Partido de Bolsonaro criou candidata laranja para usar verba pública de R$ 400 mil

Jair Bolsonaro e o presidente do PSL Luciano Bivar
Jair Bolsonaro e o presidente do PSL Luciano Bivar – Divulgação

O grupo do atual presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), recém-eleito segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, criou uma candidata laranja em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018.

Maria de Lourdes Paixão, 68, que oficialmente concorreu a deputada federal e teve apenas 274 votos, foi a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país, mais do que o próprio presidente Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos.

O dinheiro do fundo partidário do PSL foi enviado pela direção nacional da sigla para a conta da candidata em 3 de outubro, quatro dias antes da eleição. Na época, o hoje ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, era presidente interino da legenda e coordenador da campanha de Bolsonaro, com foco em discurso de ética e combate à corrupção. Camila Mattoso, Ranier Bragon e Joana Suarez – Folha de São Paulo

Leia maisPartido de Bolsonaro criou candidata laranja para usar verba pública de R$ 400 mil

Com salário do sogro na Ceasa em dia, George Soares apoia Fátima

Daniele com seu esposo e deputado George Soares, o pai Flávio Morais nomeado para a Ceasa e o seu aliado, o secretário da PMA Clebson Corsino

O deputado do PR e líder da governadora Fátima Bezerra, na Assembléia, George Soares, apoia e vibra a favor da opção política condenável, ilegal e criminosa do Governo do PT do RN, garantir as remunerações em dia para cargos comissionados nomeados no atual governo petista, enquanto os exonerados ficaram sem pagamento, como aponta e acusa o deputado do PSDB José Dias.

Com a nomeação do seu sogro Flávio Morais para a diretoria da Ceasa, o deputado George Soares, com o salário do pai de sua esposa Danielle Morais em dia, pouco esta ligando para o Governo pagar os salários referentes a janeiro e fevereiro, sem definição para os atrasados de 2017 e 2018.

Governadora Fátima faz opção criminosa de não pagar salários atrasados, diz deputado do PSDB

Deputado José Dias crítica escolha feita pelo atual governo de pagar salários de janeiro e fevereiro sem definir como vai quitar os atrasados
Deputado José Dias crítica escolha feita pelo atual governo de pagar salários de janeiro e fevereiro sem definir como vai quitar os atrasados”

O deputado estadual José Dias (PSDB) usa o termo “pavor” para se referir  ao início do governo Fátima Bezerra (PT). Para ele, as medidas das primeiras semanas não são apenas preocupantes, mas também contraditória e motivam acentuada apreensão. “Não contemplam o que necessitamos, que é o equilíbrio das contras públicas do Estado”, afirma.

O deputado do PSDB aponta como particularmente grave a opção feita por pagar os salários referentes a  janeiro e fevereiro, sem definição para os atrasados de 2017 e  2018, segundo entrevista a Tribuna do Norte.

Ele considera essa opção iníqua e ilegal. José Dias aponta que uma implicação desta escolha é garantir as remunerações em dia para cargos comissionados nomeados no atual governo, enquanto os exonerados ficaram sem pagamento.  

“Ela prefere pagar — e isso é uma preferência política condenável, ilegal e criminosa — os correligionários dela. Aqueles que não são correligionários que fiquem na rua da amargura”, afirma o deputado.

Ronaldo e George Soares acusaram Princesa FM de ser ‘comprada’ por Ivan Júnior

A imagem pode conter: 1 pessoa
Lucilio Filho precisa explicar porque ficou calado quando Ronaldo Soares e o deputado George Soares, acusaram ele e a rádio de serem comprados em 2012

Para avivar mais a memória da população e do leitor Assuense, durante a campanha eleitoral de 2012, o ex-prefeito Ronaldo Soares e o seu filho, deputado do PR, George Soares, acusaram pelas ruas da cidade, o atual diretor da Princesa FM Lucilio Filho e a emissora de terem sido ‘comprados’ pelo ex-prefeito Ivan Júnior.

Nunca ouvi, os imaculados radialistas Lucilio Filho e o seu colega de trabalho da rádio e apresentador dos programas Panorama do Vale, Sala de Redação e Caderno de Ocorrências, Jarbas Rocha, reclamar ou rebater, o ex-prefeito Ronaldo Soares e o seu filho.

Em troca do silêncio de Lucilio, Jarbas e demais profissionais que ficaram calados com medo inclusive de perder os empregos, o deputado mudou de idéia e deu uma boquinha de R$ 1.000,00 a Jarbas, que não ficou indignado com a mesada e Lucilio satisfeito com os empregos que conseguiu para seus familiares nas prefeituras administradas por amigos de George.

Na época de Dr Milton Marques vivo, a Princesa FM tinha outro formato de administração. Hoje, a mudança é visível. O oba.. oba a favor do prefeito Gustavo Soares até no noticiário oficial da emissora, com certeza está deixando no túmulo o psiquiatra de saudosa memoria, muito envergonhado com a postura
pusilânime de Lucilio.

Lucilio Filho precisa explica muita coisa para responder a população que paga seus impostos aos cofres municipais e o dinheiro recebido pela Prefeitura do Assú acaba servindo para quitar quase toda a folha mensal de pagamento de dezenas de funcionários dela. Agora, dizer que isso não influi na sua conduta subserviente e dos demais profissionais, é piada que destrói ate frase de efeito: rádio imparcial.

Polícia Civil prende três homens e uma mulher em Santa Cruz

Na manhã desta quinta-feira (7), a 9ª Delegacia Regional de Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar de Santa Cruz, deflagrou a Operação Atlas e prendeu três homens e uma mulher. As prisões foram efetuadas em decorrência ao cumprimento de mandados de prisão e de prisão em flagrante delito. 

Em decorrência de mandados de prisão foram estão Wanderson Pereira de Oliveira, também conhecido como “Ôshi”, preso no Sítio Barros Preto, zona rural do município de Lajes Pintadas, pelo crime de estupro, e Pedro Rodrigues de Lima, o “Menininho”, que já se encontrava custodiado no sistema penitenciário.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, foram presos em flagrante José Galdino da Silva e Alberta Maria Sampaio pelo crime de tráfico de drogas. 

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: