Solicitações de Nelter buscam benefícios para Angicos, Caicó, Currais Novos, Florânia e Jucurutu

Uma série de solicitações demandadas pelo deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), na Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte (ALRN), buscam viabilizar benefícios para Angicos, Caicó, Florânia e Jucurutu, municípios localizados nas regiões Seridó e Central do Estado.

Os requerimentos do parlamentar, encaminhados aos órgãos competentes, pleiteiam: melhorias estruturais na BR-226 em Jucurutu; recapeamento asfáltico de todo trecho urbano da RN-118 em Caicó; envio de palma forrageira para agricultores de Florânia e implantação de Central do Cidadão no município de Angicos no prédio do CSU.

“Para nossa Jucurutu, solicitamos à Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) que implante semáforo na BR-226 no trevo de acesso ao bairro Freitas, que reloque uma faixa de pedestres para as imediações da Escola Estadual Newman Queiroz, que implante a sinalização horizontal na entrada do bairro Abraão Lopes e que instale passarelas para pedestres na ponte Francisco Batista Lula”, frisou.

CURRAIS NOVOS

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) encaminhou ofício nº 100/2019 ao gabinete do deputado estadual Nelter Queiroz, na ALRN, comunicando atendimento de pleito. Na oportunidade, o documento assinado pelo diretor comercial e de atendimento da Companhia, João Alves de Medeiros, informou que no mês de abril deste ano 40% das residências com ligações ativas em Currais Novos tiveram suas contas d’água – referentes ao mês de março de 2019 – dispensadas em virtude da irregularidade do abastecimento hídrico do município.

Assembleia recebe homenagem nos 100 anos da Associação Comercial e Industrial de Mossoró

A Assembleia Legislativa participou na última sexta-feira (23) da celebração dos “100 Anos da Associação Comercial e Industrial de Mossoró (ACIM)” e na ocasião, representada pelo deputado Dr. Bernardo (Avante), recebeu reconhecimento como instituição parceira da ACIM ao longo do centenário da entidade.

“Do algodão ao petróleo. Das máquinas às pessoas. Das primeiras reuniões à FICRO, uma das maiores feiras potiguares. A ACIM está na lista das grandes associações empresariais brasileiras. Merece nossa reverência pelos ideais de grandes homens, de Delfino Freire a Nilson Brasil, este bravo defensor do progresso mossoroense, ao atual presidente, José Carlos Lins.”, enfatizou o deputado.

A entidade criada em 8 oito de junho de 1919, pelo empresário Delfino Freire, tinha o objetivo de participar ativamente no desenvolvimento de Mossoró. Na época, a Associação buscou a construção da estrada de ferro e a implantação do Banco do Brasil na cidade.

Leia maisAssembleia recebe homenagem nos 100 anos da Associação Comercial e Industrial de Mossoró

Sob risco de colapso, CNPq financia um terço da ciência nacional

Resultado de imagem para cnpq

Pelo menos seis em cada dez trabalhos de brasileiros publicados em 2017 com aporte de recursos de agências de fomento à ciência tiveram verba do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) –agência federal ligada ao Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações que, sem recursos, pode ser paralisada nas próximas semanas.

As informações foram coletadas na base internacional de periódicos Web of Science, a mesma utilizada na coleta de dados do RUF (Ranking Universitário Folha). Foram considerados os estudos científicos publicados em 2017 com pelo menos um autor ligado a instituições de ensino e pesquisa do Brasil. Quem informa se o estudo publicado teve apoio de agências de fomento são os próprios autores.

Os dados mostram 21.569 novos trabalhos acadêmicos de pesquisadores do Brasil desenvolvidos com verba do CNPq em 2017. Isso representa um terço de toda a ciência do país no mesmo ano. Para se ter uma ideia, são quase 60 novos trabalhos por dia de cientistas brasileiros com participação da agência federal.

Em um deles, por exemplo, os pesquisadores brasileiros exploraram a aplicação de células-tronco em doenças cardíacas — a principal causa de morte no Brasil. Apenas em 2017, há 51 estudos novos especificamente sobre zika vírus com financiamento do CNPq. Praticamente uma nova descoberta sobre a doença por semana.

A verba destinada a essas pesquisas pode, por exemplo, ter sido usada para comprar insumos e equipamentos de laboratório para experimentos. O CNPq também paga diretamente bolsas de pesquisa a pós-graduandos –uma espécie de salário para que cientistas em formação se dediquem exclusivamente a suas pesquisas. Um bolsista de doutorado recebe R$ 2.200 mensais do CNPq. O valor não é reajustado há seis anos.

O problema é que o CNPq não terá mais recursos, a partir de setembro, para pagar os cerca de 80 mil bolsistas financiados pelo órgão. Antes disso, o órgão já havia congelado as bolsas “especiais”, voltadas para quem já é cientista e tem alto nível de produção acadêmica, caso de quem está no pós doutorado. O aporte à realização eventos científicos também foi suspenso.

Leia maisSob risco de colapso, CNPq financia um terço da ciência nacional

MÁ GESTÃO: Itajá também está na lista com uma péssima colocação no IGM/CFA


A cidade de Itajá também está na lista do ranking do IGM-CFA, com uma péssima colocação, na 84º lugar, de um total de 122 municípios, com pontuação 5,48.

O Índice CFA de Governança Municipal consiste em uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho, é elaborado a partir de dados secundários, e considera áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, violência dentre outras.

Analisando o perfil da cidade, o BLOG DO VT detectou que na gestão de Finanças, o município governado pelo prefeito Alaor Pessoa, peca no investimento per capita (saúde/educação) por não atingir a meta, e mais ainda, no custo do legislativo, que a meta é 73,82 e em 2018 atingiu o valor 108,42. Na Gestão, ele ultrapassa a meta para os comissionados.

Ezequiel Ferreira visita a Liga Mossoroense contra o Câncer

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), cumpriu agenda neste domingo (25) em Mossoró. O parlamentar conheceu as instalações da Liga Mossoroense de Combate ao Câncer, referência no tratamento oncológico na região Oeste potiguar.

“A Liga faz um trabalho de excelência, sendo fundamental atualmente para a saúde pública potiguar. Viemos conhecer principalmente as demandas da unidade, para que possamos trabalhar juntos em busca de melhorias”, disse Ezequiel, que foi recebido pelo médico Paulo Henrique Monte, diretor da Liga, e por Dr. Cury Medeiros, responsável pelo início do trabalho da Liga na Capital do Oeste.

Na oportunidade, a diretoria da Liga enfatizou a importância da unidade obter credenciamento para cirurgia pediátrica e oncológica. A medida possibilitará estender os serviços na região, melhorando a assistência no que diz respeito ao tratamento e também reduzindo o deslocamento de pacientes para outras unidades.

Para se ter uma ideia da importância do trabalho realizado pela Liga Mossoroense, a instituição já realizou, apenas no primeiro semestre de 2019, mais de 4,5 mil atendimentos de quimioterapia. Com duas unidades de atendimento, a Liga é representada pelo Hospital da Solidariedade e a Casa de Saúde Santa Luzia. As unidades atendem usuários de 64 municípios da região.

Também acompanharam a visita os vereadores de Mossoró, Sandra Rosado, João Gentil, Alex do Frango, Genilson Alves, Aline Couto, Zé Peixeiro e Maria das Malhas, além da ex-deputada estadual Larissa Rosado.

FALTA COMPETÊNCIA: Cidade de Carnaubais está com 4,87 no índice IGM/CFA e no fim da fila do grupo 1


O prefeito de Carnaubais, Thiago Meira, que é bom só em enganar a população, maquiando as redes sociais com a melhor gestão da região, agora foi desmascarado no ranking do IGM/CRA, pois o município está na 106ª colocação de um total de 122 municípios.

O Índice CFA de Governança Municipal consiste em uma métrica da governança pública nos municípios brasileiros a partir de três dimensões: Finanças, Gestão e Desempenho, é elaborado a partir de dados secundários, e considera áreas como saúde, educação, gestão fiscal, habitação, recursos humanos, transparência, violência dentre outras.

Depois de uma análise detalhada no IGM, o prefeito Thiago Meira, agora não vai mais ter como enganar a população com sua lábia mole, e jogar nas redes sociais as mentiras que está acostumado a contar.

No item finanças, obteve a nota 2,89, com a análise de disponibilidade de recursos e Gestão fiscal dos municípios. Em gestão foi o desastre, 5,35, na categoria de comissionados, pois a meta estipulada pelo IGm é de 3,64, e o município gastou quase sete vezes mais, com 28,77.

Padre é preso suspeito de abuso sexual de adolescentes no RN

Resultado de imagem para marcelino vieira

Mandado de prisão preventiva foi cumprido no último sábado (24) em Marcelino Vieira, no Oeste potiguar. Polícia Civil identificou pelo menos 4 vítimas com idades entre 13 e 16 anos.

Um padre de 41 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável e exploração sexual de adolescentes em Marcelino Vieira, na região Oeste potiguar. O mandado de prisão preventiva contra ele foi cumprido no último sábado (24), pela Polícia Civil do município, com apoio da Polícia Militar.

Segundo as investigações, o homem teria praticado os crimes de estupro de vulnerável e exploração sexual contra quatro adolescentes com idades de 13 a 16 anos. Dois dos quatro garotos são irmãos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o padre esteve à frente da Paróquia de Marcelino Vieira entre os anos de 2009 e 2012, quando se afastou por questões políticas. Atualmente, exercia a função de padre da Igreja Veterocatólica do Brasil, e afirmou que trabalha na evangelização no nordeste do país.

Os crimes foram descobertos no início do mês de agosto, mas o suspeito só foi preso agora, porque estava fora da cidade, segundo o delegado Paulo Cesário, responsável pelo caso.

“A mãe de um dos meninos flagrou uma troca de mensagens do padre com o filho dela, em que marcavam um encontro. Ela foi conversar com o filho e ele contou que o padre tinha encontro com ele, com o irmão e mais dois colegas”, contou.

Como um dos adolescentes tinha menos de 14 anos, o padre deverá responder ao crime de estupro de vulnerável. No caso dos outros garotos, como já tinham entre 14 e 16 anos, o crime em que ele pode ser enquadrado é o de exploração sexual de menores, explicou o delegado. Para ter os encontros com os garotos, o padre dava dinheiro para eles.

Após ser ouvido na delegacia, o religioso foi encaminhado para o Sistema Prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

*Com informações do G1 RN

Vaga no STF? No STJ, quatro ministros só pensam nisso

Resultado de imagem para decano celso de mello

Ainda falta algum tempo para a saída de Celso de Mello do Supremo, mas a disputa pela cadeira dele já move moinhos no Superior Tribunal de Justiça.

Pelo menos quatro ministros passaram a paparicar generais do Planalto em busca de uma aproximação com Jair Bolsonaro. O decano do Supremo completará 75 anos em novembro do ano que vem.

*Por Robson Bonin.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: