Audiência aponta ações que garantem comercialização da Agricultura Familiar

As alternativas para a comercialização da Agricultura Familiar na região Seridó passam por ações de assistência técnica, acesso ao crédito, associativismo em cooperativas, compra direta, incentivo à comercialização em feiras e certificação dos produtos. Essa foi a conclusão a que chegou a audiência pública realizada nesta segunda-feira (2), no plenário da Câmara de Vereadores de Caicó, por proposição do deputado Francisco do PT.

“A preocupação em discutir esse tema decorre da necessidade de garantir aos agricultores familiares da região os mecanismos necessários de garantia da comercialização da produção de agricultores e agricultoras, como forma de proporcionar geração de renda, garantindo a permanência dos trabalhadores no campo. No Seridó a maior parte da produção agrícola é oriunda da prática da Agricultura Familiar. Aqui na região existem 13 mil estabelecimentos rurais, sendo 77% da Agricultura Familiar, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”, destacou o deputado Francisco.

Durante as exposições o secretário estadual da Agricultura Familiar, Alexandre Lima, falou nas estratégias para a inserção dos produtos dos agricultores e agricultoras nos mercados e ainda destacou a importância do Programa Estadual de Compras da Agricultura Familiar e Economia Solidária (PECAFES), criado pela Lei 10.536/19.

Leia maisAudiência aponta ações que garantem comercialização da Agricultura Familiar

FAMINTO POR DINHEIRO: Prefeito do Assú vai gastar 700 mil reais com escritório de advocacia


O prefeito do município de Assú, o jacarezinho, Gustavo Soares, contrato a empresa HOLANDA SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA, para Despesa com serviços especializados, mediante interposição de medida judicial ou administrativos para recuperação dos Royalties do Petróleo, devidos pela ANP, ao município do Assú.

Com o olho gordo, o prefeito turista, está faminto por dinheiro no ano que antecede a corrida eleitoral para Prefeitura do Assú, e por isso, vai gastar a quantia de 700 mil reais com advogados para brigar por mais dinheiro dos royalties. Gastar é com ele mesmo, agora devolver os recursos em benefícios para a população é que ninguém vê, falta medicamentos e profissionais na saúde, falta pagar reajustes ao funcionalismo, dentre tantos outros problemas que são denunciados diariamente pela população nas redes sociais.

Só que o prefeito Gustavo não sabe, mas em muitas prefeituras da Paraíba e outros estados, o TCE está julgando irregular tanto a licitação como os contratos para recuperação de royalties, e se o TCE do Rio Grande do Norte levar em consideração tantos julgamentos contrários a esse objeto de licitação, é provável que Gustavo seja também condenado.

O turista que foi eleito prefeito do Assú é bem treinado pelo Jacaré, seu pai, adora pagar contratos milionários, e esbanjar gastos com recursos que são da população do Assú, a uma empresa que tem sede em Brasília, mas os telefones são com prefixo do Pernambuco.

MEC vai cortar recurso da Capes e federais terão mesmo orçamento

Resultado de imagem para mec

Ministério da Educação decidiu cortar pela metade o orçamento da Capes, responsável por manter a maior parte das bolsas de mestrado e doutorado no País. Para 2020, foram reservados somente R$ 2,2 bilhões para a instituição frente os R$ 4,3 bilhões previstos neste ano. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, diz que a medida foi necessária para garantir que as universidades federais tenham, no ano que vem, quase o mesmo montante de recursos destinados em 2019 para custear suas atividades.

“Quase tudo vai ficar igual ou melhor. O único lugar que teremos de apertar e vai aparecer número ruim será na Capes. Vai sair o número, o pessoal vai gritar, mas será resolvido”, disse o ministro ao Estado.

Neste ano, a Capes, que é a principal financiadora de pesquisas de pós-graduação do País, já sofreu com o contingenciamento de recursos e precisou congelar milhares de bolsas que seriam oferecidas a novos pesquisadores. O valor projetado no orçamento de 2020 da Capes, porém, é insuficiente para manter até mesmo bolsas atualmente em andamento.

Segundo Weintraub, o ministério busca uma forma de evitar que bolsistas fiquem sem pagamento. Ele não quis antecipar a solução que está sendo aventada e disse que ela será apresentada em breve.

O projeto de lei orçamentária enviado ao Congresso pela equipe econômica destina R$ 101,2 bilhões para o Ministério da Educação arcar em 2020 com todas as suas despesas obrigatórias, como os salários, e discricionárias, usadas para bancar custeio e investimento. Trata-se de uma queda significativa ante os R$ 123 bilhões aprovados para 2019.

Leia maisMEC vai cortar recurso da Capes e federais terão mesmo orçamento

Furacão Dorian deixa rastro de destruição nas Bahamas

Resultado de imagem para furacao dorian

furacão Dorian deixa um “impacto catastrófico” sob as Bahamas nesta segunda-feira, 2, segundo organizações humanitárias. Ao menos 13.000 casas foram destruídas ou danificadas e as fortes chuvas e ventos provocaram grandes inundações. Até agora, há registro de uma morte.

O furacão atingiu o norte do arquipélago neste domingo 1, com chuvas torrenciais e ventos de quase 300 km/h. Por volta das 4h da manhã desta segunda-feira, 2, a tempestade ainda castigava as Bahamas.

Segundo os veículos da imprensa local Eyewitness News e Bahamas Press, um menino de oito anos morreu após se afogar durante uma enchente. Essa foi a primeira morte registrada como consequência do Dorian.

Leia maisFuracão Dorian deixa rastro de destruição nas Bahamas

Lei de Nelter busca aperfeiçoar a consciência política da juventude potiguar

Instituído no Estado do Rio Grande do Norte através da lei 10.518/2019 o Programa Jovem Consciente, de autoria do deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), tem por objetivo a educação dos jovens para o exercício da cidadania.

A iniciativa, que foi incluída no Calendário Oficial de Eventos do Estado e também fará parte das campanhas institucionais da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), será realizada anualmente, na segunda semana de agosto, nas escolas das redes pública e privada do Estado.

“O Programa Jovem Consciente disponibilizará o Guia do Cidadão a todos os alunos do ensino médio do Rio Grande do Norte com informações sobre o funcionamento dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público, bem como dos demais órgãos públicos integrantes da Administração Pública Federal e Estadual, além de fornecer conceitos de política, cidadania, democracia, entre outros”, frisou o Nelter.

Esta iniciativa também permite que a ALRN estabeleça convênios e acordos com os demais órgãos públicos e privados para que auxiliem na execução do Programa, especialmente na elaboração, orientação e divulgação do Guia do Cidadão e de outras atividades voltadas a incentivar a participação democrática da juventude no exercício da cidadania.

Leia maisLei de Nelter busca aperfeiçoar a consciência política da juventude potiguar

MEDO: Prefeitura do Vale do Açu na mira do MP por desvio nos recursos de royalties

Na região do Vale do Açu, tem prefeito aterrorizado com as investigações do Ministério Público, no que se refere a desvios e irregularidades na aplicação dos recursos de royalties. Só o que se vê hoje em dia, é prefeito em todo o Brasil, sendo condenado pelo MP, e no Vale do Açú só o que tem, é prefeito aplicando mal os recursos.

Todo mundo sabe que os recursos dos royalties só devem ser direcionados a investimentos e nunca para custeio, mas tem gestor que ou se faz de doido, ou é pura incompetência mesmo.

Os royalties são compensações financeiras que a Petrobras paga ao governo brasileiro pela exploração do petróleo. Mediante uma lei de concessão, a Petrobras paga, mensalmente, os valores à Secretaria do Tesouro Nacional (STN), que repassa aos Estados e Municípios, ao Comando da Marinha, ao Ministério da Ciência e Tecnologia e ao Fundo Especial.

Reprovação do presidente Jair Bolsonaro sobe para 38%, aponta Datafolha

A pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira, 2, pelo jornal “Folha de S. Paulo” mostra que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro chegou a 38%. O índice de pessoas que consideram a administração ruim ou péssima aumentou cinco pontos percentuais em relação ao último levantamento divulgado pelo instituto, em julho. Uma parcela de 30% dos entrevistados classifica o governo como “regular” e 29% o consideram “bom” ou “ótimo”.

A rejeição ao presidente foi bastante alta no Nordeste (52%), entre a população negra (51%), os desempregados (48%) e as mulheres (43%). O maior percentual de avaliações negativas foi registrado entre os que se declaram ateus (76%).

Os números negativos também prevaleceram entre os mais pobres, com renda de até 2 salários mínimos (22%), a população com idade entre 16 a 24 anos (24%) e os que cursaram apenas o ensino fundamental (26%).

A aprovação ao governo foi particularmente grande entre os empresários (48%), evangélicos neopentecostais (46%), brancos (36%) e homens (33%). Entre as regiões do país, o maior apoio foi observado no Sul e no Centro-Oeste (37% cada).

Leia maisReprovação do presidente Jair Bolsonaro sobe para 38%, aponta Datafolha

Girassol é símbolo de campanha para alertar sobre depressão

Todas as manhãs o girassol parte em busca do sol, seguindo a luminosidade insistentemente, porque precisa dela para crescer e florescer. Mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, a flor gira persistente, apesar da dificuldade, em direção à luz. Em alusão a esse comportamento da natureza, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre o tema.

A campanha conduzida pela Upjohn, uma das divisões de um laboratório farmacêutico focada em doenças crônicas não transmissíveis, em parceria com a Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos (Abrata) e participação do Centro de Valorização à Vida (CVV), trará ações digitais e de rua para combater os estigmas da depressão. O trabalho tem ainda o apoio de músicos, esportistas e influenciadores digitais que já passaram ou passam pelo problema, dividindo suas experiências.

Os usuários de redes sociais serão convidados a postar o ícone do girassol para mostrar que estão dispostos a falar sobre o assunto #depressaosemtabu. Eles também poderão conhecer o site www.depressaosemtabu.com.br, que traz informações sobre o tema e orientações sobre a identificação de comportamentos de risco em pessoas próximas.

Leia maisGirassol é símbolo de campanha para alertar sobre depressão

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: