fbpx

George Soares emprega no seu gabinete esposa de secretário da Prefeitura do Assú

Emprego de esposa na Assembléia, ajuda Nuilson a engordar conta bancária familiar de sua casa que chega a quase R$ 20 mil

Enquanto o deputado estadual George Soares, nega a jovens, pais e mães de família assuenses desempregadas que imploram desesperadamente por um emprego na Prefeitura do Assu ou na Assembléia Legislativa, o consultor da Prefeitura do Assu Nuilson Pinto de Medeiros (que ganha mensalmente salário de R$ 6 mil), apontado como o braço direito do prefeito Gustavo Soares, acumula também a função de secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, é um privilegiado da turma do clã dos Soares com outro emprego para a sua esposa Marly Queiroz de Medeiros, no gabinete do parlamentar do PR.

George Soares paga por mês quase R$ 11 mil a esposa de Nuilson Pinto

No gabinete de George, a esposa do secretário Nuilson Pinto, ganha salário mensal de quase R$ 11 mil. O valor bruto do salário básico dela é de R$ 4.384,32 mas não para por aí. Ela recebe ainda do generoso deputado R$ 4.534,38 como outras vantagens ou verbas rescisórias, além de R$ 1.800,00 como auxílio e benefício, totalizando assim R$ 10.718,70 por seus serviços prestados como secretária parlamentar. Veja fac simile do contra cheque dela na Assembléia:

Em Caicó, donos de box, trailer e banca de venda de jornais, perdem direito de transmissão a herdeiros

O Pleno do Tribunal de Justiça do RN, em sessão realizada na última quarta-feira (20), declarou a inconstitucionalidade de uma lei do Município de Caicó que garantia aos atuais ocupantes de equipamentos urbanos do tipo quiosque, trailer, feira box em mercados e açougues públicos e banca de venda de jornais e de revistas o direito de transmissão aos respectivos herdeiros no caso de morte ou enfermidade de seu titular.

A Ação Direta de Inconstitucionalidade foi proposta pelo Ministério Público Estadual contra a Lei Municipal nº 4.704, de 29 de julho de 2014, que “dispõe sobre a transmissão do direito de utilização de área pública por equipamentos urbanos do tipo quiosque, trailer, feira box em mercados e açougues públicos e banca de venda de jornais e de revistas no caso de morte ou enfermidade de seu titular”.

Na ação, o Procurador-Geral de Justiça afirmou que a Lei em questão incorre, inicialmente, em vício formal por violar os artigos 1º, 21 e 24 da Constituição Estadual, bem como os arts. 22, inciso I, e 30, inciso I, da Constituição Federal, uma vez que trata sobre direito civil ao prever a transmissão de direito e uso de bem público causa mortis e inter vivos em razão de incapacidade civil, matéria de competência legislativa privativa da União.

Leia maisEm Caicó, donos de box, trailer e banca de venda de jornais, perdem direito de transmissão a herdeiros

Seis homens são mortos em chacina no município de Nísia Floresta

Vítimas estavam na frente desta casa quando aconteceu a chacina (Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi)

Vítimas estavam na frente desta casa quando aconteceu a chacina (Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi)

Seis homens morreram assassinados na noite deste sábado (21), em Nísia Floresta, cidade da Região Metropolitana de Natal. Na região, ninguém quis falar com os policiais sobre como o crime aconteceu.

Segundo a Polícia Militar, o grupo estava na frente de uma casa na esquina da Rua das Flores com a Rua Nossa Senhora do Ó, quando os criminosos chegaram e atiraram. Cinco das seis vítimas morreram no local. Ainda de acordo com a PM, o outro homem foi socorrido ao hospital, contudo não resistiu aos ferimentos e morreu.

As vítimas foram identificadas como sendo Arlindo Júnior, de 18 anos de idade, Jackson nascimento, 16 anos, Anderson Júnior Rodrigues do Nascimento, de 17 anos, Maxuel Bento Gonçalo de Lira, 19 anos, Gean Nonato Nascimento, de 33 anos, e Fabrício Silva, de 16 anos. G1 RN

UFRN abre inscrições nesta segunda-feira para concurso público

Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Foto: Igor Jácome/G1)

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abre nesta segunda-feira (23) as inscrições para o concurso público para cargos de técnico-administrativo em educação com um total de 69 vagas. Há vagas para pessoas com diferentes níveis de escolaridade.

O edital de número 016/2018 traz informações sobre os cargos de Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto e Urbanista, Bibliotecário-Documentalista, Enfermeiro, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica, Farmacêutico, Jornalista, Médico/Endoscopia Peroral, Médico/Oftalmologia, Médico/Psiquiatria, Psicólogo Escolar, Técnico em Assuntos Educacionais, Tecnólogo/Formação Secretariado, Tecnólogo/Formação Marketing, Zootecnista, Assistente em Administração, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem e Assistente de Aluno.

Já o edital de número 017/2018 tem detalhes para Desenhista Técnico/Área Comunicação Visual, Desenhista Técnico/Área Webdesigner, Técnico em Artes Gráficas, Técnico em Eletromecânica, Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais e Operador de Luz.

Com provas previstas a serem aplicadas no dia 30 de setembro, o valor da taxa de inscrição do concurso varia de R$ 50 a R$ 80, conforme o cargo. Os interessados devem efetuar inscrição no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve), até, no máximo, dia 20 de agosto.

PT espera fechar primeira aliança nacional com o Pros

A direção do PT começa esta semana com a expectativa de fechar a primeira aliança nacional. As conversas com o Pros estão em estágio adiantado e a ideia da cúpula petista é consolidar o acordo nos próximos dias. O Pros apoiou Dilma Rousseff em 2014 e reivindica, desta vez, suporte para ampliar sua bancada na Câmara, hoje com 11 deputados. O acerto traria certo alívio à legenda do ex-presidente Lula.Aliados mais tradicionais, como o PC do B, ainda têm dúvidas sobre uma composição.

No limite Após as reuniões deste fim de semana, dirigentes do PC do B dizem que ganha força na legenda a tese de que é preciso aguardar até o último dia, 15 de agosto, data de registro das candidaturas, para tomar um rumo definitivo.

Deixa estar O plano seria confirmar a candidatura de Manuela d’Ávila à Presidência na convenção, dia 1º de agosto, mas seguir com as negociações com PT e PDT até o limite. Neste domingo, os comunistas fizeram novo apelo à unidade da esquerda.

Sonho meu Um acordo que unisse PT, PDT, PSB e PC do B é quase impossível. Painel – Folha de São Paulo.

Ministro de Temer chama Ciro Gomes de ‘débil mental’

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, admitiu neste domingo que o governo do presidente Michel Temer interferiu junto ao centrão (DEM, PP, PRB, PR e SD) para que o grupo rejeitasse a aliança com o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes. Em mensagem enviada ao pré-candidato do MDB, Henrique Meirelles, e deputados da bancada do partido na Câmara, Marun se refere ao presidenciável pedetista como “o débil mental do Ciro Gomes”.

No texto, obtido pelo GLOBO, cuja autoria foi confirmada pelo ministro, Marun elogia a candidatura própria do MDB e lista uma série de prioridades para a campanha de Meirelles. O ministro afirma que, ao prejudicar Ciro, o governo ajudou indiretamente a pré-candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), mas que o tucano não merece o apoio do MDB, já que posicionou-se a favor da apreciação de denúncias contra o presidente Michel Temer.

“Colegas, estive refletindo sobre a situação de nossa pátria e conclui que existem males que veem para bem. Estamos agindo corretamente. A atitude de Alckmin nas denúncias o torna não merecedor do nosso apoio. Ajudamos a sua candidatura é verdade, ao vetarmos o apoio do Centrão ao débil mental do Ciro Gomes. Este apoio foi para os tucanos, mas isto não é de todo ruim. Sabemos que a tucanidade de Alckmin não o faz o candidato para o agora. Temos um ótimo candidato e temos liberdade para estabelecermos um projeto realmente modernizador e que não seja refem das mazelas de um presidencialismo de coalizão que sabemos ter sempre a tendência de transformar-se em um balcão de negócios”. O Globo

Leia maisMinistro de Temer chama Ciro Gomes de ‘débil mental’

Bolsonaro diz que não será o ‘salvador da pátria’, mas fala em ‘missão’ e ‘ser escolhido’

Num discurso com afagos e acenos aos militares, reiterações de citação bíblica, em defesa de valores conservadores e com fortes críticas ao centrão, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou não ser um “salvador da pátria”. Mas, no mesmo discurso, o ex-capitão da reserva disse que está numa “missão” e se colocou como “escolhido” na corrida presidencial.

Logo após ser aclamado candidato do PSL à Presidência da República, Bolsonaro discursou por quase uma hora, sendo ovacionado pelos apoiadores que compareceram ao Centro de Convenções Sul América, no Rio. Ele deu uma pista do que seria um eventual governo seu: formado por boa parte de generais e com “extinção” da maioria das estatais.

– Nasci em 1955. Minha querida mãe ainda está viva. Foi uma gestação bastante complicada. Ela, bastante católica, colocou um dos meus nomes de Messias. Não sou salvador da pátria. Quem vai salvar a pátria somos todos nós – disse Bolsonaro logo no começo do discurso.

Mais ao fim, porém, o candidato falou em “missão” e em ser “escolhido”: JUSSARA SOARES, MARCO GRILLO E VINÍCIUS SASSINE – O Globo

Leia maisBolsonaro diz que não será o ‘salvador da pátria’, mas fala em ‘missão’ e ‘ser escolhido’

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: