Saque imediato do FGTS tira dinheiro do fundo por até 6 meses

Caixa antecipa retirada de dinheiro do FGTS

O trabalhador que não quiser o saque imediato de até R$ 500 por conta do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) precisa comunicar a Caixa Econômica Federal e solicitar a devolução do dinheiro ao fundo.

O banco já está fazendo o débito automaticamente e manterá o dinheiro fora das contas do FGTS até 30 de abril do ano que vem, a menos que o trabalhador peça o dinheiro de volta –procedimento chamado de desfazimento.

Feita a solicitação para a devolução, no entanto, o banco definiu um prazo de até 60 dias para fazer o crédito no fundo de garantia.

Enquanto estiver fora do fundo, dinheiro perde a correção do período.

Quem fizer o desfazimento fica sem acesso ao dinheiro ao longo desses dois meses. Ou seja, não poderá usá-lo no período caso consiga financiamento imobiliário, decida realizar amortização de saldo devedor em contrato imobiliário ou seja demitido.

O saque ainda será permitido, mas separadamente, pois os valores ainda não estarão no bolo do FGTS.

Quem não pedir devolução do recurso para a conta do FGTS só terá o dinheiro enviado de volta a partir de 1º de maio do ano que vem.

Do mesmo modo, o trabalhador que ainda não decidiu se quer ou não fazer a retirada, poderá fazê-lo até 30 de março de 2020.

A Medida Provisória 889 que regulamenta o programa saque imediato do FGTS prevê o saque compulsório do fundo e o crédito no banco para quem tem conta-poupança na Caixa. Não prevê procedimento similar para não correntistas do banco.

Leia maisSaque imediato do FGTS tira dinheiro do fundo por até 6 meses

ALVO DE INVESTIGAÇÃO: Gustavo Soares pode perder cargo por acumular funções de prefeito e médico

Resultado de imagem para gustavo soares assu

O prefeito do município de Assú, Gustavo Soares, que ocupa seu tempo dando plantões em hospitais de Natal, exercendo a função como médico, além da função de prefeito, só que prefeito de “quinta”, por só ir na cidade um dia da semana, e por isso ser proibido por Lei. Os vereadores da oposição, Stélio, Valdson, Delkiza, Xavier e Beatriz, entram com pedido de CPI para investigar acúmulos indevidos de cargos do prefeito.

Depois desse pedido, os vereadores da situação, ou seja, que são do lado do prefeito, recusam o pedido de CPI. Apesar da rejeição da investigação de acúmulos indevidos de cargos do prefeito Gustavo Soares, o Ministério Público já está ciente de uma susposta denúncia, e com provas do acumulo de cargo do prefeito nos últimos 3 anos de mandato.

A história que se conta, é que o prefeito Gustavo Soares está com dias contados, e ainda falam que ele não come o peixe da semana santa de 2020 como prefeito de Assú.

Projeto Câmara Cidadã atende 56 pessoas com emissão de carteiras de identidade no bairro Freitas em Jucurutu

O projeto Câmara Cidadã – desenvolvido em Jucurutu por meio de parceria entre o Poder Legislativo e o ITEP – atendeu 56 pessoas nesta quinta-feira (28), na Colônia de Pescadores, localizada no bairro Freitas.

“O colega vereador Francinildo solicitou, e nós agendamos essa data junto a equipe que realizada o serviço de emissão de carteiras de identidades, e hoje exclusivamente os moradores do bairro Freitas foram atendidos”, explicou Fagner Brito.

Fagner Brito lembrou que além de emitir a primeira via, a Câmara municipal de Jucurutu, já está realizando a emissão da segunda e terceira vias da carteira de identidade.

Eleitores de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues vão às urnas neste domingo (01)

Resultado de imagem para eleiçoes

As eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues acontecem neste domingo (01), das 8h às 17h, e a Justiça Eleitoral potiguar já está com tudo encaminhado para que o pleito ocorra conforme o planejado. Ao todo, 62.360 eleitores do RN vão às urnas para escolher os candidatos.

O município de Ceará-Mirim, pertencente à 6ª zona eleitoral, contará com 47 locais de votação, 179 seções eleitorais e 161 urnas eletrônicas para atender à demanda de 51.837 eleitores aptos a votar. Além disso, 644 mesários voluntários atuarão no pleito garantindo a organização. Já em Alto do Rodrigues (47ª zona eleitoral), cujo eleitorado é menor – com apenas 10.523 pessoas aptas a votar, haverá 11 locais de votação, 39 seções e 32 urnas eletrônicas, além dos 128 mesários voluntários.

As novas eleições ocorrem em virtude da cassação e perda de mandato dos antigos prefeitos e vice-prefeitos de ambas as cidades, a partir de recentes decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

Dia da votação

Os eleitores devem se dirigir aos seus respectivos locais de votação portando o título de eleitor ou, se preferir, o e-Título, que substitui o título de papel. Embora o Rio Grande do Norte já disponha de 100% da biometria, é recomendado que o cidadão leve também um documento oficial com foto para o caso da digital não ser reconhecida. Além disso, a Justiça Eleitoral recomenda que o eleitor faça uso da cola de papel contendo os dígitos de seus candidatos escolhidos para que o processo de votação se torne mais ágil. Lembrando que não é permitido fazer selfies com as urnas e que os eleitores não poderão entrar na cabide de votação portando smartphones.

MPRN move ação de improbidade contra Prefeitura e prefeita de Mossoró

Resultado de imagem para rosalba ciarline
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) moveu uma Ação Civil Pública (ACP) de improbidade administrativa contra o município de Mossoró, a prefeita Rosalba Ciarlini Rosado, e os secretários municipais de Administração, de Finanças e da Fazenda, Pedro Almeida Duarte, Erbênia Maria de Oliveira Rosado e Abraão Padilha de Brito, respectivamente.
A 19ª Promotoria de Justiça da cidade de Mossoró pede a condenação dos demandados por ato de improbidade administrativa em face da apropriação indevida dos valores descontados nos contracheques dos servidores públicos a título de empréstimos consignados. Segundo levantamento, até o momento, o valor devido pelo Município às instituições financeiras (Banco Olé Bonsucesso e Caixa Econômica Federal), totaliza R$ 7.941.539,73, relativos aos descontos efetuados por averbação de consignação em folha de pagamentos, oriundos de empréstimos consignados, contratados por servidores públicos junto às instituições financeiras conveniadas, os quais deveriam, obrigatoriamente, ser a elas repassados mensalmente, por força de convênio de mútua cooperação, no entanto, foram utilizados em despesas diversas.
A quantia é referente ao período de 2017 a novembro de 2019, referente aos valores das parcelas descontadas dos contracheques dos servidores não repassados à Caixa Econômica Federal e ao Banco Olé Bonsucesso, além do débito de acordo de parcelamento realizado em 13 de setembro de 2017 com a Caixa Econômica Federal. A ação civil pública foi ajuizada perante a 1ª Vara da Fazenda Pública de Mossoró.

Leia maisMPRN move ação de improbidade contra Prefeitura e prefeita de Mossoró

Corpo de Bombeiros do RN completa 102 e é homenageado na Assembleia Legislativa

O Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte (CBMRN) completa 102 anos e recebeu, nesta quinta-feira (28), homenagem da Assembleia Legislativa por meio de sessão solene, proposta pelo deputado Coronel Azevedo (PSC), que destacou os serviços prestados pela instituição à sociedade potiguar.

“Quero ressaltar aqui que a atuação destes homens e mulheres vai além do apagar incêndios. Fazer resgates de pessoas em situação de risco, tentativa de impedir suicídio, afogamentos e traumas em acidentes, além de desaparecimentos em florestas e matas estão entre as missões desses militares que precisam ser reconhecidos”, disse Coronel Azevedo.

O parlamentar resgatou a importância dos bombeiros e lembrou que, antes da criação da corporação, as pessoas tentavam conter os incêndios com a ajuda de vizinhos e amigos. “Agora, basta ligar 193 e o atendimento acontece de forma ágil, inclusive com algumas orientações ao cidadão”, falou ele, ressaltando ainda que mesmo com mais de 100 anos de existência, “o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte só ganhou autonomia administrativa e orçamentária depois de uma lei complementar de 2002”.

O Comandante Geral do CBM, Coronel Monteiro Junior, discursou em nome dos homenageados e falou da missão dos bombeiros e da visão de futuro. “Temos uma missão definida no planejamento estratégico de defender a vida, o patrimônio e o meio ambiente e um dia queremos ter a eficiência e eficácia de prestarmos serviços a sociedade e ser referência no Brasil, mas para isso, precisamos de um comandante que seja inabalável, guerreiro e que possa ter como princípio máximo a legalidade. Esse comandante é Deus, que sempre esteve a minha frente e dos demais que passaram pela corporação”, declarou Coronel Monteiro Junior.

Leia maisCorpo de Bombeiros do RN completa 102 e é homenageado na Assembleia Legislativa

Pior que está, fica: Tiririca é investigado pelo Ministério Público

Resultado de imagem para tiririca

Em seu primeiro discurso na Câmara, em dezembro de 2017, o deputado Tiririca disse estar decepcionado com a política brasileira e com seus colegas. “O que eu vi nos sete anos aqui, eu saio totalmente com vergonha”, afirmou ele. Apesar de ter se despedido do Congresso naquele ano, o humorista se candidatou pelo Partido Liberal em 2018 e foi eleito por São Paulo com quase meio milhão de votos. Em seu terceiro mandato em Brasília, o parlamentar percebeu que, diferentemente do que dizia em sua campanha, pior que está, fica.

No último dia 18 de novembro, o Ministério Público Federal instaurou uma investigação para apurar se o deputado utilizou “verba de gabinete para realizar viagens particulares”. Embora tenha sido eleito por São Paulo, Tiririca comprou com dinheiro público passagens aéreas para o Ceará, seu estado natal. A Câmara estabelece, entre outras regras, que os recursos destinados para viagens do político têm de estar relacionados com o exercício do mandato ou com deslocamentos para a sua base eleitoral. Os bilhetes não podem servir para benefício pessoal.

No caso de Tiririca, o Ministério Público Federal apura num inquérito civil se os gastos do deputado e seus assessores com passagens aéreas ao longo deste ano tiveram como finalidade cumprir agenda parlamentar ou se foram utilizadas com outro propósito. O parlamentar eleito por São Paulo costuma postar fotos em suas redes sociais divulgando shows em sua terra natal. Somente neste ano, o seu gabinete desembolsou mais de 70 000 reais em dinheiro público para se deslocar dezenas de vezes de Brasília para Fortaleza. Procurada, a equipe de Tiririca informou que não recebeu qualquer notificação da investigação e que todas as passagens aéreas são compradas de acordo com o regimento da Câmara.

Leia maisPior que está, fica: Tiririca é investigado pelo Ministério Público

Despedida: corpo do apresentador Gugu Liberato chega ao Brasil

Resultado de imagem para gugu liberato

Avião que trouxe o apresentador pousou às 6h desta quinta-feira em São Paulo. Ele será velado, por quase 24 horas, na Assembleia Legislativa

Nesta quinta-feira (28/11/2019), começa o velório de Gugu Liberato: a cerimônia de despedida do apresentador, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), durará quase 24 horas. A celebração será aberta ao público, que poderá se despedir do apresentador, que morreu aos 60 anos, após um acidente doméstico, em sua casa em Orlando.

O corpo de Gugu chegou ao Aeroporto Internacional de Viracopos às 6h01. Segundo a companhia aérea Azul, o A330 transportou o caixão no porão da aeronave, local de costume para este tipo de translado. O avião tem capacidade para 271 pessoas e, apesar da urna funerária, fez o desembarque no terminal de passageiros. A família do apresentador viajou ao Brasil no mesmo voo.

Com início marcado para as 12h, o velório de Gugu Liberato seguirá até as 10h desta sexta-feira (29/11/2019), no Salão Monumental da Alesp. No local, o caixão estará aberto, para que fãs possam se despedir do apresentador. Depois, o corpo segue para o Cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde será sepultado no jazigo da família.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: