Ordens absurdas não se cumprem, temos que botar limites, diz Bolsonaro em recado ao Supremo

MPF abre inquérito para investigar suspeita que governo Bolsonaro ...

Um dia após uma operação policial ordenada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) ter atingido empresários, políticos e ativistas bolsonaristas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou a investigação e disparou queixas contra a corte.

“Não teremos outro dia como ontem, chega”, disse, na saída do Palácio da Alvorada, em declaração transmitida pela rede CNN Brasil. “Querem tirar a mídia que eu tenho a meu favor sob o argumento mentiroso de fake news.”

Em outro trecho, Bolsonaro afirmou ter em mãos as “armas da democracia”. E disse que “ordens absurdas não se cumprem” e que “temos que botar limites”.

Quando os repórteres que estavam no local tentaram questioná-lo a que ordens estava se referindo, o mandatário se recusou a responder, disse que não estava concedendo uma entrevista e que os profissionais poderiam ir embora se não quisessem ouvi-lo.

Um dia antes a PF cumpriu 29 mandados de busca e apreensão nesta quarta-feira no chamado inquérito das fake news, que apura ofensas, ataques e ameaças contra ministros do Supremo. Políticos, empresários e ativistas bolsonaristas estão entre os alvos da investigação.

Leia maisOrdens absurdas não se cumprem, temos que botar limites, diz Bolsonaro em recado ao Supremo

Governo não define data para reabertura do comércio; fontes apontam dia 05

Associação recomenda que comércio do Alecrim em Natal funcione em ...

Em uma reunião que aconteceu nesta terça-feira (26), empresários e lideranças do setor empresarial cobraram do governo estadual uma data para reabertura gradual do comércio potiguar.

Apesar da pressão do setor ecônomico e de parte da sociedade, os representantes do governo decidiram não definir, ainda, uma data para essa retomada. Porém, segundo pessoas que participaram da reunião, há possibilidade de que a data para a reabertura gradual do comércio potiguar seja 5 de junho, dia após o prazo do atual decreto estadual de isolamento social.

O plano de reabertura do comércio do Rio Grando do Norte já foi aprovado por técnicos da Sesap (Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte).

A governadora Fátima Bezerra (PT) estava com presença confirmada na reunião, mas, de última hora, foi representada pelo vice-governador, Antenor Roberto.

Informações O Novo Jornal

Covid-19: MEC suspende pagamento de parcelas do Fies

O Comitê Gestor do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) autorizou a suspensão das parcelas dos contratos de financiamento estudantil concedidos com recursos do Fies, que estejam na fase de utilização, carência ou amortização, durante o estado de calamidade pública em razão da pandemia de covid-19. A resolução foi publicada hoje (25) no Diário Oficial da União.

A medida está prevista na Lei nº 13.998/2020, sancionada neste mês pelo presidente Jair Bolsonaro.

O estudante que tiver interesse em suspender as parcelas deverá se manifestar junto ao banco até 31 de dezembro. A suspensão vale para os contratos que estavam em dia antes da decretação do estado de calamidade pública, reconhecido em 20 de março, e será retroativa às parcelas que não foram pagas desde então.

Está permitida a suspensão de duas parcelas para os contratos em fase de utilização ou carência (referente aos juros trimestrais para contratos feitos até o 2º semestre de 2017) e de quatro parcelas para os contratos em fase de amortização, dos estudantes que já concluíram o curso. O governo federal poderá prorrogar esses prazos.

De acordo com a resolução, as parcelas suspensas serão incorporadas ao saldo devedor do contrato do estudante.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: