Metrópole 41 comemora o 2º aniversário com festival neste sábado em Assú

Para celebrar seu 2º ano de atividades musicais, a banda assuense de punk rock/hardcore Metrópole 41 promoverá um festival neste sábado, dia 18, a partir de 8 horas da noite no Kintal Bar (Rua Vicente R. Filho, nº 128, bairro Dom Elizeu, Assú).

O ingresso custa R$ 5,00 antecipado e R$ 10,00 no dia do evento.

A realização, que está incluída no contexto de valorização da cena rock local, contará, além da banda aniversariante, com alguns convidados: Bleed (Natal), Behind The Picture (Mossoró), Hell Lotus (Mossoró) e Duentes (Assú).

Após fala de FHC, Alckmin grava vídeo e rejeita aliança com ‘radicais’

FHC sugere coligação com PT contra Bolsonaro no 2.º turno das eleições 2018; presidenciável diz que 'acordo é com o eleitor'. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Candidato do PSDB à Presidência da República, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin divulgou nesta quinta-feira, 16, em suas páginas nas redes sociais um vídeo no qual rejeita a possibilidade de aliança com o PT ou com o deputado Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições 2018. Na gravação, Alckmin se refere a ambos como “radicais”.

“Minha aliança é com você. PT e Bolsonaro são dois radicais. O Brasil não precisa de radicalismo, mas de equilíbrio e bom senso. Vou governar com você e para você”, disse o candidato tucano no vídeo.

Alckmin também defendeu novamente, no mesmo vídeo, a aliança com os partidos do Centrão, motivo pelo qual tem recebido críticas. “Somente com essa força podemos fazer as reformas que o Brasil precisa.” 

A mensagem foi divulgada após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso dizer em entrevista à rádio Jovem Pan nesta quarta-feira, 15, que não descarta uma aliança entre PT e PSDB para enfrentar Bolsonaro, caso ele passe para a próxima fase da disputa presidencial. “Espero que o PSDB vá para o segundo turno e acho que o PT espera a mesma coisa, mas, dependendo das circunstâncias, eu não teria nenhuma objeção a isso”, disse FHC. Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

Leia maisApós fala de FHC, Alckmin grava vídeo e rejeita aliança com ‘radicais’

Bolsonaro chama de ‘analfabetos’ críticos de suas diretrizes de governo

No seu primeiro evento público desde o início oficial da campanha nas eleições de 2018, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, participou da formatura de sargentos da Polícia Militar no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, nesta sexta-feira, 17. Rodeado de um segmento no qual costuma ter muitos eleitores, Bolsonaro se sentiu em casa e, entre afagos e tietagens, aproveitou para atacar os críticos que chamaram de superficiais suas propostas de governo.

“Eu não posso responder a esse analfabeto que falou isso”. E destacou que as pessoas que “realmente estão preocupadas com o futuro do País” gostaram do plano.

As diretrizes do programa governo de Bolsonaro foram divulgadas nesta semana. O documento é obrigatório para o registro na Justiça Eleitoral. “É uma diretriz. É uma intenção. Vocês nunca cobraram plano de ninguém”, questionou o candidato. Bolsonaro chegou por volta das 8h30 ao evento, que estava marcado para começar às 10h.

O candidato ao Palácio do Planalto aproveitou para cumprimentar os formandos, momento em que foi cercado por vários presentes. “Queremos lembrar que a solenidade não para por aqui”, disse o apresentador ao microfone, tentando continuar a programação prevista para o evento.

Leia maisBolsonaro chama de ‘analfabetos’ críticos de suas diretrizes de governo

Barroso deve concentrar pedidos para barrar candidatura de Lula no TSE

Os pedidos para barrar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) devem se concentrar no gabinete do ministro Luís Roberto Barroso. Das sete contestações apresentadas, três já estavam com ele e outras quatro com o ministro Admar Gonzaga. Dessas últimas, duas já foram encaminhadas para Barroso e outras duas foram remetidas à presidente da Corte, ministra Rosa Weber, para que ela tome uma decisão a respeito.

Admar indicou que esses casos também deverão ir para Barroso. Em despacho, ele elogiou a decisão de Rosa de manter o registro de candidatura com Barroso, negando pedido do PT para que o próprio Admar fosse o relator. “Registro o louvável acerto da decisão proferida pela Ministra Rosa Weber”, escreveu Admar.

Barroso foi sorteado relator do registro de candidatura de Lula na noite de quarta-feira. Nesse processo, foram protocolados três pedidos para impedir a candidatura de Lula, apresentados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), pelo candidato a presidente do PSL, Jair Bolsonaro, e pelo Partido Novo. ANDRÉ DE SOUZA –  O Globo

Marina recupera bandeira ambiental e atrai apoio de antigos aliados

Marina Silva, candidata da Rede, inclui em programa de governo propostas que ficaram em segundo plano na campanha de 2014 e atrai apoio do setor. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Candidata à Presidência da República pela terceira vez, a ex-ministra Marina Silva (Rede) se reaproximou nas eleições 2018 de antigos aliados do movimento ambientalista que estiveram ao seu lado nas eleições de 2010, mas se distanciaram em 2014.

Segundo lideranças do setor, Marina voltou a colocar em primeiro plano bandeiras ambientais que foram coadjuvantes na campanha de quatro anos atrás, quando presidenciável teve de substituir Eduardo Campos (PSB), morto num acidente aéreo, na reta final da disputa.

“Em 2014 não houve uma aproximação ampla do movimento com Marina devido ao contexto conturbado da eleição. Esse ano, a identidade dela com o movimento está muito maior”, disse o ambientalista Mário Mantovani, diretor da ONG S.O.S. Mata Atlântica.

Leia maisMarina recupera bandeira ambiental e atrai apoio de antigos aliados

Justiça apreende Porsche de Romário avaliado em R$ 350 mil

Justiça apreendeu um Porsche Macan do candidato do Podemos ao governo do Rio, Romário. O carro, avaliado em R$ 350 mil, segundo a tabela Fipe, foi encontrado no condomínio onde o senador mora, na orla da Barra da Tijuca. A apreensão aconteceu na terça-feira.

O veículo está registrado em nome de Zoraidi de Souza Faria, irmã do senador. A Justiça, no entanto, entende que o Porsche pertence de fato a Romário e que a documentação em nome da irmã era apenas uma maneira de o candidato evitar perder bens para pagar dívidas com credores.

No mês passado, outros dois carros já haviam sido apreendidos: um Audi RS6 Avant e um Peugeot Allure, avaliados em R$ 500 mil. A Justiça ainda busca um Hyundai Elantra, em nome de Zoraidi, e um Range Rover, registrado pela mãe do senador.

Todos os veículos já estão penhorados, e a tendência é que os carros que já foram apreendidos sejam leiloados para amortizar o passivo com um credor do senador — esta dívida gira em torno de R$ 20 milhões, de acordo com documentos do processo. O Globo

Vanessa Lopes tem a defesa dos direitos das mulheres como bandeira maior

A médica Vanessa Lopes que é candidata a deputada federal pelo PSD, usou a rede social do Facebook, para defender o direito das mulheres e que terá como bandeira maior, a rapidez no processo de casos de violência doméstica.

“Atos de violência contra a mulher ocorrem todos os dias e podem acontecer também no seu ambiente de trabalho, na sala de aula, ou em ambientes públicos. E quando se pensa em violência é importante saber que a lei protege as mulheres não apenas daquelas agressões que deixam marcas explícitas na pele, mas também daquelas que ferem a autoestima, que intimidam suas ações, que ridicularizam e limitam seus direitos como cidadã”, escreveu Vanessa.

Vanessa cita algumas situações de violência contra a mulher:

1. Preconceito contra mulheres em determinadas carreiras.
2. Diferença salarial entre homens e mulheres.
3. Não respeitar o direito à licença-maternidade na faculdade e no trabalho.
4. Discriminação pelo modo de se vestir.
5. Discriminação em função da orientação sexual.
6. Violação da privacidade.
7. Injúria.
8. Perseguição e ameaça.
9. Imposição de pensamento
10. Fazer a pessoa se sentir culpada pelo que não é sua culpa.
11. Condutas que causem diminuição da autoestima.
12. Não respeitar quando ela disser “NÃO”
13. Não respeitar [e não amar] as diferenças. Preconceito e intolerância são formas de violência.

 

Justiça tem mais de 300 mandados não cumpridos contra adolescentes em Natal

Vara comandada pelo juiz Homero Lechner contabiliza 219 mandados contra adolescentes que seguem sem cumprimento (Foto: Ranniery Souza/Inter TV Cabugi )

As 1ª e a 3ª varas especializadas da Infância e Juventude de Natal contabilizam juntas mais de 300 mandados contra adolescentes infratores que seguem sem cumprimento. Os dados são da própria Justiça. Dentro das estatísticas, está o mandado expedido desde junho deste ano contra Mateus da Silva Régis, de 17 anos, que morreu em confronto com policiais militares na tarde desta quarta-feira (15), durante o sequestro relâmpago de Luiz Benes Leocádio Júnior, de 16 anos, que também morreu na ação.

Somente na 3ª Vara, de onde partiu o mandado contra Mateus, o juiz Homero Lechner, contabiliza outros 219 mandados sem cumprimento. “Causa um sentimento de frustração, porque a gente tem julgado os processos e muitas vezes não encontra vagas no sistema. O Estado não está cumprindo sua obrigação”, declarou o magistrado. Ainda de acordo com ele, a estimativa é de que haja cerca de 500 mandados de detenção contra adolescentes abertos em todo o estado.

Leia maisJustiça tem mais de 300 mandados não cumpridos contra adolescentes em Natal

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: