RN EM GREVE: Servidores estaduais iniciam paralisações

Resultado de imagem para greve rn

Após os agentes penitenciários terem deliberado que não se apresentariam mais para trabalhar sob o regime de diárias operacionais até que o Governo do Estado definisse um calendário para pagar as diárias atrasadas, Polícia Civil e servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) também têm planos para paralisar as atividades ao longo desta semana.

Desde a semana passada, os agentes penitenciários já haviam deliberado por não se apresentar ao serviço nos dias de folga pagos por meio de diárias operacionais. De acordo com a presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindasp), Vilma Batista, há diárias do mês de maio e junho em atraso, sem perspectivas de pagamento. De acordo com ela, os agentes continuam se apresentando nos maiores complexos prisionais do Estado, como a Penitenciária Rogério Coutinho Madruga (Pavilhão 5 de Alcaçuz), para garantir a ordem no sistema prisional. A partir desta terça-feira (23), no entanto, os agentes vão dar início à Operação Padrão, realizando a quantidade mínima de procedimentos.

“A pauta é bem maior do que diárias. Amanhã vamos entrar no procedimento de Operação Padrão, em que todas as atividades só serão realizadas com efetivo suficiente, e isso significa que alguns procedimentos vão deixar de ser feitos”, diz Vilma Batista. De acordo com ela, os agentes vão continuar prestando apenas os serviços de alimentação, socorro médico e cumprimento dos alvarás de soltura.

Os agentes reivindicam, além do pagamento das diárias operacionais e salários em atraso, uma reposição salarial e reforma estatutária. Além disso, estão em processo de negociação com o Governo a respeito da alimentação dos agentes, que foi interrompida após o fim do contrato com a empresa que prestava o serviço. “A sugestão apresentada foi a de dar dois vales diários de alimentação para os agentes, que passam 24 horas em serviço. Isso é um absurdo, porque como pode os presos receberem as três refeições diárias e os agentes não terem o direito a se alimentar durante turnos de 24 horas?”, questionou a presidente do Sindicato.

Leia maisRN EM GREVE: Servidores estaduais iniciam paralisações

Câncer ósseo: o diagnóstico precoce é a garantia de um tratamento eficaz

Apesar de raro e representar 2% do total de cânceres diagnosticados, o câncer ósseo incide, principalmente, em crianças e adolescentes, possuindo um alto índice de mortalidade. O reconhecimento precoce, a partir dos primeiros sinais relatados pelo paciente, é a melhor forma de prevenir a doença e garantir qualidade de vida e até a cura.

‘‘O câncer ósseo acomete qualquer parte do osso, na maioria dos casos em braços, coluna, coxa e bacia. Esse acometimento pode ocorrer diretamente no osso, chamado de tumor ósseo primário. No segundo tipo, o secundário, é um câncer que está no osso, mas veio especialmente da mama, pulmão e próstata, ou seja, ocorreu o desenvolvimento do tumor em outros órgãos, e em seguida espalhou-se para os ossos’’, explica o oncologista do Hapvida, Rodrigo Jerônimo.

Para o ex-paciente, Antônio Queiroz, o dia 21 de julho se tornou ainda mais especial, porque além de comemorar o aniversário dele, a data marca também a cura do câncer, descoberto em meados de 2015. ‘‘Eu comecei sentindo fortes dores na região do ílio, um osso localizado no quadril. Achei que era dor muscular pelo fato das atividades físicas. Mas, não’’, disse o empresário.

Leia maisCâncer ósseo: o diagnóstico precoce é a garantia de um tratamento eficaz

ANTT suspende resolução com novas regras para cálculo de frete mínimo

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou hoje (22), em reunião extraordinária, suspender cautelarmente a resolução que trata da aplicação da nova tabela para cálculo do piso mínimo de transporte de cargas, em vigor desde o dia 20. Com a suspensão das novas regras, a ANTT determinou que ficam valendo as regras anteriores, aprovadas ainda em 2018, até nova decisão da agência reguladora.

A decisão atendeu a um pedido do Ministério da Infraestrutura que, no dia 21 encaminhou um ofício a agência relatando ter observado insatisfação de grande parte dos caminhoneiros decorrente de “diferenças conceituais entre o valor do frete e o piso mínimo”, o que poderia levar a nova paralisação no setor.

Também pesou na decisão da agência reguladora, as informações sobre uma possível nova paralisação dos caminhoneiros. “Considerando que a política instituída na legislação teve como objetivo reduzir a instabilidade nas relações com o setor de transporte rodoviário de cargas, bem como evitar que hajam prejuízos sociais e econômicos, é prudente que seja suspensa cautelarmente a resolução até que seja resolvido o impasse com o setor”, disse o relator do pedido, conselheiro Davi Barreto, em seu voto.

Leia maisANTT suspende resolução com novas regras para cálculo de frete mínimo

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: