Com governadora Fátima contra reforma, empresário do RN investe no Paraguai

O pré-candidato à Presidência da República, Flávio Rocha, durante debate presidencial realizado pelo jornal Correio Braziliense, em Brasília (DF) - 06/06/2018

No evento de empresários que ocorre em Campos do Jordão (SP), segundo o jornalista Maurício Lima, da coluna Radar, da revista VEJA,  há um assunto predominante nas rodas informais.

Alguns desses senhores estão investindo no Paraguai.

O custo, os impostos e a burocracia são muito menores. Flávio Rocha, do grupo Riachuelo, é um deles. A governadora do  RN acha bonito dizer que é contra a reforma e o governo Bolsonaro.

Enquanto isso, a governadora Fátima Bezerra, do PT, com sua trupe, ficam falando besteira e mentindo com apoio da chamada grande imprensa comprada, mas que se acha dona da verdade que mente mais que o diabo, como por exemplo dizer que aconteceu redução da violência e da criminalidade ou redução nos casos de dengue.

PF mira suspeitos na Receita de acessar dados sigilosos de Bolsonaro

Família Bolsonaro na política

A Receita Federal informou nesta sexta-feira (5) que acionou a Polícia Federal após identificar o acesso de dois servidores a informações fiscais do presidente Jair Bolsonaro e integrantes de sua família.

De acordo com o fisco, foi aberta uma sindicância no órgão para apurar as circunstâncias nas quais esse acesso foi feito.

“A sindicância concluiu que não havia motivação legal para o acesso e, por esta razão, a Receita notificou à Polícia Federal ao mesmo tempo em que iniciou procedimento correicional, visando apurar responsabilidade funcional dos envolvidos”, informou, por meio de nota.

O órgão não deu mais informações sobre os servidores ou sobre quais parentes de Bolsonaro tiveram os dados acessados. Folha de São Paulo

Leia maisPF mira suspeitos na Receita de acessar dados sigilosos de Bolsonaro

Crivella recebeu US$ 1,5 milhão para apoiar Paes, diz Cabral

Este é Marcelo Crivella

O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) afirmou nesta sexta-feira (5) que o prefeito Marcelo Crivella (PRB) recebeu US$ 1,5 milhão para apoiar Eduardo Paes (DEM) no segundo turno da eleição municipal de 2008.

De acordo com Cabral, Paes sabia da negociação e participou do encontro que precedeu o pagamento. Segundo o emedebista, preso desde novembro de 2016, o responsável por pagar a quantia foi o empresário Eike Batista.

O ex-governador é interrogado na ação penal da Operação Ponto Final, que investiga propina paga por empresários de ônibus. Ele é acusado de cerca de R$ 145 milhões do setor.

Cabral mencionou Crivella ao comentar o caixa dois de R$ 6 milhões pago por esses empresários a Paes naquela disputa. Italo Nogueira – Folha de São Paulo

Leia maisCrivella recebeu US$ 1,5 milhão para apoiar Paes, diz Cabral

Bancada federal do RN liquida plano de reeleição do prefeito de Natal

O prefeito de Natal Álvaro Dias que nos últimos dias, fez a maior farra com dinheiro do contribuinte ja vista na história da cidade, como contratando por mais de R$ 3 milhões artistas famosos como Claudinha Leite, Alexandre Pires e bandas nacionais para animar festas e a Inter TV Cabugi ainda fazer propaganda de festa de graça, ficou uma fera com a bancada federal do RN com o corte de R$ 24 milhões de uma emenda impositiva destinada, para a construção do Terminal Turístico da Redinha.

Revoltado com o golpe, o prefeito que é doido para se reeleger, começa a ter sérias dificuldades e apostava que o Terminal seria uma das grandes obras da atual administração. Foram os seguintes integrantes da bancada federal que votaram a favor do corte de recursos para a Redinha: deputado Rafael Motta (PSB), que coordena a bancada federal potiguar; os senadores Zenaide Maia (PROS) e Styvenson Valentim (Podemos) e os deputados Benes Leocádio (PRB), Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD), Generão Girão (PSL) e João Maia (PR).

O secretário de Turismo, Fernando Fernandes, que inclusive gosta de viajar as custas do dinheiro público e esteve em Portugal a poucos dias, sob o pretexto de ampliar fluxo turístico para Natal, é outro que ficou revoltado com os deputados federais que assim acabam com a possibilidade dele alçar voos mais altos na política do RN.

Prefeito de quinta do Assú atende na clínica dele de ortopedia as quintas e sextas em Mossoró

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Aviso na clínica de Gustavo em Mossoró, terra de Beto Rosado, revela que o prefeito do Assu atende aos pacientes na quinta a tarde e na sexta-feira pela manhã

O prefeito do Assu Gustavo Soares, vulgo “Prefeito de Quinta”, irmão do deputado do PR e líder da governadora Fátima Bezerra, do PT, George Soares, que após pegar na caneta do cofre da Prefeitura do Assu em 2017, construiu uma luxuosa clínica de ortopedia em Mossoró, abandonando mesmo a cidade e os 15 vereadores assuenses ainda dizem amém a tudo que esse perigoso Jacarezinho vem fazendo, desobedecendo a lei e desrespeitando impunemente o Ministério Público, atende a tarde de todas as quintas-feiras na terra do deputado federal Beto Rosado, do PP,  e na sexta-feira pela manhã, segundo aviso divulgado pela própria clínica. 

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

O prefeito Gustavo Soares, recebe mensalmente  R$ 18 mil reais por mês, fora as outras mordomias as custas do dinheiro público, como diárias e todas as despesas pagas com grana da Prefeitura do Assú ou seja de impostos pagos pelo povo. A noiva do prefeito do Assu e futura esposa dele ganha R$ 7 mil e também mora em Natal com o seu futuro companheiro.

Debate sobre isenção do IPVA mobiliza entidades durante audiência em Jucurutu

Empenhado para que um número cada vez maior de pessoas que tem direito à a isenção do IPVA de motocicletas destinada a pequenos proprietários, produtores e trabalhadores rurais tenham conhecimento e acesso ao benefício, o deputado Nelter Queiroz (MDB) realizou mais uma audiência pública sobre o tema. Desta vez em Jucurutu, que sediou o debate realizado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta sexta-feira (5), lotando a Câmara Municipal.

O deputado reuniu a população e representantes do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Tributação (SET), Câmara, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e outras entidades. O benefício implantado por meio do artigo 8º, inciso XIV, da lei estadual 6967/96 é limitado a um veículo por beneficiário. Ainda ontem (4) foi realizada audiência pública na Câmara de Vereadores de Triunfo Potiguar sobre o mesmo tema e outras cinco audiências estão agendadas para acontecer.

“Não estamos defendendo nada ilegal, mas a regularização dessas motos para o homem do campo e da cidade”, esclareceu o parlamentar, que agradeceu o apoio da governadora Fátima Bezerra, pela sensibilidade à proposta. De acordo com o deputado, as blitzen irão continuar, mas o Governo orientou a não reter os veículos cujos proprietários detenham o documento, mas que estão com o imposto atrasado.

A orientação será que regularizem. Outro ponto destacado pelo parlamentar foi que a governadora determinou à Secretaria de Tributação que acompanhasse os pedidos de isenção das pessoas que se encaixam no benefício da lei.

Leia maisDebate sobre isenção do IPVA mobiliza entidades durante audiência em Jucurutu

Sem apoio de Cocó de Zé Deus, Vereador Valdson deve abandonar projeto de reeleição

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Delkiza Cavalcante, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Vereador Valdson aqui os colegas Xavier e Delkiza que não fazem oposição ao prefeito Gustavo Soares, apesar da conversa fiada no rádio para enganar o povo

O vereador Valdson Bezerra, já não tem mais a mesma tesão e deverá abandonar o projeto político de poder de continuar na vida pública como homem integrante do Poder Legislativo, mas o ex-vereador Breno Lopes, tem lutado para ele não desistir, mas o novo dono de uma restaurante na cidade, já explicou que pretende se aliar ao governo do prefeito do Assu Gustavo Soares, irmão do deputado do PR e líder do governo na Assembléia, George Soares, para as eleições do próximo ano se continuar com sua atuação política.

Valdson não pretende trair o ex-prefeito Ivan Júnior e por isso, quer desistir logo, porque já tem mais apoio do seu amigo e empresário Cocó de Zé de Deus, homem forte no mundo dos negócios, para continuar bancando as despesas da campanha eleitoral

Ele tem dito aos amigos que vai cuidar do seu negócio de venda de comida e alimentação, mas tudo pode acontecer e o deputado do PR George Soares anda com sede de atrair o vereador Valdson apenas para fazer raiva ao ex-vereador Breno que ate agora tem sido o seu único obstáculo para não ter deixado Ivan falando sozinho.

Presidente Bolsonaro afirma que poderá acabar com horário de verão

Bolsonaro recebeu jornalistas para café da manhã no Palácio do Planalto — Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que este ano o Brasil não terá o horário de verão e sinalizou que para o futuro a tendência é que a mudança nos relógios seja eliminada do calendário do País. “Tomei a decisão que neste ano não teremos horário de verão”, disse Bolsonaro durante café da manhã com jornalistas.

Esta semana, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, informou que a pasta vai finalizar nos próximos dias os estudos sobre o tema. O material será entregue ao presidente Bolsonaro, que decidirá em caráter definitivo pela continuidade ou não do horário de verão no País.

Segundo o ministro, a decisão tem que ser tomada neste momento e não leva em conta apenas dados econômicos, mas outros fatores como sobrecarga e picos de consumo, por exemplo.

Karume faz promessa para subir o Pico do Cabugi se Pavão for o candidato a prefeito do Assu

O secretário Nuilson Pinto de Medeiros, o Pavão, tem um currículo nada com características republicanas. Ele é rfesponde a processos por corrupção e peculato na época do governo do ex-prefeito Ronaldo Soares, o perigoso e diabólico Jacaré, que quer dar a Prefeitura do Assu, de presente ao seu homem de confiança e da sua patota.

O Pavão é tio do empresário Karume Nascimento, ex-sócio do deputado e líder da governadora Fátima Bezerra, do PT, que também tem um currículo cheio de processo que responde nas Comarcas de Mossoró, Assu e muitas outras espalhadas pelo interior do RN, está fazendo até promessa de subir o Pico do Cabugi para que o prefeito Gustavo Soares, desista para que Nuilson seja o candidato a prefeito em 2020.

Vereador Junior do Trapiá enganado e rendido por Gustavo Soares prejudica Cerval

undefined
O perigoso filhote do Jacaré, engana vereador Júnior do Trapiá com promessa de reabrir portas da Cerval

Com a rendição do vereador Junior do Trapiá ao prefeito Gustavo Soares e a seu irmão, George Soares, deputado do PR e líder da governadora Fátima Bezerra, do PT, a situação da Cooperativa de Desenvolvimento Sustentavel Rural do Vale do Assu – Cerval, que está fechada e falida, se agrava a cada dia, com a enrolação do presidente da OCB/RN e do SESCOOP/RN, Roberto Coelho, que vem colocando uma chupeta na boca do presidente da Cerval e ex-vereador Cleodon da Mata.

A postura subserviente do vereador Júnior do Trapiá para ficar calado para não criticar os desmandos do governo Gustavo Soares por um suposto convênio para reabrir as portas da Cerval e colocá-la para funcionar, não passa de um engodo dos irmãos Soares, com ajuda do ex-prefeito Ronaldo Soares, que é amigo do presidente Roberto Coelho.

Cleudon vive com o pires na mão ha dois anos pedindo apoio de Roberto Coelho

A História do Assu registra que Roberto Coelho e Jacaré ja trouxeram até a Credivale, uma cooperativa de crédito para Assu e que acabou ficando (roubando) com o dinheiro dos correntistas e da população que foi confiar na orientação dessa dupla. As pessoas depositaram o dinheiro deles numa conta da Credivale e nunca mais virão a grana de volta.

Prêmio “Prefeito enganador” é sugestão do povo para doutor Gustavo Soares

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Com a divulgação do resultado do Sebrae, muitos leitores do Blog do VT, enviaram uma frase de consolo para o prefeito do Assu Gustavo Soares, irmão do deputado George Soares, que ficou de fora da premiação do Prefeito Empreendedor do RN.

“Não tem problema não ele vai ganhar o prêmio “Prefeito enganador”, diz a frase para o prefeito que garantiu criar a guarda municipal do Assu e outras promessas de ações que até hoje não foram cumpridas. O prefeito Gustavo Soares está com medo de disputar a reeleição e adota postura dúbia: não sabe se vai ou não.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, terno
Deputado George Soares deve pedir ao seu primo e vice-governador Antenor Roberto para vir entregar esse outro prêmio de “Prefeito Enganador” a Gustavo Soares em Assu

O secretário Nuilson Pinto, o Pavão, que responde a diversos processos por corrupção e outras práticas nocivas a administração pública, é o principal homem de confiança e da patota do ex-prefeito Ronaldo Soares, o Jacaré.

Os leitores sugerem que o prêmio de “Prefeito Enganador” seja entregue ao prefeito do Assu Gustavo Soares por seu primo e vice-governador do RN Antenor Roberto. 

Gustavo Soares perde prêmio Prefeito empreendedor do RN

Deputado George Soares vai acabar culpando o ex-prefeito Ivan Júnior pela incompetência e insucesso do prefeito do Assu e seu irmão, Gustavo Soares

O prefeito do Assu Gustavo Soares, do PR, é mesmo um fracassado como administrador público que abandonou a sua cidade, depois de enganar o seu povo com promessas mirabolantes e mentirosas em praça pública na campanha eleitoral de 2016, contando com a ajuda do seu irmão e deputado e atual líder da governadora Fátima Bezerra, do PT, na Assembléia, George Soares, nesse projeto de poder familiar e consolidação da oligarquia. 

A Prefeitura do Assu perdeu a disputa e não participou ontem da solenidade de entrega da 10ª Premiação Prefeito Empreendedor, que no Estado recebe o nome de Prêmio Governador Cortez Pereira – evento promovido pelo Sebrae em reconhecimento aos gestores municipais que desenvolvem projetos para o crescimento econômico e social dos municípios.

O vice governador Antenor não teve o prazer de ver seu primo , o prefeito do Assú Gustavo Soares, entre os homenageados

Dos 28 municípios finalistas, sete foram premiados: Maxaranguape, Bom Jesus, São Francisco do Oeste, Serra Negra do Norte, Currais Novos, São Gonçalo do Amarante e Rodolfo Fernandes.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sentadas
Prefeito Gustavo Soares em reunião com o Diretor Regional do Sebrae – Fernando de Sá Leitão e Carlos Henrique – Veterinário e Consultor do Sebrae.

O prefeito Gustavo Soares não conseguiu se igualar ao ex-secretário estadual de Recursos Hídricos Ivan Júnior que foi o único prefeito da história do Assu que  até hoje ganhou o prêmio Prefeito empreendedor.

O ex-secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura do Assu, Luiz da Funerária, diz ter certeza que o irmão do deputado George Soares, não ganhou o prêmio, porque o prefeito Gustavo Soares não colocou o projeto da Feira da Lua como carro chefe por ciume, para que ele, Luiz não aparecesse.

Pode?

Toffoli retira julgamento sobre prisão em segunda instância no STF

Resultado de imagem para Toffoli julgamento

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, decidiu adiar o julgamento das ações que discutem a constitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância, inicialmente previsto para a próxima quarta-feira, dia 10.

A decisão atende a um pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para que a nova direção do Conselho Federal possa se inteirar do tema. Não há uma nova data para a análise das ações.

A atual jurisprudência do STF permite a prisão após sentença condenatória em segundo grau, mas este era um dos temas mais delicados da pauta deste ano.

Em abril de 2018, por seis votos a cinco, o plenário decidiu que a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era constitucional. Na ocasião, a ministra Rosa Weber ressalvou ser contra a execução antecipada da pena, mas optou por respeitar a jurisprudência do tribunal.

Leia maisToffoli retira julgamento sobre prisão em segunda instância no STF

Temer e filha viram réus por lavagem de dinheiro

Resultado de imagem para Temer e filha viram réus por lavagem de dinheiro em SP

A Justiça Federal de São Paulo aceitou ontem (4) a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e tornou réus o ex-presidente da República, Michel Temer, e sua filha, Maristela Temer, sob acusação do crime de lavagem de dinheiro. Também tornaram-se réus pelo mesmo delito João Baptista Lima Filho, conhecido como coronel Lima, e sua esposa, Maria Rita Fratezi, controladores da empresa Argeplan.

Segundo a denúncia do MPF, Maria Rita Fratezi e Maristela Temer, entre os anos de 2013 a 2015, sob a orientação e comando do ex-presidente Temer e do coronel Lima, teriam ocultado e dissimulado a origem de R$ 1,6 milhão, empregando o valor na reforma da residência de Maristela , na capital paulista.

De acordo com a acusação, o montante não pertencia a filha de Temer e foi obtido em decorrência de crimes contra a administração pública praticados pela empresa Argeplan.  A defesa do ex-presidente Michel Temer disse em nota que a denúncia do MPF não é baseada em provas idôneas e é “infame”.

Bolsonaro anuncia 13º do Bolsa Família

O presidente Jair Bolsonaro faz transmissão ao vivo ao lado dos ministros de Segurança Institucional (GSI), General Augusto Heleno, da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e da intérprete de libras, Elizângela Castelo Branco.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou hoje (4) que o governo pagará o 13º benefício do Bolsa Família no final deste ano. A medida está entre as metas dos primeiros 100 dias de governo e será oficialmente anunciada na próxima semana, em um evento no Palácio do Planalto.

“O 13º do Bolsa Família será anunciado na semana que vem, para atingir diretamente os mais necessitados. O recurso virá do combate a fraude [no programa]”, afirmou Bolsonaro, durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook.

custo total com o pagamento extra do benefício de combate à miséria será de R$ 2,5 bilhões, como já havia estimado o ministro da Cidadania, Osmar Terra. O Bolsa Família é pago a mais de 13 milhões de famílias pobres do país.

PSDB e PSD declaram apoio à reforma da Previdência

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, debate a Previdência com políticos do PSDB. À esquerda, o presidente Nacional do PSDB, Geraldo Alckmin.

O PSD e o PSDB apoiam uma reforma da Previdência para o país, mas devem manter a independência em relação ao governo federal. Os presidentes dos dois partidos estiveram ontem (4) no Palácio do Planalto para uma primeira rodada de diálogos do presidente Jair Bolsonaro em busca de apoio à aprovação da reforma enviada ao Congresso em fevereiro.

De acordo com o presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, para o partido, a reforma precisa ser justa com todos os trabalhadores, combater privilégios e acabar com o déficit fiscal.

Em busca de apoio para a aprovação da reforma da Previdência, nesta quinta-feira, Bolsonaro recebeu os presidentes do PRB, PSD, DEM, PP, PSDB e MDB. Outro seis presidentes partidários serão recebidos no Palácio do Planalto: Podemos, PR, PSL, Novo, Avante e Solidariedade. Os encontros ocorrerão nas próximas terça e quarta-feira.

Venezuela, Cuba e Moçambique devem mais de R$ 2 bilhões ao Brasil

Resultado de imagem para fatima e lula e dilma
Governadora Fátima podia pedir a sua amiga e senadora Gleise presidente do PT para cobrar de Cuba e Venezuela o pagamento da divida

Os governos de Venezuela, Cuba e Moçambique acumulam dívidas de mais de R$ 2 bilhões em empréstimos concedidos no Brasil pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O dinheiro foi liberado pelo órgão para financiar obras de infraestrutura.

Os contratos – estimados hoje em quase R$ 14 bilhões – foram assinados durante os governos dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff. A atual governadora do RN Fátima Bezerra, do PT, ainda não tem vergonha na cara de apoiar o ditador Maduro e soltar fogos de artificios para Cuba, mas não faz movimento para que os ditadores realizem o pagamento da dívida que quitaria as folhas salariais atrasadas no Estado potiguar.

As parcelas das dívidas em atraso somam R$ 2,3 bilhões, segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. A informação foi confirmada pelo banco ao Jornal Nacional.

Essas operações funcionam da seguinte maneira: o BNDES desembolsa recursos no Brasil, em reais, para a empresa brasileira responsável pela obra ou pela exportação de bens e serviços ao país estrangeiro. Quem paga o financiamento, com juros em dólares, é o país que ganhou o empréstimo.

Leia maisVenezuela, Cuba e Moçambique devem mais de R$ 2 bilhões ao Brasil

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: