ASSÚ perde 22 milhões e 600 mil por INCOMPETÊNCIA E PREPOTÊNCIA


O prefeito de fato do Assú, Ronaldo Soares, e o filho fantoche, e prefeito de direito, Gustavo Soares, junto com seu irmão, o desagregador líder do governo, deputado George Soares, fizeram o município do Assú perder 22 milhões e 600 mil reais, por causa da incompetência e prepotência, que são receitas perigosas para uma gestão, e prejudicando cada dia mais a população do Assú.

Segundo informações obtidas pelo Blog do VT, o trio que governa o Assú, estava anunciando aos correligionários que receberiam 26 milhões e que utilizariam para financiar a campanha de reeleição do turista Gustavo Soares em 2020, e por causa da inabilidade e incompetência – marca registrada dessa gestão, fizeram a população do Assú perder mais de 22 milhões.

Comenta – se nos bastidores que os conchavos políticos estavam sendo criados com a esperança de receber os 26 milhões e repartir o bolo para segurar os vereadores da situação, pois a maioria está à beira de um racha que irá criar uma crise sem precedentes na atual gestão.

O município do Assú terá que se contentar com apenas 3 milhões e 400 mil reais da cessão onerosa, e o Ministério Público deverá ficar de olhos e ouvidos atentos, porque esse recurso só pode ser aplicado para rombos na Previdência e, se sobrar dinheiro aplicar em investimentos, nunca em custeio da máquina pública, e isso a Prefeitura do Assú sabe fazer demais, desvia a finalidade do recurso e usam como bem entendem, sem se importar com órgãos de fiscalização.

A população do Assú tem todo direito de estar revoltada, pelo despreparo dessa gestão, que só acarreta prejuízos pra o povo, e principalmente, porque nunca se viu governar a cidade com um trio tão incompetente, porque por lei só existe Gustavo, mas na prática, existem mais dois, o maior ficha suja Ronaldo Soares e o instável deputado George Soares.

Sindicato publica vídeo criticando governadora por atraso de salário

O Sindicato divulgou essa peça em tom de humor sarcástico intitulada “Das Dores em Sem Salários”, mostrando uma aparente servidora indo até a Governadoria cobrar uma posição da chefe do executivo estadual sobre o pagamento dos atrasados. Confira:

Governo libera orçamento de universidades federais

O Ministério da Educação anunciou hoje (18) o descontingenciamento do orçamento das universidades federais, que foi possível a partir de um remanejamento do orçamento do MEC. “Cem por cento de todo o orçamento para o custeio das universidades federais e institutos estão sendo descontingenciados neste momento”, disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista à imprensa.

Segundo ele, o contingenciamento não chegou a prejudicar nenhuma das ações da pasta. “Foi feita uma boa gestão. Administramos a crise na boca do caixa. Vamos terminar o ano com tudo rodando bem”, acrescentou.

De acordo com o secretário executivo do ministério, Paulo Vogel, estão sendo liberados R$ 1,1 bilhão dos R$ 19,6 bilhões que já estavam previstos para as despesas discricionárias do MEC. Vogel disse que o valor está sendo realocado de outras despesas ministeriais.
Enem

Na entrevista, Weintraub disse ainda que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, ocorre tranquilamente este ano. “As provas já foram impressas. Os alunos que se preparem”.

*Agência Brasil

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 3 milhões

A Mega-Sena sorteia neste sábado (19) o prêmio de R$ 3 milhões. O sorteio das seis dezenas do concurso 2.199 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

O sorteio da Mega-Sena será realizado no Espaço Loterias Caixa, na cidade de São Paulo. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: