Renan Calheiros é hostilizado em convenção do PT em Alagoas

Senador Renan Calheiros

O senador Renan Calheiros (MDB) e o governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), foram recebidos sob vaias e chamados de golpistas pela militância petista na convenção do partido realizada neste domingo (29).

O evento formalizou o apoio do PT às candidaturas de Renan Filho ao governo do estado e de Renan Calheiros e Maurício Quintella Lessa (PR) ao Senado. Calheiros e Quintella Lessa votaram a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em 2016.

As vaias e gritos aconteceram quando Renan pai e Renan filho subiram ao palco. Para abafar os militantes que chamavam os emedebistas de golpistas, petistas gritavam “Lula livre” no microfone em cima do palco.

Em discurso na convenção, o deputado federal Paulão (PT) criticou os militantes que hostilizaram Renan. João Pedro Pitombo – Folha de São Paulo

Leia maisRenan Calheiros é hostilizado em convenção do PT em Alagoas

ANS recua e derruba os 40% de coparticipação em planos de saúde

Mudanças em planos de saúde

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) voltou atrás e decidiu derrubar a resolução normativa 433, que definia regras para a cobrança de franquia e coparticipação em planos de saúde, e fazer novas audiências públicas sobre o tema. A revogação foi sugerida pelo diretor de desenvolvimento setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, em uma reunião do órgão nesta segunda-feira (30).

A resolução normativa 433 permitia que as operadoras cobrassem dos clientes até 40% do valor de cada procedimento realizado e estabelecia limites para a cobrança de franquia (similar à de seguro de carro). A medida, no entanto, havia sido suspensa provisoriamente pelo STF (Supremo Tribunal Federal) antes mesmo de entrar em vigor.

‘UM PASSO ATRÁS’

Em seu relatório, Aguiar diz que “a ANS previa uma absorção positiva das novas regras pela sociedade, especialmente pelos consumidores”, mas que “o que se observou não foi isso” e que a resolução “causou grande apreensão na sociedade”.

Presente na reunião, a diretora de normas e habilitação dos produtos da ANS, Simone Freire, concordou com a sugestão do relator e votou pela derrubada da resolução.

Leia maisANS recua e derruba os 40% de coparticipação em planos de saúde

Suplentes de vereadores em Assu recusam suposta promessa de empregos para após as eleições

Suplentes de vereadores querem R$ 15 mil em dinheiro a vista para apoiar George Soares, João e Zenaide Maia

Os 10 vereadores da bancada do governo do prefeito Gustavo Soares, podem perder os cargos comissionados e outros privilégios na Prefeitura do Assú que totalizam mais de R$ 15 mil mensal, se não acompanharem a orientação política de apoiar principalmente os pré-candidatos a governador, senador, deputado deputado federal e estadual do grupo liderado pelo clã Soares.

Apenas os vereadores governistas Francisco de Assis Souto, o Tê e o vereador João Paulo, estão livres e soltos para apoiar todos os candidatos do Solidariedade do deputado estadual Kelps Lima.

Depois dessa exigência de lealdade do governo do irmão do deputado estadual George Soares, os suplentes  de vereadores do grupo governista também foram alvos de assédio numa reunião realizada ontem para tentar apoiar todos os candidatos do clã Soares, em troca de um número de empregos igual aos titulares com assento na Câmara Municipal do Assú, após as eleições do dia 7 de outubro.

Comenta-se nos bastidores da política do Assú, que os suplentes de vereadores estão exigindo a mesma quantia de R$ 15 mil em dinheiro a vista e recusaram a suposta promessa de empregos para apoiar o trio João Maia, George Soares e Zenaide Maia, já que a previsão é de que mais de 100 cargos comissionados serão extintos após as eleições deste ano.

Prefeitura de Parnamirim deve contratar 13 professores para regularizar carga horária das escolas municipais

Resultado de imagem para prefeitura de parnamirim

Recomendação do MPRN apresentou prazo de 15 dias para cumprimento da medida

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) expediu recomendação para que a Prefeitura de Parnamirim adote as providências necessárias para lotar 13 professores nas disciplinas de artes, educação física religião, matemática, inglês e ciências, nas escolas municipais que se encontram sem professores. O prazo para cumprimento da medida é de 15 dias, com o objetivo de preencher integralmente a carga horária disponível.

A 4ª Promotoria de Justiça da cidade instaurou, no dia 24 de fevereiro de 2018, um inquérito civil para apurar se o quadro de professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental de Parnamirim encontrava-se completo, uma vez que obteve notícias sobre o déficit no município.

Desde as investigações preliminares, verificou-se a constante falta de professores nas escolas municipais, em caráter transitório decorrente de licenças ou outros afastamentos, ou permanente, diante do surgimento de vagas. Essa situação muitas vezes ocasiona a suspensão das aulas antes do horário previsto para o seu término, em claro prejuízo aos alunos.

Leia maisPrefeitura de Parnamirim deve contratar 13 professores para regularizar carga horária das escolas municipais

Ministério Público pede interdição de ginásio poliesportivo em Parnamirim

Laudo pericial aponta precária estrutura de funcionamento, que coloca em risco a integridade física dos usuários

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou que a Prefeitura de Parnamirim promova a imediata interdição do Ginásio Municipal João Gomes da Costa Neto, no bairro Liberdade. A recomendação, expedida pela 2ª Promotoria de Justiça de Parnamirim, destaca que deve ser proibida a entrada de pessoas e a realização de qualquer tipo de atividade no equipamento por parte da comunidade, em razão de sua precária estrutura de funcionamento, que coloca em risco a integridade física dos usuários.

A recomendação do MPRN está baseada em duas investigações que tramitam no órgão. Um inquérito civil investiga a ampliação das atividades esportivas destinadas às crianças e adolescentes de Parnamirim, sendo fundamental que os ginásios municipais apresentem a devida estrutura física para a oferta de tais atividades; e o segundo acompanha as condições de funcionamento dos cinco ginásios poliesportivos da cidade.

Leia maisMinistério Público pede interdição de ginásio poliesportivo em Parnamirim

Carlos Eduardo tenta encaixar o PSB

Resultado de imagem para carlos eduardo pdt

A coligação liderada pelo PDT, do candidato a governador, Carlos Eduardo Alves, tem até sábado para acertar o entendimento com o PSB e demais partidos que já estão no grupo – DEM/PP/MDB. A matemática dos políticos indica que mantida a atual situação, a chapa de deputados federais só vai conseguir eleger dois candidatos – Walter Alves (MDB) e José Agripino (DEM).

Os contras torcem por um final infeliz. Afinal, sobraria mais uma vaga de deputado federal. Elegendo apenas dois deputados, a coligação de Carlos Eduardo entregaria aos adversários, pelo menos, mais uma cadeira de federal para
o grupo do governador Robinson, ou para o PT ou, ainda, para o Avante, de Karla Veruska, mulher do presidente da Câmara, Ranieri Barbosa.

A situação repercute até na chapa de deputados estaduais. Hoje, alguns estaduais da coligação de Carlos Eduardo estão fechando dobradinha com federais de outras coligações. Um deputado estadual que apóia Carlos, me disse, agora há pouco, haver o risco de contaminação, também, da chapa majoritária.

A chegada do PSB, segundo o mesmo deputado, tranquiliza todo mundo e transfere a intranquilidade para os adversários: “garante o terceiro federal, puxando para o quarto, e, ainda, anula qualquer possível insatisfação na chapa dos estaduais” As informações são do jornalista Alexandre Cavalcanti, do blog Pinga Fogo/Nominuto

Nelter prestigia encerramento da festa de Sant’Ana em Campo Grande

Acompanhado do ex-prefeito Bibi, de vereadores, ex-vereadores, suplentes e de outras lideranças locais, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) participou neste domingo (29) da procissão de encerramento da festa de Sant’Ana, em Campo Grande, município localizado no médio oeste potiguar a 273 km de Natal.

“A procissão foi marcada por muita emoção, religiosidade e fé na senhora Sant’Ana, avó de nosso senhor Jesus Cristo. Agradeço a todos os campograndenses pela ótima acolhida  e receptividade de sempre”, destacou Nelter, frisando a grandiosidade e a importância cultural do evento para a população local.

Na última semana, o deputado também participou da festa de Sant’Ana nos municípios de Currais Novos (quarta-feira, 25), Caicó e Santana do Matos (quinta-feira, 26). No sábado (28), Nelter foi a São José do Seridó prestigiar missa e leilão realizadas na residência da família Neneco, em prol dos festejos alusivos ao padroeiro São José, que ocorrerão no município no mês de Setembro.

Pichação vermelha coloca STF em alerta

DIDA SAMPAIO/ESTADAO

A pichação com tinta vermelha na área externa do salão branco do Supremo Tribunal Federal, feita na terça-feira passada por manifestantes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Lava Jato, aumentou a preocupação da presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, com a segurança das instalações da Justiça.

Cármen Lúcia teme que, em pelo menos duas ocasiões próximas, novos atos de vandalismo possam ser praticados. O primeiro, em 15 de agosto, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), último dia do prazo para registro de candidaturas para as eleições 2018. Depois, no dia da posse do ministro Dias Toffoli na presidência do STF, em meados de setembro, na solenidade que tradicionalmente reúne chefes de Poderes e autoridades.

A presidente do STF também já teve a fachada do prédio onde mantém um apartamento em Belo Horizonte pichado com tinta vermelha, em abril, por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Tânia Monteiro, Julia Lindner e Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo

Leia maisPichação vermelha coloca STF em alerta

Detran leiloa 220 lotes de veículos e visitação pode ser realizada nesta segunda

Em Natal, 220 lotes de veículos apreendidos pelo Detran vão a leilão (Foto: Detran/Divulgação)

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa nesta terça-feira (31), 220 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal. Os interessados podem visitar o local nesta segunda-feira (30), no horário das 8h às 14h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.

O leilão acontece na terça-feira (31), a partir das 10h, no Rifóles Praia Hotel, Salão Almirante, localizado na Rua Cel. Inácio Vale, 8847, Praia de Ponta Negra, na Via Costeira. Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida, sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.

A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.

Leia maisDetran leiloa 220 lotes de veículos e visitação pode ser realizada nesta segunda

Por que Lula não pode cumprir pena como outro preso qualquer?

Que sinuca de bico está o Supremo Tribunal. Se mandar Lula para casa agora, se dirá que o fez a tempo de ele poder ser candidato. Se mandar imediatamente depois da eleição, se dirá que o manteve preso só para impedi-lo de ser candidato. Não seria o caso então de deixá-lo simplesmente cumprir a pena como outros presos?

O ex-governador Sérgio Cabral, do Rio, foi condenado e está preso. Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara, também. Assim como está preso o ex-ministro Geddel Vieira Lima, sequer julgado, e o ex-ministro Antônio Palocci, empenhado em delatar para diminuir seu tempo de cadeia. Por que Lula, condenado três vezes, não pode?

Ele foi condenado pelo juiz Sérgio Moro. Apelou então para o tribunal de Porto Alegre. Ali, a sentença do Moro foi até aumentada, e por unanimidade. Lula então apelou de novo. E o mesmo tribunal confirmou a sentença ampliada. Todos os recursos de defesa para libertá-lo foram negados por tribunais superiores. Fazer o quê?

Quem acha que eleição sem Lula é uma fraude tem todo o direito de achar, mas, por coerência, não deveria participar das eleições para não coonestar com a fraude. Mas o PT participará, sim. Como participou de todas as fases do impeachment de Dilma mesmo dizendo que o impeachment era uma fraude. Ou melhor: um golpe.

O impeachment do ex-presidente Fernando Collor, liderado pelo PT, não foi considerado golpe por Lula e os que o apoiaram. Lula liderou a chamada “Marcha dos Cem Mil” a Brasília para exigir o impeachment do então presidente Fernando Henrique Cardoso. O ex-ministro Tarso Genro publicou na Folha artigo a respeito.

Vida que segue. E para que siga com algum grau de ordenamento, cumpra-se a lei que deve servir igualmente para todos, e obedeça-se à Justiça, uma vez que nada de melhor foi inventado. Seria desejável que não se tentasse enganar as pessoas com falsas promessas – mas aí é cobrar demais a muita gente.

No próximo dia 15, quando requerer o registro da candidatura de Lula, o PT não mandará o documento que deveria informar se ele já foi ou não condenado pela Justiça. É o que basta para o registro ser negado. Quer dizer: para tirar vantagem, o PT está empenhado em frustrar milhões de brasileiros com essa história de Lula candidato.

Fazer o quê?

Ricardo Noblat – VEJA

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: