‘Se repetir cenário da China, coronavírus é administrável no Brasil’, diz ministro da Saúde

A chegada do novo coronavírus tende a ser administrável pela rede de saúde caso o Brasil repita o cenário registrado em parte da China, em que houve aumento seguido de estabilização dos casos, afirma o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista à Folha.

“Se se comportar dessa maneira, vamos supor, 50 mil casos em uma cidade como São Paulo, do tamanho de Wuhan, é perfeitamente administrável. A Coreia do Sul, que está do lado, tem mil casos. Se ficarmos em um cenário como esse, vamos ter pontos de concentração de casos, mas, a meu ver, perfeitamente atendíveis e controláveis”, disse ele, que cita a baixa letalidade.

Para o ministro, no entanto, é preciso ver como o vírus irá se comportar no verão e em um país tropical.

“No nosso país, meu maior receio é o Rio Grande do Sul, porque quando teve o H1N1 foi o lugar com maior número de casos e mortes. Mas será que esse coronavírus vai repetir a performance do H1N1 no Brasil?

Se gostar mais de aglomeração do que de frio, o Rio de Janeiro passa a ser a minha maior preocupação.”

Mandetta disse avaliar que é apenas questão de tempo para que a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheça a situação atual como uma pandemia. Para ele, porém, não há motivo para pânico. “A humanidade convive com vírus desde sempre.”

O ministro é graduado em medicina pela Universidade Gama Filho, do Rio de Janeiro, em 1989, e tem pós-graduação em ortopedia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Como avalia o cenário do Brasil para o novo coronavírus, diante da confirmação do primeiro caso? Vamos ver como o vírus vai se comportar no verão, em um país tropical, com diferenças culturais e comportamentais.

Leia mais‘Se repetir cenário da China, coronavírus é administrável no Brasil’, diz ministro da Saúde

Assu: MPRN cobra início das aulas de escola estadual

Atrasado desde o dia 10 de fevereiro, o início do período letivo da Escola Estadual Tenente Coronel José Correia, em Assu, foi alvo de recomendação da 1ª Promotoria de Justiça da comarca. No documento, o Ministério Público estabelece como prazo máximo o dia 10 de março para que a Secretaria Estadual de Educação inicie as aulas na maior escola do município.

Para o MPRN, o atraso do ano letivo resulta diretamente em prejuízo ao processo de ensino-aprendizagem dos alunos matriculados na Escola Estadual Tenente Coronel José Correia. Na unidade, a maior (em número de estudantes) e a mais antiga escola de Assu, estão matriculados mais de 700 alunos que não sabem quando começará o ano letivo de 2020.

A escola está sem material básico para o funcionamento regular, como material de expediente, carteiras dos alunos, lousas das salas de aula e o material comum para o funcionamento da cozinha. De acordo com a diretora e o vice-diretor da escola, a data do início do ano letivo era 10 de fevereiro, no entanto, em razão da demora na entrega dos bens necessários ao funcionamento do prédio escolar, houve o adiamento para o dia 17 do mesmo mês, data esta também já ultrapassada.

Ainda segundo os gestores da escola, não foi repassada, formal e informalmente, qualquer nova previsão para o início das aulas, seja por parte da Secretaria Estadual de Educação, apesar de diversos contatos telefônicos feitos pela Diretora da Escola com a administração estadual, bem como do envio, por parte da Diretora, de memorando solicitando a liberação dos equipamentos necessários para o atendimento à comunidade escolar e o início das atividades do ano letivo de 2020.

Na recomendação, o Ministério Público lembra que caso as aulas não sejam iniciadas até o próximo dia 10 de março, tomará providências por meio das medidas judiciais cabíveis. Para ler o ato na íntegra, clique aqui.

Lei incentiva estudo sobre costumes e tradições dos municípios no RN

Uma iniciativa da Assembleia Legislativa vai contribuir para a difusão do conhecimento sobre história, costumes e tradições dos municípios do Rio Grande do Norte. Um projeto de lei apresentado pelo deputado Ubaldo Fernandes (PL) que trata sobre o tema foi sancionado pelo Poder Executivo e já está em vigor.

Pela proposta, as escolas de Ensino Médio do Rio Grande do Norte poderão instituir, em caráter extracurricular, disciplinas que tratem da história, costumes e tradições das cidades onde elas estiverem sediadas. O objetivo do deputado é contribuir para que os jovens tomem conhecimento sobre as informações de sua localidade e repassem às demais gerações os costumes e tradições locais.

“Entendemos que esses assuntos são fundamentais para a propagação da cultura regional de cada localidade”, avaliou Ubaldo Fernandes.

A lei, que tem caráter autorizativo, foi sancionada e caberá às direções das escolas públicas do ensino médio a adoção das disciplinas, inclusive com a designação de professores para lecionarem sobre os assuntos.

“A adoção dessas matérias, em caráter extracurricular, será enriquecedor para as próximas gerações”, disse o parlamentar.

Quadrilha “faz a festa” após governadora comemorar tranquilidade no carnaval

No mesmo dia que a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, comemorou ter sido o carnaval 2020 o mais tranquilo dos últimos oito anos no Estado, bandidos “fizeram a festa”, nesta quinta-feira à noite, na cidade de Campo Grande, no Oeste potiguar, atacando uma agência do Banco do Brasil, incendiando carro e provocando pânico nos moradores.

Confira as imagens de Diego Moicano, do CG na Mídia:

*Novo Noticias

Deputado “boquinha” George Soares conseguiu cargo para sua esposa na prefeitura de Parnamirim


O deputado George Soares pode entrar para o livro dos recordes, sendo consagrado como o maior artista, por tanto cuidado e zelo para com seus familiares e agregados, o parlamentar já arrumou muitas “boquinhas” para todos, e nos anos de 2014 e 2015, a sua esposa, Danielle Morais, era cargo comissionado da Prefeitura de Parnamirim.

Segundo contracheque obtido no portal da transparência, a esposa do parlamentar recebia mais de 2 mil reais por mês, na gestão do então prefeito Mauricio Marques, aliado do ex deputado e candidato ao governo em 2014, Henrique Alves, que também foi apoiado por George Soares na época, e coincidentemente a esposa do parlamentar foi nomeada em 2014.

Ezequiel busca recurso para segurança, esportes e drenagem de rio no Mato Grande

O município de Touros, localizado na região do Mato Grande do Rio Grande do Norte, foi contemplado com vários requerimentos apresentados pelo deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Estado. O objetivo das solicitações é buscar investimentos em iluminação, segurança, esportes e também na drenagem de um rio.

Um dos requerimentos apresentados por Ezequiel pede, por exemplo, melhorias na iluminação pública do bairro Golandim, no distrito de Santa Luzia. O deputado explicou que esta é uma solicitação dos próprios moradores da localidade, temerosos com a falta de segurança na região.

O segundo requerimento é uma sugestão para que seja realizada a drenagem do Rio São Francisco, localizado em Touros. Ezequiel explica que a execução desse serviço “liberará uma extensa área para ampliação da produção agrícola da região, onde consequentemente fomentará a geração de empregos diretos e indiretos, bem como o aquecimento da economia”. Os dois documentos acima foram encaminhados a governadora Fátima Bezerra (PT) e ao secretário estadual de Infraestrutura, Gustavo Rosado.

Preocupação constante da população potiguar, a questão da segurança pública também recebeu atenção do presidente da Assembleia em relação ao município de Touros. O deputado solicitou a construção de um posto policial militar no distrito de Cajueiro. “A migração da violência e da criminalidade da zona urbana para a rural preocupa os moradores e as autoridades e a população espera providências para amenizar o quadro”, disse. O requerimento, neste caso, foi endereçado a Fátima Bezerra e ao secretário estadual de Segurança Pública, coronel Francisco Araújo.

Também para Touros o parlamentar solicitou a retomada das obras de recuperação da quadra poliesportiva do distrito de Boa Cica. Ezequiel afirma que o local está bastante degradado com o uso e a falta de manutenção nos últimos anos. O pedido foi entregue, além da governadora, também ao secretário de Educação, Getúlio Marques.

Rio Grande do Norte tem três casos suspeitos de coronavírus sendo investigados

Em nota divulgada na tarde desta quarta-feira, 26, a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap/RN) apura três casos suspeitos de Infecção Humana pelo Covid-2019 (Novo Coronavírus). Segundo o G1/RN, as pacientes são uma menina de 10 anos, que estava em um cruzeiro que ia pra Xangai e foi desviado pra Hong Kong, e duas mulheres, uma de 28 e outra de 35 anos, que viajaram para o norte da Itália. Não há grau de parentesco entre as três.

Mais cedo, portal Agora RN, o jornal Tribuna do Norte e o Blog do BG noticiaram na tarde desta quarta-feira, 26, que o Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, investiga um caso suspeito de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo as publicações, a informação pelo diretor do hospital, o médico infectologista André Prudente.

Segundo informações preliminares, a paciente é uma mulher idosa que foi internada na tarde desta quarta-feira, 26. Ela relatou ter vindo da Itália e apresenta sintomas gripais. O país europeu tem registrado um surto da doença, com 374 casos confirmados e 12 mortes.

A Tribuna e o Agora RN disseram que a idosa já se submeteu a exames laboratoriais. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), os resultados preliminares devem ser divulgados em até 24 horas. Por enquanto, o caso é tratado como suspeito.

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso da doença no País. Trata-se de um paciente de 61 anos que viajou à Itália entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Além dele, há outros 20 casos em investigação e 59 suspeitas já foram descartadas.

A pasta lembra que para ser considerado caso suspeito é necessário atender aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde para notificação.

Leia maisRio Grande do Norte tem três casos suspeitos de coronavírus sendo investigados

Dólar bate em R$ 4,44 e Bolsa tem forte queda em meio a avanço do coronavírus

Resultado de imagem para dolar sobe

dólar começou o pregão desta quarta-feira, 26, cotado a R$ 4,4120, em meio aos ajustes pós-carnaval, quando os ativos internacionais tiveram perdas fortes por causa da disseminação do coronavírus fora da China. A moeda americana chegou a atingir R$ 4,4420 e às 16h27 tinha alta de 1,07%, cotada a R$ 4,4396.

De acordo com levantamento realizado pelo Estadão/Broadcast, acompanhando nove casas de câmbio, o dólar turismo chega a ser negociado a R$ 4,64. O valor mais baixo encontrado nesta quarta é de R$ 4,56.

Antes mesmo da abertura do pregão, às 13h nesta quarta-feira, o BC anunciou leilão das 13h30 às 13h40 de até 10.000 contratos de swap cambial, em um total de US$ 500 milhões.

Leia maisDólar bate em R$ 4,44 e Bolsa tem forte queda em meio a avanço do coronavírus

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: