Ivan Júnior segue na frente de George Soares, diz pesquisa Band/Opine

O candidato a deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior continua na frente do deputado estadual do PR George Soares, segundo pesquisa Opine/Band, divulgada hoje pelo Blog do Barreto, de Mossoró.

Ivan Júnior continua em primeiro lugar entre os candidatos do PSD a deputado estadual e também é o único sem mandato entre os mais citados para assumir uma cadeira na Assembléia Legislativa. No geral, Ivan ocupa o quinto lugar.

Segundo a pesquisa Opine/Band, o deputado estadual George Soares ocupa o décimo primeiro lugar. VEJA MAIS AQUI

Lobão e Batata: principais cabos eleitorais de Álvaro Dias e Adjuto Neto no Seridó continuam presos

Presos desde 14 de agosto deste ano pela operação Tubérculo, desdobramento das operações “Cidade Luz” e “Blackout”, o prefeito de Caicó Robson Araújo (Batata) e o vereador Raimundo Inácio Filho (Lobão), principais cabos eleitorais do candidato a deputado estadual Adjuto Neto (MDB) na região Seridó, não tem previsão de serem soltos.

O prefeito, o vereador e um lobista da cidade foram presos sob a suspeita de corrupção ativa e passiva, associação criminosa, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e dispensa indevida de licitação.

Se tratando das operações Tubérculo, “Cidade Luz” e “Blackout”, dizem que quem se treme nas bases é o ex-deputado estadual Álvaro Dias, pai do candidato a deputado estadual Adjunto Neto. Por que será?

Lava Jato acusa Gilmar Mendes de ‘se apoderar de jurisdição alheia’

Os procuradores da Operação Lava Jato reagiram duramente nesta sexta, 5, à decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo, que mandou soltar oito investigados da Operação Integração II, entre eles Pepe Richa, irmão do ex-governador do Paraná Beto Richa(PSDB), candidato ao Senado.

Todos estavam presos desde 26 de setembro. Os procuradores avaliam que Gilmar ‘apoderou-se da jurisdição do ministro que seria o juiz natural competente por livre distribuição e sorteio’.

“A decisão foi proferida mediante direcionamento do pedido ao ministro Gilmar, em processo que não diz respeito ao preso, José Richa Filho, irmão do ex-governador do Paraná, Beto Richa, ou aos demais investigados, e não diz respeito a prisões temporárias ou preventivas, sem qualquer identidade subjetiva ou objetiva que justificasse tal direcionamento”, afirmam os procuradores do Ministério Público Federal no Paraná, em nota de repúdio à ordem do ministro. Ricardo Brandt, enviado especial a Curitiba, Luiz Vassallo e Fausto Macedo – O Estado de São Paulo

Leia maisLava Jato acusa Gilmar Mendes de ‘se apoderar de jurisdição alheia’

Gilmar Mendes manda soltar irmão de Beto Richa e mais sete

Gilmar Mendas

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar o irmão do ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), José Richa Filho, e outras sete pessoas, todas presas na Operação Integração II, na 55º fase da Lava Jato, que apura um esquema de corrupção envolvendo o governo do estado e as concessionárias de pedágio.

Mendes garantiu também um salvo conduto a Richa Filho, que foi secretário de Infraestrutura e Logística na gestão do irmão, e aos demais investigados, blindando-os de novas prisões relacionadas à investigação.

Para Mendes, as prisões violaram a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 444, cujo julgamento foi encerrado pelos ministros em junho passado. Na ocasião, o Supremo entendeu que as conduções coercitivas (quando o investigado é obrigado a comparecer para depor) eram inconstitucionais. Revista VEJA

Leia maisGilmar Mendes manda soltar irmão de Beto Richa e mais sete

DEZ PRA UM: Prefeito Tulio Lemos impõe derrota vexatória à oposição

O prefeito Tulio Lemos realizou ontem (05), em Macau, uma “caminhada” – que acabou virando uma enorme passeata – para a candidata a Deputada Estadual Márcia Maia, pelas ruas da cidade e para a surpresa dos poucos incrédulos que duvidavam da sua força política, se viu envolto de uma multidão que foi às ruas dizer sim a filha de Wilma Maia.

Surpresa ou confirmação, chame como quiser, o fato é que quem assistiu a live no Facebook ou viu as fotos do evento e achava que o Prefeito Tulio Lemos estava enfraquecido, terá que reformular seus conceitos e voltar a estudar política; Como se fosse um Replay da sua campanha em 2016, Tulio levou às ruas de Macau uma verdadeira multidão de amigos, correligionários e populares mostrando assim que segue firme e forte no cenário político macauense.

Dessemelhante a isto, o grupo oposicionista macauense que conta com 8 vereadores, ex-prefeitos, diversas lideranças e um verdadeiro exército de aspirantes à cargos públicos, realizaram também na tarde desta sexta uma “passeata” para o candidato ao governo do estado Carlos Alves e seus respectivos candidatos à deputados federais e estaduais.

Assim como em 2016 o “acordão” falhou de novo.

No fiasco, eram dez candidatos para um eleitor;

No sucesso, 500 eleitores para um candidato; isso foi o que se viu nas ruas de Macau nesta sexta.

Vergonha para um lado, combustível para o outro.

Um lado buscará o fortalecimento e o crescimendo daqui adiante, o outro, apagar o vexame e se espelhar no infidável carisma do Prefeito Tulio Lemos.

Seja como for, o jogo segue 2 a 0 para o filho de Afonso Lemos.

%d blogueiros gostam disto: