Alunos e servidores da UFRN e do IFRN protestam contra cortes na Educação

Estudantes e servidores do IFRN e UFRN protestam contra cortes no orçamento das instituições — Foto: Rafael Barbosa/G1

Alunos e servidores de diferentes campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) e da Universidade Federal do Rio Grande do Norte protestaram nesta quarta-feira (8) contra os cortes orçamentários anunciados pelo Governo Federal. O ato começou em Natal, no cruzamento entre as avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira, em frente ao Campus Central do Instituto.

Por volta das 17h os manifestantes saíram em caminhada pela Avenida Salgado Filho, no sentido Zona Sul. Com faixas e cartazes, eles entoaram cantos e frases em defesa da educação e da ciência. O grupo fez nova parada na altura do Natal Shopping, na BR-101, bloqueando novamente o trânsito. O protesto foi encerrado por lá, pouco depois das 20h.

Juntas, UFRN, IFRN e Ufersa tiveram cortes anunciados de R$ 101 milhões no orçamento. Em entrevista ao G1, a reitora da UFRN, Ângela Paiva, afirmou que com o corte no orçamento a instituição deverá demitir 1.545 servidores terceirizados e suspender parcial ou totalmente suas atividades ainda em setembro deste ano.

O IFRN também terá dificuldade de manter a estrutura dos campi. De acordo com o professor Márcio Azevedo, pró-reitor de Pesquisa e Inovação que está respondendo pela instituição, uma das áreas afetadas é a manutenção das unidades.

TRT leiloa casa em Natal por R$ 850 mil para pagar dívidas trabalhistas

Casa Leilão.jpg

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) promove mais dois leilões de bens penhorados pelas Varas do Trabalho de Natal e do interior, para pagamento de dívidas trabalhistas.

Os leilões serão realizados no próximo dia 30 de maio, a partir das 10h da manhã, no salão de eventos do Hotel Majestic (Av. eng. Roberto Freire, 3800 – Ponta Negra).

Entre os bens que serão leiloados, destacam-se uma casa na rua desembargador Antonio Soares, 1252, no Tirol, avaliada em R$ 1 milhão e 700 mil, com dois pavimentos (259m²  de área construída), 3 quartos, suíte, terraço na parte superior, dependência, piscina e garagem para dois carros, com lance inicial de R$ 850 mil.

Decreto dá direito a porte de arma a políticos e jornalistas

BRASILIA, DF,  BRASIL,  07-05-2019, 16h00: O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado de deputados favoráveis à projetos de flexibilização do controle de armas, durante assinatura de decreto presidencial que flexibiliza regras para atiradores esportivos, caçadores e colecionadores de armas. No Palácio do Planalto. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)

O governo de Jair Bolsonaro divulgou nesta quarta (8) o texto do decreto assinado na terça (7) que flexibiliza as regras sobre o direito ao porte —transportar a arma consigo, fora de casa ou do local de trabalho— de armas e munições no país.

Entre as mudanças, novas categorias ficam autorizadas a transportar armas, como políticos com mandato e jornalistas da cobertura policial.

Adolescentes não precisam mais de autorização judicial para praticar tiro, e a quantidade de munição que pode ser comprada centuplicou.

Armas mais letais deixaram de ser de uso restrito das forças de segurança, como a .40 e a 9 mm —na prática, somente armas de calibre utilizado para caçar animais de grande porte ficam restritas. Thaiza Pauluze e Rogério Pagnan – Folha de São Paulo

Leia maisDecreto dá direito a porte de arma a políticos e jornalistas

Tribunal determina que Michel Temer volte para a prisão

Prisão e soltura de Michel Temer

O TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) decidiu nesta quarta-feira (8), por dois votos a um, que o ex-presidente Michel Temer (MDB), 78, beneficiado com um habeas corpus ao final de março, voltará para a prisão.

A Primeira Turma Especializada, formada pelos juízes federais Abel Gomes, Paulo Espírito Santo e Ivan

O tribunal determinou que a decisão seja comunicada imediatamente à 7ª Vara Criminal, comandada pelo juiz Marcelo Bretas, para que as prisões sejam restabelecidas. Como o magistrado está em férias, prazo para que os envolvidos se apresentem e o local de cumprimento da pena será definido pela juíza federal Caroline Figueiredo.

A expectativa é de que isso ocorra nesta quinta-feira (9).  Ana Luiza Albuquerque =  Folha de São Paulo

Leia maisTribunal determina que Michel Temer volte para a prisão

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: