Movimento Acredito realizará ação social no dia internacional das mulheres em Assú

O movimento Acredito em Assú, está realizando um evento em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres e este evento acontecerá no domingo dia 8 de Março com início programado à partir das 07:30 da manhã.

O evento vai ser na Praça Dom Elizeu e tem como nome “Acredito Nelas”. A ação será voltada para bem estar da mulher, palestras e descontração, para aflorar, incentivar e mostrar a importância que elas ocupam em todos os setores da sociedade.

O movimento Acredito iniciará com um café  café da manhã e encerra o atendimento ao meio dia. Lembramos a todos que todos os serviços serão gratuitos, tudo isso graças aos parceiros, apoio dos voluntários e dedicação das lideranças do movimento acredito. No acreditamos nelas! E vocês? Participem!

Nelter solicita recapeamento asfáltico da via de acesso ao Hospital Regional de Caicó e cobra melhorias para ponte na RN-041

Renovando pleito anterior, realizado ano passado, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) encaminhou expediente esta semana para o Governo do Estado, através do Departamento de Estradas de Rodagens do Rio Grande do Norte (DER/RN), solicitando o recapeamento asfáltico da rua Chilon Heraclitus de Araújo, que cruza o bairro Paulo VI, passando pelo Hospital Regional do Seridó até o Perímetro Irrigado do Sabugi, em Caicó.

“Encaminhei requerimento e fiz apelo aqui na Assembleia Legislativa ao diretor do DER [Manoel Marque Dantas] e a governadora Fátima para fazer o recapeamento asfáltico dessa via em Caicó que liga o Hospital Regional até o Perímetro Irrigado do Sabugi”, frisou o parlamentar, destacando que esse pleito chegou até seu mandato através de solicitações realizadas por cidadãos que transitam diariamente naquela localidade e que são prejudicados pela grande quantidade buracos existentes.

Ainda se tratando de estradas, o parlamentar também emitiu requerimento ao DER, solicitando a recuperação física das ombreiras que dão sustentação a ponte localizada na comunidade Malhada da Areia, na RN-041, entre os municípios de Currais Novos e Lagoa Nova. A estrutura em questão ficou comprometida devido as fortes chuvas caídas na região no último final de semana.

RN-118

Ontem, no Programa Jucurutu Notícias, o ex-governador Robinson Faria falou aos jucurutuenses sobre luta e empenho de Nelter Queiroz pela reconstrução da RN-118, no trecho entre Jucurutu e Caicó. Essa estrada era um sonho para todos e beneficiou diretamente as regiões do Seridó, Vale do Assú e do Médio Oeste.

“E como disse o ex-governador Robinson Faria, fui ‘implacável […] para fazer a reconstrução da estrada’ e hoje ela é uma realidade”, lembrou o deputado, reforçando que através de sua atuação e pela boa vontade do então governador Robinson a reconstrução deste trecho da RN-118 iniciou pela cidade de Jucurutu.

Com Bruno Guimarães e trio do Fla, Tite convoca seleção para Eliminatórias

Resultado de imagem para tite

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira a primeira lista de convocados da seleção brasileira em 2020. Com o estreante Bruno Guimarães e três jogadores do Flamengo, ele chamou 24 jogadores para a estreia do Brasil nas Eliminatórias da Copa de 2022, no Catar.

A seleção vai estrear contra a Bolívia, na Arena Pernambuco, no dia 27. Pela segunda rodada, logo na sequência, no dia 31, o time de Tite terá pela frente o Peru, em Lima. Os jogadores convocados vão se apresentar diretamente no Recife entre os dias 22 e 23. A seleção treinará no estádio da Ilha do Retiro.

O único estreante na lista é o volante Bruno Guimarães, que vem se destacando pelo Lyon e chamou a atenção de Tite na seleção olímpica. O jogador de 22 anos despontou no futebol brasileiro com a camisa do Athletico-PR.

Outro destaque da convocação foi o trio do Flamengo, formado por Everton Ribeiro, Gabriel Barbosa e Bruno Henrique. Os três brilharam pelo time carioca nas conquistas recentes do clube, incluindo a Copa Libertadores, o Brasileirão e a Recopa Sul-Americana. Bruno Henrique, contudo, está voltando de lesão e pode chegar à seleção sem ritmo de jogo.

Uma das principais baixas da lista é o goleiro Alisson, que sofreu uma lesão muscular durante treino, confirmada pelo Liverpool nesta sexta. Ederson deve ser o titular nos dois jogos das Eliminatórias. Weverton, do Palmeiras, e Ivan, da Ponte Preta, também foram chamados.

Outras ausências são o atacante Vinicius Junior, do Real Madrid, o meia-atacante Willian, do Chelsea, e o lateral Filipe Luís, do Flamengo. Para o meio-campo, Tite chamou Philippe Coutinho, apesar da fase difícil no Bayern de Munique. Outras opções para o setor são Casemiro, Arthur e Fabinho, do Liverpool.

No ataque, Neymar foi confirmado após se recuperar de leve lesão na coluna. Ele voltou à convocação após ficar de fora dos amistosos contra Argentina e Coreia do Sul, os últimos jogos da seleção em 2019, no mês de novembro. Ele não defende a seleção desde 13 de outubro.

Além da companhia de Gabigol e Bruno Henrique, Neymar poderá jogar ao lado de Everton Cebolinha, Richarlison, Roberto Firmino e Gabriel Jesus. O atacante do Manchester City vai cumprir seu último jogo de suspensão na estreia nas Eliminatórias – “gancho” sofrido em razão da final da Copa América. Mas ele poderá jogar contra o Peru.

Veja a lista de convocados

Leia maisCom Bruno Guimarães e trio do Fla, Tite convoca seleção para Eliminatórias

Governo afasta investidores e atrasa reformas, diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse nesta sexta-feira (6) que o governo Jair Bolsonaro tem contribuído para afastar investidores do país, ao gerar incertezas em relação ao seu compromisso com a democracia e com a defesa do meio ambiente, além de contribuir para atrasar o andamento da agenda de reformas.

A afirmação, segundo ele, tem como base conversas recentes com investidores estrangeiros, que têm mencionado essas questões.

Maia responsabilizou o Ministério da Economia pelo atraso no andamento das reformas, mas afirmou que líderes do Congresso irão se reunir com integrantes da Pasta para organizar uma pauta que ajude a aumentar a confiança no Brasil e a enfrentar os problemas econômicos gerados pela crise do coronavírus.

Disse ainda que há ministros que deveriam garantir o equilíbrio e passaram a ser ministros do desequilíbrio, citando nominalmente o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, que declarou que o Congresso chantageava o governo.

“O próprio governo vem gerando uma insegurança grande para a sociedade e investidores. As pessoas estão deixando de investir no país por esses problemas do meio ambiente e da questão democrática”, afirmou Maia durante palestra no Instituto FHC sobre reformas econômicas.

Leia maisGoverno afasta investidores e atrasa reformas, diz Maia

RN gasta 70% da receita com pagamento de pessoal; percentual é o maior do país

Sede da Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Rayane Mainara

De acordo com um relatório divulgado nesta quinta-feira (5) pelo Tesouro Nacional, o Rio Grande do Norte utilizou 70% da sua Receita Corrente Líquida (RCL) com o pagamento de folha de pessoal em 2019. Foi o maior gasto percentual entre todas as unidades federativas. O estado potiguar estourou o teto para esse tipo de despesa estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 60%.

O RN é um dos quatro estados brasileiros que ultrapassaram esse limite no ano passado. Completam a lista Acre, Minas Gerais e Mato Grosso. A RCL é obtida pelos estados através da arrecadação de impostos e também de repasses do Governo Federal, com os descontos das transferências obrigatórias.

Estrangeiros tiram R$ 44,8 bi da Bolsa, maior valor da história para um ano —e é só março

Até dia 4 de março, estrangeiros sacaram R$ 44,8 bilhões da Bolsa de Valores brasileira em 2020. O valor supera o montante retirado em todo o ano de 2019, de R$ 44,5 bilhões, sem contar ofertas de ações (IPOs​ e follow-ons).

A saída também supera a retirada de 2008, maior da série histórica da B3. Em valores corrigidos pela a inflação, foram sacados R$ 44,6 bilhões no ano da crise financeira. A velocidade de saída também é recorde, cerca de R$ 1,05 bilhão por pregão, e supera a média diária de 2008.

Considerando IPOs (oferta inicial de ações, na sigla em inglês) e follow-ons (oferta subsequente de ações), o saldo de estrangeiros está negativo em R$ 33,4 bilhões neste ano. Em 2019, considerando essas operações, a saída foi de R$ 4,7 bilhões.

Neste ano, marcado pelo temor de investidores com o impacto econômico do coronavírus, desaceleração da economia global e demora no andamento das reformas administrativa e tributária, estrangeiros retiram dinheiro do Brasil e de demais emergentes.

Leia maisEstrangeiros tiram R$ 44,8 bi da Bolsa, maior valor da história para um ano —e é só março

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: