Fiocruz retoma projeto com mosquitos que combatem a dengue

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) retomou nesta segunda-feira (22) a liberação de mosquitos Aedes aegypti contaminados com a bactéria Wolbachia, que tem capacidade de impedir a transmissão de doenças como dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana. O programa foi interrompido há três meses, por causa da pandemia de covid-19.

A retomada da liberação começa pelos bairros de Ramos, Olaria e Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro. Segundo o líder do Método Wolbachia no Brasil, Luciano Moreira, essas doenças, chamadas de arboviroses, não deixaram de circular no país durante a pandemia e, por isso, é importante retomar o projeto.

“Durante o período de suspensão das atividades de campo, nossas equipes mantiveram as ações para manutenção da colônia de Aedes aegypti com Wolbachia, respeitando as orientações de segurança e higiene das autoridades de saúde. Além disso, estamos trabalhando em inovações para assegurar que a liberação de mosquitos com Wolbachia, bem como seu monitoramento, possam ser realizados com segurança, diante deste cenário de pandemia”, disse o pesquisador da Fiocruz.

A liberação dos mosquitos será feita durante 16 semanas, mas o monitoramento da população de mosquitos infectadso com a bactéria permanece suspensa, já que exige a interação dos técnicos da pesquisa com os moradores e comerciantes voluntários que instalaram as armadilhas em suas residências ou lojas.
Método Wolbachia

O Método Wolbachia começou no Rio de Janeiro em 2015, com a liberação dos mosquitos contaminados em Tubiacanga, na Ilha do Governador, na zona norte da capital, e em Jurujuba, em Niterói, na região metropolitana. Em menos de dois anos, os pesquisadores constataram que a população de Aedes aegypti com Wolbachia nos locais estava em 90%. Em 2018, o projeto foi ampliado para 14 bairros da zona norte. com

Segundo a Fiocruz, a Wolbachia é um microrganismo intracelular presente em 60% dos insetos da natureza, mas não no mosquito Aedes aegypti. “Quando presente nesses mosquitos, ela impede que os vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela se desenvolvam dentro do mosquito, contribuindo para a redução destas doenças. Uma vez que os mosquitos com Wolbachia são liberados no ambiente, eles se reproduzem com mosquitos de campo e ajudam a criar uma nova geração de mosquitos com Wolbachia.”

O trabalho da Fiocruz integra a iniciativa internacional World Mosquito Program (WMP), que opera atualmente em 12 países. Além do Brasil, fazem parte do projeto Austrália, Colômbia, México, Indonésia, Sri Lanka, Índia, Vietnã, Kiribati, Fiji, Vanuatu e Nova Caledônia.

Parlamentares deliberam mais de 100 requerimentos na reunião de líderes desta segunda-feira

A antecipação da sessão ordinária para esta segunda-feira (22) teve como efeito a também antecipação da reunião de líderes. Para deliberar os textos parlamentares, os deputados estaduais que representam blocos e partidos afirmaram ao presidente Ezequiel Ferreira (PSDB) a aprovação à unanimidade de 103 requerimentos como votos de pesar, congratulações e ainda 3 iniciativas de projetos de lei e um decreto municipal, que serão apreciados na sessão desta terça-feira (23).

De acordo com o regimento interno, no artigo IV, cabe a Assembleia Legislativa “aprovar manifestação de pesar, regozijo, congratulações, apoio ou repúdio a acontecimento de relevante importância para o País, o Estado, ou seus Municípios, bem como sugestão aos Poderes Públicos”.

Entre os mais de 100 requerimentos estão os votos de pesar pelos falecimentos de potiguares, vítimas da Covid-19 no Rio Grande do Norte, assim como moção de congratulações aos profissionais de saúde, jornalistas e agentes de segurança pública, que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

Os três projetos de lei de iniciativa dos parlamentares, tiveram suas liberações de tramitação aprovadas como previsto no Regimento Interno da Casa, durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Participaram da reunião de líderes a deputada Isolda Dantas (PT) e os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), George Soares (PL), Getúlio Rêgo (DEM), Kelps Lima (SDD), Dr. Bernardo (Avante) e o presidente Ezequiel Ferreira (PSDB) que debateram sobre os projetos e ações do legislativo no enfrentamento à Covid-19.

CRISE A VISTA: Republicanos do RN deve anunciar rompimento com a governadora Fátima Bezerra


Segundo comentários que circulam no meio político, o diretório do Republicanos no estado do RN, liderado pelo deputado federal Benes Leocádio, deve anunciar dentro de alguns dias, o rompimento com a governadora Fátima Bezerra.

Um dos motivos da insatisfação do deputado Benes, é a falta de respeito da governadora Fátima Bezerra com as alianças locais que já se articulam para as eleições desse ano. A exemplo disso, é o caso da cidade do Assú, em que o PT municipal se reuniu e votou a favor da aliança com o ex prefeito Ivan Júnior. No entanto, o líder do governo, deputado George Soares não aceitou a decisão democrática, e tem colocado a faca no pescoço de Fátima para que ela tome o partido e coloque nas mãos de Paulo Morais, que é Secretário Municipal na gestão de Gustavo Soares.

O rompimento irá desgastar ainda mais, o governo da petista, e terá reflexo na Assembleia Legislativa, já que a deputada estadual Eudiane Macedo é filiada ao Republicanos e deve acompanhar a decisão do partido, saindo da base do governo e passando a integrar a oposição.

Desde que assumiu o cargo de Líder do governo, o deputado George Soares, só tem causado problemas, pelo seu péssimo relacionamento com os 23 deputados estaduais, e pelo seu autoritarismo, que é mais uma vez comprovado agora, ao exigir que a governadora tome o diretório municipal em Assú, apenas por capricho, e pra mostrar que com ele a democracia não tem vez e nem voz, e tem agido para impor sua vontade dentro de um partido que não o suporta, com exceção de Paulo Morais que tem um cargo na Prefeitura.

Com essa briga armada em Assú, a governadora tem um pepino a frente, ou aceita o resultado da reunião que foi feita democraticamente, ou age com imposição, e executa a vontade do deputado George Soares, e cria uma crise sem precedentes em sua base com a saída do deputado Benes Leocádio.

Prefeitura de Macau vai continuar aplicando testes em idosos, agora em suas residências

Depois de efetuar testes rápidos em mais de 100 idosos, no sistema Drive-Trhu, durante o período da manhã e a tarde de sábado 20, a Prefeitura de Macau, através de sua Secretária de Saúde, anunciou que vai visitar as residências de quem tem mais de 60 anos de idade e que tem apresentados sintomas da COVID-19 nos últimos 10 dias (tosse, dor de cabeça febre ou perda do paladar). O prefeito Túlio Lemos, que se fez presente em grande parte do período em que foram aplicados os testes considerou que a “a campanha inicial foi coberta de êxito graças a contribuição de todos os servidores envolvidos na operação e a participação das famílias dos idosos, oportunidade em que se detectou 22 pessoas que testaram positivo e que já deixaram o local com toda a recomendação médica e o medicamento para tratamento durante o isolamento. Agora, vamos complementar essa ação junto aos idosos, fazendo visitas em suas residências e aplicando os testes rápidos”.

Nos últimos dias, a Prefeitura de Macau adquiriu cerca de 2.000 testes e 30 mil comprimidos de IVERMECTINA que a princípio serão entregues à população acima de 60 anos e a todos os servidores do município envolvidos na prevenção e tentativa de cura da COVID-19.

O teste rápido em cassete 2019-Ncov igG/lgM (Sangue Total /Soro/Plasma), indica a presença de anticorpos igG e IgM para 2019-nCoV na amostra. Esse exame analisa os índices de IgG e IgM de cada pessoa através de uma gota de sangue colhida no dedo. Quando o resultado é positivo para IgG, é porque teve algum contato com o vírus e o organismo produziu anticorpos; já o IgM positivo mostra que a infecção foi recente e o corpo iniciou a produção desses anticorpos.

As equipes do NASF (Núcleo de Assistência a Saúde Familiar) coordenarão as ações para que a campanha de aplicação dos testes rápidos em idosos, em suas residências, sejam exitosas nos próximos dias.

Covid-19: MPF e MP/RN recomendam suspensão de testes rápidos em drive-thru

Drive-thru' de testagem registra 924 exames positivos para Covid ...

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MP/RN) recomendaram à Prefeitura de Natal a suspensão de testes rápidos para covid-19 em sistema de drive-thru. A testagem sem cadastro prévio não garante prioridade para profissionais da saúde e segurança pública e pacientes do grupo de risco. Com o elevado número de testes realizados, é provável o rápido esgotamento do material adquirido, sem atendimento aos casos prioritários.

Desde a última terça-feira (16), os testes rápidos são oferecidos em drive-thru na Arena das Dunas e há previsão para testagens também no Ginásio Nélio Dias, Zona Norte da cidade, a partir do dia 23. Ao todo, a prefeitura comprou 20 mil testes com custo de mais de R$ 3,7 milhões. Em apenas três dias, já foram realizados quase 4 mil atendimentos, 20% da quantidade adquirida.

O Ministério Público destaca que a inexistência de cadastro ou agendamento prévio para o drive-thru dificulta a triagem dos casos prioritários, em descumprimento à nota técnica da própria Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Natal. A Promotoria de Saúde recebeu relatos de pessoas que estão sendo testadas, mesmo sem adequação aos critérios, sob a justificativa de que já aguardavam há várias horas na fila e não aceitariam deixar o local.

Com a provável indisponibilidade de testes em pouco tempo, a recomendação pede a suspensão do atendimento por drive-thru até comprovação do abastecimento de todos os serviços de saúde com testes rápidos suficientes para os profissionais e a demanda diária de pacientes com suspeita de covid-19.

A recomendação também ressalta que as pessoas com testagem positiva necessitam de orientações e encaminhamentos à rede de assistência, o que se torna inviável diante do volume de exames realizados diariamente na Arena das Dunas. A testagem em massa pode criar “um gargalo de notificação, confirmação, monitoramento e encerramento dos casos, etapas imprescindíveis para que se tenha uma avaliação epidemiológica responsável, finalidade a que se presta a testagem”.

Leia maisCovid-19: MPF e MP/RN recomendam suspensão de testes rápidos em drive-thru

Comissão Especial aprova PEC das emendas parlamentares para municípios

Na reunião da Comissão Especial da PEC das Emendas Parlamentares ao Orçamento nesta segunda-feira (22), foi aprovado à unanimidade o Projeto de Emenda Constitucional 08/2019, que garante 100% do pagamento das emendas parlamentares ao Orçamento Geral do Estado (OGE) para os municípios. O projeto foi relatado pelo deputado Getúlio Rêgo (DEM) cujo parecer havia sido aprovado na reunião anterior desta Comissão, ocasião em que o deputado George Soares (PL) pediu vistas do processo para estudar as emendas apresentadas. Na reunião de hoje, os parlamentares deliberaram a matéria.

“Foi uma vitória muito importante para os municípios. Fizemos simplesmente um ajuste à nossa constituição estadual, de acordo com o que foi aprovado a nível federal pela emenda 105”, explica o deputado Getúlio Rêgo. De acordo com a PEC, as emendas parlamentares destinadas aos municípios devem ser empenhadas no primeiro semestre e nesse período, terem 50% dos valores liberados e os 50% restantes no segundo semestre.

Na Assembleia Legislativa, a proposta original havia sido aprovada à unanimidade e o projeto original recebeu emendas do deputado José Dias (PSDB) e do próprio relator, o deputado Getúlio Rêgo.

As emendas parlamentares são direcionadas para diversas naturezas, mas essa diz respeito exclusivamente à transferência de recursos das emendas para os municípios, seguindo a Emenda Constitucional (EC) 105/2019, que acrescenta o art.166-A. Ela passou a vigorar em janeiro deste ano, autorizando a transferência direta a estados, municípios e ao Distrito Federal, de recursos de emendas parlamentares individuais ao Orçamento.

A comissão é presidida pelo deputado Gustavo Carvalho (PSDB), vice-presidente George Soares (PL) e relator Getúlio Rêgo (DEM). Por se tratar de PEC, precisará de dois turnos de votação e quórum de três quintos dos parlamentares.

Dra. Aninha assume o PSDB de Nova Cruz e tem missão de crescer a sigla na maior cidade do Agreste Potiguar

Dra. Aninha anuncia que PSDB caminhará ao lado do prefeito Flávio de Berói do MDB

O PSDB de Nova Cruz, maior município do Agreste Potiguar agora é dirigido pela Odontóloga Dra. Aninha Moreira, mulher de fibra e que tem estratégias de gestão como fez recentemente na Secretaria Municipal de Saúde. Dra. Aninha é esposa de Walter Moreira e mãe de dois filhos: Matheus e Marcus. Montou seu primeiro consultório odontológico há 24 anos, em Nova Cruz e hoje possui uma clínica odontológica.

Como profissional, também foi diretora da Saúde Bucal e recentemente se destacou como secretária de Saúde na gestão do prefeito Flávio de Berói (MDB). Ao lado do prefeito, Dra. Aninha conseguiu a aquisição de 11 veículos, abertura de uma policlínica, de UBS e consultórios odontológicos, além de equipar todas as UBS com aparelho de raio x odontológico e aparelhos de profilaxia. Também trocou todos os consultórios odontológicos do Centro de especialidades-CEO. Em abril, ela se desincompatibilizou-se do cargo para concorrer ao pleito de 2020. Ela ainda é colaboradora do Programa RN Notícias da Rádio Talismã FM 99,3 onde participa com dicas em saúde bucal.

Atualmente em virtude da pandemia, Dr.ª Aninha vem intensificando suas ações sociais em Nova Cruz, em favor dos mais carentes. “O PSDB está recebendo muitas filiações de pessoas que assim como nós enxergam a política como ferramenta de ajudar aos mais necessitados. O PSDB de Nova Cruz vai caminhar no arco de alianças do prefeito Flávio de Berói e nosso nome está à disposição da população para somar”, afirma Dra. Aninha.

Deputado George Soares ameaça PT de Assú por querer fazer aliança com Ivan e “ordena” que a governadora resolva esse impasse até sexta – feira

O deputado estadual e líder do governo, George Soares, como o político autoritário e intragável que é, já se reuniu com aliados e decidiu que não vai permitir que o PT de Assú fique com o ex prefeito Ivan Júnior, para isso, já falou com a “rendida” governadora Fátima Bezerra, para resolver esse impasse até sexta – feira, desfiliar os que estão a favor do ex prefeito, e entregar o diretório a Inês e Paulo.

George acredita que é uma desonra muito grande, ele ser líder do governo, e o partido da governadora em Assú não continuar no projeto de reeleição do prefeito Gustavo, que em sua gestão, beneficiava apenas Inês Almeida e Paulo Morais, achando que eles teriam moral para fazer o partido todo apoiar ele.

Dizem que desde que foi anunciado o resultado da reunião virtual, o deputado esquentadinho George Soares, já quebrou prato e jogou coisas na parede em sua casa, tentando descarregar a raiva nesse momento de pandemia, que o tem deixado impaciente, pois ele está vendo ruir há muito tempo, o projeto de poder de sua família, para se perpetuar no comando dos recursos da Prefeitura do Assú.

George não aceita ter sido enganado por Inês que passava a imagem de que tinha os filiados debaixo de suas asas, por isso ela sempre foi muito beneficiada, diferente de todos os outros filiados do partido, que sempre estiveram de fora.

O fato é que o parlamentar quer que a governadora resolva a falta de prestigio de sua amiga Inês, e ele não passe vergonha em Assú, ao permitir que o PT faça aliança com Ivan nas eleições desse ano, e já adiantou que vai ter que demitir todos que tem gratificação do Estado na terra dos poetas, para enquadrar e mostrar quem é que manda.

Agora, vamos aguardar o desenrolar dessa história, e ver qual será o resultado da ameaça do deputado George a governadora Fátima Bezerra.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: