Se quiser ser candidato, Meirelles terá que trabalhar, diz Moreira Franco

Moreira Franco

“Candidato tem que ter charme”. A receita é do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, de 73 anos – 45 deles na política. Em entrevista ao Estado, ele diz que o candidato único da base à Presidência terá de ter trânsito nos partidos, capilaridade e força de mobilização.

“Ninguém vai tirar do bolso do colete um candidato”. Sobre uma candidatura do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), Moreira avisa: “se quiser ser candidato, Meirelles terá que trabalhar”. O ministro rechaça que as candidaturas de extremos, como do ex-presidente Lula e de Jair Bolsonaro, estejam ganhando espaço e diz que “a eleição não é a explosão de paetês e lantejoulas”, segundo Carla Araújo e Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo .

Moreira é cético em relação às regras eleitorais no Brasil que, segundo ele, têm fortalecido a minoria e não vão mudar nas próximas eleições. A negociação do próximo presidente com os novos congressistas, prevê, serão “quase que individual”. Moreira evita falar sobre a candidatura do tucano Geraldo Alkmin (SP) e diz que não foi o governo que exclui o PSDB da base. “Estamos de portas abertas ao PSDB ou a quem quiser, mas tem que ter compromisso”.

Liminar da Justiça suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

O juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal de Niterói, suspendeu na noite desta segunda-feira a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o ministério do Trabalho. A parlamentar, que foi processada na Justiça Trabalhista por dois ex-motoristas, chegou a pedir ao presidente Michel Temer para antecipar a posse, que estava marcada para amanhã. O governo já avisou que vai recorrer da decisão.

“No caso concreto, conceder a liminar sem ouvir os réus encontra-se justificado diante da gravidade dos fatos sob análise. Em exame ainda que perfunctório, este magistrado vislumbra fragrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa, em seu artigo 37, caput, quando se pretende nomear para um cargo de tamanha magnitude, Ministro do Trabalho, pessoa que já teria sido condenada em reclamações trabalhistas, condenações estas com trânsito em julgado”, escreveu o magistrado, que determina uma multa de R$ 500 mil para cada agente que descumprir a decisão.

“Defiro em caráter cautelar e liminar inaudita altera parte, provimento para suspender a eficácia do decreto que nomeou a Exma. Deputada Federal Cristiane Brasil Francisco ao cargo de Ministra de Estado do Trabalho, bem como sua posse”, decidiu o magistrado. As informações são de O Globo.

Leia maisLiminar da Justiça suspende posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho

‘É direito sagrado do policial receber salário em dia e do cidadão ter segurança’, diz Robinson

Robinson Faria, governador do Rio Grande do Norte (Foto: Thyago Macedo/G1)

No 21º dia de greve de policiais e bombeiros militares no Rio Grande do Norte e 20º da Polícia Civil, o governador Robinson Faria falou pela primeira vez sobre o tema. Durante encontro com a imprensa nesta segunda-feira (8), Robinson reconheceu o direito dos policiais de receberem os seus salários e argumentou que a população também tem direito à segurança. “É direito sagrado do policial receber salário em dia e do cidadão ter segurança”.

O governador disse ainda que não pediu a prisão dos grevistas. “O governo não pediu punição dos policiais, pediu para que a greve acabasse, porque de acordo com a lei brasileira não é permitida greve de policial. O governador não pediu para punir, para prender policiais”, declarou.

Além disso, Robinson Faria disse que “prestigiou” a polícia com aumentos e promoções durante seu mandato, e que espera que a greve seja finalizada após o pagamento dos salários de dezembro que, segundo ele, deve ser efetivado entre os dias 11 e 12 deste mês de janeiro, segundo o G1 RN.

Policiais civis do RN continua em greve e categoria participará de audiência nesta terça-feira

Policiais civis decidiram manter a paralisação dos serviços

Os policiais civis do Rio Grande do Norte vão participar de uma audiência pública na Câmara Municipal de Natal, nesta terça-feira, dia 9 de janeiro, a partir das 9h. A categoria decidiu, nesta segunda-feira (8), pela continuidade das mobilizações para cobrar o pagamento dos salários atrasados.

O Governo do Estado ainda não efetuou os pagamentos de dezembro e 13º salários dos servidores. Durante assembleia realizada nesta segunda, os policiais então deliberaram pela continuidade do movimento e aprovaram a participação na audiência pública na CMN. Além disso, também farão uma panfletagem em frente à Casa Legislativa de Natal.

A audiência pública vai discutir as “Condições de Trabalho da Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros do Rio Grande do Norte”, bem como o descaso com a segurança pública e servidores do Estado.

Leia maisPoliciais civis do RN continua em greve e categoria participará de audiência nesta terça-feira

‘Deputado da mala’ nega à PF ter relação de amizade com Temer

O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR)

Peça central no escândalo que atingiu o governo Michel Temer no ano passado, o ex-assessor presidencial e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR) disse em depoimento à Polícia Federal que não tinha relação de amizade com o presidente, mas uma relação “profissional, respeitosa, administrativa e funcional, visto que o presidente era seu chefe”.

Rocha Loures depôs nos dias 24 e 27 de novembro no inquérito que investiga a edição de um decreto, em maio de 2017, que mudou as normas para o setor portuário e teria beneficiado a empresa Rodrimar, que atua no porto de Santos (SP). O inquérito tramita no STF (Supremo Tribunal Federal) sob relatoria do ministro Luís Roberto Barroso e é o único ainda aberto que tem Temer como alvo.

O ex-deputado foi filmado em maio do ano passado recebendo uma mala com R$ 500 mil de um executivo da J&F, que controla a JBS. A Procuradoria-Geral da República acusou Temer de ser o destinatário final do dinheiro –a denúncia, sob acusação de corrupção passiva, teve seu prosseguimento suspenso pela Câmara. Sobre a mala, Rocha Loures ainda não deu declarações. As informações são de  REYNALDO TUROLLO JR. – Folha de São Paulo.

Leia mais‘Deputado da mala’ nega à PF ter relação de amizade com Temer

Robinson diz que Temer garante Exército no RN até fim das paralisações dos policiais

Militares das Forças Armadas fazem patrulhamento em trecho da Av. Roberto Freire durante virada de ano

O Governador Robinson Faria solicitou ao presidente da república Michel Temer, a prorrogação da Operação Potiguar III, em vigor desde o último dia 29 de dezembro. A solicitação foi feita por telefone neste fim de semana e o chefe do executivo nacional teria acenado positivamente para o pedido do governador potiguar.

“Conseguimos as Forças Armadas, falei, por telefone, com o presidente Michel Temer neste final de semana e ele me disse que diligenciaria um pedido para renovar a permanência das Forças Armadas até que a greve dos policiais seja suspensa”, disse o Governador Robinson Faria, segundo informações da Tribuna do Norte.

A prorrogação para que as Forças Armadas continuem no Rio Grande do Norte seria até que os policiais militares cessem as manifestações na chamada Operação Padrão, a qual os oficiais estão aquartelados e só saem às ruas com os materiais adequados para o trabalho. A Operação Potiguar III tem previsão de encerramento para o próximo dia 12.

Pedro Ratts assume assessoria de Comunicação do Governo do RN

Resultado de imagem para pedro ratts

O governador Robinson Faria nomeia nesta terça, 09, o publicitário Pedro Ratts como novo assessor de Comunicação do Governo do RN. Pedro substituirá a jornalista Juliska Azevedo, que estava na função desde 2015.

Em carta, a jornalista agradeceu o apoio e confiança do Governador para o exercício da função e ressaltou o relacionamento positivo com a imprensa.

“Ao longo desses três anos, pautamos o trabalho da Assessoria em contribuir para uma prestação de contas do Governo do RN transparente e eficiente. Agradeço ao governador todo apoio e confiança”, disse Juliska.

Pedro Ratts é publicitário, com 25 anos de experiência no mercado de comunicação e foi presidente do sindicato das agências de propaganda do RN.

José Adécio consolida apoios em Paraú e Jucurutu

O deputado José Adécio tomou café da manhã em Paraú, neste sábado, 6, na casa do comerciante e liderança comunitária Chico Sabiá, quando recebeu o apoio do vereador Flavinho, potencial candidato para disputar a eleição suplementar em 4 de março próximo, para prefeito da cidade.

O encontro serviu ainda para consolidar os apoios do médico veterinário Reinaldo, ex-vereador de Jucurutu, e dos suplentes de vereador Ocimar e Branco, para o projeto político de Adécio, neste ano.

“Com uma imensa alegria, passo a contar com apoios nessas duas cidades onde sempre tive amigos. Aos que me apoiam em Paraú e Jucurutu, minha gratidão e a certeza que farei o que a lei permitir para ajudar esses municípios”, disse o deputado.

(Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio)

RN envia maior delegação de professores para capacitação nos EUA

O professor Elias Bernardo, que ministra a disciplina de língua inglesa na Escola Estadual Antônio Francisco, em Felipe Guerra, embarca, junto com outros 23 professores do RN, para os Estados Unidos para participar de um curso de capacitação de seis semanas.

Ele participa do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa nos EUA (PDPI), criado pela Full Bright em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior- CAPES, que oferece mais de 450 bolsas para professores de inglês da rede pública de ensino de todo país.

Dos 23 participantes, 12 professores são da rede estadual de ensino, 07 da rede federal e 6 da rede municipal. A coordenadora do programa, no âmbito da Secretaria Estadual de Educação e Cultura, Vera Reis destaca que o RN leva a maior delegação do país, desde a primeira edição. “Esta é a 5ª edição do programa e temos a maior delegação com 23 professores, sendo 12 professores da rede estadual de ensino”, disse.

Leia maisRN envia maior delegação de professores para capacitação nos EUA

Governador de Goiás descansava em praia de Pernambuco durante crise nos presídios

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), escolheu um resort numa das praias mais bonitas do país para três dias de descanso com a família na semana passada. Foi exatamente o período em que o clima de tensão imperou nos presídios do Complexo Penal de Aparecida de Goiânia (GO), após uma rebelião no primeiro dia do ano terminar com nove mortes, 14 feridos e mais de 200 fugas, além de repiques de motins nas unidades prisionais.

A crise ganhou contornos graves nos dias seguintes, com risco de mais rebeliões e massacres nos presídios. Perillo decidiu, mesmo assim, ir com a família a um resort na Praia dos Carneiros, em Pernambuco, onde foi notado e fotografado por pessoas que estavam no local — duas delas confirmaram à reportagem ter visto o governador e seus familiares. Ele só retornou a Goiás no fim de semana.

O governador ficou 2,2 mil quilômetros distante do epicentro da crise. No resort onde se hospedou, há apartamentos e bangalôs e uma estrutura de lazer com parque aquático, campo de futebol, quadra de tênis e heliponto. As informações são de O Globo.

Leia maisGovernador de Goiás descansava em praia de Pernambuco durante crise nos presídios

Temer recusa recomendação de afastar vice-presidentes da Caixa

Governo Temer

O presidente Michel Temer não atendeu a recomendação do MPF (Ministério Público Federal) de afastamento de todos os vice-presidentes da Caixa, incluindo os sob suspeita de irregularidades.

Em resposta enviada nesta segunda-feira (8), a Casa Civil afirmou que o ministro Eliseu Padilha não tem competência para análise do pedido, uma vez que o tema caberia ao Ministério da Fazenda.

A informação foi antecipada pela Folha. Nesta segunda-feira (8), a Caixa também enviou sua resposta ao MPF.

O banco alegou que tem “um sistema de governança adequado à Lei das Estatais, fazendo com que a maior parte das recomendações já estejam implementadas, em implementação ou em processo de estudo pelas suas instâncias decisórias, antes mesmo de qualquer manifestação do MPF”. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisTemer recusa recomendação de afastar vice-presidentes da Caixa

Corrupção é causa de 66% de casos de expulsão do servidor federal

congresso

O Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) anunciou nesta segunda-feira (8) que o enfrentamento à impunidade no Poder Executivo Federal resultou, em 2017, na expulsão de 506 agentes públicos por envolvimento em corrupção e atividades contrárias ao Regime Jurídico dos Servidores (Lei nº 8.112/1990).

O principal motivo das expulsões foi a prática de atos relacionados à corrupção, com 335 das penalidades aplicadas ou 66% do total. Já abandono de cargo, inassiduidade ou acumulação ilícita de cargos aparecem em seguida, com 125 dos casos. Também figuram entre as razões proceder de forma desidiosa (negligência) e participação em gerência ou administração de sociedade privada.

Entre os atos relacionados à corrupção estão valimento do cargo para lograr proveito pessoal; recebimento de propina ou vantagens indevidas; utilização de recursos materiais da repartição em serviços ou atividades particulares; improbidade administrativa; lesão aos cofres públicos e dilapidação do patrimônio nacional, segundo a Agência Brasil.

Leia maisCorrupção é causa de 66% de casos de expulsão do servidor federal

Agripino diz que Cláudio Santos é cortejado por partidos

Resultado de imagem para agripino e claudio santos

Representantes de partidos com as maiores bancadas no Congresso avaliam que candidaturas “outsiders” terão dificuldade para crescer nas pesquisas eleitorais nos Estados.

Para o presidente do DEM, senador José Agripino (RN), os políticos tradicionais “têm mais visibilidade e serviços prestados” para mostrar aos eleitores. “No meu Estado, os outsiders que apareceram nunca saíram de um dígito (de intenção de votos), é sempre muito pouco: 1%, 2%, não sai disso nunca”, afirmou Agripino, segundo a Agência Estado.

O senador citou a possibilidade de candidatura do desembargador Cláudio Santos no Rio Grande do Norte. Santos foi presidente do Tribunal de Justiça do Estado e tem sido cortejado por partidos como o Avante!.

Leia maisAgripino diz que Cláudio Santos é cortejado por partidos

Partidos ensaiam lançar ‘não políticos’ em sete Estados

Romeu Zema

Em pelo menos sete Estados, “outsiders” tentam viabilizar candidaturas aos governos locais, mas enfrentam resistência diante de alianças firmadas pelos partidos com mais representatividade no Congresso e dificuldade em conseguir melhorar índices de intenção de voto. Levantamento feito pelo Estadão/Broadcast aponta que, a dez meses da eleição, pré-candidatos vindos da área empresarial e do Judiciário buscam espaço em Minas, Rio, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Tocantins e São Paulo.

A iniciativa de lançar nomes de fora da política para a disputa estadual em 2018 parte, principalmente, de siglas menores ou criadas recentemente.

O partido Novo, registrado em setembro de 2015, é a principal legenda dos outsiders: são três pré-candidatos já lançados e outras duas em negociação, segundo a Agência Estado.

Criada no mesmo ano pela ex-ministra Marina Silva, a Rede Sustentabilidade busca nomes na Justiça. “A única forma de oxigenar o sistema político é trazendo novos nomes e ideias, não só de jovens, mas pessoas experientes de outras áreas que poderiam ser candidatas”, disse o porta-voz da Rede, Zé Gustavo. 

Leia maisPartidos ensaiam lançar ‘não políticos’ em sete Estados

%d blogueiros gostam disto: