leia maisBrasileiro quer Lula preso e aval a denúncia contra Temer

%d blogueiros gostam disto: