Com aumento do preço da carne, caminhões carregados são alvo do crime organizado

Resultado de imagem para caminhões de carga sao alvo de bandidos

Há pouco mais de uma semana, o vigilante Carlos Henrique Menoio de Carvalho, de 40 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto a um caminhão no Rio de Janeiro. O crime aconteceu durante a madrugada, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na altura do km 164, em Jardim América.

Levantamento feito pelo Estado aponta que no último mês, secretarias de 11 Estados e do Distrito Federal registraram 23 ocorrências de roubos de carne bovina. Algumas tiveram relação com roubo de gado vivo, direto do pasto, mas foram casos isolados.

De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Segurança Privada (Contrasp), a situação de violência contra as transportadoras e frigoríficos colocou as empresas do setor de carnes diante de uma situação inédita: caminhões têm saído para a estrada acompanhados de escolta armada (o que aumenta ainda mais o custo do produto).

Com o aumento das exportações para a China, a oferta de carne no Brasil diminuiu e os preços aumentaram. A alta acumulada em 2019 foi de 32,4%. Um caminhão lotado de carne passou a valer entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão, o que atraiu os bandidos.

Leia maisCom aumento do preço da carne, caminhões carregados são alvo do crime organizado

ELEIÇÕES 2020: Prefeito mamulengo do Assú só tem Wédson ou Elisângela para a vaga de vice

O pífio desempenho do fantoche de prefeito da cidade do Assú, Gustavo Soares, e seu crescente desgaste, já começam a refletir em problemas na formação de sua chapa, que concorrerá nas eleições desse ano.

Atualmente, a população de Assú tem colocado faixas na cidade, cobrando ao prefeito soluções e benfeitorias para o município, e diante da imaturidade do prefeito, em responder as cobranças com deboche e respostas ofensivas, o desgaste se torna ainda maior.

E toda essa situação desconfortável tem incomodado o maior ficha suja da história do Assú, Ronaldo Soares, que é quem definitivamente manda na Prefeitura, e segundo comentários, ele tem tentado amenizar todos os problemas para ganhar mais um fôlego, e impedir que seu filho passe vergonha na eleição.

O velho cacique se reuniu com aliados na casa do DNOCS, onde mora emprestado, para discutir quem seria o premiado com essa abacaxi, e a disputa será entre o vereador Wédson com péssimo desempenho junto a população, e Elisângela, que é aliada com mais aceitação, mas que tem uma mágoa guardada a sete chaves.

Pelo visto, vai ser difícil Elisângela topar essa, e vai sobrar mesmo para Wédson, a vaga de vice-prefeito na chapa liderado pelo ‘mamulengo’, Gustavo Soares.

Parnamirim vai receber mais de R$ 2,5 milhões em recursos do deputado Benes

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) esteve na cidade de Parnamirim na manhã desta quinta-feira (16) para confirmar destinação de recursos para a área da educação. Os investimentos, na ordem de R$ 2.287.783 serão aplicados na construção de uma creche no bairro Nova Esperança. Além disso, o parlamentar assegurou a destinação de R$ 274.050,00 para aquisição de um novo veículo escolar para reforçar o atendimento aos alunos da cidade.

“Temos o compromisso com Parnamirim. Nossa responsabilidade com a população está acima de tudo. É muito gratificante para nosso mandato poder contribuir para reforçar a educação do município. Estamos lutando na busca por recursos e ações importantes para a cidade em várias áreas”, destacou Benes.

Os investimentos foram confirmados pelo deputado ao prefeito Rosano Taveira durante audiência na Prefeitura Municipal de Parnamirim. Participaram do encontro, o vereador Betinho da Mala, o presidente da Câmara Municipal Irani Guedes, o vereador Ítalo Siqueira, secretários municipais e as lideranças políticas Dr. Yuri, Léo Lima e Márcia Medeiros.

Leia maisParnamirim vai receber mais de R$ 2,5 milhões em recursos do deputado Benes

“Promovendo Saúde e Bem Estar” tem apoio de Nelter Queiroz em Jucurutu

Na noite desta terça-feira (14) teve início, na praça Terson Queiroz, bairro Bela Vista, no município de Jucurutu, o projeto “Promovendo Saúde e Bem Estar”. A iniciativa busca a inclusão de hábitos saudáveis, através de atividades físicas, promovendo qualidade de vida à população local.

O “Promovendo Saúde e Bem Estar”, que acontecerá semanalmente, entre segunda e quinta-feira, foi iniciado com uma aula de zumba realizada pelos professores Joalison e Denilson. O projeto tem como coordenadores o radialista Robson Oliveira, sua esposa Marli Maia, a vereadora professora da Guia e o professor Francisco Pedro, ambos moradores do bairro Bela Vista.

“Tive várias conversas com os coordenadores do projeto. Assim, vimos o quão importante é realização do ‘Promovendo Saúde e Bem Estar’ para nossos conterrâneos jucurutuenses que desejam melhorar sua qualidade de vida através da dança e da prática esportiva”, frisou o deputado Nelter Queiroz (MDB), destacando que seu mandato é apoiador incondicional do projeto”.

O parlamentar também é incentivador da ideia de criação de associação formada pelos grupos de dança do município. De acordo com Nelter, com a maior organização desse segmento da sociedade civil a prática esportiva em questão teria mais condições de ser melhor apoiada não só por seu mandato, mas também por todo poder público.

Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos

Acesso internet celular

As pessoas passaram 3 horas e 40 minutos, em média, utilizando aplicativos (também conhecidos como apps) em 2019. O índice é 35% maior do que em 2017. As informações são do principal relatório sobre o tema no mundo, da consultoria App Annie. A edição de 2020 foi divulgada ontem (15).

O Brasil ficou na terceira colocação no ranking dos países em termos de tempo gasto em apps, levemente acima da média, com 3 horas e 45 minutos.

O país foi superado pela China, onde as pessoas mexem com esses programas durante quase 4 horas, e a Indonésia, onde o tempo diário chegou a 4 horas e 40 minutos. Em seguida, vêm a Coreia do Sul (3h40) e Índia (3h30).

Na comparação entre 2019 e 2017, a China obteve a maior ampliação (60%), seguida pela Índia, o Canadá e a França (25%), a Indonésia (20%) e o Brasil, a Alemanha, Coreia do Sul, o Japão e Reino Unido (15%).

No recorte por idade, a chamada geração Z (nascida entre 1997 e 2012) passou 3 horas e 46 minutos por app por mês e teve 150 sessões por mês nos principais aplicativos.

Leia maisBrasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos

Caixa e Banco do Brasil começam a pagar hoje abono do PIS/Pasep

O pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) do calendário 2019/2020, para os trabalhadores nascidos no mês janeiro e fevereiro, começou nesta quinta-feira (16). De acordo com a Caixa, os valores variam de R$ 87 a R$ 1.039, conforme a quantidade de dias trabalhados durante o ano base 2018.

Os titulares com conta individual na Caixa e cadastro atualizado receberam o crédito automático antecipado na terça-feira (14). Segundo a instituição, são mais de 3,6 milhões de trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, totalizando R$ 2,6 bilhões em recursos injetados na economia.
Pasep

Os servidores públicos, cadastrados no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), com o dígito final de inscrição 5 e 6 recebem também a partir de hoje. O pagamento é feito pelo Banco do Brasil
Calendário

No caso do PIS, os pagamentos são escalonados conforme o mês de nascimento do trabalhador e tiveram início em julho de 2019, com os nascidos naquele mês. O prazo final para o saque do abono salarial do calendário de pagamentos 2019/2020 é 30 de junho deste ano.
Consulta

Leia maisCaixa e Banco do Brasil começam a pagar hoje abono do PIS/Pasep

MPRN obtém condenação do Município de Natal para realizar drenagem em rua da Zona Norte

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu uma determinação judicial obrigando o Município de Natal a realizar, no prazo de 180 dias, a reforma, manutenção e substituição do sistema de drenagem da rua Tenente de Souza e do seu entorno, no Bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal. A decisão é da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

A sentença é reflexo de uma ação civil pública na qual o MPRN alegou que a rua em questão fica constantemente alagada, em razão da retenção de águas pluviais e da ineficiência do sistema local de drenagem. O resultado é que a população da localidade termina convivendo com constantes prejuízos. Ainda na ação, o Ministério Público apontou a omissão do Município de Natal diante da sua obrigação de sanar as irregularidades existentes.

Uma perícia realizada no local constatou que a área apresenta acúmulo de águas pluviais e não funcionamento da rede de drenagem, além do despejo irregular de esgotos. Isso tudo acarreta na limitação do deslocamento de pedestres e veículos na via, além de resultar na proliferação de pragas e enfermidades – o que termina gerando, inclusive, prejuízos de ordem material aos moradores, considerando que a rua encontra-se permanentemente alagada, chovendo ou não.

Agora, o Município deverá efetuar a troca das atuais manilhas de concreto por uma galeria em PEAD (polietileno), além de outros procedimentos que entendam conveniente para que finde de uma vez por todas os problemas abordados na ação, inclusive procedendo com a pavimentação das vias circunvizinhas, num raio de 300 metros.

Leia maisMPRN obtém condenação do Município de Natal para realizar drenagem em rua da Zona Norte

Golpes no WhatsApp se multiplicam; veja como fazer para se proteger

Resultado de imagem para whatsapp golpe

Já pode ter acontecido com você: nas últimas semanas, muita gente recebeu mensagens inesperadas, pelo WhatsApp, de um amigo pedindo dinheiro rapidamente. Não é socorro, é um golpe que tem se tornado cada vez mais frequente: a invasão de uma conta no WhatsApp. Segundo especialistas de segurança ouvidos pelo Estado, normalmente os truques dos criminosos começam com um prêmio, cortesia ou até convite para uma festa, em troca de um código enviado diretamente ao celular para SMS. Não se trata de um número mágico, mas sim de um código de verificação que permite aos golpistas acessarem a conta do WhatsApp do “amigo” em questão.

Segundo a startup de segurança PSafe, os golpes via WhatsApp afetaram 8 milhões de vítimas no ano passado. E a dor de cabeça de quem caiu na enganação pode ser mais do que apenas recuperar os dados roubados – afinal, o prejuízo geralmente caminha também pela área financeira. “O golpista, quando liga, pede que a vítima envie um número. Trata-se de um código do WhatsApp, enviado pelo aplicativo e que não deve ser compartilhado com ninguém”, explica Fabio Assolini, pesquisador sênior de segurança da Kaspersky no Brasil.

Ainda, segundo o dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital da PSafe, uma das tendências cibernéticas para 2020 é justamente o aumento desses crimes pelo aplicativo de mensagem. Por isso, se atentar às tentativas de golpe e à segurança dos dados pessoais é fundamental para não cair nas armadilhas criminosas. Abaixo, veja as principais dicas para se proteger.

Veja como não cair no golpe do WhatsApp

Leia maisGolpes no WhatsApp se multiplicam; veja como fazer para se proteger

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: