Ezequiel Ferreira diz que Ronaldo tem capacidade de colocar Ceará-Mirim nos trilhos

Prefeito interino de Ceará-Mirim, Ronaldo Venâncio (PV) lançou oficialmente em convenção partidária neste domingo (20) sua candidatura nas eleições suplementares do município. A chapa, que será formada ainda por Renato Martins (PL) como candidato a vice-prefeito, conta com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), que esteve presente no evento.

Segundo Ezequiel, Ronaldo tem experiência e palavra para ajudar a recuperar Ceará-Mirim e a colocar a cidade novamente nos trilhos do desenvolvimento. “A população conhece a história e o caráter de Ronaldo Venâncio. É alguém que dedicou sua vida a colaborar com o crescimento da cidade e lutar por melhorias para os seus cidadãos. Você tem meu apoio desde a primeira hora para vencer os muitos desafios que virão. Todos sabemos da sua capacidade para recolocar Ceará-Mirim na posição de destaque que ela merece em nosso Estado”, disse o deputado, que preside o PSDB no Estado.

Ezequiel tem sido parceiro de Ceará-Mirim na busca de melhorias para a cidade. Este ano a Polícia Civil foi contemplada com duas novas viaturas, fruto de requerimento do deputado. Em 2018, a Assembleia Legislativa doou viaturas para a Polícia Militar e uma a Civil, voltadas a colaborar com a segurança pública do município. A conclusão do abatedouro público também é uma solicitação antiga do atual presidente do Legislativo potiguar. Outras ações parlamentares já atendidas foram a abertura do Centro de Educação Tecnológica nos distritos de Coqueiros, Primeira Lagoa e Maçaranduba e a recuperação do trecho rodoviário que interliga a RN-160 à RN 306.

Leia maisEzequiel Ferreira diz que Ronaldo tem capacidade de colocar Ceará-Mirim nos trilhos

Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência

Oito meses depois de chegar ao Congresso, o texto principal da reforma da Previdência (PEC 6/2019) deve ter sua votação final na próxima terça-feira (22), dia em que o plenário do Senado deverá analisar a matéria em segundo turno. Para que seja aprovado e siga para promulgação, o projeto precisa alcançar o mínimo de 49 votos favoráveis.

Entre outros pontos, o texto aumenta o tempo para trabalhadores terem direito à aposentaria, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839) e estabelece regras de transição para os atuais assalariados. Com essa proposta, a economia está estimada em R$ 800 bilhões em 10 anos.

Antes de ser votada em plenário, no mesmo dia, às 11h, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) vai votar o parecer do relator do texto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), sobre nove emendas de redação apresentadas após a votação da reforma em primeiro turno.
Paralela

A conclusão da votação do texto principal da reforma da Previdência avança em parte, mas não encerra a discussão sobre o tema no Congresso. Vários pontos polêmicos considerados importantes, mas que não têm consenso no Senado e na Câmara, integram uma proposta de emenda paralela à Constituição (PEC 133/19). Para que o assunto continue em discussão, Tasso apresentará o relatório sobre essa proposta na próxima quarta-feira (23), na Comissão de Constituição (CCJ) do Senado.

Leia maisSenado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência

Rio inaugura maior roda-gigante da América Latina em novembro

A roda-gigante Rio Star será a maior da América Latina, com 88 metros de altura, e a volta completa vai durar 15 minutos. O público se acomodará em 54 gôndola [cabine] com capacidade para até oito passageiros, e os passeios vão ocorrer das 10h às 18h, com a possibilidade de horário estendido na alta temporada.

“Acredito muito que o público carioca vai abraçar a roda-gigante, que vai querer vir conhecer e ter essa visão a 88 metros de altura”, disse o diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordini.

Roda gigante Rio Star que será inaugurada em dezembro, na zona portuária do Rio de Janeiro.

Sem revelar as promoções, Bordini promete que haverá preços especiais para cariocas, que devem ser parte importante do público, estimado em 3 mil pessoas por dia. Fazendo as contas, são cerca de 1 milhão de pessoas por ano.

A montagem da estrutura metálica que já se destaca na paisagem da zona portuária do Rio de Janeiro terminou na semana passada, e técnicos do país asiático agora trabalham na finalização elétrica e hidráulica da atração, que receberá seus primeiros visitantes na segunda quinzena de novembro. Foram três carregamentos de navio para trazer todo o material da Roda Gigante Rio Star da China.

O projeto nasceu de uma licitação da Prefeitura do Rio de Janeiro para a construção de um parque temático na região, próxima do Aquário do Rio de Janeiro. Diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordini, conta que a obra começou em dezembro do ano passado, e o maior desafio foi “tropicalizar” a Roda Gigante, 100% encomendada na China.

“Fomos para a China com nossos engenheiros e especificamos como deveria ser a estruturação toda, para que ela viesse para o Brasil preparada para a questão da maresia, situação do mar, tipo de aço. Tudo isso foi feito anteriormente”, diz o executivo.

Leia maisRio inaugura maior roda-gigante da América Latina em novembro

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: