Pega ruim para empresas de exportação de frutas do RN a apreensão de cocaína em caixas de mangas

PF apreendeu 1.275 quilos de cocaína no Porto de Natal — Foto: Polícia Federal/Divulgação
A Polícia Federal está investigando para identificar os donos das drogas dentro das cargas de mangas

Na década de 70, as empresas Frunorte (Assu), Maísa (Mossoró) e São João (Mossoró), exportavam milhões de dólares em cargas de mangas e melões, entre outras frutas para serem comercializadas nos EUA e Europa, mas nunca a Polícia Federal e a Receita Federal fizeram qualquer tipo de apreensão de 3,2 toneladas de cocaína, como aconteceu com a exportação de frutas dentro de caixas de mangas esta semana no Porto de Natal que se transformou numa porta de saída do tráfico da droga do RN para o exterior.

Com certeza, a apreensão de grande quantidade de cocaína, suja a imagem de empresa de fruticultura que atuam no mercado de exportação de frutas para a Holanda. É uma mancha que suja a história da fruticultura irrigada potiguar, apesar da notícia divulgada que um total de 13 municípios vão continuar como área livre da mosca das frutas, status que a Furnorte, Maisa e Sãp João, ja detinham naquela época o sinal verde e portanto isso não é algo novo como quer deixar parecer o presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte Luiz Roberto Barcelos, diretor da Agrícola Famosa. 

Apreensão de cocaína em exportação de frutas suja a imagem da fruticultura no RN

Mosca-das-frutas é uma praga que preocupa agricultores, que temem o reflexo nas exportações — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio
Mosca-das-frutas é uma praga que preocupa agricultores, que temem o reflexo nas exportações — Foto: Reprodução/ TV Grande Rio

Em meio ao vendaval de danos provocado pela apreensão da Polícia Federal e da Receita no Porto de Natal de 3,2 toneladas de cocaína em cargas de mangas que seriam exportadas para a Holanda, na Europa, o Governo do RN comandado pela governadora Fátima Bezerra, do PT, informou que o Serviço Agrícola e Pecuário do Chile reconheceu 13 municípios da região Oeste potiguar (veja lista abaixo) como de área livre da mosca-das-frutas, ou seja, propícios para a produção de frutas frescas para exportação.

“A resolução que renova a exportação de frutas frescas para o Chile é de forma significativa o reconhecimento do trabalho efetivo na área livre e isso serve de parâmetro de mercado para outros países como a China por exemplo”, explicou Luiz Roberto Barcelos, diretor da Agrícola Famosa e presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte.

Os municípios que vão continuar livres para a produção de frutas são Mossoró, Assu, Areia Branca, Baraúna, Serra do Mel, Grossos, Porto do Mangue, Tibau, Carnaubais, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues, Afonso Bezerra e Upanema.

Na época da Frunorte e da Maisa, na década de 70, elas se tornaram cidades de área livre da mosca-das-frutas e ja exportavam para a Europa, mas que acabaram falindo e aumentou número de empresas covas no cemitério de fruticultura no Vale do Açu e Mossoró.

Governadora aciona Justiça Estadual para cobrar dívida ativa de R$ 664 milhões

Governadora Fátima Bezerra e o secretário de Tributação do RN

A Secretaria Estadual da Tributação (SET), atendendo a orientação da governadora Fátima Bezerra, do PT, que como líder do governo na Assembléia e deputado do PR, George Soares, encaminhou a listagem dos 120 maiores créditos inscritos na Dívida Ativa.

Para atender a governadora, a Presidência do Tribunal de Justiça encaminhou a listagem dos processos prioritários neste segmento para juízes de todo o Estado. A Justiça Estadual em suas diversas comarcas dará prioridade à tramitação e julgamento de processos referentes à execução fiscal e tributária dos maiores devedores da Dívida Ativa junto ao Estado do Rio Grande do Norte.

Os valores envolvem R$ 664 milhões e correspondem a 120 processos que tramitam em 17 comarcas potiguares, ou seja, na da capital e em 16 circunscrições judiciárias do interior. Empresas de diversos setores da economia como agroindústria, têxtil, alimentos, transportes, pesca, salineira, comércio e exportação figuram entre as que têm débitos a saldar com o Estado do Rio Grande do Norte. O maior crédito a ser recebido pelo Erário Estadual soma quase R$ 38 milhões.

Os processos de execução fiscal tramitam em unidades judiciárias de Natal, Areia Branca, Assu, Caicó, Ceará-Mirim, Cruzeta, Jardim de Piranhas, Macaíba, Macau, Mossoró, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi e Touros.

Até 2020, 9 em 10 servidores podem ter benefício integral

Resultado de imagem para Até 2020, 9 em 10 servidores podem ter benefício integral

Nove em cada dez servidores do Executivo federal que poderão pedir aposentadoria neste e no próximo ano têm direito a benefício integral (ou seja, o último salário da carreira, acima do teto do INSS) e reajustes iguais aos da ativa (paridade), segundo dados fornecidos pelo Ministério da Economia a pedido do Estadão/Broadcast.

Se quiser endurecer as exigências para a aposentadoria desses servidores, o governo precisará agir rápido para aprovar reforma da Previdência.

Dos 136,6 mil que preencherão as condições de aposentadoria em 2019 e 2020, 129 mil têm direito ou estão completando os requisitos de tempo no cargo para pedir o benefício com integralidade e paridade. Em cinco anos, quase todos preencherão as condições atuais de aposentadoria, que exigem 55 anos de mulheres e 60 anos e homens, além do tempo de contribuição.

Ao todo, 238 mil servidores do Executivo federal já têm ou estão adquirindo o direito a essas benesses – é preciso ficar um tempo mínimo no último cargo da carreira, aquele cujo salário valerá para a aposentadoria, além de preencher as idades. Os 129 mil que poderão se aposentar neste e no próximo ano representam 54,2% do total. Idiana Tomazelli e Adriana Fernandes, O Estado de S.Paulo

Leia maisAté 2020, 9 em 10 servidores podem ter benefício integral

Presidente do PSL usou verba eleitoral de R$ 250 mil para contratar empresa do filho

O deputado federal Luciano Bivar (PE), presidente nacional do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, gastou R$ 250 mil provenientes do fundo eleitoral para contratar a empresa de um dos seus filhos durante a eleição de 2018.

Sediada em Jaboatão dos Guararapes (PE), cidade a cerca de 20 quilômetros do Recife, a Nox Entretenimentos está registrada em nome de Cristiano de Petribu Bivar. Foi o segundo maior gasto da campanha dele.

A contratação está na mira da Procuradoria Eleitoral de Pernambuco. Em parecer sobre a prestação de contas de Bivar, o procurador Francisco Machado Teixeira se posicionou pela aprovação com ressalvas das contas e citou a necessidade de se investigar o possível “desvio de finalidade” no gasto destinado à empresa do filho do deputado. Fabio Serapião / O Estado de São Paulo

Leia maisPresidente do PSL usou verba eleitoral de R$ 250 mil para contratar empresa do filho

Oito funcionários da Vale são presos

Resultado de imagem para Oito funcionários da Vale são presos

Oito funcionários da Vale foram presos na manhã desta sexta-feira, 15, em Minas Gerais e Rio de Janeiro. As prisões foram em Belo Horizonte (MG), Itabira (MG) e Rio de Janeiro (RJ). Ao todo, são 14 mandados de busca e apreensão, e oito de prisão. O pedido foi do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). 

O rompimento da barragem de Brumadinho, no dia 25 de janeiro, deixou 166 mortos e 147 desaparecidos até esta quinta-feira, 14, segundo números atualizados da Defesa Civil de Minas Gerais. 

Entre os presos, estão quatro gerentes (dois deles, executivos) e quatro integrantes das respectivas equipes técnicas.  Segundo o MPMG, todos são diretamente envolvidos na segurança e estabilidade da Barragem 1. As prisões temporárias foram decretadas pelo prazo de 30 dias.

Um dos presos nesta sexta-feira é Alexandre Campanha, executivo da Vale, que foi preso na região centro-sul de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Ele prestou depoimento em 7 de fevereiro à força-tarefa que investiga o rompimento da barragem 1 na Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.  Renata Batista , Juliana Diógenes e Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

Leia maisOito funcionários da Vale são presos

Decisão de Gilmar deve levar à prescrição 1ª ação contra suposto operador do PSDB

Uma decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes deve levar o primeiro caso da Lava Jato de São Paulo, que acusa o ex-diretor da Dersa (estatal paulista de rodovias) Paulo Vieira de Souza de desvios de R$ 7,7 milhões em desapropriações no Rodoanel Sul, à prescrição.

No processo, o ex-diretor, conhecido como Paulo Preto, é réu sob suspeita de peculato (desvio de dinheiro público), inserção de dados falsos em sistema de informação e formação de quadrilha. 

A decisão liminar (urgente e provisória) do ministro, assinada na quarta (13), anula a fase final do processo e reabre a possibilidade de produção de provas por parte dos réus, fazendo com que a tramitação seja mais demorada.

Como Paulo Preto completa 70 anos no dia 7 de março, idade em que o tempo para que um possível crime caduque se reduz à metade, as acusações devem prescrever. José Marques –  Folha de São Paulo

Leia maisDecisão de Gilmar deve levar à prescrição 1ª ação contra suposto operador do PSDB

Ibama acusa Vale de dar remédio vencido a animas em Minas Gerais

A mineradora Vale é acusada de fornecer medicamentos vencidos para os animais resgatados dos rejeitos da barragem da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A informação foi dada pela coordenadora-geral de Emergências Ambientais do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Fernanda Pirillo, em audiência pública da comissão externa da Câmara que acompanha o desastre.

“Por incrível que pareça, nos primeiros dias, a Vale tinha providenciado medicamentos vencidos”, afirmou a diretora do Ibama, diante do presidente da Vale, Fabio Schvartsman. A diretora disse que o Ibama aplicou na Vale uma multa diária de 100 mil reais relativa ao descumprimento de normas para o salvamento da fauna.

Segundo ela, os técnicos do Ibama, que chegaram a Brumadinho no dia do rompimento da barragem, 25 de janeiro, em conjunto com o Ministério Público e os órgãos ambientais de Minas Gerais, estão acompanhando o resgate dos animais. São realizadas vistorias nas instalações para resgate e tratamento, na validade dos medicamentos e nos bebedouros artificiais para os animais silvestres. Agencia Brasil

Leia maisIbama acusa Vale de dar remédio vencido a animas em Minas Gerais

Potenciais laranjas receberam R$ 15 milhões de verba pública de 14 partidos

Lista com nomes de candidatos aptos para eleição no colégio Santo Américo, zona sul de São Paulo. Levantamento da Folha descobriu 53 candidatos que receberam mais de R$ 100 mil para financiar suas campanhas, mas saíram das urnas com menos de mil votos

Candidata a deputada estadual pelo Acre, Sônia de Fátima Silva Alves (DEM) é um fenômeno às avessas. Ela recebeu R$ 279,6 mil para fazer campanha, contratou 72 fornecedores e saiu das urnas com apenas seis votos.

Assim como Sônia, outros candidatos com votações pífias receberam ao menos R$ 15 milhões em dinheiro público dos fundos partidário e eleitoral.

Folha cruzou dados da Justiça Eleitoral e descobriu 53 candidatos que receberam mais de R$ 100 mil para financiar suas campanhas, mas saíram das urnas com menos de mil votos. Os candidatos pertencem a 14 diferentes partidos, mas com predomínio do Pros, PRB, PR, PSD e MDB.

Dos 53 candidatos, 49 eram mulheres —o que reforça a suspeita de que as postulantes a cargos eletivos sejam apenas laranjas, como os casos revelados pela Folha nos últimos dias envolvendo o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Isso porque a lei eleitoral obriga que pelo menos 30% dos recursos dos fundos partidário e eleitoral sejam investidos em candidaturas femininas, levando a manobras para atingir a cota, com a criação de postulantes de fachada.
João Pedro Pitombo e Guilherme Garcia – Folha de São Paulo

Leia maisPotenciais laranjas receberam R$ 15 milhões de verba pública de 14 partidos

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: