George Soares não ver nada imoral ou ilegal na lei de férias e 13º salário para deputados

Resultado de imagem para george soares assembleia
Vice-presidente da Assembléia e líder do governo do PT George Soares discorda da governadora Fátima Bezerra

A governadora Fátima Bezerra, do PT, tirou o braço da seringa e não aprovou e não vetou a lei aprovada na Assembleia Legislativa, que regulamenta o adicional de férias e o pagamento de 13º salário para os 24 deputados estaduais do Rio Grande do Norte. O vice-presidente da Assembléia e deputado George discorda da posição da governadora, não acha errado a aprovação da lei.

Na semana passada, o deputado estadual do PR George Soares, atual vice-presidente da Assembléia e líder do governo do RN, afirmou em Assú, a sua terra natal e curral eleitoral da centenária oligarquia dos Soares do Vale do Açu, que a Assembléia não criou um privilégio e que o Governo Federal, as Prefeituras e as Câmaras Municipais já fazem que é pagar férias e o 13º salário.

George explicou que não acha imoral ou ilegal, porque o cidadão comum  que tem carteira assinada tem esse direito.

Escute abaixo a explicação do parlamentar do PR que acha correto ele e seus colegas receberem esse pagamento, discordando da versão apresentada pela governadora Fátima Bezerra, através do seu chefe do gabinete Raimundo Alves, irmão da ex-secretaria de Articulação Institucional do governo Robinson Faria Estela Dantas, que também é assessora do deputado federal Fábio Faria, do PSD. 

Fábio Faria toma chá de sumiço e não defende governo do pai Robinson Faria

Resultado de imagem para governador robinson faria e o seu filho fabio faria g1

O genro do dono do SBT e deputado federal pelo PSD do RN, Fábio Faria, tomou o chá de sumiço, apesar de ter sido reeleito no fim da fila ou melhor no último lugar de um total de oito parlamentares da bancada federal do potiguar.

O ex-governador Robinson Faria que tem sido alvo de fortes e severas critícas da governadora Fátima Bezerra, do PT, não tem recebido até hoje uma defesa robusta e presente do seu filho e deputado Fábio Faria, que deixa a sensação de ter abandonado o próprio pai, alvo até de ataques levianos e irresponsáveis de integrantes do governo do PT que está comprando aliados em troca de empregos e outras vantagens.

O silêncio do deputado federal Fábio Faria tem levantado nos bastidores muitas dúvidas e questionamentos dessa conduta passiva e quais os motivos que estão forçando o destemido e arrogante deputado do PSD a ficar calado e amordaçado. 

Ezequiel reivindica benefícios para municípios da região Seridó

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira (PSDB) protocolou requerimentos na Mesa Diretora solicitando do governo do Estado, obras e programas do Executivo para beneficiar cinco municípios da região Seridó: São José, Caicó, Jardim do Seridó, Florânia e Currais Novos.

Uma das solicitações do deputado é o estudo de viabilidade técnica para a recuperação da barragem Passagem das Traíras, localizada na divisa dos municípios São José do Seridó, Jardim do Seridó e Caicó.

“A barragem Passagem das Traíras é uma das mais importantes do Estado, fazendo parte da bacia do rio Piranhas-Açu, tendo barrado o rio Seridó. Ela é utilizada para o abastecimento de água da zona Urbana de Jardim do Seridó e zona Norte de Caicó.

A água do reservatório é utilizada, também, na criação de peixes e em atividades recreativas. No entanto, a barragem construída há 24 anos apresenta riscos de rompimento, tendo em vista os problemas em sua estrutura física”, justifica o deputado Ezequiel.

Leia maisEzequiel reivindica benefícios para municípios da região Seridó

Governadora Fátima Bezerra se recusa sancionar lei do 13º e férias para deputados estaduais

A governadora Fátima Bezerra (PT) não sancionou e nem vetou a lei aprovada na Assembleia Legislativa, que regulamenta o adicional de férias e o pagamento de 13º salário para os 24 deputados estaduais do Rio Grande do Norte. O prazo para que a governadora do Estado se pronunciasse a respeito do tema terminou na quarta-feira (20).

A governadora do RN se pronunciou nesta quinta (21) por intermédio do chefe do Gabinete Civil do governo, Raimundo Alves, que se reuniu com a governadora Fátima Bezerra e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), a quem foi comunicado a decisão governamental.

Raimundo Alves informou que no encontro, a governadora do Estado explicou ao deputado que apesar do parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE) “avaliar como constitucional, a situação política e financeira do Estado não permite que o projeto de lei que estabelece o pagamento do 13º e de um terço de férias aos deputados estaduais”.

Juiz bloqueia bens no valor de R$ 100 mil do prefeito de Natal Alvaro Dias

Resultado de imagem para alvaro dias natal g1

O juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, acatou pedido de tutela de urgência requerida pelo Ministério Público Estadual e decretou a indisponibilidade dos bens do ex-deputado estadual e atual prefeito de Natal, Álvaro Costa Dias, e do servidor Breno Fernandes Valle, no limite do valor de R$ 100.016,64, nos autos de uma Ação de Responsabilização pela Prática de Atos de Improbidade Administrativa em que se apura a prática de contratação de “funcionário fantasma”.

O montante é referente aos valores recebidos por Breno Valle. O magistrado determinou que a quantia seja indisponibilizada paulatinamente sobre o patrimônio dos réus, na proporção de 50% para cada um, até que seja obtido o montante.

Denúncia

O MP instaurou Inquérito Civil visando apurar a suposta condição de “funcionário fantasma” atribuída a Breno Fernandes Valle, no âmbito da Assembleia Legislativa do RN, em razão de este haver recebido remuneração proveniente do órgão sem a efetiva prestação do serviço respectivo.

O Ministério Público afirma que Breno Valle foi lotado no gabinete de Álvaro Dias, à época deputado estadual, em regime de 40 horas semanais, porém não trabalhava efetivamente na Assembleia Legislativa, mas, sim, na UFRN, todos os dias, em ambos os turnos.

Leia maisJuiz bloqueia bens no valor de R$ 100 mil do prefeito de Natal Alvaro Dias

Com aval da Lava-Jato, PF prende ex-presidente Michel Temer em São Paulo

Resultado de imagem para temer e henrique alves
Lava-Jato prende Temer, mira Padilha, Moreira Franco e ‘bancada de Cunha’ e amigos de Henrique Eduardo Alves, no Congresso

Com base na delação do operador do PMDB Lúcio Funaro, homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a força-tarefa da Lava-Jato está nas ruas do Rio, São Paulo, Brasília e Porto Alegre, prendeu na manhã desta quinta-feira o ex-presidente Michel Temer.

Agentes da Polícia Federal ainda buscam o ex-ministro da Casa Civil Eliseu Padilha e Moreira Franco. A ordem dos mandados de prisão é do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. A delação de Funaro foi homologada no dia 5 de setembro de 2017.

A colaboração de Funaro, homologada pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no STF, à qual o GLOBO teve acesso, tem 29 anexos que narram em detalhes como teria funcionado o esquema de corrupção no Congresso, chefiada por caciques do antigo PMDB como os ex-presidentes da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, preso em Curitiba, e Henrique Eduardo Alves, além dos ex-ministros Geddel Vieira Lima (preso há 6 meses), Moreira Franco e do ex-vice governador do Distrito Federal Tadeu Filippeli, que foi assessor especial do gabinete de Temer. Chico Otavio e Daniel Biasetto – O Globo

Leia maisCom aval da Lava-Jato, PF prende ex-presidente Michel Temer em São Paulo

Ministros do STF discordam de inquérito aberto por presidente do Supremo Toffoli 

Ministros do STF

O inquérito aberto por Toffoli na semana passada é motivo de discordâncias entre ministros do próprio Supremo, sobretudo por dois fatores: por ele ter instaurado o inquérito de ofício (sem provocação de outro órgão), sem pedir providências ao Ministério Público, e por designar Alexandre de Moraes para presidi-lo sem fazer sorteio ou ouvir os colegas em plenário.

“O objeto deste inquérito é a investigação de notícias fraudulentas (fake news), falsas comunicações de crimes, denunciações caluniosas, ameaças e demais infrações revestidas de ‘animus caluniandi, diffamandi ou injuriandi’, que atingem a honorabilidade e a segurança do Supremo Tribunal Federal, de seus membros bem como de seus familiares”, escreveu Moraes em seu despacho.

A apuração inclui “o vazamento de informações e documentos sigilosos, com o intuito de atribuir e/ou insinuar a prática de atos ilícitos por membros da Suprema Corte, por parte daqueles que tem o dever legal de preservar o sigilo; e a verificação da existência de esquemas de financiamento e divulgação em massa nas redes sociais, com o intuito de lesar ou expor a perigo de lesão a independência do Poder Judiciário”.

Foram designados dois delegados para atuar no caso: Alberto Ferreira Neto, da Polícia Federal, e Maurício Martins da Silva, da Polícia Civil de São Paulo.  Camila Mattoso e Thais Bilenky – Folha de São Paulo

Leia maisMinistros do STF discordam de inquérito aberto por presidente do Supremo Toffoli 

Investigação de fake news contra STF identifica suspeitos e PF faz buscas

Ministros do STF

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (21) dois mandados de busca e apreensão para apurar ataques e fake news contra ministros do Supremo Tribunal Federal

A operação ocorre em Alagoas e em São Paulo. A Folha antecipou que o STF havia identificado suspeitos e que a equipe de investigação sairia às ruas nesta quinta-feira.

Os investigadores buscam tirar do ar as contas nas redes sociais de dois dos autores identificados no caso e visam recolher computadores e aparelhos usados por operadores dessa rede.

Um guarda civil metropolitano de Indaiatuba, no interior de São Paulo, e um advogado já foram identificados pela equipe que atua no inquérito como suspeitos de estarem por trás das ações.

O presidente do STF, Dias Toffoli, instaurou o inquérito, que corre em sigilo, no último dia 14, e designou o ministro Alexandre de Moraes seu relator. Desde então, houve uma redução dos ataques dirigidos aos ministros, segundo pessoas que acompanham o caso. Folha de São Paulo

Leia maisInvestigação de fake news contra STF identifica suspeitos e PF faz buscas

Com Cerval fechada, Associação de produtores de Linda Flôr começa a construir mini fábrica de queijo em Assú

O presidente Cleudon da Mata e seus auxiliares da Cerval, o ex-vereador Leosvaldo Paiva e o cérebro da maracutaia Antonio Andrielio Leandro de Lima, um dos suspeitos da quadrilha da gafanhoto, em reunião com o presidente Roberto Coelho

Enquanto a governadora Fátima Bezerra, do PT e o secretário Mineiro, libera para o super secretário Nuilson Pinto, o Pavão, mais de R$ 4 milhões para comandar projeto de irrigação no Diba no Alto do Rodrigues, na conta bancária da entidade, a Associação de produtores de Leite de Linda Flor, formada por dezenas de pequenos produtores rurais, começa a construir uma mini fábrica de queijo e iogurte nas imediações da comunidade de Santa Clara em Assú e deverá receber uma bolada boa e recheada de grana do governo do RN, para tocar a mini fábrica que está quase pronta e se habilitar a embolsar uma fortuna de dinheiro a fundo perdido.

Por outro lado, o prefeito do Assú Gustavo Soares com a ajuda do seu irmão e deputado estadual George Soares, e o presidente do SESCOOP/RN, Roberto Coelho, continuam a enganar o vereador Junior do Trapiá e o presidente da Cerval Cleudon da Mata, com promessa de reativar a Cooperativa de Desenvolvimento Sustentavel Rural do Vale do Assu – Cerval, que estão com as portas fechadas e com os equipamentos de sua mini fábrica de queijos e iogurtes se deteriorando por falta de manutenção.

O atual presidente da OCB/RN e do SESCOOP/RN, Roberto Coelho, está enganando a população do Assú, desde que trouxe com seu amigo e chefe da tribo do clá Ronaldo Soares, a Credivale, uma cooperativa de crédito que deu calote financeiro em centenas de famílias que confiaram no pai do atual deputado George Soares e do prefeito Gustavo Soares, depositando suas economias para depois serem roubadas descaradamente.

Lucílio e Jarbas da Princesa FM apoiam acordo espúrio e imoral do PR com o PT do Assú

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas
Para Lucílio Filho e Jarbas Rocha, os dois principais comunicadores nada está errado na cidade e o Assu virou um paraíso nas mãos do prefeito Gustavo Soares e do seu irmão deputado George Soares

O governo do RN, no comando da governadora Fátima Bezerra, inaugurou a fase mais hedionda prática política que é o toma lá dá cá, sem ética e sem escrúpulo moral nenhum.

A cidade do Assú, a aproximadamente 200 quilômetros de Natal, é um exemplo dessa bandalheira que tomou conta da política do Estado após o acordo espúrio e imoral do PT da governadora e do senador Jean Paul Prates, com o PR do presidente estadual e deputado federal João Maia e o PROS da sua irmã e senadora Zenaide Maia, esposa do atual secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Jaime Calado, cunhado do chefe do PR.

A aliança política entre duas legendas no município do Assu, provoca vergonha até nos defuntos enterrados nos cemitérios da cidade, com o descaramento político dos principais líderes do PT assuense com a sindicalista imaculada do SINTE/RN E assessora especial da governadora Inês Almeida e do menino de recado de João e Zenaide Maia, o deputado George Soares.

No rol desse jogo sujo está também o presidente do partido Volclene Bezerra, ex-petroleiro Luiz Carlos, Sá Cachina, Paulo Morais e seu irmão, o petroleiro Jailton Morais. O presidente da CDL João Nogueira ameaçou deixar a legenda do PT mas recuou e desistiu de sair do partido que se prostituiu. Nesse caldeirão, hoje não se sabe quem é quem, o que defende de bom e puro para a política do Assu, se é que isso existe realmente.

A turma ai, não tem vergonha nenhuma e o imparcial diretor da Princesa FM Lúcílio Filho, está por trás disso tudo. Ele não condena o PT se vender por um cargo de secretário municipal de Agricultura. Para Lucilio, é normal, o deputado George Soares, conseguir com o PT um emprego para o sogro.

O radialista chefe da Princesa FM age como guru político apoiando tudo isso, mas essa conduta não o envergonha de jeito nenhum e o radialista Jarbas Rocha caminha na mesma direção achando tudo isso muito normal e gritando nos microfones que é imparcial, mesmo recebendo uma mesada no gabinete do deputado do PR.

Pois diga!!!

Governo do PSDB/SP usa carne de frigorífico interditado na merenda escolar

Cozinha de escola estadual em SP; fornecedores foram suspensos por fraude

A gestão do governador João Doria (PSDB) firmou contrato de fornecimento de carne para a merenda escolar com três frigoríficos que tiveram atividades suspensas pelo Ministério da Agricultura. O produto de ao menos uma das empresas continuou a ser entregue a colégios estaduais mesmo após a aplicação da penalidade.

O ministério informou à Folha que determinou a suspensão das atividades dos frigoríficos após constatar fraude econômica.

Embora não tenha detalhado a natureza das autuações, fraude econômica consiste em comercializar um produto diferente do que o que foi combinado –por exemplo, vender carne de segunda como se fosse de primeira, ou misturar rejeitos à carne.

Os três frigoríficos com atividades suspensas respondem pelo fornecimento da maior parte das carnes servidas aos alunos do estado desde o ano passado.

São eles: NS Alimentos, que fornece carne de porco e coxão mole; Centroeste, que tem contratos para carne moída; e Fridel, com contrato para patinho e coxão mole, e que foi reaberto nesta quarta (20). Angela Pinho – Folha de São Paulo

Leia maisGoverno do PSDB/SP usa carne de frigorífico interditado na merenda escolar

Assu perde para ABC e o Camaleão pode ser rebaixado

Jogadores do ABC comemoram gol de Ivan

O ABC fez o suficiente para vencer o Assu por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Frasqueirão. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos 10 pontos e segue na quarta posição do returno do Campeonato Potiguar.

Os gols da vitória foram marcados por Ivan e Maurício. Jânio Daniel descontou para o Camaleão do Vale, que tem cinco pontos, na sexta colocação.

O Camaleão é o último colocado na classificação geral, com 10 pontos, e precisa da vitória sobre o América-RN na última rodada. Mesmo assim, ainda dependerá dos resultados de Santa Cruz de Natal e Força e Luz.

TRE condena Robinson Faria por entrega de duas ambulâncias em Santo Antônio

TRE apontou que Robinson Faria teve candidatura beneficiada por cerimônia de entrega das ambulâncias — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O ex-governador do estado Robinson Faria (PSD) e o seu candidato a vice, Sebastião Couto (PR), foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) por conduta vedada nas eleições do ano passado. O TRE atendeu uma denúncia do Ministério Público Eleitoral. A condenação aponta que Robinson teve a sua candidatura beneficiada de forma irregular por uma cerimônia de entrega de duas ambulâncias ao município de Santo Antônio durante o período eleitoral.

Foram condenados também na decisão o prefeito de Santo Antônio, Josimar Custódio, o ex-secretário estadual de Saúde, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho, e a Coligação Trabalho e Superação (formada pelo PRB, PTB, PR, PPS, PMB, PTC, PSB, PRP, PSDB, PSD, Avante e Pros).

Todos foram sentenciados a pagar multas individuais no valor de 10 mil Unidades Fiscais de Referência (Ufir).

O advogado de defesa do ex-governador, Felipe Cortez, informou que enviou recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recorrendo da decisão e que está confiante.

A representação do MP Eleitoral comprovou que o secretário usou camisa da cor da campanha do então governador, bem como o prefeito de Santo Antônio, constando nos autos foto dele fazendo o número 55, exatamente o de Robinson Faria nas urnas. Nas redes sociais, a solenidade de entrega das ambulâncias foi divulgada com a hashtag #todoscomrobinson55.

Em seu acórdão, o TRE/RN destacou que, em relação à “entrega das mencionadas ambulâncias, indubitavelmente, ficou fartamente comprovado o uso promocional vedado”. Essa mesma irregularidade também é parte de uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) – ainda não julgada – de autoria do MP Eleitoral e que requer a condenação dos envolvidos por abuso de poder político e econômico. Essa Aije pode resultar na inelegibilidade dos réus pelo prazo de oito anos.

Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte

Presidente da Câmara disse que projeto anticrime de Moro é ‘copia e cola’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebe o ministros Sergio Moro (Justiça), que apresentou pacote anticrime pelo governo federal e pelo ministério de Moro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), desqualificou o projeto anticrime apresentado pelo ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), dizendo que o texto é um “copia e cola” de proposta sobre o mesmo tema que foi apresentada no passado pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

Ao chegar à Câmara, Maia mostrou irritação com o ministro ao chamá-lo de “funcionário do presidente Jair Bolsonaro” e dizer que ele “está confundindo as bolas”.

“O funcionário do presidente Bolsonaro? Ele conversa com o presidente Bolsonaro e se o presidente Bolsonaro quiser ele conversa comigo. Eu fiz aquilo que eu acho correto [sobre a proposta de Moro]. O projeto é importante, aliás, ele está copiando o projeto direto do ministro Alexandre de Moraes. É um copia e cola. Não tem nenhuma novidade, poucas novidades no projeto dele”, disse em resposta a um questionamento sobre se Moro estava se intrometendo na Câmara.

Incomodou Maia o fato de Moro ter dito na manhã desta quarta que seu projeto poderia tramitar ao mesmo tempo que a Previdência na Câmara. Talita Fernandes e Angela Boldrini – Folha de São Paulo

Leia maisPresidente da Câmara disse que projeto anticrime de Moro é ‘copia e cola’

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: