JUSTIÇA condena Coronel Fernandes

A justiça tarda, capenga, balança, mas não falha. Esse é um fato que deveria ser sabido por todos os brasileiros que se aventuram nas redes sociais e fazem delas um verdadeiro campo de batalha, distribuindo ofensas, julgamentos e falsas informações como se a internet fosse uma “terra sem lei”. A justiça brasileira porém, parece discordar.
Exemplo disto, o juiz José Dantas de Paiva (Relator do processo) condenou no “Recurso Eleitoral Nº 366-26.2016.6.20.0030 – Classe 30ª” nesta semana o ex-candidato derrotado a vice-prefeito de Macau, Coronel Fernandes, a pagar uma multa no valor de pouco mais de 5.320,00 (cinco mil trezentos e vinte reais) ao atual Prefeito Tulio Lemos, por ter descumprido determinação da justiça em condenação antecedente. Coronel Fernandes havia sido condenado à ceder direito de resposta, nas redes sociais, por ter divulgado durante a campanha de 2016 uma série de informações falsas que o fizeram ir parar na justiça e causou todo este embrolio quase três anos depois.
Este é mais um exemplo de que a justiça segue enrijecendo e intensificando sua atuação em casos semelhantes e que pretende cada vez menos deixar “a bagunça rolar solta” nas redes sociais.
A redação ouviu um dos advogados interessados no caso que disse: “Esse é só um das dezenas de processos que entramos na justiça e que agora começam a dar resultado. Vem muito mais por aí. As pessoas precisam saber que rede social não é terra sem lei, estamos no Brasil, seja nas ruas ou no Facebook, todos, inclusive um Coronel da polícia militar, estão abaixo da lei e responderão na medida e intensidade com que os tribunais acharem necessário. Várias outras condenações estão pra sair agora. O que é algo bom, pois esperamos que traga alguma paz para os envolvidos, mas poderia ter sido melhor se tivesse vindo antes, as ofensas continuam, e os processos continuarão também. Todos irão responder.” Finaliza.
O blog está aberto para que os envolvidos se pronunciem.
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: