Secretária de Saúde do Assu pede para funcionário acompanhar prefeito na cidade e não ficar com falta

A secretária Municipal de Saúde Viviane Lima, está impondo um regime de terror aos funcionário da Prefeitura do Assu praticamente coagindo-os a acompanhar o prefeito na cidade e assim, passar para o público a idéia de que ele tem apoio dos servidores.

Segundo o áudio enviado por servidor que preferiu ficar no anonimato, temendo represália e perseguição, os funcionários tem que sair da Farmácia dos postos de saúde, da marcação de consulta às ações da Saúde para que  acompanhe o prefeito segundo pedido da Secretaria de Saúde. Escute audio abaixo

José Dirceu e Eduardo Cunha dividem cela em Curitiba

Entenda o processo da condenação de José Dirceu

O ex-ministro José Dirceu, que foi preso novamente na sexta (17), está dividindo a cela com o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha no Complexo-Médico Penal, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná.

Todos os 38 detentos da Lava Jato e de outros crimes ligados à corrupção que estão no presídio foram transferidos da Galeria 6 para uma ala do hospital penitenciário do complexo. Agora, eles não dormem mais em dois presos por cela. Os detentos dividem o novo espaço com outras seis pessoas.

A transferência foi feita na quinta (16). Os colchões estão distribuídos no chão e os pertences pessoais colocados em cima de caixotes. Cada cela do espaço, que antes era a enfermaria do hospital, tem um banheiro com um chuveiro e uma privada.

Dirceu e Cunha dividem o espaço com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari, o ex-senador Gim Argello e outros três presos.

Atualmente são 868 detentos no CMP. O presídio foi projetado com 599 vagas, mais 60 no hospital penal. A Galeria 6 já foi ocupada com outros presos do complexo. Folha de São Paulo

Relator da reforma da Previdência espera apresentar parecer até 15 de junho

Relator da reforma da Previdência, dep. Samuel Moreira (PSDB - SP)

O deputado Samuel Moreira (PDSB-SP), relator na comissão especial que analisa a reforma da Previdência (PEC 6/19), afirmou nesta segunda-feira (20) que apresentará o seu parecer sobre a proposta de reforma da Previdência até o próximo dia 15 de junho. Ele disse que ainda não tem nenhuma versão pronta e que está analisando as diferentes avaliações sobre o texto do Executivo.

“Estamos trabalhando em cima do projeto que o governo enviou e vamos continuar assim. Se houver alterações, será apresentado um substitutivo, como sempre ocorreu na Casa, sem nenhum problema”, afirmou. Segundo ele, não há nenhum desentendimento no colegiado.

Moreira reuniu-se nesta tarde com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e outros integrantes da equipe econômica. Ao final do encontro, o ministro manifestou apoio ao relator e reiterou o desejo do governo Bolsonaro de que a reforma seja aprovada sem alterações. O texto do Executivo prevê uma economia superior a R$ 1,2 trilhão em dez anos, considerada fundamental por Guedes.

“Estamos confiantes no trabalho do relator, estamos confiantes do trabalho do Congresso”, afirmou o ministro. “Estamos otimistas quanto ao compromisso de aprovar a reforma com a potência fiscal necessária para desbloquear o horizonte de investimentos no Brasil nos próximos 10, 15 anos, para retomar o crescimento e conseguir estabilidade, que é o grande objetivo.”

Agência Câmara Notícias 

Leia maisRelator da reforma da Previdência espera apresentar parecer até 15 de junho

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: