Ex-prefeito é condenado a quatro anos de reclusão por crime de responsabilidade no RN

O ex-prefeito de Cangueretama, Wellinson Carlos Dantas Ribeiro, foi condenado por crime de responsabilidade a quatro anos e dois meses de reclusão em regime semiaberto. A sentença judicial foi obtida em ação penal movida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). A condenação ainda inclui a perda de cargo público e a inabilitação para o exercício de cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos.

Na peça de acusação, o MPRN demonstrou que o réu, na condição de prefeito de Canguaretama, entre 2009 e 2010, admitiu 689 servidores públicos municipais em detrimento dos candidatos aprovados nos concursos públicos referentes a dois editais. O ato contrariou expressamente a Constituição Federal e leis municipais. O MPRN apurou que o Município possuía em seu quadro 814 funcionários contratados. Destes, 689 foram admitidos a partir de 2009, início do mandato do denunciado que apresentou cópias de 299 contratos temporários. Asim, no mínimo, 339 foram efetivados de modo verbal.

Em contrapartida, as contratações teriam sido realizadas em plena vigência de dois concursos públicos municipais, realizados na gestão anterior à de Wellinson Ribeiro. Ressalte-se que os dois certames tiveram vigência até março de 2010 e abril de 2010. E com o agravante de o denunciado ter deixado de prorrogar a validade de um deles por mais dois anos.

O Ministério Público também apontou que as contratações ilegais foram viabilizadas a partir de decreto executivo que suspendeu os efeitos de portaria editada pelo gestor anterior que nomeou vários candidatos aprovados nos certames. Adicione-se a isso o fato de que o então gestor tomou como base lei municipal, cujo objeto era regulamentar a contratação temporária de excepcional interesse público, de forma retroativa, sem listar a quantidade e especificidade dos cargos que pretendia contratar.

Assim, efetuou centenas de contratações para atividades permanentes da administração, de forma indiscriminada e para os mais diversos cargos, inclusive remunerando parte dessas pessoas com valor inferior ao salário-mínimo. Tais atos viabilizaram uma quantidade de contratações temporárias sem precedentes no Município e frustraram a expectativa legítima de centenas de pessoas que se submeteram democraticamente a concurso e almejavam o acesso aos mais diversos cargos públicos.

*Justiça potiguar

Prefeito de Nova Cruz terá o apoio do PSDB em 2020

Flávio de Beroz disputará á reeleição e terá Ezequiel Ferreira no palanque

O prefeito Flávio de Beroz (MDB) foi recebido nesta sexta-feira (30) pelo presidente do PSDB Potiguar, Ezequiel Ferreira de Souza. O prefeito de Nova Cruz, maior cidade do Agreste Potiguar terá a parceria do presidente da Assembleia Legislativa.

Em 2016, Flávio foi eleito vice-prefeito na chapa de Targino Pereira, falecido esse ano. Flávio vem fazendo uma gestão diferenciada e tem feito o pagamento em dia dos servidores, dentro do mês trabalhado.

Ezequiel quer fortalecer o PSDB no Agreste Potiguar e iniciou uma articulaçao em Nova Cruz. Lideranças e vereadores vão fortalecer a legenda. O vice de Flávio deve sair do PSDB.

Flávio apontou ações de pavimentação e melhorias para a população de Nova Cruz. O prefeito também apresentou ao deputado uma programação cultural para celebrar os 100 anos de Nova Cruz, em dezembro próximo.

Câmara Municipal do Assú contrata empresa de Apodi para serviços de recuperação e conservação

A Câmara Municipal do Assú, comandada pelo Francisco de Assis Souto, mais conhecido como TÊ, que recentemente entrou com um processo contra o município para ter benefícios de férias e décimo terceiro (confira aqui), adquiriu uma briga silenciosa com o prefeito de Assú, Gustavo Soares.

De forma sutil, Tê age contra o prefeito, já que ingressou com a ação nas vias judiciais, e silenciosamente, promove reuniões politicas imaginando criar uma terceira força, e garantir um toma lá dá cá nas eleições de 2020, que o favoreça.

Desde que assumiu a presidência, os comerciantes do municipio não conseguem vez na execução dos serviços para a Câmara Municipal, agora foi a vez de uma empresa da cidade de Apodi, e irá pagar a bagatela de 33 mil reais, para a ARCO EMPREENDIMENTOS E SERVICOS EIRELI, que tem como proprietário, JERFFESON MOREIRA GAMA, na prestação de serviço de recuperação e conservação das instalações da câmara.

Esse tipo de contratação fragiliza a economia do municipio, pois na cabeça das pessoas, não há como entender que uma empresa de Assú não consiga ter um preço melhor que uma empresa que terá de arcar além do serviço, com hospedagem, refeição e transporte, pois estarão executando um trabalho fora de seu domicilio.

Mas já que a cidade não tem um gestor que dê bons exemplos, o presidente da casa legislativa, Tê, segue o exemplo de Gustavo, e trata com descaso as empresas locais, e consequentemente, com seus donos, que integram a população da cidade.

O medo que Ivan Júnior causa a Ronaldo Soares e sua trupe


Nos bastidores da política do Assú, não se fala em outra coisa, a não ser, o medo que Ronaldo Soares e sua trupe, nutrem pelo ex prefeito Ivan Junior, desde que foi divulgada pesquisa interna, feita peal W. Câmara, em que o ex prefeito lidera corrida contra o atual prefeito do Assú.

O primeiro motivo, é que desde que Ivan foi eleito prefeito em 2009, mostrou que não seria o fantoche manipulado pelas mãos de Ronaldo e George Soares, fato que acontece hoje, já que Gustavo não governa, e sim, seu pai e seu irmão.

O segundo motivo que tira o sono deles, é que Ivan Junior entrou na história com a maior derrota em números, que foi imposta a seu filho, George Soares em 2012, e assim, o deputado é lembrado até hoje, com a maior derrota já vista na cidade, com mais de 10 mil votos de diferença.

O terceiro motivo, é que Ivan Junior sendo o candidato, nunca perdeu campanha em Assú contra eles, sempre ganhou de George Soares, e hoje, Ivan em todas as pesquisas mostra o seu favoritismo, mesmo sem governo e sem Assembleia, e isso, está tirando o sono do jacaré.

Com a proximidade das eleições, o medo aterroriza Ronaldo, George e Gustavo, que já estão entrando em desespero, porque Ivan tem baixa rejeição, e por causa de seu trabalho, que deu a ele o título de melhor prefeito que Assú já teve.

Os ânimos na cidade do Assú já estão acirrados, porque por mais que a gestão do prefeito turista, engane o povo e compre as emissoras de rádio, a população está enxergando o que não está sendo feito, e estão se rebelando contra essa péssima administração, denunciando e criticando – o diariamente nas redes sociais.

Fachin nega mais um habeas corpus para tirar Lula da cadeia

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou nesta quinta-feira (29) mais um pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para reconhecer a suspeição dos procuradores da Operação Lava Jato e determinar a soltura do ex-presidente.

No habeas corpus protocolado em 12 de agosto, a defesa de Lula alegou que supostas mensagens divulgadas pelo site The Intecept Brasil e por outros órgãos de imprensa confirmam que os procuradores atuaram ilegalmente para acusar Lula.

Segundo Fachin, a soltura foi rejeitada pela Segunda Turma da Corte, em junho, e a questão deve ser decidida definitivamente, no mérito.

“Sendo assim, prima facie, sem prejuízo de ulterior reapreciação da matéria no julgamento final do presente habeas corpus, indefiro a liminar. Por tais razões, deixo de acolher o pedido de produção de provas.”, decidiu.

Desde abril do ano passado, Lula cumpre provisoriamente, na Superintendência da Polícia Federal no Paraná, pena de oito anos, 10 meses e 20 dias por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá (SP).

Agência Brasil

Pesquisa classifica Tóquio como a cidade mais segura do mundo

Um grupo de pesquisa da revista britânica The Economist designou Tóquio como a cidade mais segura do mundo na sua última lista revisada bienalmente.

A equipe anunciou o Índice de Cidades Seguras 2019, na quinta-feira (29). O relatório classifica as principais cidades do mundo com base em avaliações de 50 indicadores, incluindo taxas de crime e mortes causadas por desastres naturais.

A capital japonesa ficou em primeiro lugar entre 60 cidades na classificação de 2019 pela terceira vez consecutiva desde o primeiro relatório publicado em 2015.

Tóquio recebeu alta pontuação por conta do planejamento de prevenção de desastres, assim como baixos níveis de crimes violentos e infecção de vírus de computação.

Leia maisPesquisa classifica Tóquio como a cidade mais segura do mundo

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: