Servidora de tribunal erra e publica declaração de amor em processo

0

Uma servidora do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) foi advertida após publicar uma declaração de amor ao seu namorado no lugar de um processo de prisão. No despacho do sistema online do tribunal, ela agradece aos três meses de relacionamento com o companheiro.

“Amor, você é um iluminado especial, com qualidades raras de se encontrar, por isso sou muito agradecida por ‘está’ ao seu lado e poder compartilhar momentos tão especiais nesses 3 meses”, diz um trecho.

Segundo o site G1, o processo é um auto de prisão em flagrante por crimes contra o Sistema Nacional de Armas e tráfico de drogas, da 2ª Vara da Capital, Florianópolis, segundo a Agência Estado.

Leia maisServidora de tribunal erra e publica declaração de amor em processo

Mendonça Filho reafirma que será candidato, mas retardará saída do MEC

MENDONÇA FILHO

Depois de participar de uma cerimônia no Palácio do Planalto, na qual o presidente Michel Temer fez um discurso em tom de despedida para o ministro da Educação, Mendonça Filho, o deputado pernambucano licenciado reafirmou que vai deixar o cargo para disputar a eleição, mas disse que pretende retardar ao máximo essa decisão. “Não há nenhuma despedida”, disse ponderando precisava ser “honesto e dizer que claramente serei candidato”.

Ao reiterar que há uma data limite de 7 de abril para que ele deixe o cargo, Mendonça afirmou que apesar do prazo, não fixou data e que ainda quer “implementar um leque de ações” antes de deixar o cargo.

Segundo o ministro, ele ainda não conversou com Temer sobre sua sucessão e que isso acontecerá “num momento oportuno”. “Por enquanto em continuo focado na questão da educação, não quero misturar as bolas da minha missão no ministério com o ano eleitoral.” As informações são da Agência Estado.

Leia maisMendonça Filho reafirma que será candidato, mas retardará saída do MEC

Occhi assina portaria para substituir por 30 dias quatro vices da Caixa

Gilberto Occhi

Depois de o presidente Michel Temer ceder à pressão de procuradores e do Banco Central para determinar o afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa investigados por corrupção, a instituição divulgou nota nesta quarta-feira, 17, informando que o presidente Gilberto Occhi assina nesta quarta-feira uma portaria para substituir por 30 dias os quatro executivos. “Após os 30 dias, caso haja necessidade, as designações passam a ser de competência do Conselho de Administração do banco”, diz o documento.

A Caixa informa ainda que o vice-presidente de Corporativo, Antônio Carlos Ferreira, será substituído interinamente pelo diretor de Banco Corporativo, Luiz Gustavo Silva Portela; a vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias, Deusdina Pereira, será substituída interinamente pelo diretor de Fundos de Governo, Valter Gonçalves Nunes; o vice-presidente de Clientes, Negócios e Transformação Digital, José Henrique Marques da Cruz, será substituído pelo diretor de Clientes e Canais, Ademir Losekann; e o vice-presidente de Governo, Roberto Derziê de Sant Anna, será substituído interinamente pelo diretor de Serviços de Governo, Roberto Barros Barreto.

No comunicado, a instituição informa que “possui uma governança estabelecida em critérios sólidos como demonstrado amplamente nos resultados que a empresa vem alcançando nos últimos anos”. “A Caixa continua fazendo seu trabalho e sua missão, gerando valor aos clientes e sociedade como instituição financeira pública e principal agente de políticas públicas do Estado Brasileiro”, diz o texto.

Leia maisOcchi assina portaria para substituir por 30 dias quatro vices da Caixa

Vice-presidentes não afastados da Caixa passarão por avaliação técnica

caixa

Os oito vice-presidentes não afastados da Caixa Econômica Federal passarão por uma avaliação técnica, informou nesta quarta-feira (17) o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Segundo ele, caberá ao Conselho de Administração do banco verificar o resultado e confirmar a permanência deles no cargo.

“A partir de agora, todos os vice-presidentes serão avaliados tecnicamente nos termos definidos pelo estatuto”, declarou o ministro a jornalistas na portaria do Ministério da Fazenda.

Na terça-feira (16), o presidente Michel Temer determinou o afastamento de quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa por recomendação do Ministério Público Federal no Distrito Federal e do Banco Central. Os dois órgãos investigam suspeitas de corrupção na instituição financeira, segundo a Agência Brasil.

Leia maisVice-presidentes não afastados da Caixa passarão por avaliação técnica

Justiça Federal quer novo mapa de câmeras na casa de Lúcio Funaro

Funaro

O juiz substituto Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, deu 10 dias de prazo para que a defesa de Lúcio Funaro apresente um novo mapa de cobertura das câmaras de monitoramento instaladas na casa do analista financeiro, que foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) como sendo um antigo operador de propina para a bancada do PMDB na Câmara.

A determinação foi dada após ser constatado “que a imagem utilizada para mapear a distribuição das câmeras não abrange a totalidade da área ocupada pela propriedade onde (Funaro se encontra cumprindo prisão domiciliar”, escreveu o magistrado no despacho dessa terça-feira (15).

Em 19 de dezembro do ano passado, Funaro foi autorizado pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira a deixar a penitenciária da Papuda, onde estava preso preventivamente desde julho de 2016, para cumprir em regime domiciliar fechado a pena prevista em seu acordo de delação premiada. O local escolhido pelo analista financeiro foi sua fazenda em Vargem Grande do Sul (SP). As informações são da Agência Brasil.

Leia maisJustiça Federal quer novo mapa de câmeras na casa de Lúcio Funaro

Rodrigo Maia diz que Bolsa Família escraviza beneficiários

Rodrigo Maia

O Bolsa Família não é um “bom programa social”, por não ter mecanismos que permitam a independência de seus beneficiários, afirmou nesta quarta-feira, 17, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. “Criar um programa para escravizar as pessoas não é um bom programa social. O programa bom é onde você inclui a pessoa e dá condições para que ela volte à sociedade e possa, com suas próprias pernas, conseguir um emprego”, disse o parlamentar durante discurso no Brazil Institute do Wilson Center, em Washington.

Em entrevista depois do evento, Maia disse que o Bolsa Família gera “dependência”, por não criar uma “porta de saída” para os participantes. “Essa dependência atrela as pessoas ao Estado.” O deputado defendeu mudanças que criem obrigações em relação à saúde, educação e saneamento, que levaria as pessoas as serem “estimuladas a sair do programa”.

Em sua opinião, a ausência de obrigações para os beneficiários os transforma em “dependentes”, segundo informações da Agência Estado.

Leia maisRodrigo Maia diz que Bolsa Família escraviza beneficiários

Ministério Público consegue medida cautelar contra ex-prefeito de Ielmo Marinho por contratações irregulares de bandas

Resultado de imagem para prefeito Germano Patriota

Germano Jácome Patriota e integrantes de sua gestão deverão ressarcir os cofres públicos em mais de R$ 200 mil

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça uma medida cautelar contra um ex-prefeito de Ielmo Marinho, cidade da Grande de Natal, visando assegurar o ressarcimento integral do prejuízo ao patrimônio municipal. Germano Jácome Patriota e integrantes da gestão dele, além de ressarcir os cofres públicos em mais de R$ 200 mil, terão que pagar eventual multa civil a ser aplicada, devido ao esquema de fraude na licitação para contratação de bandas para o carnaval da cidade de 2011.

A decisão da 3ª vara da comarca de Macaíba foi dada após o MPRN, através da 2ª Promotoria de Justiça da cidade, ingressar com uma Ação Civil Pública de responsabilização por ato de improbidade administrativa. A ação é resultado de um inquérito civil instaurado para apurar as irregularidades na contratação de bandas e serviços de organização de eventos pela Prefeitura de Ielmo Marinho no carnaval de 2011.

Leia maisMinistério Público consegue medida cautelar contra ex-prefeito de Ielmo Marinho por contratações irregulares de bandas

Bispo de Minas Gerais suspende padre que aparece de cueca em vídeo

Um padre de Porteirinha, Norte de Minas, foi suspenso de suas funções sacerdotais, “por tempo indeterminado”, depois da divulgação de um vídeo dele nas redes sociais. A suspensão foi determinada pelo bispo da Diocese de Janaúba, dom Ricardo Guerrino Brusati. Em vídeo que circula em grupos de um aplicativo de mensagens instantâneas em Porteirinha, aparece a imagem do padre de cueca em cima de uma cama. A filmagem tem duração de 14 segundos.

Conforme um morador do município – que pediu para não ser identificado, além de “cair” nas redes sociais, o caso virou um dos principais assuntos em Porteirinha, cidade de 37,6 mil habitantes, dos quais, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), 31 mil são católicos. O sacerdote envolvido na historia, no final do ano passado, tinha sido transferido da pequena Serranópolis de Minas (4,7 mil habitantes) para a Paroquia de São Joaquim, em Porteirinha. Serranópolis de Minas é ex-distrito de Porteirinha, da qual fica distante 35 quilômetros.

No “decreto de suspensão do uso de ordem sacra”, o bispo dom Ricardo Guerrino Brusati relata que o padre “publicou nos meios sociais imagens que causaram (sic) contra testemunho da vida sacerdotal”. E que, por isso, ele decidiu suspender o religioso do “uso da ordem sacra por tempo indeterminado, como pena medicinal, até que se mande o contrário”, conforme o direito canônico. Copia do documento também passou a circular em grupos de aplicativo de mensagens instantâneas na região, constando nele assinatura do padre envolvido, declando que recebeu o “instrumento” de sua suspensão. As informações são de O Estado de Minas.

Leia maisBispo de Minas Gerais suspende padre que aparece de cueca em vídeo

Temer fez pedido a vice-presidente afastado da Caixa

ctv-1r1-email-temer

No relatório final de investigação independente contratado pela Caixa, o escritório Pinheiro Neto cita um e-mail do gabinete do então vice-presidente da República, Michel Temer, para o vice-presidente afastado do banco Roberto Derziê.  “Conforme contato telefônico, segue o pleito para Superintendente Regional de Ribeirão Preto -SP”, diz a mensagem assinada com: “atenciosamente, Michel Temer.”

Como resposta, o VP de Operações Corporativas da Caixa diz que o pleito seria tratado com prioridade. O Palácio do Planalto afirma que Temer não envia e-mails e que funcionários cuidam do correio eletrônico.

Questionado pela auditoria sobre o e-mail, Derziê afirmou “que se tratava de uma indicação de uma pessoa para o cargo de Superintendente da Região de Ribeirão Preto”. As informações são de  Fabio Serapião, O Estado de S.Paulo

Leia maisTemer fez pedido a vice-presidente afastado da Caixa

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: