MOVIMENTO ACREDITO: Paulo Henrique ganha força e respeito do povo em Assú com movimento contra o aumento de salários

O partido CIDADANIA em Assú, conseguiu algo inédito, fazer com que a população fosse às ruas e gritasse contra o aumento dos salários dos vereadores, prefeito e vice. Mesmo que não tenha sido vitorioso, já que o aumento foi aprovado por 8 x 7, o movimento fez barulho na cidade.

O barulho foi tão grande, que a cara desse protesto, teve Paulo Henrique como líder, e isso deixou a maioria dos vereadores favoráveis ao projeto, incomodados com suas idéias e o fato de que ele deu voz ao povo do
Assú, contra esse absurdo.

Comenta – se nos bastidores, que Paulo Henrique hoje é o calo da maioria dos atuais vereadores, que o veem como uma ameaça a sua vaga na Câmara do Assú, caso ele não seja o vice do ex prefeito Ivan Júnior.

Casos suspeitos de coronavírus sobem para 12 no Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira (31) que o número de casos considerados suspeitos de coronavírus subiu para 12 no Brasil. Nas últimas 24 horas, houve um aumento de seis novos casos em investigação, enquanto outras três suspeitas foram completamente descartadas.

Os casos suspeitos estão em cinco estados: Ceará (1), Paraná (1), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (1) e São Paulo (7). Os casos suspeitos no Rio de Janeiro e Minas Gerais, que constavam no último relatório, foram descartados pelas autoridades de saúde. O balanço apresentado em coletiva de imprensa foi fechado às 12h de hoje.

Em todo o mundo, já são mais de 9,9 mil pessoas infectadas pelo coronavírus, sendo que 99% dos casos confirmados estão na China. Do total de casos da doença, 1,3 mil são considerados graves. O número de mortes já passa de 200, apenas na China. De acordo com o Centro de Controle de Doenças da China, o coronavírus já foi detectado em 26 países.

Ontem (31), a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou estado de emergência global em razão da disseminação do coronavírus.

Histórico

Leia maisCasos suspeitos de coronavírus sobem para 12 no Brasil

George e Gustavo Soares obrigam Elisangela a votar contra o povo do Assú no projeto de aumento de salário dos vereadores e prefeito

 
A vereadora Elisangela está engolindo muito sapo, porque foi obrigada a votar a favor do aumento de salário dos vereadores e prefeito, projeto encabeçado pelo presidente Tê, e que a vereadora teve que dizer sim e engolir a seco, todo seu desprezo por quem a fez chorar na Câmara.

George e Gustavo não tem o menor respeito pela vereadora, e mesmo diante da insatisfação e críticas de toda população contra esse projeto, eles a obrigaram a ser favorável.

O engraçado disso tudo, é que Elisangela tem essa mágoa guardada, e o vereador Wedson também tem, pois teve que engolir Tê ser presidente com o apoio do deputado George e do prefeito Gustavo, quando eles poderiam ter o apoiado.

Mas como diz o ditado, manda quem pode e obedece quem tem juízo, ambos estão reféns do ditador, o mimado deputado George Soares. Agora, só resta aguardar até quando eles vão conseguir guardar a sete chaves todas as raivas e insatisfações que estão sendo submetidos, por estarem no partido comandado pelo seguidor de Hitler.

Governo propõe taxar em 14% aposentados que ganham entre R$ 2,5 mil e R$ 5 mil

O Governo do Rio Grande do Norte apresentou no final da tarde desta sexta-feira (31) os novos percentuais da alíquota previstos na proposta de emenda à Constituição (PEC) que altera o sistema previdenciário estadual. O texto estabelece que aposentados e pensionistas que ganham até R$ 2,5 mil serão isentos de taxação. Já aqueles que recebem entre R$ 2.500,01 e R$ 5 mil terão os seus salários reduzidos em 14%. Para quem ganha entre R$ 5.000,01 e R$ 10 mil a alíquota será de 16,5% e para a faixa salarial acima de R$ 10 mil a taxa ficará em 18,5%.

Pela proposta anterior, a alíquota progressiva variava de 11% a 18%, tanto para ativos quanto para inativos. Sobre o valor entre um salário mínimo até R$ 5.839,45 incidiria 11%, de R$ 5.839,46 até R$ 10.000,00, incidiria 14%; de R$ 10.000,01 até R$ 20.000,00, incidia 16%; por fim, para quem ganha acima dessa quantia, a alíquota seria de 18%.

Para os servidores da ativa, os novos percentuais apresentados pelo Governo do Estado nesta sexta-feira são os seguintes: 12% para quem ganha até R$ 2,5 mil; 14% para a faixa salarial compreendida entre R$ 2.500,01 e R$ 5 mil; 16,5% para que recebe entre R$ 5.000,01 e R$ 10 mil e 18,5% para os que ganham acima de R$ 10 mil. Hoje, todos esses servidores são taxados em 11%.

A PEC da reforma da Previdência estadual será encaminhada para a Assembleia Legislativa após a nova reunião entre o Governo e o Fórum de Servidores, agendada para o dia 5 de fevereiro. Não há expectativa de mudanças no texto, uma vez que o conjunto dos sindicatos já anunciou que não apresentará uma contraproposta ao Governo.

“O Governo sempre pede sugestões e a gente já dá. Sobre a alíquota, nossa sugestão é permanecer em 11%, e em relação aos aposentados manter como está, agora querer que os sindicatos sugiram alguma coisa ruim para os servidores, é brincadeira, nós não temos a menor condição de sugerir isso. Foi marcada uma reunião para o dia 5, para tirar dúvidas, não significa que a gente vai conseguir modificar nada na proposta, porque as sugestões que poderíamos dar, já demos”, destacou ao JORNAL DE FATO a presidente da Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN), Patrícia Barra.

Segundo o Estado, a reforma da Previdência, além de necessária é obrigatória. “Em todo o mundo a previdência precisa ser revisada periodicamente por que o mecanismo se baseia no tempo médio de vida e no valor da contribuição, que são variáveis em todos os sistemas e precisam ser ajustadas. O Estado precisa se adequar às normas federais para receber o Certificado de Regularização Previdenciária (CRP). Sem o CRP, o Estado fica impedido de receber repasses financeiros, firmar convênios e obter aval para empréstimos”, argumentou o presidente do Instituto de Previdência do RN (IPERN), Nereu Linhares, durante a reunião com o Fórum de Servidores ocorrida na última quinta (30).

*Jornal De Fato

Rafael Motta mostra articulação e força do PSB no RN


O deputado federal Rafael Motta, presidente do diretório estadual do PSB no Rio Grande do Norte, conseguiu mostrar força e poder de articulação nos últimos dias, pois o partido realizará no próximo dia 06, às 17h40, no auditório da Assembleia Legislativa, a filiação dos deputados estaduais Hermano Morais e Souza.

Além dos deputados, o partido também vai realizar filiações de prefeitos, vereadores e demais lideranças no estado, visando as eleições municipais desse ano. Mas a que mais chamou a atenção, foi a filiação do deputado Hermano Morais, que é hoje, um dos fortes nomes na corrida pela Prefeitura do Natal, e que sem dúvidas, está fortalecendo ainda mais o partido.

Rafael Motta é um dos deputados federais que mais tem se destacado no estado, segue o exemplo de seu pai, o ex deputado Ricardo Motta, que era conhecido como o “estradeiro”, e sempre com presença marcante nos municípios.
Além de ser um deputado presente, diferente da maioria dos federais potiguares, Rafael se destaca também por ser um jovem de atitude, com bons projetos e um dos poucos que faz a boa política, marcada pelo diálogo e sem imposições.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: